Posts

Seminário Científico Encatho 2019

 

O Seminário Científico Encatho é um encontro de hoteleiros, acadêmicos, convidados e interessados na evolução da hotelaria e do turismo, visando aproximar e apreciar questões ligadas à evolução do setor para o desenvolvimento de um turismo de qualidade. É um veículo de troca de conhecimento entre a academia e o setor hoteleiro.

O Seminário Científico Encatho aceitará resumos expandidos, sendo estes o objeto para avaliação. A temática para publicação em 2019 é “Soluções e Inovações para a Hotelaria”, com apresentação de comunicação oral para o evento em cinco eixos temáticos: Gestão hoteleira; Tendências e inovação na hotelaria; Formação continuada; Segmentos Turismo, Hotelaria e Hospitalidade; Pessoas.

 

As submissões vão até o dia 06 de maio de 2019, através do site:

http://cientifico.encatho.com.br/index.php/encatho/2019

Temáticas para publicação:

Soluções e Inovações para a Hotelaria

São cinco áreas para a apresentação de comunicação oral para o evento:

Área 1: Gestão hoteleira

  • Gestão de marketing e e-commerce
  • Gestão de comunicação
  • Gestão de pessoas
  • Gestão de conhecimento
  • Sustentabilidade
  • Gestão de A&B
  • Gestão de performance (avaliação, indicadores, desempenho)
  • Boas práticas de gestão
  • Hospitalidade
  • Marketing de destino
  • Turismo e hotelaria em tempos de crise
  • Aspectos socioeconômicos
  • Gestão em Políticas Públicas no Turismo

Área 2: Tendências e inovação na hotelaria

  • Serviços
  • Produtos
  • Arquitetura/Design
  • Empreendedorismo e startups
  • SIG em hotelaria
  • Futuro do Trabalho
  • Cidades Inteligentes
  • Smart Hotel
  • TIC’s (robotização, aplicativos, blockchain, drones, inteligência artificial, realidades aumentada e virtual)
  • Mercados nacional e internacional
  • Economia compartilhada
  • Agenda 2030 e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

Área 3: Formação continuada

  • Educação a Distância
  • Ensino e Mercado de trabalho
  • Pesquisa na hotelaria
  • Extensão na hotelaria

Área 4: Segmentos Turismo, Hotelaria e Hospitalidade

  • Turismo de negócios
  • Turismo de entretenimento
  • Turismo de experiência
  • Turismo rural
  • Turismo da melhor idade
  • Turismo gastronômico
  • Turismo e patrimônio natural e histórico cultural
  • Saúde e bem-estar
  • Turismo de inovação
  • Turismo religioso

Área 5: Pessoas

  • Relações étnicas e de gênero
  • Ética e moral
  • Diversidade
  • Acessibilidade
  • Comportamento do consumidor
  • Millennials, nativos digitais e gerações emergentes
  • Engajamento com a comunidade

Confira no link http://cientifico.encatho.com.br/index.php/encatho/2019

Fonte: Encatho 

Seminário debate desenvolvimento do turismo nas Unidades de Conservação de Santa Catarina

A exploração turística de forma planejada e sustentável nas Unidades de Conservação (UCs) foi tema do seminário realizado na segunda-feira, 7, no auditório da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL), na Capital. O Evento foi promovido pela SOL em parceria com o Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina e Instituto Chico Mendes de Biodoversidade (ICMBio).

 

 

“É um assunto extremamente relevante para o turismo. Com esse debate queremos promover um maior envolvimento entre o poder público e a iniciativa privada na gestão e exploração das UCs”, frisou o secretário Tufi Michreff Neto, na abertura do encontro.

Além do seminário, a SOL já promoveu outros dois encontros técnicos para discutir sobre qual seria o melhor mecanismo para a gestão das UCs e que tipo de estrutura seria ideal. Santa Catarina conta com sete parques estaduais e três reservas, além de parques nacionais. “Nosso trabalho, em conjunto com outros parceiros, visa traçar um diagnóstico para um projeto piloto de concessão de uma, ou mais unidades estaduais, para a exploração do turismo, dentro de parâmetros de manejo e sustentabilidade”, acrescentou o consultor técnico da SOL, Amarildo Kanitz.

Para o diretor de Biodiversidade do IMA, Rogério Rodrigues, o estado está atrasado no que diz respeito ao uso da UCs para o turismo. “Muita gente está interessada em fazer trilhas nesses locais e hoje não é permitido”, exemplificou.

O seminário também contou com a participação da coordenadora de Concessão e Negócios, do ICMBio, Larissa Moura Diehl. Ela explanou sobre as etapas que envolvem a concessão de parques nacionais para exploração turística por meio de Parcerias Público Privadas (PPP).

Na sequência, a professora Juliani Brignol Walotek, do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), campus de Garopaba, apresentou o resultado parcial do levantamento do uso turístico nas UCs do estado. A última explanação foi feita pela engenheira agrônoma Elaine Zuchiwschi sobre os atrativos turísticos das UCs administradas pelo IMA.

 

Fonte: Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte

Leia também: Em votação unânime, Bruno Breithaupt é reeleito presidente da Fecomércio SC