Posts

SOL promove Meeting de Turismo na região do Alto Vale

 

A Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL) promove na terça-feira, 10 de abril, o 4º Meeting de Turismo, para discutir sobre as “Potencialidades e desafios para a sustentabilidade do turismo no Alto Vale”. O evento será realizado no auditório do Parque Universitário (PUNF) da Unidavi, em Rio do Sul, com início às 9h30.

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, ABIH-SC, será representada pela Diretora de Eventos, Lara Perdigão.

Lara Perdigão conduzira uma palestra as 13:30, com o seguinte tema: O Papel das Entidades no Fortalecimento do Turismo Regional.

O público alvo são gestores municipais e regionais de turismo, associações municipais e comerciais, trade de turismo e instituições de ensino superior. Confira a programação:

9h30 Credenciamento
10h Abertura
10h15 Palestra: Turismo e Desenvolvimento Regional

Francisco dos Anjos – Secretário Adjunto da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte

11h Palestra: Eixos Estratégicos da SOL para o Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina

Amarildo Kanitz – Diretor de Políticas Integradas do Lazer da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte

11h40 Instância de Governança Regional Caminhos do Alto Vale – Apresentação

Fabiana Dickmann – Presidente da Instância de Governança Regional Caminhos do Alto Vale

11h45 Intervalo
13h30 Palestra: O Papel das Entidades no Fortalecimento do Turismo Regional

Lara Perdigão – Diretora de Eventos da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – Santa Catarina (ABIH-SC)

14h Apresentação de Cases

Tema: Potencialidades e desafios para sustentabilidade turística na Região Caminhos do Alto Vale

Case 1 – Mutter Delícias Artesanais

Case 2 – Revitalização da Ponte Roberto Machado

Case 3 – Vale das Cachoeiras

Case 4 – APREMAVI

Case 5 – Turismo de Aventura

16h Encerramento

 Mais informações pelo e-mail eventos@sol.sc.gov.br ou pelos telefones (48) 3665 – 7420/7411.

Fonte: Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte

Leia também: ABIH Nacional e Equipotel chegam a Florianópolis para divulgação do Conotel

Setor hoteleiro se mobiliza para trazer Conotel / Equipotel Regional 2020 para Minas Gerais. 2019 já está garantido em Goiânia

A presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – ABIH-MG, Érica Drumond, acompanhada por representantes do setor de turismo recebeu ontem, dia 4, na Casa do Profissional da Hotelaria, o presidente da ABIH Nacional, Manoel Linhares e a gerente de produto da Reed Exhibitions, Camila Moretti, que vieram a capital mineira para convidar e mobilizar a participação de todos no Conotel – Congresso Nacional de Hotéis 2018, que será realizado de 16 a 18 de maio, em Fortaleza, juntamente a Equipotel Regional onde empresas de referência no setor irão apresentar produtos, serviços e novidades relacionados a hospitalidade.

A presidente da ABIH-MG destacou mais uma vez a importância da unificação do setor para alavancar a indústria do turismo e para mostrar sua força e seu potencial econômico. “Precisamos nos atualizar e juntos buscar soluções para os principais entraves vivenciados pelos empresários do setor de turismo. Sendo assim, o Congresso será uma ótima oportunidade para dar voz as nossas reivindicações como a questão do ECAD, o debate sobre a Lei Geral do Turismo, a cota de quartos adaptados para os portadores de necessidades especiais, entre outros. Além disso, Minas Gerais precisa ter uma boa representatividade nesta edição do Congresso para conseguirmos sediar a edição do Conotel em 2020”, disse Érica.

Manoel Linhares, presidente da ABIH Nacional, apresentou a programação do Congresso e ainda destacou que tornar o mesmo um evento itinerante contribui para fortalecer a hotelaria no Brasil. “Fortaleza está de braços abertos para receber todos vocês, certo de que esse será o maior evento do setor de turismo no ano, um condutor para o futuro do turismo no Brasil, onde esperamos a participação de 4 mil pessoas. Além disso, a ABIH Nacional só existe devido aos trabalhos realizados regionalmente e estamos em busca da consolidação dos dados do setor para demonstrar o quanto movimentamos e acrescentamos a economia brasileira”.

As inscrições para o Conotel, que neste ano tem como tema A Retomada do Crescimento Hoteleiro, são gratuitas para os profissionais do setor hoteleiro e da gastronômico e podem ser realizadas pelo site http://www.conotel.com.br/

Fonte:Guia GPHR

Leia também: ABIH Nacional e Equipotel chegam a Florianópolis para divulgação do Conotel

Presidente da ABIH-SC, Osmar José Vailatti

Hotelaria e a rota dos grandes cruzeiros – Osmar José Vailatti

 

Osmar José Vailatti

Diretor-presidente da ABIH-SC

Ao ser escolhido, cria oportunidades para que os visitantes ainda que por tempo limitado de passagem, desfrutem da sua culinária típica e consequentemente movimente a gastronomia local, impulsionando restaurantes e espaços que terão novo estímulo para qualificar e melhorar seus serviços. É o que faz a roda girar!

O comércio também aquece por que um novo estilo de consumidor vem para conhecer o que há de diferente e à sua disposição.

Com a hotelaria não é diferente! O visitante de cruzeiros estará ávido por conhecer a cidade, suas belezas e seus encantos.

Os destinos catarinenses tem peculiaridades que atraem os visitantes proporcionando experiências que hoje são o carro chefe do turismo.

A hotelaria comemora com o destino quando ele faz parte do roteiro de viagem em todos os sentidos. Quanto hoje investimos para que o turista que está de passagem, quer seja um executivo que vem apenas um dia, o realizador de eventos que vem apenas para conhecer o potencial da cidade? Esforços diários nos meios de hospedagens são direcionados para divulgarem seus serviços para atrair esse passante para que volte e utilize-os em outra oportunidade

Assim é também o turista advindo de cruzeiros marítimos.Esse turista desejará voltar! E se assim o fizer, necessitará do aparato que comporta e oferece conforto, segurança e bem estar. É aí que entra a hotelaria, oferecendo esta estrutura que em outras oportunidades foram ofertadas nos cruzeiros, cada vez mais luxuosos e detentores de excelentes serviços. Ponto em que também estimula a hotelaria local a se adaptar, buscar aprimorar seus produtos e serviços para encantar.

Recentemente, comemoramos com a capital catarinense o anúncio de sua inclusão na Rota do navio MSC Preziosa, da empresa MSC Cruzeiros. Ganham todos! A cidade, o comércio local, os agentes de transformação e divulgação da arte local, com seu artesanato e seus costumes. Ganham os restaurantes e espaços como Mercado Público que certamente proporcionarão uma excelente experiência aos nossos visitantes. Ganham os meios de hospedagens que tem a chance de serem vistos de perto e divulgarem seu potencial, e seu desejo de bem receber em uma nova visita!

Que venham os cruzeiros! Que desembarquem em nossas belas cidades, e conheçam nosso Estado com sua pluralidade de opções, suas estações magicamente bem definidas e nossos atrativos culturais que fazem o turista vivenciar o que há de mais autêntico no ato de sair de suas casas e suas cidades: vivenciar um turismo onde a experiência marcará suas vidas para sempre!

 

Fonte: REGATA NEWS 

Leia também:

Informativo ABIH-SC 05 de abril

Receba semanalmente o informativo ABIH-SC

 

No Informativo ABIH-SC de 05 de abril você vai ler:

Catarinense cotado para o Ministério do Turismo;- Pesquisa sobre turismo no Litoral Catarinense mostra impactos da temporada para empresários;- Conheça em detalhe o perfil do turista na temporada 2018;- Ministério do turismo fará pesquisa com hotéis para formular soluções ao setor;- ABIH Nacional e Equipotel chegam a Florianópolis para divulgação do Conotel;-Cadastur vai desburocratizar o setor de turismo;-Implementação do Cadastur 3.0;

 

Leia também:

Presidente da Embratur será o novo ministro do turismo

Vinícius Lummertz substituirá o atual titular da pasta, Marx Beltrão, que deixará o cargo nesta sexta para disputar as eleições

 

O presidente da Embratur, Vinícius Lummertz, será o novo ministro do Turismo. Ele substituirá o atual titular da pasta, Marx Beltrão, que deixará o cargo nesta sexta-feira, 6, para disputar as eleições de outubro. O novo ministro tomará posse na próxima semana.

A escolha de Lummertz para o cargo foi definida durante reunião na manhã desta quinta-feira, 6, entre Beltrão; o presidente Michel Temer; os ministros Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) e Carlos Marun (Secretaria de Governo); e o líder do MDB na Câmara, Baleia Rossi (SP).

Lummertz foi indicado pela bancada do MDB de Santa Catarina, Estado onde o novo ministro do Turismo nasceu. Ele comandava a Embratur desde julho de 2016. O nome do substituto dele na empresa ainda não foi definido.

Além de Lummertz, eram cotados para substituir Beltrão no cargo Carlos Henrique Sobral, chefe de gabinete da Secretaria de Governo; e Teté Bezerra, secretária nacional de Qualificação e Promoção do Turismo do Ministério – mulher do deputado federal Carlos Bezerra (MDB-MT).

 

Fonte: Estadão

Leia também:

Cadastur vai desburocratizar o setor de turismo

 

Para oferecer mais segurança aos turistas e maior agilidade na regularização dos empreendimentos turísticos junto à Receita Federal do Brasil (RFB), o Ministério do Turismo (MTur) lançou o novo formato do Sistema Nacional de Cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur). Com a versão 3.0, todo o procedimento burocrático das empresas do setor será realizado de maneira eletrônica e interligado com o banco de dados da RFB.

Lançado recentemente nas cinco regiões do país, o uso do Cadastur 3.0 é obrigatório para meios de hospedagem, agências de turismo, transportadoras, guias de turismo, organizadores de eventos, parques temáticos e acampamentos dedicados a turistas. Já para restaurantes e cafeterias, parques aquáticos, locadoras de veículos, prestadores de serviços especializados, casas de espetáculos, empreendimentos náuticos e de apoio à infraestrutura de eventos o uso da ferramenta é opcional.

De acordo com a analista de turismo da Fecomércio MG, Milena Soares, o cadastro dessas empresas vem acompanhado de benefícios aos empresários. “Quem adere ao Cadastur tem acesso a financiamento em bancos oficiais, pode participar de cursos de qualificação e concorrer em licitações públicas, além de melhorar a visibilidade do seu negócio”, declara.

Para os consumidores, a ferramenta proporciona mais segurança e transparência. “O turista fica mais seguro na hora de contratar qualquer serviço, uma vez que poderá verificar se a empresa é cadastrada e se ela segue os princípios de qualidade exigidos pelo MTur”, finaliza Soares.

 

Fonte: Fecomércio MG

Leia também:

Catarinense cotado para o Ministério do Turismo

 

O catarinense Vinicius Lummertz, presidente da Embratur, está cotadíssimo para assumir a pasta do Turismo durante a reforma ministerial, que deverá trocar até 14 nomes na Esplanada até o fim de semana, por conta das eleições.

Uma carta assinada pelo Fórum Nacional dos Secretários de Estado do Turismo (Fornatur) foi encaminhada ao presidente Michel Temer, sugerindo o nome do catarinense em substituição a Marx Beltrão.

 

Confira abaixo a lista das entidades que também defendem a escolha de Lummertz para o cargo.

ABAV – Associação Brasileira de Agências de Viagem
ABIH – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis
ABR – Associação Brasileira de Resorts
ABRACORP – Associação Brasileira de Viagens Corporativas
AVIESP – Associação das Agências de Viagens Independentes do Interior do Estado de SP
AVIRRP – Associação das Agências de Viagem de Ribeirão Preto e Região
CLIA ABREMAR – Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos
FBHA – Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação
FOHB – Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil
SINDEPAT – Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas

 

Fonte: OCP News Florianópolis

Leia também

Ministério do turismo fará pesquisa com hotéis para formular soluções ao setor

 

Ainda nesta primeira semana de abril, o Ministério do Turismo irá iniciar uma pesquisa com os responsáveis pelos meios de hospedagem para identificar a percepção dos empresários desta parcela da indústria no País. O intuito é entender o segmento turístico para a formulação da políticas públicas voltadas para o setor, a partir da concepção das empesas sobre o desempenho da economia do turismo.

Os meios de hospedagem cadastrados junto à pasta receberão, por e-mail um questionário desenvolvido pela DEPES – Diretoria de Estudos Econômicos e Pesquisas-, responsável pelo estudo. Batizada de Sondagem Empresarial, a pesquisa será realizada a cada três meses e aborda aspectos relacionados ao desempenho das empresas e dos destinos turísticos em que estão inseridas.

O Ministro do Turismo, Marx Beltrão declarou que o objetivo dessa pesquisa é ampliar os conhecimentos do ministério em relação ao desempenho das empresas e a importância do turismo para o setor econômico brasileiro. “O resultado será de extrema relevância para a formulação de políticas para o desenvolvimento e fortalecimento do turismo no nosso País”, explicou.

A ideia é expandir esse levantamento para os demais segmentos do turismo e possibilitar que os resultados obtidos sirvam para orientar, além do setor público, as próprias empresas que têm no turismo sua fonte de renda. Todas as informações coletadas são confidenciais e, portanto, não haverá divulgação das respostas individuais dos empreendimentos. Em caso de dúvidas, entre em contato com o Depes no e-mail pesquisa@turismo.gov.br

 

Fonte: Revista Hotéis

Leia também

Pesquisa sobre turismo no Litoral Catarinense mostra impactos da temporada para empresários

 

Os turistas desembolsaram em média R$ 4.130,90 na temporada, 33,9% a mais do que 2017 (R$3.085,26). O valor é calculado levando em conta a média de gastos por tipo, conforme relato dos turistas. Enquanto os gastos com lazer representaram aumento de 42,3% em relação ao ano anterior, as compras no comércio caíram 13,5%.

Para atender o aumento no fluxo de clientes, 39,4% dos estabelecimentos contrataram funcionários extras, especialmente bares e restaurantes e mercados e supermercados. A admissão foi maior no setor de hotelaria (63,2%).

Apesar da alta no ticket médio – valor médio que cada cliente gastou nas compras em um estabelecimento, exceto hotelaria- de R$ 135,28 para R$ 156,11, na percepção de mais da metade dos empresários o faturamento encolheu 8,1% em comparação a temporada passada. Já em relação ao outros meses, a avaliação é positiva (34,1%). Nas agências de viagens e operadores turísticos, que vendem de ingressos a pacotes completos de viagens, a alta chegou a 82,2%.

O gasto médio no setor de hotelaria foi de R$ 816,41, crescimento de 26% em relação ao ano anterior. Embora também tenha registrado retração (-0,8%), a queda desacelerou significativamente na comparação com 2017 (-12,5%). Na comparação com os outros meses, houve aumento de 68,3% no faturamento, puxado pelo aumento na média de permanência (5,8 dias) e taxa de ocupação (81,6%). A expansão no número de leitos (7,9%) também aponta mais otimismo e o início da recuperação do nível de investimentos do setor.

 

Fonte: Fecomércio 

Leia também

Convite para reunião de lançamento da 60º CONOTEL e EQUIPOTEL.

ABIH Nacional e Equipotel chegam a Florianópolis para divulgação do Conotel

Convite para reunião de lançamento da 60º CONOTEL e EQUIPOTEL.

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina – ABIH-SC com o objetivo de colaborar e reforçar a importância do Conotel – Congresso Nacional de Hotéis –  um dos eventos mais renomados da hotelaria, realiza sexta-feira, dia 13 de abril, no Centro Sul – Centro de Eventos Florianópolis- às 15:00 a reunião de lançamento da sua 60ª edição, para o trade turístico de Florianópolis em parceria com ABIH Nacional e com a Equipotel. Terá a participação do presidente da ABIH Nacional, Manoel Cardoso Linhares, que tem percorrido diversos estados para destacar a importância e participação de todo trade turistico para fazer da hotelaria e do turismo um dos setores mais fortes da economia, além do anfitrião e presidente da ABIH-SC, Osmar José Vailatti.

Com o tema a Retomada do Crescimento Hoteleiro, o Conotel será realizado em Fortaleza, nos dias 16 a 18 de maio e visa promover o intercâmbio entre os setores ligados ao turismo brasileiro e se transformar no principal ponto de encontro entre empresas, que oferecem produtos e serviços relacionados à arte de receber bem, e proprietários de hotéis, motéis, pousadas, bares, restaurantes, e outros estabelecimentos, que buscam soluções para o primor na habilidade de gerir o seu negócio e acolher o seu cliente, conectando demandas e necessidades às melhores soluções.

“Essa divulgação é muito importante para mobilizar o setor. Eventos como o Conotel e a Equipotel Regional são fundamentais para os profissionais se atualizarem, conhecerem novas empresas e produtos, além entrarem em contato com outros empreendedores, ativando uma cadeia muito rica e produtiva de troca de informações”, comenta o presidente da ABIH Nacional, Manoel Cardoso Linhares.

Leia também