Com vacinação, setor de turismo já sente maior procura por viagens

Com vacinação, setor de turismo já sente maior procura por viagens

 Em meio à vacinação contra a Covid-19, brasileiros começam a demonstrar maior interesse em retomar viagens de turismo, indicam entidades do setor. O quadro começa a gerar uma dose de otimismo entre empresários após o registro de uma série de prejuízos durante a pandemia.

Na visão de representantes da área, o avanço da imunização tende a reduzir restrições a atividades, criando aos poucos um ambiente mais favorável para os negócios. A recuperação completa do turismo, entretanto, só deve ocorrer a partir de 2022.

Pesquisas recentes da Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo) apontam para um cenário que começa a ficar mais positivo. Em abril, 69% das operadoras ouvidas pela entidade tiveram percepção de melhora ou nível similar de negócios frente a março. Em maio, esse percentual subiu para 97%.

O faturamento, entretanto, segue enxuto –ficou na faixa de 25% do verificado antes da crise sanitária.

“Apesar do volume de faturamento ainda estar aquém do praticado antes da pandemia, na média dos 25%, uma percepção com viés mais positivo começa a ganhar força entre as operadoras, principalmente por conta do maior interesse do consumidor em adquirir ou planejar viagens”, afirma em nota a associação.

Promoções e demanda reprimida, além da imunização, também ajudam a explicar os indícios de melhora, que ganharam fôlego a partir de maio, afirma o presidente da Braztoa, Roberto Nedelciu.

Segundo ele, boa parte dos consumidores busca destinos mais afastados de grandes centros urbanos e com espaços ao ar livre, característica vista ao longo da crise sanitária.

Conforme a associação, 71% das operadoras relataram que foram procuradas em maio por turistas vacinados, e 29% das viagens comercializadas para esse público ocorrerão em julho.

fonte: Folha de São Paulo