Posts

Informativo ABIH-SC

Informativo ABIH-SC 11 de novembro

No informativo da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina – ABIH-SC, você vai ver:

Sessão solene comemora retomada do setor hoteleiro pós-pandemia;-Faltam apenas sete dias para o encontro de hoteleiros em Santa Catarina!;-Rentv: tecnologia e modernidade gerando eficiência e conforto;-Ecoflex: há 34 anos investindo em inovação!;-Jolimont: vinhos artesanais genuínos, puros e de qualidade internacional;-Erbon Software lança aplicativo que conecta hóspede ao hotel;-Setor de Turismo deve contratar meio milhão de trabalhadores formais até fevereiro de 2022;-Hotel Valerim;-Palm Beach Apart Hotel.

Confira AQUI o informativo COMPLETO!

Informativo ABIH-SC

Informativo ABIH-SC 21 de outubro

No informativo da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina ABIH-SC, você vai ver:

Atenção hoteleiros! Aumentando as vendas diretas em 3, 2, 1…;-ABIH-SC promove workshop com o tema LGPD para o ramo hoteleiro!!;-Coleção HOTEL da Ecoflex;-Simpósio de Governantas no Dia do Hoteleiro!;-Conheça o Costão do Santinho, único resort all inclusive do Sul brasileiro;-Benefício para associados das ABIH’s;-Santa Catarina entra em lista mundial de destinos sustentáveis;-Hotel Selina;-Igaras Hotel.

Leia o informativo completo AQUI!

ABIH-SC promove workshop com o tema LGPD para o ramo hoteleiro

Este workshop terá como foco a exposição dos principais aspectos da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e o treinamento dos participantes com relação à aplicação desta lei a empresas do ramo hoteleiro.

Os participantes serão capacitados com aulas teóricas e terão participação ativa nas análises e discussões de casos práticos que lhes serão apresentados durante o curso, e que lhes permitirão compreender e iniciar um projeto de implementação da adequação à Lei Geral de Proteção de Dados em estabelecimentos do setor hoteleiro.

Público-alvo

O curso é destinado à profissional de qualquer área, seja do setor jurídico, do administrativo, do RH, da TI ou mesmo consultor externo, e que busca conhecimento e ferramentas para compreender melhor a incidência da LGPD no ramo hoteleiro.

Metodologia

O curso será dividido em 03 fases:

  1. Teoria: Exposição dos temas inerentes à LGPD e ao ecossistema de privacidade e proteção de dados;
  2. Parte prática: Análise e resolução de casos hipotéticos sobre assuntos envolvendo a proteção de dados nas empresas do ramo hoteleiro;
  3. Atendimento individual: Após o encerramento do curso, atendimento individual do participante para dúvidas a respeito do conteúdo ministrado.

Tanto na exposição oral quanto no material escrito é usado uma linguagem acessível e de fácil compreensão para todos os profissionais do público-alvo.

Atendimento individual

Como se trata de um curso com forte viés prático em que o participante tende a consolidar o aprendizado e colocar em prática o conteúdo aprendido, será ofertado atendimento individual pós curso.

Em até 20 dias após o encerramento do workshop o participante poderá agendar um atendimento individual com o professor do curso, de forma presencial ou on line, para tirar dúvidas a respeito do conteúdo ministrado.

Carga horária: 15h

Dias: 01/12 – quarta(manhã e tarde), 02/12 – quinta(manhã e tarde) e 03/12 -sexta (manhã) + 01hora do atendimento individual.

Investimento

Associado ABIH-SC: R$1.700,00;

Não associado ABIH-SC: R$2.100,00.

Informações

comercial@abih-sc.com.br

48 98843-7659

Hotéis e pousadas já registram fila de espera para a temporada de verão no Norte da Ilha

A temporada de verão 2021/2022 deve ser uma das melhores dos últimos anos para o Norte da Ilha, em Florianópolis. Com a vacinação garantindo a proteção maior contra a covid-19 e boa parte da população consciente já vacinada, muitos estão preparados para a volta ao normal. Alguns estabelecimentos como hotéis e pousadas já estão com 100% de ocupação e outros já tem lista de espera para interessados. A estimativa para o réveillon é uma das melhores possíveis, segundo a Abav/SC (Associação Brasileira das Agências de Viagens).

Três hotéis consultados pelo Conexão estão com reservas esgotadas para o réveillon com lista de espera vigente. Dois são em Ingleses, um em Canasvieiras. Se houver desistência de algum hóspede, será passada para a lista de espera a reserva que é por ordem de chegada. Para o mês de janeiro, a ocupação também é superior aos 90%.

ABAV-SC

A Abav estima que o movimento nesta temporada será 150% superior ao da temporada anterior. As boas perspectivas para o período do verão vão além, incluindo o Caranaval. A própria Capital já confirmou o desfile das Escolas de Samba na Passarela Nego Quiridu. Diante dos anúncios e da reabertura do turismo creditada pela vacinação contra a covid-19, a Florianópolis se prepara para uma das melhores temporadas dos últimos anos.

O principal cliente do turismo deste verão será o brasileiro. Entretanto, a Argentina reabriu as fronteiras após o período mais difícil da pandemia. Isso ajuda a esquentar a expetativa da vinda de argentinos, mas o derretimento do peso frente ao dólar ainda pode dificultar a vinda de muitos hermanos. A apresentação de exames PCR ainda são medidas fundamentais.

Florianópolis vai apresentar nesta segunda-feira (4) os protocolos que devem ser adotados para a temporada de verão. O ‘Passaporte da Vacina’ será uma das exigências para garantir a segurança e separar e impedir acesso daqueles que são ‘negacionistas da vacina’.

Fonte: Hotel Conexão

Informativo ABIH-SC 19 de agosto

Informativo abih-sc 19 e agosto

No informativo da ABIH-SC desta semana você vai conferir:

Revista ABIH-SC: Visibilidade e negócios;-Administração hoteleira: dicas para melhorar a sua;-Sócio Colaborador – Realgem’s;-Parceira ABIH-SC e Plano de Saúde SulAmérica;-Nova edição do curso de Atendimento ao Turista já conta com mais de 7 mil inscritos;-Trade realiza primeiro encontro em SC do projeto Vai Turismo;-Mais de 2,1 mil empresas turísticas já inseriram perfil oficial usado nas redes sociais no Cadastur;-Pousada Fogo Eterno;-Ponta dos Ganchos Exclusive Resort.

Confira o informativo completo aqui!

Leia também: Simpósio de Governantas com programação definida

Buscas por hotéis ‘pet friendly’ crescem mais de 230% no Brasil, diz pesquisa

Hotéis.com mostra que 82% dos brasileiros pretendem viajar com seus animais de estimação no pós-pandemia.

Uma pesquisa realizada pela Decode revelou que as buscas por hotéis “pet friendly” – que aceitam animais de estimação – e por informações de como levar cachorro em avião cresceram 238% e 170%, respectivamente. Já o Hotéis.com mostra que 82% dos brasileiros pretendem viajar com seus animais de estimação no pós-pandemia. Diante desse aumento, alguns estabelecimentos turísticos começaram a se adaptar para receber este novo hóspede.

“Estamos em uma crescente evolução nesse ramo. Já estamos vendo algumas empresas do setor e até governos se adaptando a este novo público. E isso será essencial para ampliar a capilaridade dos nossos serviços e atividades que movimentam a economia turística, que foi tão afetada pela pandemia do coronavírus”, ressaltou oministro do Turismo, Gilson Machado Neto.

No Rio de Janeiro, o governo do estado criou no fim do ano passado o selo “Pet Friendly”, que sinaliza à população os serviços voltados para os animais de estimação. Desde a criação, mais de mil estabelecimentos; entre hotéis, bares e restaurantes; já se cadastraram no estado. Além da capital fluminense, estabelecimentos de outros municípios como Queimados, Itaguaí e Nova Iguaçu também aderiram ao programa do governo estadual.

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação, o Brasil é o segundo país no mundo em população de cães, gatos e aves canoras e ornamentais e o terceiro maior em população total de animais de estimação. São 54,2 milhões de cães, 23,9 milhões de gatos, 19,1 milhões de peixes, 39,8 milhões de aves e mais 2,3 milhões de outros animais. O total é de 139,3 milhões de pets.

Fonte: Mercado & Eventos

Erbon Software

Seja bem-vindo ao futuro, seja bem- vindo ao Erbon Cloud

A nossa associada, Erbon Software, anuncia o lançamento do Erbon
Cloud, a sua nova linha de PMS online, uma ótima opção para hotéis e
redes que buscam um sistema leve, conectado e acessível de qualquer
lugar, a qualquer hora.

Olhando sempre para o futuro, a Erbon investiu em uma opção
tecnológica que traga liberdade, segurança e controle, para entregar ao
hoteleiro, uma experiência moderna e descomplicada e ao mesmo tempo
completa e integrada com tudo que é preciso para uma ótima gestão.

O Erbon Cloud, é um conjunto de soluções Web-based, acessíveis
através dos navegadores de internet, desenvolvido na
tecnologia Angular e .Net Core e funciona em qualquer dispositivo,
navegador de internet ou mesmo até sistema operacional (Windows, Linux
ou Mac). A solução foi desenhada para satisfazer nativamente pequenas
e grandes operações como o caso das redes hoteleiras que contam com a
centralização e consolidação de todos os dados e cadastros.
 
Confira as principais vantagens do Erbon Cloud:

Acessibilidade – O Erbon Cloud pode ser acessado de qualquer local, a
qualquer hora, desde que possua conexão de internet e um navegador. 
Escalabilidade – O Erbon Cloud se adapta automaticamente à quantidade
de dados do seu hotel ou rede hoteleira, para garantir que não tenha picos
de lentidão com o crescimento do seu negócio.
Manutenção – As manutenções não prejudicam ou interrompem a
operação, pode ficar despreocupado.
Segurança – O datacenter da Google, parceiro da Erbon, segue os
melhores padrões e tecnologia para oferecer a melhor segurança aos
seus dados.
 
“A tecnologia Cloud evoluiu muito nos últimos anos com a crescente
aderência mundial da tecnologia, então isso permitiu à Erbon aproveitar essa evolução e desenvolver o Erbon nas mais recentes versões e
funcionalidades que a Cloud hoje tem à disposição”, afirma Diogo
Rocha, CEO da Erbon.

Ficou curioso para conhecer o Erbon Cloud ou quer descobrir se este tipo
de PMS é o adequado para os eu hotel? Então entre em contato com a
Erbon Software!

Lei sancionada prorroga medidas emergenciais no setor de aviação

Lei sancionada prorroga medidas emergenciais no setor de aviação

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei 14.174, que prorroga por 12 meses medidas emergenciais para a aviação civil brasileira em razão da pandemia. Publicado no Diário Oficial da União de sexta-feira (18.06), o texto altera a Lei 14.034/2020, originária da Medida Provisória 1024/2020, e estende até 31 de dezembro deste ano as regras de reembolso e remarcação de passagens para voos cancelados, entre outras medidas. (Confira aqui)

Conforme a legislação, o ressarcimento por cancelamentos será realizado pelo transportador no prazo de 12 meses, contado da data do voo previsto, observadas a atualização monetária com base no INPC e, quando cabível, a prestação de assistência material. Já o consumidor que desistir de voos poderá receber reembolso – sujeito a eventuais penalidades contratuais – ou crédito de valor correspondente ao da passagem, sem multa.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, destaca esforços do governo federal para garantir equilíbrio nas relações de consumo durante a pandemia. “Desde o início da pandemia, estamos empenhados em garantir o direito dos consumidores e a sobrevivência das empresas dos setores de turismo e cultura. Essas ações são essenciais para permitir que o turismo possa recuperar toda a sua força no pós-pandemia, proporcionando emprego e renda à população”, frisa.

O direito a reembolso, crédito, reacomodação ou remarcação de voos independe do meio de pagamento utilizado na compra da passagem, incluindo pontos ou milhas. Na justificativa da sanção, o governo federal alega que, independentemente do número de passageiros transportados, as companhias arcam com altos custos fixos associados à propriedade ou ao arrendamento de aeronaves, despesas de terminais e instalações de manutenção.

REMARCAÇÕES – No último mês de março, o governo federal prorrogou, até 31 de dezembro de 2022, o prazo para prestadores de serviços dos setores de turismo e cultura remarcarem, concederem crédito ou devolverem – sem custos adicionais – valores referentes a atividades canceladas em 2020 e 2021 devido à pandemia. A novidade foi prevista na MP 1.036/21, assinada pelo presidente Bolsonaro e publicada no Diário Oficial da União (Acesse aqui).

CAMPANHA – O Ministério do Turismo iniciou no último dia 08.06 a segunda edição da Campanha “Não Cancele, Remarque”. O objetivo é sensibilizar e incentivar consumidores a não cancelarem viagens e eventos durante a pandemia, optando pela remarcação dos serviços. As peças serão veiculadas até 20 de junho nas redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter) e em veículos de comunicação do trade turístico.

Fonte: Mtur

Informativo ABIH-SC 13 DE MAIO

Informativo ABIH-SC 13 de maio

No informativo da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – ABIH-SC você vai ver:

ABIH-SC inicia atualização de cadastro para dialogar com prefeitos de Santa Catarina;-Conheça os benefícios e vantagens de ser associado ABIH-SC;-Sócio Colaborador – Ecoflex;-Costão do Santinho Resort apresenta projeto de turismo de aventura e fomenta retomada do setor;-Abav Expo volta a ser itinerante;-Agências de Turismo e hotéis representam mais da metade das adesões do selo Turismo Responsável;-OMT promove concurso global para startups de turismo rural;-Thermas Piratuba Park Hotel;-Hotel Sibara Flat & Convenções.

Confira o informativo completo AQUI!

Agências de Turismo e hotéis representam mais da metade das adesões do selo Turismo Responsável

Agências de Turismo e hotéis representam mais da metade das adesões do selo Turismo Responsável

Após quase um ano do lançamento do selo Turismo Responsável, as agências de turismo e os meios de hospedagens foram os segmentos que mais aderiram à certificação do Ministério do Turismo. Juntos, os dois representam 52% dos 27.817 selos emitidos até esta terça-feira (11.05) pelos empreendimentos turísticos do país. O documento é um reconhecimento visual e dá credibilidade às empresas do setor que declararam assumir os protocolos de biossegurança contra a Covid-19 ofertando, assim, mais segurança e conforto aos viajantes no país.

“O setor de turismo tem se organizado em todo o país para promover ambientes seguros para os que querem viajar ou precisam se deslocar. Por isso, é muito importante que cada vez mais estabelecimentos façam a adesão ao Selo, que é um incentivo para que os consumidores se sintam seguros para voltar a viajar, frequentando locais que cumprem protocolos específicos para a prevenção da Covid-19 e posicionando o Brasil como um destino seguro e responsável”, destaca o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto.

O Brasil foi um dos 10 primeiros países no mundo a estabelecer protocolos de biossegurança específicos para o turismo que incluem, além de 15 segmentos do setor, um protocolo direcionado ao turista consciente, com uma lista de atitudes que devem ser adotadas por cada um para a proteção de todos.

Os segmentos com maior número de adesão são: Agências de Turismo (8.351), Meios de Hospedagens (6.119), Guias de Turismo (4.008), Transportadora Turística (3.473), Restaurantes e Cafeterias (2.031), Prestador Especializado em Segmentos Turísticos (1.434), Organizadora de Eventos (1.079), Prestador de Infraestrutura de Apoio para Eventos (410), Locadora de Veículos para Turistas (286), Parque Aquático e Empreendimento de Lazer (183), Acampamento Turístico (124), Parque Temático (86), Casa de Espetáculos e Equipamento de Animação Turística (68), Empreendimento de Apoio ao Turismo Náutico (62) e Centro de Convenções (50).

ADESÃO – Para aderir ao Selo Turismo Responsável, que é totalmente gratuito, o estabelecimento precisa estar com a situação regular no cadastro de prestadores de serviços turísticos (Cadastur), acessar o site do Selo Turismo Responsável, ler as orientações e declarar atender aos pré-requisitos determinados.

O Selo deverá ser colado em local de fácil acesso ao cliente. O estabelecimento pode disponibilizar um QR Code juntamente com o Selo pelo qual o turista poderá consultar as medidas adotadas por aquele empreendimento e/ou profissional. Caso o turista verifique a ausência da adoção aos protocolos de biossegurança pode entrar em contato com o Disque Saúde pelo telefone 136 ou acionar os órgãos municipais de fiscalização sanitária.

Até o momento, dois de cada 10 estabelecimentos ou guias de turismo registrados no Cadastur emitiram a certificação, que garante ao turista a execução de protocolos específicos para prevenção da Covid-19 no setor.

Fonte: Mtur