Posts

Presidente do Conselho Estadual de Turismo assume vaga no Conselho Nacional

Rogério Siqueira. à esquerda

Rogério Siqueira. à esquerda

Atual presidente do Conselho Estadual de Turismo, o executivo Rogério Siqueira, CEO do Beto Carrero World, é o mais novo membro do Conselho Nacional de Turismo. Assume também, este ano, a vice-presidência do Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat), onde atuará ao lado do presidente Murilo Pascoal, do parque aquático Beach Park, de Fortaleza (CE).

Siqueira venceu em dezembro o Prêmio Nacional do Turismo 2018, do Ministério do Turismo, na categoria Iniciativa Privada.

Desenvolvimento Econômico

Por falar em Siqueira, o secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável e Turismo, Lucas Esmeraldino, recebeu o CEO do Beto Carrero World e o secretário de Turismo de Blumenau, Ricardo Stodieck. Na pauta, o potencial turístico do Litoral e do Vale do Itajaí.

Stodieck deixou a conversa bem impressionado. Diz que a mudança do Turismo para o Desenvolvimento Econômico é positiva e espera prioridade para o setor. O trade acompanha de perto a definição da equipe que vai comandar o Turismo, que ainda está em aberto.

Costa Brava

O Centro de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Marinha do Sudeste e Sul (Cepsul) fará uma capacitação para os membros do Conselho Gestor da Área de Proteção Ambiental (APA) Costa Brava, em Balneário Camboriú. Em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, os técnicos do Cepsul repassarão informações sobre Unidades de Conservação, gestão de conflitos e o papel dos Conselhos Gestores. A ideia é otimizar o trabalho do Conselho, que tem membros do poder público e da sociedade civil, e é responsável pelo Plano de Manejo da APA.

Pesquisa

A Costa Verde & Mar começou esta semana a Pesquisa de Demanda Turística, que é feita há quatro temporadas nas cidades que mais recebem turistas na região. Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Bombinhas, Camboriú, Itajaí, Itapema, Navegantes, Penha e Porto Belo. No último levantamento, 98% dos visitantes disseram ter intenção de retornar.

Prioridade

A primeira visita oficial do novo secretário de Estado da Infraestrutura, Coronel Carlos Hassler, foi a Itajaí, para participar de uma reunião com a superintendência do porto. Hassler visitou as obras da bacia de evolução e também da rodovia Antônio Heil. O governador Carlos Moisés (PSL) colocou a Infraestrutura como prioridade no novo governo.

Governo amplia benefícios fiscais para parques temáticos

 

Tarifas de importação foram reduzidas de 20% para zero. Prazo para aquisição de equipamentos com isenção é de até 2 anos.

 

O segmento de parques temáticos foi beneficiado esta semana com medidas que vão estimular investimentos e a geração de empregos no setor de turismo. O governo autorizou a importação de equipamentos sem similares nacionais com tarifa zero em compras realizadas até o final de 2020, segundo consta da Resolução nº 98 da Câmara de Comércio Exterior (Camex), publicada na edição desta segunda-feira (10) do Diário Oficial da União.

O setor trabalha hoje com isenções temporárias, que zeram a tarifa por períodos pré-determinados de até oito meses. A decisão do governo atende a uma antiga reivindicação do setor que, em articulação com o Ministério do Turismo, busca a isenção permanente no âmbito de comitê técnico do Conselho do Mercado Comum do Mercosul.

“Esta decisão é mais um reconhecimento do governo do papel do setor do turismo como atividade que precisa de incentivos para gerar mais empregos e oportunidades de negócios”, avalia o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz. Estudo do Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat), estima investimentos de R$ 1,9 bilhão e geração de 56 mil postos de trabalho nos próximos cinco anos com a isenção permanente.

“Com a resolução da Camex teremos um novo período de investimentos e crescimento do nosso setor. Os empresários podem aproveitar esta janela e contribuir para o incremento do turismo em suas regiões, por meio da atratividade dos empreendimentos em operação e da oportunidade para abertura de novos parques”, afirma o presidente do Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat), Murilo Pascoal.

Para se ter uma ideia hoje, existem 23 pedidos de isenção em análise, número que poderá subir para 100, segundo expectativa do empresário Alain Baldacci, do Parque Wet´n Wild, de São Paulo. “Em dois anos temos tempo suficiente para planejar a abertura de novas unidades, a revitalização e a expansão dos parques em operação, com aquisição de novas atrações”, reforça.

 

Fonte: Ministério do Turismo