Informativo ABIH-SC

Informativo ABIH-SC 24 de fevereiro

No informativo da ABIH-SC desta semana você confere:

SAVE THE DATE! Encatho & Exprotel;-LGPD e o setor hoteleiro!;-O que acha de melhorar os resultados seu hotel?;-IL Campanario Villaggio Resort promove confecção de máscaras para o Carnaval em parceria com a designer Maristela Brites;-MTur inicia pesquisa para avaliar cenário e perspectivas do setor de meios de hospedagem;-Carnaval 2022 será ponto facultativo em SC; veja como funcionará nas maiores cidades;-Prazo para cadastramento de soluções tecnológicas termina na próxima segunda (28);-Susin Hotel;-Hotel 10 Joinville.

Confira o informativo completo AQUI!   

SAVE THE DATE! Encatho & Exprotel

Encatho & Exprotel, o maior encontro de hoteleiros do Sul do país já acontece de 26 a 28 de julho de 2022, no CentroSul, em Florianópolis. Os espaços para a tradicional feira de produtos e serviços já estão sendo comercializados e a programação também já começa a ganhar forma com as primeiras parcerias e palestrantes confirmados.

O evento que é sucesso de público, negócios e relacionamento entre os profissionais, empresários e fornecedores do setor promete surpreender novamente os participantes.

O mês de fevereiro foi muito proveitoso para as organizadoras do evento, foram mais de 20 reuniões com fornecedores e parceiros para comercialização de estandes e definições para a programação!

Podemos adiantar que teremos muitas e muitas novidades no Encatho & Exprotel neste ano, teremos os parceiros que já são de casa e novas parcerias que estão se desenhando. Aqui vamos citar algumas!

  • Reunião online com Alan Claumann e Bianca Antonini para tratar do Fórum de A&B, além da divulgação de indicadores do turismo regional;
  • Reunião com Fabio Luis Farber, Gerente de Promoção do Turismo da Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina – SANTUR.
Juliana Bossi Castro, Fabio Luis Farber e Josiane Castilhos.
  • Reunião com Diego Correa da HSystem para falar sobre a programação do Encatho e a participação na Exprotel.
Juliana Bossi Castro, Diego Correa e Josiane Castilhos.
  • Reunião com o Head de Negócios da BenLife4You, Santiago Parquet.
Juliana Bossi Castro, Josiane Castilhos e Santiago Parquet.
  • Reunião com as executivas das ABIH’Seccionais para confirmação do encontro anual dentro do Encatho;
Bianca Borges e Juliana Cardoso/ABIH – Nacional, Josiane Castilhos e Juliana Bossi Castro/ABIH-SC, Lygia Tavares/ ABIH-PB, Vanice marques/ABIH-MT, Gabriela Duarte/ABIH-RN, Glaucia Sangiovanni/ABIH-SP, Júlia Malheiros/ABIH-PE.
  • Reunião com Mauricio Ventura para falar sobre turismo de experiência;
  • Reunião com a Vettore Assessoria e Construção e a MM Arquitetura para tratar de um projeto que vai simplesmente deslumbrar os presentes no evento.
Patricia Moschen, Carol Mocelin, Juliana Bossi Castro, Josiane Castilhos, Iron Junquera, Patricio Figueiredo. Kelvin Castro e Junior Castro.

  • Reunião com o Conselheiro Fiscal da ABIH-SC, sr. Rogério Bachi, CEO do RB Hotelaria.
Juliana Bossi Castro, Josiane Castilhos e Rogerio Bachi.

Exprotel

Há anos, a Exprotel vem sendo reconhecida como uma das grandes vitrines dos fornecedores do segmento turístico e hoteleiro no sul do país. Tudo isso, graças a um planejamento bem elaborado pela diretoria da ABIH-SC, com a participação ativa dos fornecedores que contribuem com sua experiência para que as melhores decisões sejam tomadas, e os melhores resultados sejam alcançados.

A Exprotel, conta com mais de 80 espaços disponíveis a planta da 31ª edição da tradicional feira de produtos e serviços já está disponível para venda. Garanta seu estande, assim como Desbravador Software, Grosfillex, Harus, Newhotel Check-in e Onix.

Entre em contato através do fone (48) 98843-7659 ou pelo e-mail comercial@abih-sc.com.br. Além da participação na feira, existem cotas de patrocínio e merchandising.

Serviço: Encatho & Exprotel 2022

Quando: de 26 a 28 de julho

Onde: CentroSul – Florianópolis – SC

Quanto: Entrada Gratuita

Prazo para cadastramento de soluções tecnológicas termina na próxima segunda (28)

Termina na próxima segunda-feira (28.02) o prazo para o cadastramento de soluções tecnológicas que possam servir de inspiração para “Destinos Turísticos Inteligentes” (DTI) – projeto pioneiro que busca transformar cidades brasileiras em destinos inovadores. A iniciativa é voltada a empresas e startups do Brasil que possuam projetos inovadores na área do turismo. O objetivo é que, após uma avaliação, os projetos componham um catálogo, que deve ser lançado no próximo mês.

A seleção, iniciada em 9 de dezembro de 2021, é organizada pelo Ministério do Turismo em parceria com o Instituto Ciudades del Futuro, que desenvolvem um projeto-piloto de criação de DTIs envolvendo 10 cidades das cinco regiões do país.

Inscreva-se AQUI.

Para o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, a inovação já é um dos principais impulsionadores do turismo no mundo e o Brasil possui um volume grande de empresas que podem agregar ao setor. “Somos um país que está avançando no desenvolvimento tecnológico e o turismo precisa avançar junto. Queremos reunir soluções que ajudem a proporcionar as melhores experiências possíveis aos nossos visitantes, que cada vez mais buscam soluções tecnológicas ao escolher um destino de viagem”, disse.

Além de auxiliar o desenvolvimento do setor, a expectativa é de que a iniciativa dê visibilidade a empresas e startups que oferecem projetos de vanguarda para o desenvolvimento do setor, de forma a estreitar laços junto ao poder público e otimizar o crescimento do ecossistema de inovação em escala local, regional e nacional. As iniciativas elegíveis envolvem a digitalização de negócios e destinos, a personalização de experiências do visitante, marketing, economia criativa e automação, entre outros campos.

DTI – Inédito no Brasil, o projeto-piloto Destinos Turísticos Inteligentes busca estabelecer diretrizes e um formato nacional para transformar destinos turísticos em espaços inovadores, sustentáveis, seguros e criativos, tanto para os turistas como para a sua população. Participam da ação duas cidades representando cada uma das cinco regiões do país: Rio Branco/AC e Palmas/TO (Norte); Recife/PE e Salvador/BA (Nordeste); Campo Grande/MS e Brasília/DF (Centro-Oeste); Florianópolis/SC e Curitiba/PR (Sul); Rio de Janeiro/RJ e Angra dos Reis/RJ (Sudeste).

Por Victor Maciel

Assessoria de Comunicação do Ministério do TurismoCategoriaViagens e Turismo

fONTE: mTUR

IL Campanario Villaggio Resort

IL Campanario Villaggio Resort promove confecção de máscaras para o Carnaval em parceria com a designer Maristela Brites

Para tornar o clima de Carnaval ainda mais alegre e contagiante, o IL Campanario Villaggio Resort, em Jurerê Internacional, irá realizar no próximo sábado (26), às 17h, uma demonstração de produção de máscaras e acessórios para cabelo assinada pela designer e colunista Maristela Brites. A ação será voltada para os hóspedes do hotel, que aprenderão a confeccionar seus próprios adereços e ainda poderão adquirir peças exclusivas criadas pela artista.

Maristela Brites

A ideia é que os turistas possam utilizar acessórios nos eventos previstos na programação do hotel, do Jurerê Open Shopping (vizinho ao empreendimento) ou nos beach clubs e casas noturnas de Jurerê Internacional. A iniciativa vai ao encontro do tema do hotel, que este ano é “Carnevale IL Campanario”, inspirado no glamour, charme e elegância do Carnaval Veneziano. Além da decoração temática, o hotel reserva uma programação diferenciada e exclusiva para os hóspedes, com gastronomia, drinks e atrações que remetem à celebração mais famosa da Itália. Um dos destaques será o baile infantil que acontece no dia 27.

A jornalista também confecciona fantasias práticas, com a técnica moulage (que modela a roupa sem costurar), sob encomenda e personalizadas, que estarão no mostruário e poderão ser adquiridas na hora. Maristela desenvolve a sua coleção temática de Carnaval exclusiva pelo quarto ano consecutivo.

O trabalho vem sendo realizado em parceria com o salão Hair Address, onde presta assessoria aos clientes na escolha e composição de looks. A iniciativa repercutiu na mídia, inclusive com matérias em emissoras de TV, onde a colunista mostrou como produzir, customizar e utilizar fantasias. O sucesso foi tanto que ela recebeu encomendas para Manaus e até para o Baile da Vogue, em 2019.

As obras de Maristela também marcaram presença na badalada festa de inauguração do Franz Cabaret, bar temático burlesco de Florianópolis, que combina em cheio adereços e fantasias. Informações: (48) 99124-5145.

IL Campanario Villaggio Resort

Av. dos Búzios, 1760 – Florianópolis/SC

Reservas: 55 48 33317200

Whatsapp: 55 48 99163 4985

E-mail: reservas@jurere.com.br

www.ilcampanario.com.br

LGPD no setor hoteleiro

LGPD e o setor hoteleiro

Ao longo da sua existência, a sociedade passou por diversas transformações na sua forma de organização social e na sua forma de gerar riqueza. Passou de sociedade agrícola à sociedade industrial, e chegou num terceiro momento, denominado de pós-industrial, onde o arranjo socioeconômico restou assentado não tanto pelo que poderia se produzir, mas pelo que poderia se ofertar. A prestação de serviço passou a ser a mola propulsora da economia.

E agora, no atual estágio, a forma de organização social e econômica tem no seu âmago a informação como elemento nuclear para desenvolvimento da economia. E isso se deu, em boa medida, pela evolução tecnológica recente que permitiu a coleta, o armazenamento e a transmissão de informação em grande quantidade e de forma muito rápida.

Essa revolução binária comprimiu e desmaterializou um volume gigantesco de informação em dados, promovendo um progresso qualitativo e quantitativo de informação e conhecimento. Veja-se, por exemplo, no caso de hotéis, o impacto sofrido na última década pelo ambiente virtual da internet e sites de turismo e intermediação de procuras e reservas de hospedagem.

Não por acaso que foi popularizada a expressão criada por Clive Humby, um matemático londrino especializado em ciência de dados: “Data is the new oil” (dado é o novo petróleo), considerado a sua importância e o seu valor para o setor produtivo transforma-lo em informação, em conhecimento e, por fim, geração de negócios.

A manipulação de dados tem norteado as atividades de marketing em praticamente todo mercado de consumo. O consumidor passou a ser não mais um lado passivo da oferta de produtos e mercadorias, mas passou a uma posição que dita a produção do que o mercado oferece ou tende a oferecer. Conhecendo o consumidor, passou-se a abrir novos caminhos para o setor econômico.

E foi nesse contexto, somado aos grandes vazamentos e utilização indevida e desautorizadas de dados pessoais (considerados parte do direito de personalidade das pessoas), que a proteção de dados ganhou força no ordenamento jurídico nacional. Espelhada na lei européia, sobreveio no Brasil a Lei n.º 13.709/2018, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) que, após algumas alterações legislativas, alcançou a plenitude da sua vigência agora no mês de agosto de 2021.

A LGPD dispõe sobre o tratamento de dados pessoais, nos meios físicos e digitais, com o objetivo de proteger os direitos fundamentais de liberdade e de privacidade e o livre desenvolvimento da personalidade das pessoas. A lei estabelece regras e limites para a coleta, o armazenamento, o tratamento, o compartilhamento e a exclusão de dados pessoais.

A sua incidência se dá em qualquer operação de tratamento realizada por pessoa natural ou por pessoa jurídica, seja de direito público ou privado, e independentemente do meio, do país de sua sede ou do país onde estejam localizados os dados. Ou seja, cuida-se de uma lei que impõe obrigações imediatas a toda e qualquer empresa que, em maior ou menor escala, realize qualquer forma de tratamento de dados pessoais. De um pequeno comércio a uma grande multinacional, todos estão submetidos ao novo regramento.

E no mercado hoteleiro, qual o impacto dessa necessidade de adequação a LGPD?

Segundo a 6ª. edição de Pesquisa de Canais de Distribuição realizada pelo Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB), 48% do quartos vendidos no ano de 2018, por exemplo, foi por reserva on line. Ou seja, há um grande fluxo de informações sendo fornecida, coletada e tratada pelo setor hoteleiro, de forma on line, rápida e em larga escala, que envolve a proposta de serviço, a contratação e até mesmo o pagamento, com o fornecimento e coleta de dados pessoais.

A par da necessidade comercial de coletar informações dos clientes para melhorar a seu desempenho comercial e de experiência do cliente, o setor hoteleiro está submetido, por força de lei, a realizar a coleta – e com isso o tratamento – de dados dos hóspedes. Isso é o que diz, por exemplo, o artigo 26 do Decreto n.º 7381/2010 que regulamenta a lei de turismo, ao impor o tipo de dados pessoais que deverão ser colhidos do hóspede e dever de armazenamento respectivo.

E mais, o artigo 26 da Lei n.º 11.771/2008, que regulamenta a política nacional do turismo, impõe aos partícipes do ramo hoteleiro o dever de prestar, periodicamente, as informações sobre o perfil dos hóspedes, entre outros dados, mediante formulário próprio (Ficha Nacional de Registro de Hóspedes – FNRH e Boletim de Ocupação Hoteleira – BOH) mencionado na própria legislação. Como dito, não só por questão comercial, mas sim por determinação legal, que o setor hoteleiro tem o dever de coleta e tratamento de dados pessoais e, com muita mais sensibilidade e cuidado, deve adotar procedimentos de adequação a LGPD.

Por onde começar então? Ter consciência do dever de adequação já é um grande ponto de partida.

Indo para o lado mais prático, o partícipe deste setor deve saber que dado pessoal é toda informação relacionada a uma pessoa identificável ou não. Do dado mais básico como o nome, o CPF, a outros como, por exemplo, a placa de carros sob guarda do hotel e as imagens de pessoas captadas pelas câmeras de segurança. Com isso, os profissionais do setor começaram a ter uma melhor noção do cenário de coleta e de fluxo de dados que passa pelo seu negócio, que representa premissa básica para fazer o mapeamento de dados tratado pela empresa.

Posteriormente, há de se definir a finalidade, a necessidade e a adequação dos dados captados, bem como as bases legais para as operações de tratamento que serão realizadas. Saber se precisa do consentimento do titular dos dados ou se esta pode ser dispensada. E ainda, é necessário definir papéis e responsabilidades com a manipulação de dados pessoais.

Essas 03 etapas básicas representam a espinha dorsal de uma atividade dotado de certa complexidade que é a adequação à LGPD, e que envolvem profissionais principalmente da área jurídica, da administração e da TI.
A LGPD ainda dispôs sobre incidência de penalidade para casos de não adequação aos termos da lei, entre as quais a multa passível de ser aplicada pela Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), o que deve servir de gatilho para a adoção de cuidados maiores pelas empresas. Mas a falta de cautela com dados pessoais pode gerar demandas envolvendo consumidores, em reclamações em órgãos de proteção do consumidor e em ações judiciais em juizados especiais, o que já vem acontecendo bastante.

Para além das penalidades legais acima citadas, a adequação da LGPD tende a ser exigida mesmo é pelo mercado, pelos prestadores de serviços do mercado da hotelaria, pelos clientes e pelos colaboradores. Além de cumprir uma determinação legal, a adequação à LGPD pode ser algo que criará valor à administração da empresa e à forma com que o empresário poderá extrair informações para aumentar a sua força comercial.

Por, Dr. João Paulo de Mello Filippin.

Baião & Filippin Advogados Associados

Carenaval 2022 SC

Carnaval 2022 será ponto facultativo em SC; veja como funcionará nas maiores cidades

Tudo pronto para o Bloco SOS ganhar as ruas centrais de Florianópolis – Foto: Marina Simões/ND

As festividades abertas ao público do Carnaval 2022 deveriam começar no próximo sábado (26), mas os eventos estão cancelados nas maiores cidades de Santa Catarina. A decisão está relacionada ao cenário epidemiológico e à explosão do número de casos de Covid-19 durante as festas de fim de ano.

Pelo segundo ano consecutivo, avenida e arquibancadas da Passarela Nego Quirido em Florianópolis serão silenciadas. O encontro com o público não acontecerá nem na passarela nem nos tradicionais blocos de rua. A decisão foi tomada no início de janeiro deste ano.

Estão na mesma situação que a Capital, cidades do Oeste, incluindo Chapecó, Laguna, Blumenau, Joinville, Itajaí e Balneário Camboriú.

“Há mais de um mês, em Balneário Camboriú, nós decidimos não ter atividades relacionadas às festividades do Carnaval em locais públicos devido a alta da pandemia, o número de casos, é claro que com menos internações, mas foi prudente. O Carnaval nós precisamos de um planejamento. E Carnaval as pessoas vêm sim para aglomerar. Então, não justificaria o Poder Público ser o promotor deste aglomero”, disse o secretário de Turismo de Balneário Camboriú, Geninho Goes.

Em Balneário Rincão, no Sul do estado, um trio elétrico vai passar pelas ruas da cidade, mas sem cordão ou blocos. Joinville e Criciúma foram as únicas a anunciar que não irão aderir ao ponto facultativo decretado pelo governo do Estado. Nas duas cidades não haverá festas públicas e o funcionamento de todos os setores será normal a partir de segunda.

A advogada Vivian de Gann dos Santos explicou que “em Santa Catarina e no Brasil, de um modo geral, Carnaval é a cultura que a gente tem de fazer um ponto facultativo já aguardado e esperado por todos. Mas é uma questão cultural. No fim das contas, o Carnaval tanto para os entes públicos, com seu ponto facultativo, quanto para a iniciativa privada vai ficar a critério de cada administrador”.

Os destinos mais procurados estão animados com o aquecimento do trade turístico. A expectativa é tão grande que a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Florianópolis está incentivando a abertura do comércio durante os dias de folia e pedindo a revogação do ponto facultativo.

Para o vice-presidente da CDL Florianópolis, Júlio Geremias, “é muito importante manter os funcionários circulando na cidade. Quando isso aconteceu no ano passado, nós conseguimos um aumento de quase 30%no movimento do comércio. Vários estabelecimentos não vão abrir por suas características especiais, mas todos aqueles que possam abrir estamos recomendando fortemente que abra”.

Fonte: ND+

O que acha de melhorar os resultados seu hotel

O que acha de melhorar os resultados seu hotel? Venha para a Seven Suite

A Seven Suite é uma empresa de tecnologia recém chegada ao Brasil, focada em trazer as melhores soluções em sistema para hotéis e pousadas.
Estamos entrando em uma nova fase de crescimento nas empresas e tal crescimento tem acontecido com o apoio da TECNOLOGIA. Essa nova ‘parceira’ traz as facilidades que você precisa para alavancar seus negócios de forma simples e acessível.

Nós da Seven Suite queremos ser seu parceiro quando o assunto é tecnologia, facilidade e bons resultados. Te oferecemos uma plataforma de gestão para as operações do seu hotel que te garante um melhor controle, informações precisas, melhora dos processos e praticidade.

Conheça um pouco das nossas facilidades:

Modelo SaaS – Sistema Web

Nosso sistema está na web, isso significa que você não terá que investir em servidor ou espaço extra. Você tem uma boa internet? Pronto, isso é o que você precisa para começar a usar o sistema.

Multiplataforma

Acesse as informações do seu hotel e realize operações utilizando qualquer dispositivo com acesso a internet, onde e quando quiser!

Seven Academy

Jamais te deixaríamos sem um excelente suporte! Por isso criamos a plataforma Seven Academy, onde oferecemos cursos para te ensinar todas as operações do sistema, além de um chat com técnicos disponíveis para tirar as suas dúvidas. Se ainda assim precisar de um suporte mais específico, estaremos atentos à sua solicitação por e-mail ou telefone.

Quer nos conhecer um pouco melhor? Assista o vídeo abaixo com o recado que temos para você:

Converse com a Seven Suite

Acesse o site www.mysevensuite.com.br e agende sua demonstração ou envie um e-mail para contato@mysevensuite.com.br e permita-nos te mostrar um pouco mais de nossas facilidades.

MTur inicia pesquisa para avaliar cenário e perspectivas do setor de meios de hospedagem

MTur inicia pesquisa para avaliar cenário e perspectivas do setor de meios de hospedagem

Donos de meios de hospedagem podem participar da pesquisa do MTur até 25 de março. Crédito: Arquivo MTur

O Ministério do Turismo deu início, nesta quarta-feira (23.02), à Sondagem Empresarial dos Meios de Hospedagem. A pesquisa tem como objetivo avaliar o desempenho do segmento no último semestre de 2021 e conhecer a perspectiva dos empresários em relação aos próximos seis meses.

Se você é dono(a) de hotel, pousada ou outro tipo de meio de hospedagem, participe da pesquisa clicando AQUI. O tempo de resposta é inferior a três minutos e as informações preenchidas são confidenciais. O questionário estará disponível até o dia 25 de março.

A Sondagem monitora indicadores relevantes para o mercado como o número de empregados, faturamento da empresa, pretensão de investimentos e demanda por serviços.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, explica que os dados são importantes para as entidades públicas, civis, acadêmicas e para a população em geral. “A participação dos empresários de meios de hospedagem é fundamental para que possamos entender o atual cenário do segmento e reunir insumos para darmos os próximos passos, com a criação de políticas públicas assertivas e eficazes direcionadas ao setor, principalmente diante da pandemia de Covid-19”, ressaltou.

O Ministério do Turismo também realiza a Sondagem Empresarial das Agências e Operadores de Viagem, como forma de monitorar e avaliar este outro segmento de extrema relevância para o turismo. As últimas edições da Sondagem Empresarial e outros dados do setor podem ser acessados no Observatório do Turismo, clicando  AQUI.

Fonte: Mtur

Encatho & Exprotel

Informativo ABIH-SC 17 de fevereiro

No informativo da ABIH-SC desta semana, você vai ver:

11ª edição do Simpósio de Governança está confirmada no Encatho 2022;-Inscrições abertas para o workshop sobre LGPD!;-Redução de custos no setor hoteleiro;-Confira a 4ª edição da revista ABIH-SC;-SC abre oficialmente a Colheita da Maçã em Fraiburgo;-Aberta consulta pública sobre o Programa Nacional de Turismo Gastronômico;-Audiência Pública debate concessão do Complexo Turístico do Mirante da Serra do Rio do Rastro;-Hotel Sete Ilhas;-Hotel Porto Sol Ingleses  

Confira o informativo completo AQUI!

Encatho & Exprotel

11ª edição do Simpósio de Governança está confirmada no Encatho 2022

Como tradicionalmente acontece, o evento tem como objetivo tratar o dia a dia dos funcionários do setor hoteleiro, sempre abordando temas vivenciados em situações reais, permitindo a troca de experiências e enriquecimento pessoal e profissional para todos os participantes.

Nesta edição, o Simpósio será realizado no dia 27 de julho, das 09h às 15h30. Os palestrantes que participam do evento serão divulgados em breve, mas a equipe trabalha para novamente surpreender os participantes com conteúdos que melhorem processos, proporcionem a integração entre líderes, coordenadores e gestores, bem como, aprimorem a mão de obra para obter melhores resultados, de forma mais eficiente e eficaz para o empreendimento, e encantadora para os hóspedes.

Encatho & Exprotel

Com o tema “Mercado & Negócios” acontece de 26 a 28 de julho, no CentroSul, em Florianópolis o Encatho & Exprotel. Sua empresa atende o setor de turismo? Quer ampliar sua presença de mercado no sul do país? Quer estar em contato direto com hoteleiros? Então aqui é seu lugar!

Além dos espaços de exposição, salas e ações de merchandising fazem parte do portfólio do evento. Na edição 2022, empresas interessadas em divulgar sua marca no evento tem a opção de vincular seu produto ou imagem com opções que vão além do espaço de exposição na feira.

Diversas salas para cursos, palestras além de ações pontuais nas áreas do hall de entrada e piso superior.

 Já garantiu o seu espaço? Interessados em receber o portfólio com as opções de participar do evento podem solicitar proposta através do e-mail comercial@abih-sc.com.br ou através do whatsapp (48) 98843-7659.

O acesso ao evento é gratuito e, em breve, será disponibilizado o link para credenciamento no site www.encatho.com.br