Francisco de Paula Moraes Vaz e João Moura Neto – Grandes perdas para a hotelaria catarinense

A ABIH-SC manifesta o seu mais profundo pesar pelo falecimento dos ex-presidentes, Francisco de Paula Moraes Vaz e João Moura Neto.

Francisco de Paula Moraes Vaz

Francisco sentia-se muito orgulhoso por ter contribuído na construção da entidade. Muito atuante e representante de um dos ícones da hotelaria da capital na época, o Hotel Querência, sentiu a necessidade de buscar a maior união dos hoteleiros para que conhecessem as potencialidades da ilha da magia e também do estado, conquistando os olhos do mundo. Aqui o turismo já era grande, mas longe de ter a estrutura adequada que um destino deve possuir.

O ex-presidente também lamentava a falta de registros dos primeiros anos de sua gestão, mas garantiu que assumiu a diretoria da entidade por acreditar que poderia fazer mais pela classe.

Na década de 70, quando o Brasil despertava para o turismo, Balneário Camboriú já despontava como um dos principais destinos da região sul. Lugar este que permanece até os dias de hoje, sendo a cidade catarinense que mais recebe turistas durante o ano. Eram 34 hotéis em funcionamento e mais cinco sendo construídos com padrão internacional, restaurantes, boates, cinerama, boliche e um comércio diversificado. Era preciso trazer estes empresários para dentro da ABIH-SC e junto com empresários de outras regiões, cobrar ações mais concretas dos governantes do estado.

Como gerente do empreendimento, cedeu uma sala para que a entidade pudesse ter sua primeira sede fixa. Uma secretária foi contratada e ações foram realizadas para buscar representantes da entidade em todo o estado. Anos mais tarde a sede passou a operar junto ao Sindicato de Hotéis e Restaurantes, onde permaneceu até 1987, quando foi sua primeira sede própria.

A primeira grande ação social da ABIH-SC aconteceu na grande enchente de Blumenau. Um telex foi encaminhado a cada um dos colegas do eixo Rio-São Paulo e aos demais hotéis do estado, solicitando doações de roupas de cama, banho, louças, enfim, todos os artigos que pudessem ser doados para amenizar a dos das famílias daquela região. A instrução solicitava que o material fosse encaminhado para a TransBrasil, a adesão foi tanta que não apenas um, mas vários caminhões foram enviados com donativos para Blumenau e também para Balneário Camboriú, onde estavam abrigadas centenas de pessoas no ginásio de esportes

João Moura Neto

Dono de uma personalidade forte e marcante, o advogado e hoteleiro Dr. João Moura Neto foi um dos ex-presidentes mais condecorados da Associação brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina – ABIH-SC. Foi proprietário do empreendimento Marina’s Palace Hotel, localizado na Praia de Canasvieiras, em Florianópolis, os hóspedes e visitantes podem apreciar os diversos troféus, medalhas, flâmulas, entre outros adereços.

Dr. João Moura Neto viajou a diversos países, entre eles, Alemanha, Tailândia e Itália, para receber as honrarias pelo árduo trabalho à frente das entidades que representou, e também pela acolhida e hospitalidade quando autoridades visitavam o Brasil e o estado.

Além da ABIH-SC, Dr. Moura foi conselheiro internacional, presidente estadual e nacional do Skal e diretor das entidades por muitos anos. Trabalho árduo, persistente, de opiniões próprias e ações sempre em busca da perfeição, o empresário assumia a entidade com uma meta muito clara: comprar uma sede própria. Antes do término do seu primeiro mandato a entidade já ganhava seu espaço próprio. Junto com o “eterno presidente”, como ele se referia ao ex-presidente Francisco Vaz, fizeram um empréstimo e parcelaram a dívida restante.

Ainda em sua primeira gestão, a ABIH-SC ganhou autonomia. Com base no Estatuto da ABIH Nacional, elaborou seu primeiro Estatuto. Esta nova fase teve seus documentos arquivados no Cartório de Registro Civil na Comarca de Florianópolis. Dr. Moura deu prestígio à entidade, ganhou a confiança dos colegas e a presidência da ABIH-SC por mais dois mandatos. Uma das principais conquistas para a hotelaria da capital, foi a redução de 50% do IPTU. Já o grande legado para a hotelaria nacional foi a criação da Exprotel em 1986.

Deixamos nosso muito obrigado pelas ações e contribuições para a ABIH-SC e toda hotelaria!