Grupo Folclórico Alpino Germânico de Pomerode (SC). (Foto: Renato Soares - MTur / Divulgação)

MTur disponibiliza imagens de Santa Catarina para uso gratuito

Grupo Folclórico Alpino Germânico de Pomerode (SC). (Foto: Renato Soares - MTur / Divulgação)

Grupo Folclórico Alpino Germânico de Pomerode (SC). (Foto: Renato Soares – MTur / Divulgação)

Imagens fazem parte do projeto “15 anos do MTur” para promoção dos destinos brasileiros

Lançado em abril, pelo Ministério do Turismo, para auxiliar destinos turísticos a mostrarem seus atrativos para o mundo, o banco de imagens batizado de “MTur Destinos” não podia deixar de fora o estado. As belezas catarinenses foram registradas pelas lentes dos fotógrafos Renato Soares, Caio Vilela e Daniel Vianna que captaram, em imagens, os muitos atrativos turísticos do estado. Ao todo são 480 fotografias da capital Florianópolis e de outros 14 municípios: Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Blumenau, Bombinhas, Brusque, Garopaba, Itajaí, Itapema, Joinville, Navegantes, Penha, Pomerode, São Francisco do Sul e São Joaquim.

Acervo conta com mais de 480 fotos do estado

O acervo, que já está disponível no FLICKR, reúne os principais destinos de lazer por meio de fotos da cultura, gastronomia, arquitetura e natureza de 169 cidades brasileiras. Todo o material é 100% gratuito para download e utilização das imagens, basta clicar aqui para ter acesso as mais belas paisagens do Brasil.

O banco foi realizado por meio do trabalho de fotógrafos regionais que valorizaram a cultura das cidades e utilizaram de seu “olhar nativo” para mostrar os encantos dos locais onde vivem. “Esse é um trabalho inovador realizado pelo Ministério do Turismo com o intuito de dar ainda mais visibilidade para nossos destinos e, assim, estimular que cada vez mais brasileiros e estrangeiros se encantem com nosso país”, comenta o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz.

MTUR DESTINO – Em um primeiro momento, foram capturadas e categorizadas 5.880 imagens de 169 destinos. Para participar, o município precisava atender a alguns critérios, como vocação de lazer, fazer parte do Mapa do Turismo Brasileiro estar nas categorias A e C – ou seja, que têm fluxo de turistas domésticos e internacionais, empreendimentos regularizados e empregos gerados no setor.Portanto a expectativa é que o conteúdo seja atualizado periodicamente, para que outros destinos e atrativos sejam incorporados à plataforma.

O banco de imagens faz parte de uma série de iniciativas da Pasta para promoção dos destinos brasileiros. Em 2017, foram investidos R$ 60 milhões nas campanhas internas de divulgação de cidades. O valor é 67% maior que os R$ 35,7 milhões investidos em 2016 e 180% superior aos R$ 21,3 milhões de 2015.

 

Fonte: Revista TradeTur

Leia também: Informativo ABIH-SC 13 de abril

 

Ministério Público cobra Estudo de Impacto Ambiental. (Foto: Projeto Baleia Franca / Divulgação)

Turismo embarcado para observação de baleias será analisado pelo STJ

Ministério Público cobra Estudo de Impacto Ambiental. (Foto: Projeto Baleia Franca / Divulgação)

Ministério Público cobra Estudo de Impacto Ambiental. (Foto: Projeto Baleia Franca / Divulgação)

 

Finda a temporada de verão e as atenções do setor turístico no litoral catarinense voltam-se para o turismo de observação de baleias em Garopaba, Imbituba e Laguna. Na terça-feira (17), a 2ª turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) deve apreciar um recurso especial do Ministério Público Federal (MPF), que pede esclarecimento a respeito de suposta contradição no entendimento de segunda instância. Para os procuradores federais, a decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) não deixa clara a obrigatoriedade de um estudo de impacto ambiental para que a atividade volte a ser exercida no Sul de Santa Catarina.

O entendimento da relatora Assusete Magalhães, no entanto, é de manter a decisão do TRF-4 sem alterações, no que deverá ser seguida pelos demais membros da turma. Decisão mantida, tudo indica que a pesquisa iniciada pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em 2017 provavelmente deve ser retomada em junho deste ano para avaliar o impacto sonoro das embarcações na vida dos animais. Porém, mais importante que a investigação, no entendimento da Justiça, são o plano de manejo da Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca (APABF) e a portaria que estabelece regras para o transporte de turistas próximo aos mamíferos do mar. Com relação a esse último, o chefe da APABF, Cecil Barros, esclarece em entrevista concedida a Rede de Notícias NSC que o texto foi finalizado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) em dezembro.

“Editamos a portaria a partir de diálogo com o conselho da APA e manifestações das operadoras interessadas sobre as adequações necessárias sem comprometer a segurança operacional. Agora, o jurídico do ICMBio em Brasília avalia a última versão. Está em fases finais e a publicação deve acontecer nos próximos dias”, projeta.

Após essa etapa, o plano de manejo que está sendo elaborado pelo base do instituto em Santa Catarina também deve ser finalizado, conforme Barros. O responsável pela região acredita que esse segundo documento será validado entre o final deste ano e o início de 2019. O que não impediria, segundo a sua análise, a ocorrência do turismo embarcado de observação de baleias-franca no Estado ainda em 2018.

“Se a portaria for publicada ainda neste mês, existe a possibilidade de acontecer neste ano’, aponta Barros.

A proposta da portaria ainda se encontra em análise jurídica pela Procuradoria Federal Especializada do ICMBio, que não informou possível data de publicação.

Entenda o caso

A observação de baleias-franca a partir de embarcações com ou sem motor foi proibida pela Justiça em maio de 2013, devido à ausência de regulação. Em setembro de 2016, o TRF4 entendeu que o ICMBio poderia gerir o turismo embarcado, desde que publicasse a portaria, o plano de manejo e o estudo de impacto ambiental. No ano passado, a prática não aconteceu no litoral catarinense porque o instituto não finalizou esses pré-requisitos a tempo. Empresários e autoridades locais lutam para que esta modalidade de turismo – única no Sul do Brasil – seja retomada o mais breve possível em função de sua importância para a geração de empregos na região.  Uma ONG estrangeira – Sea Shepherd-, contrária à forma como a atividade vinha sendo explorada, judicializou a questão.

 

Fonte: Revista TradeTur

Pratas Thermas Resort recebe prêmio mundial de hospedagem

Pratas Thermas Resort recebe prêmio mundial de hospedagem

Pratas Thermas Resort

O maior resort de águas termais do Oeste de Santa Catarina, foi premiado com o mais importante reconhecimento mundial, o “Guest Review Awards” da plataforma Booking.com. Foram mais de mil avaliações espontâneas de hóspedes com uma nota média geral de 8,6.

Avaliação

Pratas Thermas Resort, localizado em São Carlos recebeu a nota 8,3 garantindo o título de exemplo de hospitalidade no interior do estado. “Ser reconhecido com um hotel que recebe o hóspede com excelência nos deixa lisonjeados e certos que o trabalho da equipe está sendo feito da melhor maneira possível”, afirma a gerente geral do resort, Rosi Schlosser.

A premiação Guest Review Awards retrata sobretudo a satisfação do cliente durante a estada no respectivo hotel escolhido no site da empresa. Esse prêmio garante que os empreendimentos que oferecem aos seus hóspedes as melhores experiências recebam o reconhecimento merecido.

No Brasil, 9.784 propriedades de todos os tipos receberam o prêmio, além disso, no país, os tipos de propriedades com mais prêmios foram, respectivamente, casas de hóspedes, hotéis e apartamentos.

“Com mais de 110 milhões de avaliações de hóspedes na nossa plataforma, não só ajudamos os viajantes a encontrar as suas estadias perfeitas, como também capacitamos os nossos parceiros de alojamento para se manterem atualizados com as expectativas dos clientes, incluindo o que os viajantes apreciam mais sobre a sua propriedade, bem como o que pode potencialmente ser melhorado”, disse Remco van Zanten, Director Global de Serviços de Parceiros como Booking.com.

De acordo com a plataforma um dos requisitos considerados essenciais na hora da escolha das acomodações pelos hóspedes estão uma cama confortável, o visual, Wi-Fi grátis, bons artigos de higiene pessoal e ótimo menu de serviço de quarto.

Fonte: Revista TradeTur

Rafael Felismino, da Embratur; representante da Embaixada do Brasil na Argentina Guilherme Belli; Vinicius Lummertz, ministro do Turismo; Rafael Luisi, MTur, e ministro de Turismo da Índia

Brasil busca aumento do fluxo de turistas indianos

Rafael Felismino, da Embratur; representante da Embaixada do Brasil na Argentina Guilherme Belli; Vinicius Lummertz, ministro do Turismo; Rafael Luisi, MTur, e ministro de Turismo da Índia

Rafael Felismino, da Embratur; representante da Embaixada do Brasil na Argentina Guilherme Belli; Vinicius Lummertz, Ministro do Turismo; Rafael Luisi, MTur, e Ministro de Turismo da Índia

 

Embratur vai organizar reuniões de trabalho na Índia e em São Paulo

 

A pedido do Ministério do Turismo, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) vai preparar uma agenda de trabalho que incluirá visita à Índia de grupo composto por autoridades e lideranças do trade turístico nacional. O principal objetivo é alavancar o fluxo turístico daquele país – um dos maiores do mundo – para o Brasil. No ano passado, mais de 34 milhões de indianos viajaram para fora do país. Deste total, pouco mais de 24 mil estiveram no Brasil.

Para o ministro do Turismo do Brasil, Vinicius Lummertz, o potencial de crescimento é imenso. E o Brasil deve buscar soluções para aumentar esse fluxo, bem como trabalhar em conjunto com governantes e iniciativa privada indiana, para, também, aumentar o fluxo de brasileiros em direção a Índia. Lummertz sugeriu ao ministro indiano, K. J. Alphons, um outro encontro entre as duas partes, desta vez em São Paulo. A agenda foi definida nesta terça-feira (17) em Buenos Aires, durante a reunião dos ministros de turismo do G-20, que reúne os países com economia mais forte em todo o mundo.

“Todos os que estão aqui sabem que o turismo será a grande alavanca de empregos nessa aceleração do desenvolvimento das novas tecnologias. Dentro desse quadro, é preciso avançar e buscar parcerias para mover grandes fluxos, em especial entre os países que têm grande potencial a mostrar e mercado para conhecer novos destinos”, resumiu o ministro. Lummertz sugeriu ao representante da Índia que solicite ao Ministério das Relações Exteriores do Brasil um pedido para que os indianos possam ter a possibilidade de solicitar vistos eletrônicos para entrar no País, a exemplo do que fazem hoje turistas norte-americanos, canadenses, japoneses e australianos. O ministro brasileiro apontou ainda dificuldades a serem superadas, como a baixa conectividade aérea entre os dois países.

O assessor de Gestão Estratégica da Embratur, Rafael Felismino, acredita que apesar do enorme desafio, será possível aumentar esse fluxo. “Hoje, a Índia não é um mercado emissor importante para o Brasil. Mas, pode vir a ser. Dentro desse contexto de BRICS, temos grandes países com enorme potencial. É importante começar um processo de crescimento mútuo, trabalhando mais fortemente com esses países”, comentou Rafael.

A comitiva brasileira participa do encontro de ministros do Turismo do G-20 e da 18ª Cúpula do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC, na sigla em inglês), em Buenos Aires, na Argentina. No encontro de ministros, o foco da discussão é o turismo como instrumento prioritário para a criação de empregos.

Fonte: Embratur

Veja também:

Tufi Michreff Neto (à esquerda) foi anunciado novo secretário de Turismo de SC.

Tufi Michreff Neto é o novo secretário de turismo de SC

Tufi Michreff Neto (à esquerda) foi anunciado novo secretário de Turismo de SC.

Tufi Michreff Neto (à esquerda) foi anunciado novo secretário de Turismo de SC. (Foto: Julio Cavalheiro/Secom)

Quase um mês após divulgar a extinção da pasta de Turismo de SC, governo anuncia novo secretário

 

Menos de um mês de ter anunciado a extinção da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte de Santa Catarina, o governador de Santa Catarina, Eduardo Pinho Moreira (MDB), divulgou na segunda-feira (16) que escolheu o novo titular da pasta: Tufi Michreff Neto. A data da nomeação por enquanto ainda não foi marcada.

O anúncio também foi feito menos de uma semana após a posse do ministro do Turismo, Vinicius Lummertz (MDB), que é de Santa Catarina. O setor representa cerca de 13% do PIB (Produto Interno Bruto) catarinense, segundo o governo, e contribui “de forma significativa” com a arrecadação estadual.

Perfil

 

Tufi Michreff Neto foi diretor de Administração e Finanças da Embratur (2012 a 2017), e vice-presidente da Companhia de Desenvolvimento e Urbanização (Conurb) de Joinville (2009 a 2011). Trabalhou na Secretaria de Estado da Infraestrutura, onde ocupou diferentes cargos entre os anos de 2005 e 2009.

Ele é pós-graduado em economia e gestão, com foco em planejamento, orçamento e gestão pública, pela Fundação Getúlio Vargas e bacharel em administração pela Faculdade Estácio de Sá de São José.

Fonte: G1

Leia também:

Informativo ABIH-SC 13 de abril

Informativo ABIH-SC 13 de abril

Informativo ABIH-SC 13 de abril

 

Receba semanalmente o informativo ABIH-SC

 

No Informativo ABIH-SC de 13 de abril você vai ler:

ABIH Nacional lança o 60º Conotel em Florianópolis;-58 meios de hospedagem visitados estão irregulares em Florianópolis;-Lummertz vai priorizar linha de R$ 5 bilhões do BNDES para o turismo;-Marcelo Lima Costa assume a presidência da Embratur;-Faça sua inscrição no Cadastur;-ABIH- SC no 4º Meeting de turismo do Caminhos do Alto Vale Implementação do Cadastur 3.0;-Hotelaria e a rota dos grandes cruzeiros – Osmar José Vailatti.

 

Veja também: ABIH Nacional lança o 60º Conotel em Florianópolis

ABIH Nacional lança o 60º Conotel em Florianópolis

Em solenidade realizada na tarde desta sexta-feira (13), no CentroSul, em Florianópolis, na presença de diversas autoridades, empresários, imprensa e profissionais do setor, Manoel Linhares, presidente da ABIH Nacional, e Camila Moretti, diretora da Equipotel, lançaram o 60º Conotel – Congresso Nacional de Hotéis e Equipotel Regional 2018, que acontece de 16 a 18 de maio, em Fortaleza.

O presidente da ABIH-SC

O Diretor-presidente da ABIH-SC, Osmar José Vailatti, abriu o evento parabenizando o incansável trabalho de divulgação que está sendo realizado pelo presidente Manoel em divulgar e convocar empreendedores e profissionais dos segmentos que interagem com os setores de hotelaria, gastronomia e turismo por todo país “Nosso presidente não quer só crescer e engrandecer a economia turística de um Estado, ele quer levar para o Ceará milhares de participantes de todo Brasil, engrandecendo todo o movimento hoteleiro”, afirmou o diretor-presidente da ABIH-SC.

O presidente da ABIH Nacional

Ao assumir a palavra, o presidente da ABIH Nacional, Manoel Linhares, agradeceu a presença de todos e falou sobre a importância da indústria do turismo, uma indústria limpa que impacta em 52 setores, mas que requer mais cuidado dos governantes e mais união dos que compõem esta cadeia produtiva. “Quando assumimos a ABIH Nacional, nosso maior objetivo sempre foi aproximar a entidade das unidades regionais, por isso, tornamos o CONOTEL itinerante. Florianópolis é a 20ª capital visitada. Tenho 23 anos de turismo e tenho certeza que estar próximo, pode atrair até três vezes mais visitantes. Se daqui iriam 50 visitantes, depois desta visita tenho certeza, irão 150. Queremos debater com todos a retomada da hotelaria”, afirmou Manoel Linhares.

Manoel Linhares presidente da ABIH Nacional lançando Conotel em Floripa

Secretário Municipal de Florianópolis

Após a apresentação o Secretário Municipal de Turismo, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico, Vinícius De Luca Filho, entregou um mimo da cidade, ao presidente da ABIH Nacional, mostrando toda hospitalidade que Florianópolis tem com seus visitantes.

Equipotel

Quem também deixou sua mensagem foi Camila Moretti, diretora da Equipotel. Ela falou sobre a importância do evento para toda cadeia produtiva e de todo trabalho que a Reed Exhibitions Alcantara Machado, vem fazendo para tornar os eventos regionais sucesso como a Equipotel São Paulo. “A feira não é só um encontro, é um momento de celebrar e vender. No evento, mais que fornecedores para equipar o hotel, o visitante vai encontrar empresas que oferecem soluções para a arte do bem receber”, enfatizou Camila.

Santur

Finalizando os pronunciamentos, Valdir Walendowsky, presidente da Santur, também fez uso da palavra salientando a importância de toda cadeia produtiva do turismo para o Estado. “Santa Catarina é uma das principais receptoras do país de turistas estrangeiros. Temos o dever de ter nossos profissionais bem capacitados e os estabelecimentos oferecendo o que há de melhor. Parabéns pelo trabalho que está sendo realizado pela ABIH Nacional. Aqui no estado, o Encatho – Encontro Catarinense de Hoteleiros, realizado pela ABIH-SC, que já está em sua 31ª edição movimenta a economia, qualifica os profissionais e gera negócios para as empresas de diversos setores”, concluiu Valdir.

Encatho & Exprotel 2018

Após os pronunciamentos, a Relações Públicas da ABIH-SC, Lara Perdigão, falou sobre a importância deste evento para a ABIH-SC. para os expositores, parceiros, associados e profissionais que estavam presentes. “Todos que estão aqui sabem da importância do associativismo e deste evento que é o maior símbolo para a hotelaria nacional. Obrigada presidente Manoel, por compartilhar todo projeto do evento. Com certeza, estamos aqui com a representatividade do trade de Santa Catarina para que a ABIH se sinta em casa. Estaremos juntos no CONOTEL, assim como, a ABIH estará na 31ª edição do Encatho & Exprotel”, finalizou Lara Perdigão.

 

Visita na sede da ABIH-SC

Antes do evento no CentroSul, o presidente Manoel Linhares visitou a sede da ABIH-SC e participou da reunião do Conselho Deliberativo da entidade. O presidente elogiou as dependências, a estrutura organizacional e a participação ativa dos hoteleiros catarinense, reforçando que o trabalho aqui desenvolvido pelo presidente Osmar José Vailatti é exemplar e repleto de sucesso. “Realmente os catarinense possuem uma entidade muito atuante, e isso muito nos orgulha também”, afirmou o presidente nacional.

Para acessar as fotos, confira no www.facebook.com/encathoexprotel

As equipes

Equipe da ABIH-SC que organiza o Encatho & Exprotel 2018 – liderada pelo diretor-presidente Osmar José Vailatti(D) com o presidente da ABIH Nacional, Manoel Linhares e a diretora da Equipotel,  Camila Moretti(E).

Evento prestigiado por autoridades do trade, imprensa, empresários, profissionais e fornecedores da cadeia produtiva do turismo.

Fotos Crédito: Jefferson Severino

Divulgação: Vânia Monteiro – VM Comunicação

Presidente interino substitui Vinicius Lummertz no comando do Instituto e preza pela continuidade na gestão pública do setor

Marcelo Lima Costa assume a presidência da Embratur

Presidente interino substitui Vinicius Lummertz no comando do Instituto e preza pela continuidade na gestão pública do setor

 

A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) está sob nova direção. Marcelo Lima Costa, ex-chefe de gabinete, assume interinamente a presidência da autarquia em substituição a Vinicius Lummertz que, na terça-feira (10), assumiu o cargo de Ministro de Estado do Turismo.

Segundo o novo presidente, a ideia é dar continuidade as ações e ao trabalho da gestão anterior que trouxe resultados positivos para a autarquia. O foco da nova diretoria está voltado para a aprovação do PL 2724/2015 que transforma a Embratur em agência, aos moldes da Apex e Sebrae e também amplia o capital estrangeiro nas companhias aéreas e atualiza a Lei Geral do Turismo. O mérito do projeto de lei está para ser votado em caráter de urgência pelo Plenário da Câmara dos Deputados.

“O turismo precisa de continuidade na gestão para continuar crescendo e trazer mais resultados positivos. O objetivo central é a transformação do instituto em uma agência de promoção turística internacional. Estamos no caminho certo para uma grande transformação que vai maximizar o orçamento da Embratur e, com isso, poderemos intensificar a promoção internacional do Brasil e abrir ainda mais as portas do país para os turistas internacionais”, explicou.

PERFIL

O presidente interino da Embratur, Marcelo Lima Costa, tem uma longa experiência no setor de turismo e também nas áreas de gestão e consultoria, tanto no âmbito privado como público. Formado em Administração de Empresas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Costa atuou, antes de ser chefe de gabinete da autarquia, como diretor de Produtos e Destinos do Ministério do Turismo.

Foi também secretário das Indústrias de Bens de Consumo da Secretaria de Desenvolvimento Industrial do Governo Federal. Durante 23 anos, trabalhou no Sebrae, onde ocupou diversos cargos de gerência, chegando a superintendente de Articulação e Desenvolvimento. Na iniciativa privada, ocupou posições de direção como a de superintendente do Departamento Econômico da Associação Comercial do Rio de Janeiro, diretor da Atlantic Industrial de Conservas S/A e gerente Administrativo da Contal Engenharia e Projetos S/A.

 

Fonte: Embratur

Veja também: Lummertz vai priorizar linha de R$ 5 bilhões do BNDES para o turismo

Convite para reunião de lançamento da 60º CONOTEL e EQUIPOTEL.

ABIH Nacional chega a Florianópolis para divulgação do Conotel

Convite para reunião de lançamento da 60º CONOTEL e EQUIPOTEL.

60º Congresso Nacional de Hotéis – Conotel / Equipotel Regional 2018

Com o tema a Retomada do Crescimento Hoteleiro, o Conotel será realizado em Fortaleza, nos dias 16 a 18 de maio e visa promover o intercâmbio entre os setores ligados ao turismo brasileiro e se transformar no principal ponto de encontro entre empresas, que oferecem produtos e serviços relacionados à arte de receber bem, e proprietários de hotéis, motéis, pousadas, bares, restaurantes, e outros estabelecimentos, que buscam soluções para o primor na habilidade de gerir o seu negócio e acolher o seu cliente, conectando demandas e necessidades às melhores soluções.

“Essa divulgação é muito importante para mobilizar o setor. Eventos como o Conotel e a Equipotel Regional são fundamentais para os profissionais se atualizarem, conhecerem novas empresas e produtos, além entrarem em contato com outros empreendedores, ativando uma cadeia muito rica e produtiva de troca de informações”, comenta o presidente da ABIH Nacional, Manoel Cardoso Linhares.

Reunião de Lançamento Conotel / Equipotel Regional 2018 em Florianópolis

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina – ABIH-SC com o objetivo de colaborar e reforçar a importância do Conotel – Congresso Nacional de Hotéis –  um dos eventos mais renomados da hotelaria, realiza sexta-feira, dia 13 de abril, no Centro Sul – Centro de Eventos Florianópolis– às 15:00 a reunião de lançamento da sua 60ª edição, para o trade turístico de Florianópolis em parceria com ABIH Nacional e com a Equipotel. Terá a participação do presidente da ABIH Nacional, Manoel Cardoso Linhares, que tem percorrido diversos estados para destacar a importância e participação de todo trade turístico para fazer da hotelaria e do turismo um dos setores mais fortes da economia, além do anfitrião e presidente da ABIH-SC, Osmar José Vailatti.

 

Veja também: ABIH- SC no 4º Meeting de turismo do Caminhos do Alto Vale

Meeting de Turismo na região do Alto Vale

ABIH- SC no 4º Meeting de turismo do Caminhos do Alto Vale

Meeting de Turismo na região do Alto Vale

 

A Associação Brasileira da Industria de Hotéis, ABIH-SC  esteve presente no 4º Meeting de Turismo do Caminhos do Alto Vale, ministrando a palestra: O papel de cada entidade para o desenvolvimento do Turismo Regional. Ministrada pela Relações Públicas da entidade, Lara Perdigão, que destacou a riqueza do potencial turístico da região e em especial as histórias reais nos cases de sucesso.O objetivo da ABIH-SC é estar presente nas 12 regiões do estado, através de seus diretores regionais e de ações junto as entidades como A Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL)  e as instâncias de governança, as quais a entidade agradece a oportunidade.

 

Leita também: 58 meios de hospedagem visitados estão irregulares em Florianópolis