Ministério do Turismo destina recursos para construção do mirante de São João Batista (SC)

Ministério do Turismo destina recursos para construção do mirante de São João Batista (SC)

Obras de infraestrutura possibilitarão a moradores e turistas uma visão panorâmica da cidade de forma segura. Crédito: prefeitura de São João Batista (SC)

O Brasil é cheio de paisagens incríveis e nada melhor do que observá-las através de uma visão panorâmica de todo o horizonte. Para isso, o Ministério do Turismo financia obras de construção e revitalização de mirantes em todo o país e acaba de autorizar R$ 403,3 mil para a cidade de São João Batista, localizada a 80 km da capital paranaense, Florianópolis. Os recursos servirão tanto para pavimentação do acesso como para a construção de infraestrutura no Mirante Vargem Pequena.

“A partir deste investimento do governo federal em apoio ao município, a população que vive em São João e visitantes que passam pela cidade atraídos por suas belezas naturais terão à disposição mais um atrativo turístico. Esta infraestrutura que será montada permitirá a apreciação, de forma segura, de todo o cenário de belas paisagens, contribuindo para tornar ainda mais únicas as experiências vividas na cidade”, aponta o ministro do Turismo, Carlos Brito.

A expectativa é ampliar o fluxo de turistas em São João Batista, que poderão desfrutar da apreciação das paisagens que incluem vales, montes, cachoeiras e quedas d´água, por exemplo. As obras incluirão ainda a criação de uma rota acessível ao mirante com alargamento da pista e pavimentação, inclusive, uma rampa de acesso, sinalização e iluminação.

Na localidade de Vargem Pequena, em São João Batista, já existe uma trilha muito procurada por visitantes e esportistas que realizam a caminhada para chegar ao pico do Morro da Gurita. Com a instalação do mirante, aliada à caminhada, os turistas poderão apreciar também a vista do alto.

SÃO JOÃO BATISTA – A cidade tem entre os seus principais cartões-postais as águas cristalinas da Cascata do Fernandes e o Bosque municipal – cenários ideais para amantes da natureza. Outras opções são a Colônia Nova Itália, que remete aos primeiros imigrantes a chegarem ao Brasil e a Igreja Matriz, erguida na década de 1950 e que se tornou um dos símbolos da cidade.

Ainda com foco em turismo religioso, a cidade abriga a Comunidade Bethânia em memória ao Padre Léo, que manteve forte atuação junto às famílias e jovens no combate às drogas, com um espaço reservado para o encontro entre meditação e oração. Há ainda variedade de lojas de calçados que ficam às margens da rodovia SC-410 e que contribuem para impulsionar a economia da “capital catarinense do calçado”.

Por Amanda Costa

Assessoria de Comunicação do Ministério do TurismoCategoriaViagens e Turismo

Fonte: MTUR