Reunião da Diretoria Executiva ABIH-SC

A reunião da diretoria executiva da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina – ABIH-SC, na quinta-feira(22/10), foi presidida por Osmar José Vailatti, no formato digital. Em pauta a apresentação do fluxo de caixa, atualização da 3ª Edição da Revista, atualização do evento Dia do Hoteleiro, Eleição ABIH-SC e Assuntos gerais.

Sócio Colaborador – Morane Outdoor Solutions

Há mais de uma década a Morane Outdoor Solutions oferece o que há de mais moderno e tecnológico em soluções para áreas externas. Nossos produtos englobam soluções para ambientes corporativos, pousadas e residências. Buscamos no mercado nacional e internacional sempre os produtos mais inovadores, que sejam práticos, duráveis e sustentáveis. Tudo isso pois entendemos que você e sua empresa merecem o melhor.

Protepraia

Seus dias de descanso na praia ganharam mais um aliado.

Proteja sua família de areia, vento, bolas e muito mais. O Protepraia é a solução para você curtir com quem você ama aquele perfeito dia de praia.

LEVE – Pesa somente 2,5kg.

VERSÁTIL – Use de acordo com as suas necessidades na beira da praia.

PRÁTICO – Monte em segundos e carregue para todo o lugar (adapta-se aos carrinhos de praia).

DURÁVEL – Feito em alumínio que é leve e não enferruja com a maresia.

BEM-ESTAR – Curta a praia sem preocupações de vento, areia e bolas sendo jogadas na sua família.

PROTEÇÃO – Crie uma barreira física contra bolas, tumultos e pessoas passando. Seus filhos seguros e você sem preocupação.

VENTOS – Proteja sua família contra o vento, característico de algumas praias. O ProtePraia acompanha um Kit Vento

AREIA – Proteja sua família também contra a areia. Resolva esse problema criando uma barreira física para a sua proteção.

HOTÉIS – Perfeito para uso em hotéis, pousadas ou resorts. Dê mais privacidade e proteção para os seus hóspedes e personalize o produto com seu logo.

BARRACAS DE PRAIA – Utilize o ProtePraia no seu estabelecimento e delimite espaço e proteção dos clientes. Personalize o produto com o seu logo.

Sintepalha

A solução para quem procura durabilidade sem perder a naturalidade.

A SintePalha é a cobertura perfeita para a sua área externa. Seja para quiosques, pergolados, telhados e coberturas em geral, a SintePalha é prática, tem aspecto idêntico aos de fibras naturais, além de ser durável e de pouca manutenção.

100% SINTÉTICO E RECICLÁVEL – Produzida em material sintético premium ideal para uso externo. Produto aditivado para resistência ao sol, à chuva e a ventos, sem ressecamento e perda de coloração. Além disso, a SintePalha não agride o meio ambiente e é 100% reciclável.

FÁCIL APLICAÇÃO – Fácil de colocar e de substituir suas folhas. Não exige preparo antecipado nem mão-de-obra especializada, além de não necessitar angulação na aplicação.

APARÊNCIA IDÊNTICA AO DE FIBRA NATURAL – Tenha na sua casa ou na sua pousada um telhado em sintético muito semelhante aos de fibra natural, mas sem a manutenção que esse necessita.

DURÁVEL – A SintePalha não exige manutenção constante e com durabilidade de até 20 anos. O produto conta com 5 anos de garantia para perda de cor e ressecamento.

PROTEÇÃO – O produto conta com proteção contra raios UV, fungos e insetos, além de neutralizar o calor no ambiente e bloquear parcialmente a luminosidade.

Sound&Light

Mais do que uma luminária, a Sound&Light chega para aliar decoração e sonorização para o seu ambiente externo.

– Decora o seu ambiente

– Recarregável em USB

– Durabilidade de 8 a 10 horas

– Acompanha controle remoto

– Luminária com cores variadas

– Auto-falantes com conexão Bluetooth

– Para áreas de até 35m²

É PESADO?

Não, ele é extremamente leve e portátil. Pesa apenas 2Kg e sua alça de transporte é super segura. O SL mede 30x40x60cm pra que você possa mudar de lugar com facilidade.

O SOM É BOM?

Sim, a qualidade sonora dele é incrível. São 10w RMS que garantem um som cristalido com graves imponentes.

DEMORA PARA CARREGAR?

Recarregar o SL é rápido. Acompanha um carregador que em menos de 2h devolve 100% da carga.

FUNCIONA EM QUALQUER DISPOSITIVO?

Sim, é Bluetooth 3.0, compatível com qualquer dispositivo, seja um smartphone iOS ou Android, ou qualquer outro com saída compatível.

É A PROVA DÁGUA MESMO?

Sim, contra chuva inclusive. Porém, o aparelho não pode ser imerso.

TEM GARANTIA?

O SL tem garantia total de 6 meses contra defeitos de fabricação.

ELE SINCRONIZA MAIS DISPOSITIVOS?

Você pode comprar mais de um com esta função e sincronizar todos eles via Wi-Fi, criando um som ambiente perfeito.

POSSO AJUSTAR A COR DA LUZ?

O SL vem acompanhado de um controle remoto completo, onde pode ser ajustado o volume, passar músicas e escolher entre uma das 12 cores disponíveis.

www.morane.com.br

51 99630-3714

51 99995-7577

vendas@morane.com.br

Conotel

Conotel – Edição Especial acontece de maneira híbrida nos dias 28 e 29 de outubro

O Congresso, que tradicionalmente conta com nomes de destaque no cenário de turismo e hotelaria no Brasil, esse ano terá entre seus palestrantes Raul Martins, presidente da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP) e Patrick Mendes, ex-CEO e hoje diretor financeiro da Accor, que farão um panorama da retomada do turismo no mercado internacional.

No primeiro dia (28.10), às 15 horas, após as boas vindas de Manoel Linhares, presidente da ABIH Nacional, de Ricardo Roman Júnior, presidente da ABIH-SP, e de Milton Vasconcelos, presidente do Conotel Brasil, Marcelo Álvaro Antônio, Ministro do Turismo, e Gilson Machado Neto, presidente do Embratur, abrem oficialmente os trabalhos.

Após a palavra inicial das autoridades, Raul Martins, presidente da Associação da Hotelaria de Portugal inicia sua apresentação. Em seguida, participa do painel: “2021 – Ações e Expectativas para o mercado hoteleiro em tempos de NOVO Normal”, mediado por Érica Drumond, vice-presidente da ABIH Nacional, no qual participam Orlando Souza, presidente executivo do FOHB – Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil, Sérgio Souza, presidente da Resorts Brasil, além do presidente da ABIH Nacional, Manoel Linhares.

Novo Normal

No dia 29 de outubro, a programação será centrada no tema “Trabalhando o Novo Normal – Hotelaria, Turismo, Agenciamento, Aviação e Eventos”, que será discutido, também com a mediação de Erica Drumond, por Chieko Aoki, presidente da Blue Tree, Patrick Mendes, diretor financeiro da Accor, Eduardo Sanovicz, presidente ABEAR – Associação Brasileira das Empresas Aéreas, Claiton Armelin, diretor executivo Produtos Nacionais da CVC, Toni Sando, presidente da Unidestinos, e Alexis Pagliarini, presidente-executivo da Ampro – Associação de Marketing Promocional.

Para Manoel Linhares, presidente da ABIH Nacional, realizar o Conotel – Edição Especial 2020 foi desafiador: “Essa edição do Congresso, juntamente com a Semana da Hospitalidade da Equipotel, é bastante simbólica e considero um marco para a retomada dos eventos no setor de hotéis. Claro que gostaríamos que fosse totalmente presencial, mas todo o aprendizado, a troca de informação, a conexão com as pessoas e o nerworking não podem ficar para depois, pois isso a decisão de manter a edição de 2020 do Conotel e realizá-lo  de forma híbrida”, comentou Linhares.

Para Érica Drumond, para o setor de eventos iniciar a retomada, é necessário que todos os setores do turismo trabalhem unidos nesse momento: “Precisamos de união e foco, principalmente a parte de eventos e hotelaria, para que o retorno das atividades seja não só o mais rápido possível, mas que também aconteça de forma segura. Isso requer responsabilidade, investimentos em tecnologia e em certificações na área de saúde. Espero que essa união possa trazer de volta o público o mais rápido possível. Esse é meu desejo”, finalizou a vice-presidente da ABIH Nacional.

Érica Drumond, vice-presidente da ABIH Nacional, (Foto: arquivo DT)

Inscrições no site: equipotel.com.br

PROGRAMAÇÃO DO CONOTEL 2020 – EVENTO DIGITAL

28 de outubro

Solenidade de abertura/ Boas vindas

Ricardo Roman Jr. – Presidente da ABIH São Paulo

Milton Vasconcelos – Presidente do CONOTEL 2020

Manoel Linhares – Presidente da ABIH Nacional

Palavras Iniciais

Marcelo Álvaro Antônio – Ministro do Turismo

Gilson Machado – Presidente do EMBRATUR

Palestra especial: Raul Martins – presidente da Associação de Hotelaria de Portugal

PAINEL 1: Das 15h às 18h

2021 – Ações e Expectativas para o mercado hoteleiro em tempos de NOVO Normal

Moderação: Érica Drumond – Vice-Presidente da ABIH Nacional

Participantes

Manoel Linhares – Presidente da ABIH Nacional

Raul Martins – Presidente da Associação da Hotelaria de Portugal

Orlando de Souza – Presidente Executivo do FOHB

Sérgio Souza – Presidente da Resorts Brasil

Encerramento: Érica Drumond – Vice-Presidente da ABIH Nacional e Manoel Linhares – Presidente da ABIH Nacional

Dia 29 de outubro

Abertura: Manoel Linhares – Presidente da ABIH Nacional

PAINEL 2: Das 15h às 18h

Trabalhando o Novo Normal – Hotelaria, Turismo, Agenciamento, Aviação e Eventos

Moderação: Érica Drumond – vice-presidente da ABIH Nacional

Participantes

Chieko Aoki – Presidente da Blue Tree Hotels

Patrick Mendes – CCO da Accor Global

Eduardo Sanovicz – presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas

Claiton Armelin – Diretor Executivo de Produto Terrestre Nacional da CVC Corp

Toni Sando – Presidente da Unedestinos

Alexis Pagliarini – Presidente Executivo da AMPRO – Associação de Marketing Promocional

Encerramento: Érica Drumond – Vice-Presidente da ABIH Nacional e Manoel Linhares – Presidente da ABIH Nacional

Fonte – Diário do Turismo

Santur - Bandeira Azul

Santa Catarina aumenta o número de certificações e mantém destaque no Programa “Bandeira Azul”

Na temporada 2020/2021, Santa Catarina seguirá ostentando a marca de estado ‘mais azul’ do Brasil. No início de outubro, o Júri Internacional do Programa Bandeira Azul renovou a certificação de oito praias e duas marinas catarinenses. Além disso, aprovou outras três praias do estado, elevando de 10 para 13 selos socioambientais em relação ao último ano.

– É mais um reconhecimento que Santa Catarina recebe pelos esforços em cuidar do nosso patrimônio natural, que é um importantíssimo atrativo turístico para um estado que abriga tanta diversidade e belezas preservadas – comenta o presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur), Leandro “Mané” Ferrari.

PRAIA DE QUATRO ILHAS Bombinhas NIK2313 Markito

Praia de Quatro Ilhas, Bombinhas. Foto: Markito / Santur

Com isso, das 18 praias e seis marinas contempladas no Brasil, 13 praias e duas marinas são de Santa Catarina. O hasteamento da Bandeira Azul assegura aos visitantes mais informações sobre os locais, qualidade da água e ações de educação ambiental.

VISTA AEREA PRAIA GRANDE Penha NIK6200 Markito

Neste ano, a temporada Bandeira Azul no Brasil excepcionalmente vai iniciar após o dia 16 de novembro, devido às restrições relativas ao processo eleitoral. Adicionalmente, em função da pandemia, o hasteamento das bandeiras em cada um dos destinos vai depender dos decretos municipais e estaduais que incidem sobre a área da praia ou marina.

Conheça os locais de Santa Catarina aprovados para a temporada 2020/2021:

Praias:

Renovação:

  • Lagoa do Peri, Florianópolis – SC
  • Praia Grande, Governador Celso Ramos – SC
  • Praia do Estaleiro, Balneário Camboriú – SC
  • Praia do Estaleirinho, Balneário Camboriú – SC
  • Praia de Piçarras – Balneário Piçarras – SC
  • Praia de Quatro Ilhas, Bombinhas – SC
  • Praia de Mariscal, Bombinhas – SC
  • Praia da Saudade – Prainha, São Francisco do Sul – SC

Primeira temporada:

  • Praia do Forte, São Francisco do Sul – SC
  • Praia da Conceição, Bombinhas – SC
  • Praia Grande, Penha – SC

Marinas

  • ICSC, Florianópolis – SC
  • Tedesco Marina – B. Camboriú – SC

O programa Bandeira Azul

O Júri Internacional é composto pela FEE – Foundation for Environmental Education; UNE – United Nations Environment; UNWTO – United Nations World Tourism Organization; WHO – World Health Organization; IUCN – International Union for Conservation of Nature; EUCC – European Union for Coastal Conservation; ILS – International Lifesaving Federation; ICOMIA – International Council of Marine Industry Associations; EEA – European Environment Agency; UNESCO – United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization; WCA – World Cetacean Alliance e ENAT – European Network for Accessible Tourism.

O Programa Bandeira Azul é um selo de caráter socioambiental amplamente reconhecido em todo o mundo. Foi criado pela FEE – Foundation for Environmental Education, uma instituição internacional com diversos integrantes representando seus respectivos países. No Brasil, o Operador Nacional do Programa é o IAR – Instituto Ambientes em Rede.

Fonte: Santur

mTUR - Hoteis abertos

91% dos hotéis de rede do Brasil estão abertos, aponta pesquisa

Um estudo recente realizado pelo Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB) aponta que a oferta nacional de meios de hospedagem se aproxima da normalidade pré-pandemia. Segundo o levantamento, 91% dos hotéis das 64 redes entrevistadas até domingo (18.10) estão abertos, o que representa 127.593 quartos disponíveis para receber turistas em todo o país.

Dentre as cidades com maior índice de operação estão Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC) e Brasília (DF) que apresentam 100% das redes em funcionamento, além de Campinas (SP), com 97,8%; Manaus (AM), 93,4%; São Paulo (SP), 91,6%; e Curitiba (PR), que registrou 90,1%. A pesquisa também aponta alto índice de reabertura em Vitória (ES), com 88%; Salvador (BA), 84,3%; Belo Horizonte (BH), 84,1%; e Rio de Janeiro (RJ), com 76,5%. Dos estabelecimentos que ainda estão fechados, 45% pretendem reabrir ainda este ano e cerca de 20% deles em outubro.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, vê o resultado do levantamento com otimismo e reforça a importância de uma reabertura segura, seguindo os protocolos sanitários estabelecidos pela Pasta em parceria com a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). “Neste ritmo, podemos esperar que a retomada siga com foco na temporada de verão. E, para oferecer um serviço seguro aos turistas e funcionários, os estabelecimentos devem seguir todas as medidas de biossegurança, como as estabelecidas pelo Selo Turismo Responsável do Ministério do Turismo”, ressaltou o ministro.

SELO TURISMO RESPONSÁVEL – Lançado em junho, o selo “Turismo Responsável – Limpo e Seguro”, disponibilizado pelo Ministério do Turismo, busca auxiliar a retomada de atividades do setor seguindo requisitos de biossegurança. (Acesse aqui) O órgão publicou protocolos sanitários recomendados a 15 segmentos que integram o Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), além de um conjunto de orientações a visitantes. Atualmente, o certificado já foi emitido por mais de 22,9 mil estabelecimentos turísticos do país.

Fonte: Ministério do Turismo

Ministério do turismo

Turismo Responsável: 23 mil selos já foram emitidos

O Ministério do Turismo atingiu, nesta terça-feira (20.10), a marca de 23 mil selos “Turismo Responsável, Limpo e Seguro” emitidos a serviços turísticos em todo o país. São empreendimentos e atrativos que adotam medidas de proteção e segurança sanitária contra a Covid-19. A iniciativa busca auxiliar na retomada segura das atividades do setor tanto para turistas quanto para os trabalhadores.

“O selo Turismo Responsável é um passo importante para a retomada das atividades turísticas no país. Com ele, o turista se sentirá mais seguro durante a sua viagem. O sucesso de adesão a esta iniciativa comprova que estamos no caminho certo para promover destinos mais seguros em todo o país”, destacou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

O selo está disponível para 15 atividades turísticas, como meios de hospedagem, parques temáticos, restaurantes, cafeterias, bares, centros de convenções, feiras, exposições, guias de turismo, dentre outros. Cada segmento possui um protocolo sanitário específico, elaborado em parceria com empresas e instituições ligadas ao setor (trade), a partir de diretrizes internacionais. Os documentos foram validados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Para conhecer os protocolos clique AQUI.

Os segmentos com maior número de solicitações do selo são: agências de turismo (7.106), meios de hospedagem (5.296), guias de turismo (3.190), transportadoras turísticas (2.988) e restaurantes, cafeterias, bares e similares (1.567). Já os estados que registraram a maior adesão à iniciativa são: São Paulo (4.558), Rio de Janeiro (3.411), Minas Gerais (2.055), Bahia (1.759) e Rio Grande do Sul (1.386). Veja a lista completa ao final da matéria.

ADESÃO – Para solicitar o selo, o interessado precisa, primeiro, estar com a situação regular no Cadastur, que é o cadastro de prestadores de serviços turísticos. O cadastro é rápido, gratuito e pode ser feito online, clicando AQUI. Na sequência, é preciso acessar o site do Selo Turismo Responsável, ler as orientações e declarar atender aos pré-requisitos determinados. Após estes passos, o interessado é encaminhado para uma área do site onde pode realizar o download do selo para impressão.

O selo deverá ser colado em local de fácil acesso ao cliente e conterá um QR Code pelo qual o turista poderá consultar as medidas adotadas por aquele empreendimento e/ou profissional. Além disso, possibilitará a realização de denúncias em caso de descumprimento, o que poderá resultar em revogação do selo.

Na página da iniciativa há ainda um conjunto de orientações para os turistas que, ao viajarem, também devem contribuir com ações de prevenção à Covid-19. Para saber mais, acesse AQUI.

Fonte: Mtur

Últimos dias para confirmar sua participação

3ª edição da revista da ABIH-SC já está na reta final de prazos para comercialização.

Com lançamento marcado para novembro, a comercialização da 3ª edição da revista da ABIH-SC entra na reta final. A revista é uma forma de estar próximo e conversar diretamente com o cliente. “Neste momento de retomada, vai sair na frente a empresa que se aproximar do cliente, marcando presença em diferentes canais e formatos”, enfatiza Osmar José Vailatti, diretor-presidente da ABIH-SC.

Investir nas áreas comerciais e de marketing sempre foi estratégico para as empresas, sendo ainda mais estratégico neste momento de retomada onde vão se destacar no mercado as empresas que aproveitarem este momento para fazer seu trabalho ser visto.

Revista ABIH-SC


A 3ª edição da Revista ABIH-SC tem previsão de 60 páginas e será veiculada em formato impresso e digital. A distribuição será realizada pela ABIH-SC para meios de hospedagem, entidades públicas e privadas do setor, autoridades, fornecedores do turismo e hotelaria, trade turístico, escolas e universidades, profissionais do setor, entre outros.

Para empresas e entidades interessadas em participar desta edição, destacando seus produtos, serviços ou ações, a entidade está comercializando cotas de apoio e anúncios publicitários através do whats (48) 98843-7659 ou e-mail comercial@abih-sc.com.br. Solicite agora mesmo o plano comercial para selecionar a melhor forma de estar presente e fazer relacionamento com seu público-alvo.

O que é self check-in e quais as suas vantagens?

A inovação no meio hoteleiro vem crescendo cada vez mais para facilitar a vida dos hóspedes e agilizar processos internos na recepção, governança, no setor de alimentos e bebidas, entre outros. Por isso é essencial entender o que é self check-in e como essa tecnologia pode impactar seu hotel.

Por isso, neste artigo falaremos mais sobre como essa inovação funciona e quais os benefícios que o seu negócio pode ter ao implementá-la. Continue a leitura e saiba mais!

O que é self check in?

Podemos definir o self check-in como um modelo de check-in em que os hóspedes do hotel podem acessar as acomodações sem a necessidade de terem contato com a recepção do hotel. Para isso, podem entrar no quarto por meio de uma fechadura inteligente ou um teclado numérico. 

Existem também totens semelhantes aos encontrados em shoppings para o pagamento do estacionamento ou a compra do ingresso para o cinema. Nesses totens de autoatendimento, os hóspedes podem acessar sua reserva e obter a chave para o quarto de forma simples e rápida. 

Assim, se diminui a necessidade de uma recepção para conseguirem fazem check-in em hotéis, o que dá a eles mais independência e autonomia. Além disso, com a utilização de um sistema de gestão é possível integrar todos os setores do hotel, otimizando as operações.

Por que implementar o self check-in?

Ao utilizar a tecnologia de self check-in, os dados coletados pelo sistema de gestão como o PMS, facilita que os outros sistemas utilizados no hotel compartilhem as informações dos clientes para oferecer um melhor atendimento. 

Além disso, investir em inovação em hotelaria favorece um atendimento mais ágil e de qualidade. Veja a seguir as principais vantagens dessa tecnologia para o seu negócio:

Mais autonomia para os hóspedes

Para tornar o hotel mais moderno e oferecer mais comodidade aos hóspedes, a tecnologia de self check-in é ideal. Como vimos, com essa funcionalidade, eles podem fazer o check-in quando acharem melhor a partir do horário indicado pelo hotel.

Por esse motivo, quando o hotel oferece a alternativa de check-in automático para seus hóspedes, proporciona mais conforto e melhora sua experiência de estada. Assim, eles poderão ficar mais satisfeitos com o hotel de modo geral.

Melhor aproveitamento dos profissionais

Cada vez mais as pessoas buscam o autoatendimento para agilizar processos e ter mais independência. Com o check-in é automático, é possível reorganizar as demandas dos profissionais e atribuir tarefas mais estratégicas para que eles foquem sua atenção. 

Dessa forma é possível que o hotel mude a forma como recepciona seus hóspedes, tendo mais tempo para oferecer serviços que agreguem valor, como o de concierges, por exemplo.

Mais oportunidades de vendas

Outra grande vantagem em entender o que é self check-in e implementá-lo em seu hotel, é criar oportunidades de upsell. Isso porque, com essa tecnologia, no momento do check-in você poderá oferecer upgrades pagos ou outros tipos de serviços.

Essa é uma ótima maneira de incrementar as vendas e apresentar aos hóspedes todos os serviços que o hotel tem disponível. Dessa forma, será possível aumentar a lucratividade de uma forma simples.

Atendimento omnichannel

Cada vez mais as tecnologias têm a possibilidade de se comunicarem, compartilhando dados e oferecendo o mesmo atendimento em diversas plataformas. Por isso, ao implementar o self check-in, o hóspede poderá encontrar as informações de sua reserva tanto no site do hotel, quanto em seu aplicativo.

Deste modo, quando a governança marcar que o quarto já está disponível para uso, ele será liberado para que um hóspede faça o web self check-in ou o check-in no quiosque de autoatendimento instantaneamente e já pegar sua chave.

TOTVS: inovação para seu hotel

Como pudemos entender com este artigo, o investimento em inovação é fundamental para atrair mais hóspedes e proporcionar um ótimo atendimento. E para aprimorar a experiência dos seus clientes, conte com o TOTVS Hospitalidade.

sistema de gestão hoteleira da TOTVS integra automaticamente os dados da reserva ao Front Office. Assim é possível que o check-in seja muito mais ágil, com opção de preenchimento das fichas de forma antecipada de pré-check-in

Além disso, o sistema também fornece uma visão completa dos principais processos operacionais e administrativos do seu negócio. Entenda mais sobre as vantagens que o sistema um sistema para hotel pode oferecer!

Fungetur

Parceria entre MTur e Organização das Cooperativas Brasileiras visa ampliação da rede do Fungetur

Com o objetivo de ampliar a participação de cooperativas de crédito junto ao Fundo Geral do Turismo (Fungetur), do Ministério do Turismo, a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) acaba de lançar uma cartilha informativa que traz orientações sobre o Fundo. O documento, que traz detalhes sobre financiamento, documentos necessários, contatos para dúvidas, entre outras informações, está disponível para download no site da OCB. Clique AQUI.

O secretário Nacional de Atração de Investimentos, Parcerias e Concessões, Lucas Fiuza, reforça a importância da ampliação da cartela de instituições credenciadas para operar o Fundo. “Temos a maior oferta de crédito da história do Fungetur para apoiar o setor neste momento de crise, mas, para garantir que o dinheiro chegue de maneira rápida a todos os cantos do país, precisamos que mais instituições se qualifiquem dentro do Fungetur”, disse. “E essa parceria com a OCB é fundamental para atingirmos o nosso grande objetivo que é ajudar o turismo brasileiro”, explicou.

A cartilha tem como objetivo divulgar o Fungetur para operadores e tomadores, com foco nas cooperativas de crédito e as demais cadastradas no cadastro de prestadores de serviços turísticos do MTur. Ao ampliar a rede de atendimento em todo o Brasil, o Ministério garante que mais empreendedores tenham condições de solicitar acesso ao crédito.

CRÉDITO – No dia 8 de setembro, foi publicada no Diário Oficial da União a Lei 14.051/2020, que prevê um crédito de R$ 5 bilhões para auxiliar empreendimentos turísticos por meio do Fungetur. O recurso, que representa o maior repasse financeiro da história do setor, se destina a prestadores de serviços inscritos no Cadastur e pode ser usado em projetos, capital de giro e na aquisição de máquinas e equipamentos.

Quem pode se credenciar?

  • Instituições financeiras oficiais, pessoas jurídicas de direito público ou privado, legalmente constituídas, habilitadas, com idoneidade econômico-financeira e regularidade jurídico-fiscal;
  • Ter objeto social pertinente e compatível com o objeto do credenciamento;
  • Que não tenham sofrido penalidade de suspensão ou declaração de inidoneidade por parte do Poder Público;
  • Instituições financeiras autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Fonte: Mtur

Informativo ABIHSC

Informativo ABIH-SC 08 de outubro

No informativo da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina – ABIH SC, você vai ver:

Eleições Municipais – Carta aberta ABIH-SC;-3ª Edição da Revista ABIH-SC;-Reunião da Diretoria Executiva ABIH-SC;-Plano Odontológico – Dental Uni;-Sócio Colaborador – Elektro;-Manoel Linhares: acordos com Airbnb ou Ecad precisam ser nacionais;-Governo moderniza regras da aviação geral e melhora ambiente de negócios no setor;-Associado ABIHSC

Confira o informativo completo AQUI!