Posts

Informativo ABIH-SC 19 de junho

No Informativo ABIH-SC de 19 de junho você vai ler:

Qualificação e negócios para o turismo e a hotelaria;-Transcenda as expectativas na hospitalidade com linhas de banho modernas e inspiradoras;-Mudanças no consumo e seus impactos no mercado;-ABIH-SC Em Ação;-Sócio Colaborador – 7 Seven Publicidade e Propaganda;-Fortalecimento do Destino Brasil é tema de agenda do Mtur em Paris;-Effecti Experience ” Uma imersão no mundo das licitações”;-Associados ABIH-SC!

Leia também: ABIH-SC Em Ação

Fortalecimento do Destino Brasil é tema central de agenda do MTur em Paris

 

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, cumpre agenda em Paris nesta semana. Três pautas centrais ocupam a programação de reuniões e encontros com autoridades no país europeu. Dentre elas está a defesa de candidaturas de regiões turísticas e culturais do Brasil a títulos de patrimônio da Unesco, apoio à realização da próxima etapa da Fórmula-E junto à Federação Internacional de Automobilismo (FIA), além da intenção do país de ingressar na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, a missão na capital francesa confirma o foco do trabalho que vem sendo desenvolvido nestes cinco meses de gestão à frente do Ministério. “Uma gestão mais integrada para alavancar o turismo, investimentos para tornar o setor mais competitivo e posicioná-lo no centro da agenda estratégica do governo, além das relações bilaterais para tornar o Brasil ainda mais reconhecido como destino turístico mundial. São ações que promovem o desenvolvimento e geram mais empregos e renda para o país”, destaca o titular da Pasta.

O apoio a candidaturas de três regiões turísticas e culturais do Brasil a títulos da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) será tema do primeiro compromisso do ministro em Paris, em reunião com o secretário da Convenção para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial, Tim Curtis.

O conjunto formado pelos municípios de Paraty, Angra dos Reis e Ubatuba (RJ/SP) concorre ao primeiro título brasileiro de patrimônio mundial cultural e natural da humanidade. Atualmente, o país conta com 14 títulos de patrimônio cultural e sete de patrimônio natural.

A festa mais marcante da cultura popular da região maranhense, o Bumba meu boi, também pleiteia junto à Unesco o título de patrimônio cultural imaterial da humanidade. Já os Cânions do Sul, área composta por sete municípios do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, disputa um lugar na lista dos geoparques mundiais – hoje, apenas o Parque Geológico do Araripe, no Ceará, possui essa certificação da Unesco no Brasil.

Além disso, a capital mineira concorre ao título de Cidade Criativa da Gastronomia. Atualmente, a Rede de Criativas da Unesco conta com um total de 180 cidades em 72 países, sendo oito delas no Brasil: Belém (PA), Florianópolis (SC) e Paraty (RJ), no campo da gastronomia; Brasília (DF) e Curitiba (PR), na área do design; João Pessoa (PB) em artesanato e artes folclóricas; Salvador (BA) na música; e Santos (SP), no cinema.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, afirma que “as candidaturas têm o total apoio do Ministério e reforçam o potencial singular que o Brasil tem no turismo, na cultura e no desenvolvimento socioeconômico, o que deve ser cada vez mais reconhecido mundialmente”, avalia.

SEDE DA FÓRMULA E – A candidatura do Brasil para sediar uma etapa da próxima temporada da Fórmula E, primeiro campeonato mundial de carros elétricos, também é tema da agenda do Ministério do Turismo na França. A reunião acontecerá nesta quarta-feira (19) com o presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Jean Todt. A ideia é que Brasília, Belo Horizonte e Rio de Janeiro integrem o circuito do mundial. As três capitais assinaram cartas para declarar a intenção de receberem o evento.

 

Fonte: Ministério do Turismo

Qualificação e negócios para o turismo e a hotelaria

 

Encatho e Exprotel viabiliza local para atualização e aproximação entre fornecedores e consumidores.

Há mais de três décadas a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina – ABIH-SC reúne empresas, empresários, hoteleiros, gestores, funcionários, profissionais do turismo, fornecedores, entre outros, oferecendo qualificação, troca de experiência, comercialização de produtos e serviços e, é claro, apresentação das novidades para o setor.

Em 2019, com o tema “Soluções e Inovações para a Hotelaria”, o Encatho chega em sua 32ª edição. Paralelamente, a maior feira do setor em Santa Catarina, Exprotel, chega na 30ª edição, com centenas de expositores de produtos e serviços para a hotelaria.

“A ABIH-SC está novamente preparando diversas palestras para qualificar e atualizar os profissionais do setor, bem como, proporcionar ótimas oportunidades de negócios para os empresários. Um evento esperado pela cadeia produtiva do turismo por apresentar tendências e inovações do mercado, tanto em produtos quanto em serviços e tecnologias, além de capacitar a mão de obra de forma totalmente gratuita”, pontua o presidente da entidade, Osmar José Vailatti.

A abertura do evento será no dia 13, a partir das 18h30, seguindo dia 14, com uma programação extensa, com palestras sobre: Soluções e Inovações nas compras e suprimentos para hotelaria; Como o seu hotel pode ser encantador para lua de mel e casamento; Impacto da maturidade digital na hotelaria; Novas Diretrizes de Acessibilidade em Edificações de Hospedagem; Segurança da Informação – Adequação e monitoramento as potenciais ameaças no ambiente hoteleiro, 10º Simpósio de Governança, Manutenção e Recepção Hoteleira, Encatho Científico, reuniões de entidades do trade e, para encerrar, a palestra Magna Como melhorar seus resultados usando soluções de vendas com  Fabio Vieira, da Resultados Digitais.

No dia 15 a programação novamente é extensa e contará com a palestra Beto Carrero World, A Fantasia que te leva, RM não precisa ser um jogo de azar, Gameficação – a experiência que fideliza; Inovação e soluções em tecnologia de atendimento digital, Envelhecimento populacional e oportunidade de negócios na Hotelaria, Como a formação continuada dos colaboradores contribui para o ambiente e os resultados do meio de hospedagem; Como obter maior eficiência e reduzir perdas utilizando a sistemática do Design for Service – DFS, O controle dos processos de lavanderia como fator de  Inovação na gestão do enxoval, Informações de Segurança para Turistas e o impacto na operação hoteleira; Riscos, desafios e como a hotelaria pode se adaptar a Lei Geral de Proteção de Dados, a palestra magna do dia com Jorge Della Via Junior da PluginBot que falará sobre Robôs e a Inteligência Artificial trazendo o Futuro para o Presente na Hospitalidade e, Mudanças no consumo e seus impactos no mercado, palestra que iremos apresentar hoje.

Além de todo enfoque na qualificação dos profissionais que trabalham no setor, o evento traz a feira de produtos e serviços, a Exprotel, que funciona das 13h às 20h apresentando soluções e inovações para auxiliar na gestão e comercialização dos empreendimentos.

Confira a programação completa no site www.encatho.com.br e inscreva-se agora mesmo. O acesso é gratuito!

Informativo ABIH-SC 13 junho

No Informativo ABIH-SC de 13 de junho você vai ler:

Hoteleiros acompanham tendência de mercado e discutem, em Florianópolis, “Soluções & Inovações na Hotelaria”;-ABIH-SC abre inscrições para 32ª edição do Encatho & Exprotel;Inteligência artificial e robôs na hotelaria;-Planeje e garanta a segurança dos dados que trafegam pela rede;-Sócio Colaborador – TOTVS;-ABIH-SC Em Ação;-ABIH-SC PARA VOCÊ;-Associados ABIH-SC!

 

Leia também: ABIH-SC PARA VOCÊ

Praias brasileiras que preservam o meio ambiente estão na lista das melhores do mundo

 

No Dia Mundial do Meio Ambiente e da Ecologia, conheça praias do país que combinam beleza e atenção à sustentabilidade.

O que as praias brasileiras que estão entre as mais belas do mundo têm em comum? Ambas investem em ações de preservação, proteção da vida marinha e combinam visitação com a valorização da sustentabilidade do destino. No Dia Mundial do Meio Ambiente e da Ecologia, celebrado nesta quarta-feira (05), conheça as eleitas por usuários do site de viagens TripAdvisor e por que elas representam bem o Brasil, número um do mundo em recursos naturais.

A Baía do Sancho, em Fernando de Noronha (PE), carimbou pela quarta vez o título de melhor praia do mundo pelo prêmio Traveler’s Choice, realizado anualmente. Além do Sancho, as Prainhas do Pontal do Atalaia, em Arraial do Cabo (RJ), conquistaram a 12ª posição na preferência de viajantes do mundo todo.

A líder mundial, em Noronha, é uma verdadeira “miragem celestial”, como define o site, e ao seu redor oferece mais de 50 atividades para os turistas aproveitarem as belezas naturais que estão dentro e fora do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, formado por um arquipélago de 21 ilhas. Lá, é possível nadar com as tartarugas e passear de barco ao lado de golfinhos, atrativos que seguem rigorosamente as regras de manejo das unidades de conservação ambiental do Brasil.

Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, a lista traz informações fundamentais para compreender a vocação do Brasil como destino turístico. “O fato de o Brasil aparecer com dois destinos numa lista global extremamente competitiva como essa, que é feita por meio de interações de turistas do mundo inteiro, mostra que temos uma das melhores experiências turísticas do mundo”, avalia o ministro.

Segundo um estudo da consultoria norte-americana Allied Market Research (AMR), o mercado de atividades do turismo de aventura/natureza deverá registrar um salto de cerca de 200% nos negócios em todo o mundo até 2023. Com receitas estimadas em R$ 1,4 bilhão em 2016, o nicho deve atingir a marca de R$ 4,2 bilhões em 2023, segundo o levantamento.

No Brasil, o ecoturismo e turismo de aventura é o segundo principal motivo de viagem de estrangeiros que desembarcam a lazer, segundo pesquisa do Ministério do Turismo. Dos 6,5 milhões de turistas estrangeiros que visitaram o Brasil em 2017, mais da metade (58,8%) teve como objetivo principal o lazer e, desses, 16,3% preferiram destinos de natureza. O número só fica atrás do segmento de sol e praia, que atraiu 72,4% do público interessado em turismo de lazer no Brasil.

12.12.2018 PontaldoAtalaia ArraialdoCabo ThiagoFreitas
A paisagem paradisíaca de Pontal do Atalaia, em Arraial do Cabo (RJ). Foto: Thiago Freitas/Banco de Imagens MTur Destinos

PARAÍSOS NATURAIS – Um dos destinos turísticos brasileiros que mais respeita o meio ambiente, Fernando de Noronha conta com uma política rigorosa de preservação das belezas naturais. Não é à toa que as suas praias, em tons de verde e azul turquesa, promovem no turista a sensação de estar visitando um local nunca tocado pelo homem. O arquipélago é dividido em Parque Nacional Marinho, que conta com um plano de manejo amplamente divulgado, e Área de Proteção Ambiental (APA).

Cada área protege o meio ambiente para assegurar a preservação das espécies e a ocupação humana de forma racional. Essa política rendeu ao lugar o título de patrimônio natural mundial reconhecido pela Unesco. O local ainda possui, com a criação da Lei nº 11.923 de 29/12/2000, a Taxa de Preservação Ambiental (TPA). Hoje, o valor da TPA é de R$ 68,74 por dia e deve ser pago no aeroporto no momento do desembarque ou pela internet. Existe também uma taxa de preservação que deve ser paga para fazer as trilhas e custa em média R$ 10.

Com ações voltadas à proteção e conservação dos aspectos naturais, a segunda praia brasileira que aparece no ranking mundial integra a Reserva Extrativista Marinha do Arraial do Cabo. O destino foi a 3ª unidade de conservação mais visitada do Brasil em 2018, com 1,15 milhão de turistas, depois dos parques nacionais da Tijuca (RJ) e de Jericoacoara (CE), pela ordem, o 1º e 2º mais visitados.

Criada em 1997 por solicitação da própria comunidade em uma área onde a atividade pesqueira é centenária, a reserva tem por finalidade garantir a exploração autossustentável e a conservação dos recursos naturais renováveis, tradicionalmente usados para pesca artesanal. Na reserva só podem pescar embarcações que tradicionalmente pescavam em Arraial do Cabo.

O Plano de Utilização, correlato ao Plano de Manejo da reserva, foi publicado em fevereiro de 1998 e tem como objetivo assegurar a sustentabilidade da reserva com normas técnicas e legais para a exploração racional da fauna marinha, das atividades turísticas e de lazer de outros usuários. O local faz parte da chamada Região dos Lagos, que possui uma restinga praticamente intacta, a Restinga da Massambaba.

Rico em Biodiversidade, com 7 mil km de litoral, florestas preservadas e uma infinidade de rios e reservas de água doce, o Brasil é o país mais competitivo do mundo em Recursos Naturais, segundo o Fórum Econômico Mundial.

 

Fonte: Ministério do Turismo

“Vamos tornar o Brasil o maior destino turístico da América Latina”, afirma ministro em apresentação do Programa Investe Turismo

 

Com a presença de representantes de todos os segmentos do setor, MTur e Sebrae apresentaram, em Brasília, programa que vai alavancar turismo no Brasil

Em cerimônia realizada nesta terça-feira (28), o Ministério do Turismo, em parceria com o Sebrae e a Embratur, apresentou o Programa Investe Turismo, um pacote de ações estratégicas para alavancar o setor no Brasil. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS SOBRE O PROGRAMA

Com investimentos iniciais de R$ 200 milhões e 158 municípios contemplados, o objetivo é acelerar o desenvolvimento, aumentar a qualidade e a competitividade e gerar empregos em 30 Rotas Turísticas Estratégicas em todas as regiões do país. Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, é fundamental desenvolver um trabalho integrado e focado no desenvolvimento do país.

“Vivemos um novo momento no Brasil, com o turismo no centro da agenda econômica. Já demonstramos que o setor pode ser um grande agente de promoção do nosso país, com geração de emprego e renda. Vamos transformar o Brasil no maior destino turístico da América Latina. Acreditamos e trabalharemos para isso”, destacou o ministro.

Marcelo Álvaro ressaltou ainda que o programa trará ao país um plano integrado de posicionamento da imagem do Brasil e um Mapa do Turismo Inteligente com o objetivo de fortalecer uma imagem única do Brasil e suas vocações turísticas. O ministro disse também que as ações farão parte de um plano estratégico integrado com órgãos públicos e iniciativa privada do turismo, além dos órgãos estaduais do setor nas 27 UFs.

“As parcerias nortearão campanhas de marketing para a promoção de cada rota turística contemplada de norte a sul do país. A atração de investimentos e referências das melhores práticas em produtos e serviços turísticos também estão no escopo do programa. É o turismo trabalhando para gerar emprego, renda, inclusão social e desenvolvimento ao nosso Brasil”, defendeu o ministro.

Com o intuito de aprimorar as soluções para o setor no país, o ministro afirmou ainda que trabalha para implantar no Brasil a maior incubadora de startups do mundo, Wakalua, ligada à Organização Mundial do Turismo (OMT). Na ocasião, o presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles, reiterou que a instituição se coloca como parceiro integral do programa com uma gama de mais de 7 mil empreendedores que podem fazer a diferença para desenvolver a atividade turística em todo o país.

A cerimônia contou com a presença de secretários estaduais de Turismo, do presidente da Comissão de Turismo, deputado federal Newton Cardoso Jr (MDB/MG), do presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Turismo, deputado federal Herculano Passos (MDB/S), além de outros parlamentares presentes, bem como instituições privadas e representantes de associações e entidades dos segmentos do setor.

SEMINÁRIOS ITINERANTES – Com o intuito de apresentar todos os projetos que serão desenvolvidos em cada localidade, dois primeiros encontros já estão previstos para a próxima semana. Um deles será em João Pessoa (PB), no dia 3 de junho, e, depois, Fortaleza, dia 7. Realização de visitas técnicas nacionais e internacionais para identificar as melhores práticas de inovação e qualificação dos produtos e serviços turísticos também estão no escopo do trabalho que será realizado pelo Investe Turismo. ACESSE O CRONOGRAMA DE SEMINÁRIOS CONFIRMADOS NOS ESTADOS.

 

Fonte: Ministério do Turismo

inscrições encatho 2019

ABIH-SC abre inscrições para 32ª edição do Encatho & Exprotel

Tradicional encontro de hoteleiros no sul do país, que acontece em agosto, reúne especialistas para falar sobre “Soluções & Inovações na Hotelaria”

 

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – ABIH-SC, abriu oficialmente as inscrições gratuitas para a 32ª edição do Encontro Catarinense de Hoteleiros, que acontece de 13 a 15 de agosto, no CentroSul, em Florianópolis. O evento vai debater “Soluções & Inovações na Hotelaria”, evidenciando ferramentas tecnológicas e processos para inovar de forma eficiente e alinhada ao mercado através de processos de gestão.

 

O maior encontro da hotelaria no sul do país, o Encatho & Exprotel, continua mantendo seu objetivo de ser um espaço de negócios, networking e uma excelente forma de qualificação profissional totalmente gratuita. Entre as novidades desta edição estão as palestras com maior tempo de duração, permitindo que os milhares de empresários, profissionais, autoridades e imprensa de todo Brasil possam discutir com mais qualidade de detalhes cada um dos temas.

 

Durante os três dias de evento estão programadas 16 palestras com assuntos que englobam as principais soluções e inovações em produtos, processos, gestão, comercialização, segurança e marketing. Serão duas palestras magnas que encerram as atividades dos dois últimos dias do evento e 12 eventos paralelos, entre eles: 10º Simpósio de Governança, Manutenção e Recepção Hoteleira; Seminário Científico, Momento Hoteleiro e reuniões de entidades da cadeia produtiva do turismo.

Confira a programação e acesse agora mesmo o link para as inscrições disponível no site www.encatho.com.br.

.

13/08/19 – Terça-feira

.
A partir das 17h Credenciamento Secretaria
18h30 Solenidade de Abertura Oficial do 32º ENCATHO – Encontro Catarinense de Hoteleiros Sala Jurerê e Joaquina
20h Abertura Solene 30ª EXPROTEL – Feira de Produtos e Serviços para a Hotelaria Salas Arvoredo e Sambaqui
.

14/08/19 – Quarta-feira

.
A partir das 08h Credenciamento Secretaria
09h às 17h 10º Simpósio de Governança, Manutenção e Recepção Hoteleira Sala Jurerê
09h às 12h Reunião ABIH Nacional Sala Cacupé
09h às 10h05 Soluções e Inovações nas compras e suprimentos para hotelaria Sala Joaquina
10h10 às 11h Como o seu hotel pode ser encantador para a lua de mel e casamento Sala Joaquina
11h05 às 11h50 Impacto da maturidade digital na hotelaria Sala Joaquina
13h Abertura Exprotel Exprotel
13h30 às 14h30 Novas Diretrizes de acessibilidade em edificações de hospedagem Sala Joaquina
14h35 às 15h15 Segurança da Informação – Adequação e monitoramento as potenciais ameaças no ambiente hoteleiro Sala Joaquina
15h15 às 17h00 Momento Exprotel Exprotel
17h às 18h30 Como melhorar seus resultados usando soluções de vendas – Fabio Vieira – Resultados Digitais Sala Joaquina
20h Encerramento das atividades Exprotel
.

15/08/19 – Quinta-feira

.
A partir das 08h Credenciamento Secretaria
09h às 10h30 Beto Carrero World, a fantasia que te leva Sala Joaquina
10h40 às 11h15 Mudanças no consumo e seus impactos no mercado Sala Joaquina
11h20 às 12h Alcance, converta e retenha mais hóspedes Sala Joaquna
09h às 09h45 Como a formação continuada dos colaboradores contribui para o ambiente e os resulados do meio de hospedagem Sala Jurerê
09h50 às 10h30 Como obter maior eficiência e reduzir perdas utilizando a sistemática do Design for Service – DFS Sala Jurerê
10h35 às 11h30 O controle dos processos de lavanderia como fator de Inovação na gestão do enxoval Sala Jurerê
13h Abertura Exprotel Exprotel
13h30 às 14h10 Gameficação – a experiência que fideliza Sala Joaquina
14h15 às 14h50 Inovação e Soluções em tecnologia de atendimento digital Sala Joaquina
14h55 às 15h40 Envelheciento populacional e oportunidade de negócios na hotelaria Sala Joaquina
13h30 às 14h10 Informações de Segurança para Turistas e o impacto na operação hoteleira Sala Jurerê
14h15 às 14h50 Riscos, desafios e como a hotelaria pode se adaptar a Lei Geral de Proteção de Dados Sala Jurerê
15h às 18h Momento Exprotel Exprotel
18h às 19h Robôs e a Inteligência Artificial trazendo o Futuro para o Presente na Hospitalidade – Jorge Della Via Junior – PluginBot Sala Jurerê
19h Encerramento da 32ª edição do Encatho & Exprotel .

inscrições encatho 2019

A EXPROTEL

A oportunidade de ter um contato direto com o proprietário ou o responsável pelo departamento de compras sempre foi o que atraiu as grandes empresas fornecedoras para a tradicional vitrine de negócios na região sul do país, a EXPROTEL. Ao longo dos anos, a exposição ganhou destaque por possibilitar a compra e negociações diretas, com condições especiais para a feira, além da ampla visibilidade gerada nas mídias segmentas com a participação, na última edição, de mais de 100 jornalistas do Brasil e exterior.

Com entrada gratuita, a Exprotel  funciona nos dias 14 e 15 de agosto, das 13h às 20h. A organização comemora as vendas que já ultrapassaram os 60% dos espaços disponíveis. “Com novas possibilidades e formatos de participação, a Exprotel tornou-se encantadora para empresas de novos segmentos. Marcas que buscam contato direto com hoteleiros e profissionais da área também estão buscando informações e adquirindo espaços”, afirma Juliana Castro, responsável pela área comercial do evento.

Entre os expositores já confirmados nesta edição estão: Desbravador, Harus, Altenburg, EcoFlex, Tomberlin, Silbeck, Realgem’s, NewHotel, WebSpot, Energia Seguradora, Lexsis, Colau, ProHotel, Onix, Wier, Asksuite, MM Arquitetura, Teka, RENTV, H-System e Kapazi. Empresas interessadas em expor seus produtos e serviços podem solicitar proposta comercial através do fone (48) 3222-8492 | Whats (48) 98843-7659 | comercial@abih-sc.com.br

Serviço:

O que: ENCATHO & EXPROTEL

Quando: 13 a 15 de agosto

Onde: CentroSul – Florianópolis

Quanto: Entrada Gratuita

Informações e Inscrições: www.encatho.com.br | 3222-8492

Realização: ABIH-SC

ABIH-SC Em Ação

O ABIH-SC Em Ação esteve  a todo vapor no mes de Maio, com duas ações dentro do planejamento também do Núcleo de Educação Permanente da entidade.
A primeira, foi a visita a UNIVALI Campus Balneário Camboriu, onde os alunos do 7º Período do curso de Graduação em Turismo e Hotelaria, puderam assistir e questionar sobre a atualidade e realidade do mercado, em palestra proferida pela Relações Públicas, Lara Perdigão, Diretora de Eventos da ABIH-SC, que também abordou o mesmo assunto para os alunos de Turismo da Faculdade Estácio.
Os alunos foram convidados dentro da disciplina de Agência de Viagens e Reserva e puderam conferir o que há de realidade neste momento no mercado.
Contando também com a presença de professores, o debate final ficou na importância da qualificação de cada um e na expectativa que esperam do mercado,que está cada vez mais exigente e apresentando desafios diários no que diz respeito a legislação, crise econômica e mudança de hábitos do turista. No final foram sorteados dois exemplares do livro sobre ( nome do livro) produzido em parceria com o Senac- SC entre os presentes
A ABIH-SC agradece as duas instituições e se coloca a disposição para todas que desejam este momento de grande importância para o crescimento do mercado.

Festas juninas movimentam turismo local e geram empregos para as comunidades

Neste ano, Ministério do Turismo vai investir R$ 4 milhões nos festejos que estão se consolidando como um produto turístico originalmente brasileiro.

Depois do Carnaval, possivelmente são as festas juninas as maiores representantes da cultura popular do Brasil. Basta ver as multidões que se reúnem para celebrar São João, Santo Antônio e São Pedro, especialmente no Nordeste, mas também em todo o país. Para 2019, o Calendário Nacional de Eventos do Ministério do Turismo possui 103 eventos já cadastrados com esse perfil, em 15 estados de todas as regiões brasileiras, que se iniciam ainda neste mês e se intensificam em junho e julho. E esse número pode aumentar em até 37% até o fim de maio.

Segundo o ministro Marcelo Álvaro Antônio, o forte envolvimento das populações locais nas festas juninas impulsionam o turismo regional. “Estes eventos são importantes indutores do turismo nacional e atraem visitantes de todo o Brasil e do mundo que desejam conhecer a diversidade cultural que o país tem a oferecer. É um produto turístico que tem a cara do Brasil e está em franco processo de estruturação e consolidação”, pontuou o ministro. Neste ano, o Ministério do Turismo vai investir cerca de R$ 4 milhões para apoiar a realização de vários festejos brasileiros.

O aumento do fluxo de turistas, em junho e julho, movimenta o comércio e gera empregos antes, durante e depois das comemorações. Para se ter uma ideia, somente em Campina Grande (PB), que promove uma das maiores festas do país, se espera um público de 3 milhões de visitantes, com injeção de quase R$ 300 milhões na economia local e geração de 3 mil empregos diretos e indiretos na região. Em público, a pernambucana Caruaru espera cerca de 2,5 milhões de pessoas, com uma estimativa de faturamento regional na casa dos R$ 240 milhões.

Segundo a secretária de Desenvolvimento Econômico de Campina Grande, Rosália Lucas, neste ano a festa contará com o maior pré São João da história, com 80 eventos em restaurantes, bares e shoppings de atrações locais e nacionais. Além disso, ela conta que três novas redes de hotéis inauguraram na região e passam a atender a demanda de hospedagem para o evento, que nos últimos anos teve lotação máxima. Com 31 dias de duração e cerca de 5 mil artistas nacionais e locais em 1.800 atrações culturais, a festa completa 36 anos e fará, nesta edição, uma homenagem à cantora Elba Ramalho e ao cantor e compositor Jackson do Pandeiro.

Ainda no Nordeste, a Cidade Junina de Mossoró (RN) pretende receber 1 milhão de pessoas, uma média de 100 mil visitantes por noite, em uma das festas mais tradicionais do gênero no país. O resultado será uma movimentação econômica de mais de R$ 50 milhões com geração de empregos para costureiras, bordadeiras, brincantes (o pessoal que se apresenta nos grupos) e no comércio local. Já em São Luís (MA), o Bumba meu Boi, patrimônio imaterial brasileiro, terá este ano cerca de 50 mil pessoas acompanhando as apresentações que contam com mais de 500 grupos folclóricos.

Quando conheceu as festas juninas de Campina Grande e Caruaru, no ano passado, o publicitário Sérgio Santos não tinha noção da importância que o povo local dá a essas festividades e nem da grandiosidade das comemorações, mesmo vistas pela televisão. “Sempre tive vontade de conhecer. A cultura é fortemente preservada, com apresentações de artistas locais, competições de quadrilhas e intervenções culturais”, afirma.

O servidor público conta, ainda, que o comércio fica bastante movimentado, desde os hotéis até o comércio de barraquinhas fora dos locais onde ocorrem os shows e apresentações. “As comemorações ocorrem mesmo fora dos grandes centros destinados ao evento, pois muitas vezes o espaço não é suficiente para todos que querem participar. O que mais me chamou atenção foram as fogueiras que alguns moradores acendem na frente de suas casas para os santos”. Para ele, a volta é certa. “O povo é muito receptivo e os eventos são tão grandes que é muito difícil alguém não encontrar um ambiente que lhe deixe confortável”, destaca Santos.

Segundo o secretário municipal de Turismo de João Pessoa, Fernando Paulo Pessoa Milanez, o trabalho desenvolvido é para que o festejo junino da cidade tenha seu valor turístico reconhecido, tanto no Brasil como no mundo. “Trata-se de uma manifestação cultural extremamente rica, que tem enorme potencial para se transformar em um produto turístico tão importante quanto o Carnaval”, enfatiza o secretário. Ele ainda ressalta que o São João da Paraíba não se resume apenas a Campina Grande. “Aqui a celebração ocorre em quase todos os bairros. É uma festa com grandeza comprovada na diversidade e originalidade de suas atrações artísticas, como também na sua rentabilidade econômica, fluxo turístico e, primordialmente, na participação popular”, afirma.

21 06 18 QuadrilhaBH RobertoCastro
Concurso de quadrilhas no Arraiá de Belo Horizonte. Foto: Roberto Castro/MTur

TOUR JUNINO PELO BRASIL – A capital do Carnaval, Salvador, também não deixa a desejar na época de São João. Ouros municípios baianos também participam do circuito “São João na Bahia”, como São Francisco do Conde e Amargosa. A Festa Junina de Salvador conta com mais de 100 shows que acontecem no Pelourinho e no Subúrbio Ferroviário, onde a cidade toda é tomada pelas comemorações.

Mas quem acha que somente o Nordeste produz grandes festas, ainda não conhece as comemorações em Minas Gerais e no Pará. A capital mineira, Belo Horizonte, entrou definitivamente no calendário junino tendo como ponto alto o campeonato de quadrilhas e a gastronomia mineira, que ganhou um circuito especial com a participação de restaurantes da cidade.

Recheada de referências a mitos amazônicos, o Festival Junino de Bragança, no Pará, se tornou único no país. Bois-bumbás, cordões de pássaros da região caeteuara e grupos musicais populares de raiz são algumas das atrações. Além disso, a cada noite, um grupo da agricultura familiar de comunidade distinta mostra o processo de fabricação da farinha de mandioca e a Casa Caeteuara expõe e comercializa o artesanato bragantino.

Admirada pelas festas juninas desde criança, a arquiteta Laisa Carpaneda, 30 anos, é conhecida pelos amigos, família e também no ambiente profissional por não perder nenhuma festividade em sua cidade nesta época do ano. “Eu vou em todas as comemorações aqui em Brasília e já viajei para outras cidades em busca de conhecer outras festas juninas, como em Minas Gerais e São Paulo, por exemplo. Você fica imerso em uma cultura típica do nosso país e esse sentimento é maravilhoso e engrandecedor”, destaca a arquiteta.

OFERTA TURÍSTICA – O Calendário Nacional de Eventos do Ministério do Turismo tem como objetivo divulgar os eventos turísticos brasileiros e agregar valor à imagem dos destinos, além de fornecer informações de qualidade sobre a oferta turística do Brasil que possam ser úteis ao turista no momento de planejar suas viagens. As informações contidas nesse Calendário foram integralmente coletadas de forma colaborativa, majoritariamente em parceria com secretarias estaduais e municipais de Turismo.

Com 2.869 eventos cadastrados este ano, o calendário já conta com 584 registros a mais do que em 2018, quando foram inseridas 2.285 festividades. As duas categorias de eventos com maior número de cadastros são as de caráter “artístico, cultural e folclórico”, com 1.087 registros; e “religioso”, com 499. Os eventos gastronômicos assumem a terceira posição, com 277 projetos cadastrados, lugar ocupado pelos esportivos no ano passado, que hoje somam 244 eventos.

Fonte: Ministério do Turismo

ABIH-SC Em Ação

 

O ABIH-SC Em Ação está a todo vapor! Nesta semana duas ações contam com o planejamento também do Núcleo de Educação Permanente da entidade.

A primeira, foi a visita a UNIVALI Campus Balneário Camboriu, onde os alunos do 7º Período do curso de Graduação em Turismo e Hotelaria, puderam assistir e questionar sobre a atualidade e realidade do mercado, em palestra proferida pela Relações Públicas, Lara Perdigão, Diretora de Eventos da ABIH-SC, com o tema provocativo: Como e onde você quer receber o turista, durante 3 horas foram abordados assuntos pertinentes ao dia a dia da operação hoteleira, desafios, legislação e cenário micro e macro.

A responsável pela disciplina de Consultoria, Sra Marlene Huebes Novaes desta turma, enfatizou a importância do momento em que estão passando, pois agora definem seus estágios. Os alunos questionaram vários pontos como mercado, como funciona trabalhos como consultoria e ouviram até onde a paixão pela área pode sobrepor planejamentos pessoais e perspectivas de crescimento profissional.

A ABIH-SC agradece a oportunidade e se coloca a disposição para essa troca, que segundo, Lara Perdigão é fundamental para que academia acompanhe o mercado e o mercado se torne também encantador para os alunos. O próximo ABIH-SC Em Ação, acontece nesta Sexta-feira, dia 17, na Estácio de Sá em Florianópolis, para o curso de Graduação em Turismo, com o tema: Cenário e perspectivas na operação hoteleira, para as disciplinas de Agências de Viagem e Sistemas de Reserva.