abih nacional

Fim do recesso parlamentar: Hora de começar os trabalhos e tramitar a Lei Geral do Turismo

Indo direto ao assunto, esse ano, não podemos deixar que as coisas comecem somente depois do Carnaval. Com o fim do recesso parlamentar, agora é hora de nós, empreendedores do turismo brasileiro, iniciarmos os trabalhos para fortalecer o setor e assim continuarmos enfrentando a difícil recuperação das perdas que ainda sofremos em consequência da pandemia.

Diante do cenário que temos hoje, especialmente para a hotelaria que mesmo atingindo patamares próximos aos de 2019 está longe de sua completa recuperação – pois dívidas estão acumuladas – algumas iniciativas fundamentais se destacam entre as diversas medidas que podem contribuir para acelerar a recuperação da indústria de turismo nacional.

A urgente tramitação da Lei Geral do Turismo (LGT), marco regulatório do setor, aprovada em 2019 na Câmara dos Deputados e que seguiu para o Senado, onde está parada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aguardando ser colocada em pauta para votação, me parece a primeira delas.

Precisamos também de uma reforma tributária que alivie a taxação sobre a contratação de colaboradores para facilitar a expansão dos empregos nos diversos segmentos que compõem a cadeia produtiva do setor. É necessário que ela preveja o creditamento da mão de obra que é usada pelo turismo, estimada em 8,3 milhões de profissionais. Seu texto final precisa levar em consideração que os impostos cobrados tenham um abatimento de acordo com o número de contratações.

É importante ressaltar que a taxa que está sendo criada – a Contribuição Social sobre Bens e Serviços (CBS) – trará um aumento na carga tributária das empresas do setor de 6,5% para 12% e, sem a possibilidade de creditamento, o resultado será a criação de menos vagas.

Nesse sentido, vale lembrar que, recentemente, o Ministério da Economia informou que não haverá alteração no valor do Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) que incide sobre as remessas para pagamento de serviços e produtos turísticos no exterior. A alíquota que o setor de turismo esperava era em 6%, mas ela foi mantida em 25%, sobrecarregando ainda mais as empresas do segmento.

Nesse momento em que tudo pode acontecer se levarmos em consideração a disseminação da variante Ômicron no país, a indústria de turismo não suporta mais reveses e precisa ser incluída na reforma tributária, principalmente, com a desoneração da sua folha de pagamento – pois é um segmento econômico que faz uso de grande contingente de mão de obra – para assim conseguir uma retomada mais rápida e voltar a gerar empregos e renda pelo país. É importante ressaltar ainda que apesar de gerar mais vagas do que a soma dos 17 segmentos que obtiveram a diminuição de seus encargos, o turismo não está entre setores beneficiados.

Defendemos também a inserção de empresas do setor com outros regimes fiscais – real e presumido – entre os contemplados para aderir ao Programa de Recuperação Fiscal (REFIS) do governo federal, pois até o momento, o desconto só foi aprovado para aquelas que possuem regime fiscal Simples.

Muitos brasileiros ainda não se sentem seguros em fazer turismo. Por isso, a necessidade urgente da reedição da medida provisória (MP) 1036/2021, que desobriga as empresas de hospedagem, eventos e turismo a reembolsar o consumidor, desde que assegurem seu direito de reagendar os serviços adiados, e que deixou de valer em dezembro, provocando assim uma maior judicialização da relação das empresas com os consumidores. Sendo assim, é crucial que o governo federal edite uma nova MP com regras para o cancelamento de hospedagens, eventos, festivais e outros serviços relacionados, por conta do recrudescimento nos casos de Covid-19 em todas as regiões.

O adiamento do pagamento das parcelas do Fundo de Financiamento do Centro Oeste (FCO) para 2023 também seria de suma importância, pois para os empresários, a extensão da medida para o próximo ano é vital para que consigam se reestruturar, já que as dívidas vêm se acumulando desde março de 2020 e a disseminação de uma nova variante certamente irá afetar a movimentação turística no Carnaval, período de grande expectativa de faturamento para o setor.

Se antes da pandemia já estávamos aquém do crescimento mundial, agora tais medidas são ainda mais importantes para colocar o país no cenário do turismo internacional. Isso inclui necessariamente iniciar de forma ampla a divulgação de nossos destinos – de Norte a Sul – no exterior e intensificar o trabalho para aquecer o mercado interno de maneira estratégica e abrangente. Sem a implementação dessas ações, vários meios de hospedagem e outros serviços turísticos espalhados pelo país podem ter suas operações encerradas.

Precisamos continuar contando com o empenho da Embratur e do Ministério do Turismo, com a consciência e o apoio dos senhores deputados e senadores e demais autoridades em todos os níveis: municipal, estadual e federal. Sem a compreensão de nossos representantes legislativos e de todas as instâncias do poder público e sem o posicionamento incisivo de nossas lideranças, a travessia será muito difícil e continuaremos a andar sem sair do lugar, esperando o Carnaval passar.

Manoel Linhares
Presidente nacional da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – ABIH Nacional

Fonte: Mercado & Eventos

Encatho & Exprotel: Comercialização a todo vapor

Encatho & Exprotel: Comercialização a todo vapor

Tradicional encontro de hoteleiros no sul do país, que acontece em julho, reúne especialistas para falar sobre “Mercado & Negócios”

O evento será realizado de 26 a 28 de julho no CentroSul, em Florianópolis. Segundo Rui Schürmann diretor-presidente da ABIH SC, o evento tem por objetivo aumentar as possibilidades de networking e geração de negócios em toda a cadeia do turismo. “É de extrema importância ouvir, dialogar e planejar com toda a cadeia produtiva do turismo. O hoteleiro, a agência, o restaurante, o organizador de eventos, o atrativo turístico e tantos outros. É esse movimento conjunto que mostra a nossa força”, salienta Rui.

Ele explica que o tema central dessa edição, “Mercado e Negócios”, foi pensado para promover essa integração, de forma a proporcionar relacionamentos mais assertivos para gerar negócios com diferentes setores do mercado.  “Não importa o tamanho do empreendimento ou o tipo de atuação. O conteúdo procura ser o mais prático, que permita ações com resultados visíveis em pouco espaço de tempo. É sair do evento e colocar em prática”, enfatiza.

A participação em eventos segmentados como o Encatho & Exprotel aproxima diversos interesses, disponibilizando treinamento técnico para os trabalhadores do setor, lançamento de produtos e serviços, bem como aproxima a empresa dos clientes, parceiros e fornecedores, de forma a fortalecer sua rede de contatos.

Para Juliana Bossi Castro, responsável comercial do evento, a tradição do encontro e a visibilidade que ele proporciona para as marcas é um dos grandes destaques. “A feira já faz parte do calendário de muitas empresas. Estamos na 33ª edição. O espaço sempre foi motivo de negócios tanto no local, quanto a curto prazo. Neste ano a expectativa é ainda maior. As pessoas estão ansiosas por eventos presenciais, pelo contato olho no olho e por conhecer novos produtos e serviços”, explica.

Planta do Encatho & Exprotel 2022

São mais de 80 espaços disponíveis! Garanta sua participação através do fone/WhatsApp 48 98843-7659 ou pelo e-mail comercial@abih-sc.com.br Além da participação na feira, existem cotas de patrocínio e merchandising.

Serviço:

Encatho & Exprotel 2022

Quando: de 26 a 28 de julho

Onde: CentroSul – Florianópolis – SC

Quanto: Entrada Gratuita

Informaçõeswww.encatho.com.br

Inscrições abertas para o workshop sobre LGPD

Inscrições abertas para o workshop sobre LGPD

Este workshop terá como foco a exposição dos principais aspectos da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e o treinamento dos participantes com relação à aplicação desta lei a empresas do ramo hoteleiro.

Os participantes serão capacitados com aulas teóricas e terão participação ativa nas análises e discussões de casos práticos que lhes serão apresentados durante o curso, e que lhes permitirão compreender e iniciar um projeto de implementação da adequação à Lei Geral de Proteção de Dados em estabelecimentos do setor hoteleiro.

Público-alvo

O curso é destinado à profissional de qualquer área, seja do setor jurídico, do administrativo, do RH, da TI ou mesmo consultor externo, e que busca conhecimento e ferramentas para compreender melhor a incidência da LGPD no ramo hoteleiro.

Metodologia

O curso será dividido em 03 fases:

  1. Teoria: Exposição dos temas inerentes à LGPD e ao ecossistema de privacidade e proteção de dados;
  2. Parte prática: Análise e resolução de casos hipotéticos sobre assuntos envolvendo a proteção de dados nas empresas do ramo hoteleiro;
  3. Atendimento individual: Após o encerramento do curso, atendimento individual do participante para dúvidas a respeito do conteúdo ministrado.

Tanto na exposição oral quanto no material escrito é usado uma linguagem acessível e de fácil compreensão para todos os profissionais do público-alvo.

Atendimento individual

Como se trata de um curso com forte viés prático em que o participante tende a consolidar o aprendizado e colocar em prática o conteúdo aprendido, será ofertado atendimento individual pós curso.

Em até 20 dias após o encerramento do workshop o participante poderá agendar um atendimento individual com o professor do curso, de forma presencial ou on line, para tirar dúvidas a respeito do conteúdo ministrado.

Carga horária: 15h

Dias: 15/03 – TERÇA-FEIRA (manhã e tarde), 16/03 – QUARTA-FEIRA(manhã e tarde) e 17/03 – QUINTA-FEIRA (manhã) + 01hora do atendimento individual.

Investimento

Associado ABIH-SC: R$1.700,00;

Não associado ABIH-SC: R$2.100,00.

Informações

comercial@abih-sc.com.br

48 98843-7659

Informativo ABIH-SC

Informativo ABIH-SC 03 de fevereiro

No informativo da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina – ABIH-SC, você vai ver:

Encatho:Uma programação pensada para a hotelaria e para o turismo;-Vai contratar? A b2bhotel dá todo o apoio na contratação de seu colaborador CLT!;-Você já conferiu a revista ABIH-SC?;-Fazzenda Park Hotel (SC) anuncia projeto de expansão para 2022!;-Estudo da demanda turística do estado de Santa Catarina;-Destinos de sol e praia foram os mais buscados pelos turistas em 2021;-Ministério do Turismo lança Programa Turismo Seguro;-Hotel Blumenau;-Bombinhas Tourist Apart Hotel.

Clique AQUI para conferir o informativo na íntegra.

“ESTUDO DA DEMANDA TURÍSTICA DO ESTADO DE SANTA CATARINA”.

Estudo da demanda turística do estado de Santa Catarina

Estamos presenciando a execução do maior projeto de pesquisa turística já realizado em Santa Catarina, o “ESTUDO DA DEMANDA TURÍSTICA DO ESTADO DE SANTA CATARINA”. 

Essa pesquisa tem como objetivo proporcionar um panorama atual acerca dos visitantes que circulam em nossas regiões turísticas,  mensurando, qualificando e traçando o perfil dos visitantes, bem como, avaliar a qualidade dos serviços, infraestrutura turísticos do estado; buscando compreender os hábitos de consumo dos nossos visitantes em diversas épocas do ano, possibilitando um diagnóstico atualizado do turismo em SC.

É a primeira vez que todas as 13 regiões turísticas do estado são contempladas em uma única pesquisa, através da utilização de tecnologias inovadoras para a coleta de dados, como o uso de beacons virtuais espalhados nos diversos destinos e atrativos para a captação de questionários on-line; e o monitoramento da telefonia móvel para compreender melhor o fluxo de demanda em nosso estado. 

A pesquisa foi lançada oficialmente no dia 15 de dezembro de 2021 e será encerrada em agosto de 2022. A partir da data de início você já pode encontrar os beacons virtuais sob a forma de placas indicativas e QR Codes espalhados por alguns dos principais pontos turísticos do estado.

Para apoiar a ação, a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina – ABIH-SC, irá auxiliar na divulgação! Será enviado aos associados das 13 regiões turísticas o QRCode da pesquisa e divulgação no site e redes da entidade.

Mas, desde já, é possível participar!

A primeira etapa do projeto já está no ar. O questionário sobre os hábitos de viagem dos catarinenses é simples, rápido e fácil de responder. Sua opinião é fundamental para o sucesso dessa pesquisa e do turismo catarinense. Participe no link abaixo:

https://www.edtesc.com.br/

Este  projeto está sendo  desenvolvido e aplicado por um grupo multidisciplinar, formado por profissionais da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) em conjunto com o Instituto Federal Catarinense (IFC), em uma parceria inédita com empresas do setor privado, a SmartTour, Linkmesh e Kido Dynamics, que agem em diferentes frentes tecnológicas da pesquisa.

Ademais, conta com o apoio institucional da Universidade da Região de Joinville (Univille); Universidade do Contestado (UnC); Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc); Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC); e da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc). 

Além do financiamento vindo através da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) e da Secretaria Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur).

Contamos com a sua participação! Você contribuirá para a construção de um Turismo melhor para Santa Catarina.

Encatho: Uma programação pensada para a hotelaria e para o turismo

De 26 a 28 de julho, Florianópolis será o ponto de encontro dos hoteleiros e fornecedores! A Ilha da Magia será o palco do grande encontro do turismo e da hotelaria no sul do país, o 33º Encatho & Exprotel vem aí!!!

Capacitação através de palestras, seminários e painéis, feira de produtos e serviços para o turismo e hotelaria, e uma ampla discussão sobre “Mercado & Negócios”.

A organização do evento segue a todo vapor, com a comercialização dos estandes e definição das palestras, para oferecer a você um excelente conteúdo. A proposta da ABIH-SC – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis é proporcionar momentos de qualificação, negócios e muito networking, tanto para profissionais quanto para empresários e estudantes envolvidos no macrossetor do turismo. O evento é aberto ao público e tem entrada gratuita, reunindo durante os três dias, mais de 3 mil participantes do Brasil e exterior.

O que podemos adiantar da programação é que estarão inclusas áreas temáticas de A&B, Finanças, Gestão, Pessoas, Marketing e Vendas, Negócios, Legislação e Inovação & Tecnologia. Todas focadas em oportunizar negócios, acompanhar o mercado e ampliar o conhecimento nas diversas áreas da administração de um empreendimento. Tudo está sendo pensado com muito carinho para você!

Já a Exprotel, conta com mais de 80 espaços disponíveis a planta da 31ª edição da tradicional feira de produtos e serviços já está disponível para venda. Garanta sua participação através do fone (48) 98843-7659 ou pelo e-mail comercial@abih-sc.com.br Além da participação na feira, existem cotas de patrocínio e merchandising.

Serviço: Encatho & Exprotel 2022

Quando: de 26 a 28 de julho

Onde: CentroSul – Florianópolis – SC

Quanto: Entrada Gratuita

Fazzena Park Hotel

Fazzenda Park Hotel (SC) anuncia projeto de expansão para 2022

Foto: Divulgação/Fazzenda Park Hotel

Localizado em Gaspar (SC), o Fazzenda Park Hotel, que encerrou 2021 com alta de 48% no faturamento, anunciou seu plano de expansão para 2022. Até o fim de ano, o empreendimento inaugurará um complexo com 168 apartamentos, um restaurante e recepção. O novo espaço contará com áreas técnicas como data center e central térmica, ligado à estrutura já existente.

Além disso, o complexo também sediará a área administrativa do hotel. O novo espaço terá 36 mil metros quadrados e a conexão com o prédio será feita por meio de um átrio de seis lados iguais, contendo elevadores panorâmicos com capacidade para até 18 ocupantes.

“Temos, por andar 26 apartamentos. A ideia é irmos abrindo um andar por vez. Todos os apartamentos serão entregues de forma gradual, para garantir nosso padrão de atendimento”, explica Vanessa Graciola, gerente de obras do hotel.

Outras ações

Vanessa ponta ainda que o resort será expandido em torno de 45 mil metros quadrados, englobando piscinas, hidromassagens, áreas técnicas, alojamento de funcionários, rancho dos cavalos, cozinha e buffets. Uma segunda torre também já está em andamento, prevendo o acréscimo de 182 apartamentos e um pavimento de lazer.

“Essa expansão faz parte do nosso plano de melhorar ainda mais o atendimento e os ambientes que nossos hóspedes frequentam. Por isso, junto da ampliação física, treinamos nossos funcionários para se adaptarem a essas mu7danças e continuarmos oferecendo bom atendimento, entretenimento e gastronomia”, finaliza Antonio Coradini, gerente comercial do empreendimento catarinense.

Fonte: Hotelier News

Revista ABIH-SC

Você já conferiu a revista ABIH-SC?

Revista ABIH-SC

A tradicional publicação da ABIH-SC foi oficialmente lançada em dezembro de 2021. Na revista você vai encontrar assuntos de interesse da hotelaria como a entrada em vigor da LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados, a negociação com o ECAD – Escritório Central de Arrecadação e Distribuição, onde os associados da ABIH têm até 70% de desconto, e os 85 anos da ABIH Nacional complementam os assuntos em destaque.

A publicação é também um guia da hotelaria catarinense, com a lista de hotéis associados à ABIH-SC em todas as regiões turística, bem como, listagem dos principais fornecedores da cadeia produtiva do turismo.

Você pode retirar um exemplar da revista na sede da ABIH-SC ou conferir a revista digital. CLIQUE AQUI!

Para mais informações: abih@abih-sc.com.br ou 48 98843-7711.

Destinos de sol e praia foram os mais buscados pelos turistas em 2021

Rio de Janeiro, Porto Seguro e Florianópolis aparecem na lista. Crédito: Bruna Prado, Daniel Vianna e Márcio Filho/MTur

Cidades como Florianópolis, Porto Seguro e Natal despontaram na lista de preferência dos viajantes no ano passado.

Dos dez destinos mais procurados pelos turistas em 2021, sete eram de sol e praia. A constatação é de um levantamento divulgado nesta semana pelo site Decolar.com. Entre os locais preferidos pelos internautas estavam o Rio de Janeiro (RJ), Porto de Galinhas (PE), Maceió (AL), Natal (RN), Porto Seguro (BA), Florianópolis (SC) e Fortaleza (CE). Também apareceram na lista as cidades de São Paulo (SP), Gramado (RS) e Campos do Jordão (SP), conhecidas pela gastronomia, temperaturas amenas e belas atrações.

Para o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, a lista confirma as expectativas do Ministério do Turismo para 2021, que apostava na valorização do turismo doméstico e na preferência de atrativos ao ar livre. “O ano passado foi um ano de retomada do turismo e da confiança dos turistas. Diante disso, vimos cidades despontarem com índices superiores ao pré-pandemia, e ainda esperamos resultados melhores para 2022. Este é o nosso compromisso com o turismo nacional”, destacou.

Em janeiro do ano passado, o Ministério do Turismo publicou uma lista com os 21 destinos tendência para 2021. Entre os dez mais procurados no site da Decolar, nove aparecem no estudo feito pelo Pasta (Fortaleza, Maceió, Natal, Rio de Janeiro, Porto de Galinhas, Porto Seguro, Florianópolis e São Paulo). O levantamento foi realizado tomando como base os principais sites de pesquisa do setor, além de publicações e dos destinos que se alinham à demanda do novo turista.

SELO TURISMO RESPONSÁVEL – Antes de viajar, é importante verificar a adoção de protocolos de biossegurança pelos estabelecimentos turísticos do país. Para isso, o Ministério do Turismo recomenda uma série de medidas para uma viagem segura, por meio do selo “Turismo Responsável”, iniciativa que estabelece boas práticas de biossegurança para 15 atividades do setor e para turistas. Há protocolos específicos para a prevenção da Covid-19 que podem auxiliar na retomada segura das atividades turísticas.

O selo está disponível para meios de hospedagem, parques temáticos, restaurantes, cafeterias, bares, centros de convenções, feiras, exposições, guias de turismo, dentre outros e pode ser obtido de maneira rápida e segura de forma online. Para saber mais, clique AQUI.

Fonte: Mtur

Turismo do Sul de Santa Catarina está entre os melhores do mundo

Turismo do Sul de Santa Catarina está entre os melhores do mundo

Os canyions sempre estiveram lá, mas agora começaram a receber infraestrutura e com isso passaram a ser descobertas pelos turistas de todo o mundo. – Foto: Divulgação

Os canyons de Praia Grande são a segunda melhor opção brasileira e a vigésima melhor do mundo para quem busca destinos ao sol.

Roteiro pelo sul de Santa Catarina figura na lista de melhores destinos do mundo para se visitar. O prêmio Travellers Choice 2022, da plataforma TripAdvisor ganhou destaque na página oficial do Ministério do Turismo do Brasil.

A pacata cidade de Praia Grande no extremo sul de Santa Catarina é um dos sete destinos brasileiros da lista. Ela é indicada como a segunda melhor opção do Brasil para quem procura destinos de sol. Destaca-se ainda que a opção é apontada como o 22º melhor lugar do mundo nesta categoria. Quem conhece a região não deve se surpreender com a informação. A região é conhecida pelos canyons, entre eles os badalados Itaimbezinho e o Malacara.

A lista foi publicada nesta primeira quinzena de janeiro. A metodologia de escolhe obedece as avaliações e comentários feitos pelos turistas na plataforma.

Na publicação os destinos turísticos estão divididos em quatro categorias. As duas principais são Natal (RN) e Paraty (RJ). Entre os locais para lazer ao ar livre aparece ainda o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (GO). A cidade de São Paulo foi eleita uma das dez cidades do mundo para quem ama gastronomia e Rio de Janeiro (RJ), Praia Grande (SC) e Campos do Jordão (SP) para quem prefere destinos de sol.

Fonte: ND Mais