Posts

Santur pretende ampliar participação de SC na rota de cruzeiros nacionais

MSC Preziosa

 

A inclusão da cidade de Penha como uma nova rota para cruzeiros nacionais foi tema de uma reunião realizada na manhã desta quinta-feira, 21, na Delegacia da Capitania dos Portos, em Itajaí.

Duas companhias de cruzeiros participaram do encontro (Costa e MSC Cruzeiros) e têm interesse em operar no local. A expectativa agora é realizar uma escala-teste, mas antes deve ser apresentada uma carta náutica à Capitania dos Portos para que sejam homologados dados técnicos, como o ponto de fundeio do canal de acesso e a capacidade do píer.

A Prefeitura da cidade, representada na reunião pelo Secretário de Planejamento de Penha, Fredolino Alfredo Bento, se comprometeu a criar um protocolo de preparação o píer, para melhorar a segurança do local de atracação.

Santa Catarina dispõe de uma diversidade de cenários que podem integrar roteiros para cruzeiros, na avaliação da presidente da Santur, Flavia Didomenico: “Mas, é preciso que as cidades preparem seus atrativos e invistam em mobilidade e qualidade no receptivo, de modo a atender com qualidade os milhares de passageiros que desembarcam em um curto espaço de tempo”, avalia.

Reunião_Capitania_Portos_Itajaí_2.jpeg

A expectativa da empresa pública é criar a Rota SC, com o objetivo de ampliar destinos de cruzeiros no estado, para que os navios permaneçam por mais tempo em nosso litoral. Balneário Camboriú e Porto Belo já integram a rota de cruzeiros. Itajaí retomará as escalas na próxima temporada. Além de Penha, Florianópolis e Imbituba estão no radar.

O setor de cruzeiros cresce em ritmo avançado no mundo. A expectativa da associação internacional do setor (Clia) é que haja 30 milhões de cruzeiristas viajando pelo mundo em 2019. Até 2021 haverá 113 novos navios circulando pelo litoral do país.

Além da presidente da Santur e do secretário de Penha, participaram do encontro o diretor de Planejamento e Desenvolvimento Turístico da Santur, Leandro “Mané” Ferrari, o Delegado Capitão de Fragata da Delegacia da Capitania dos Portos, Thales Barroso Alves, o presidente da Clia Brasil, Marco Ferraz, além dos representantes da MSC Cruzeiros, Marco Cardoso e da Costa Cruzeiros, Renê Hermann.

 

Fonte: Santur

Informativo ABIH-SC 22 de fevereiro

No Informativo ABIH-SC de 14 de fevereiro você vai ler:

 

ABIH-SC prestigia posse de Flavia Didomenico como nova presidente da Santur;-32º Encatho & Exprotel;- Convênio firmado entre ABIH-SC e Trio Card;-TOTVS – Sócio Colaborador ABIH-SC;-Turismo traça estratégia para fomentar cruzeiros no Brasil;-Comissão estuda modelo de concessão dos centros de eventos de Balneário e Florianópolis;- Osterdorf – Vila da Páscoa;-Associados ABIH-SC!

 

Leia também – TOTVS – Sócio Colaborador ABIH-SC

ABIH-SC prestigia posse de Flavia Didomenico como nova presidente da Santur

 

A nova presidente da Santur S.A., Flavia Didomenico, tomou posse na tarde desta quinta-feira, 21, em cerimônia realizada no auditório da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL). O governador Carlos Moisés, a vice Daniela Reinehr, outras autoridades do Governo de Santa Catarina e representantes de entidades ligadas ao turismo acompanharam o ato.

No discurso de posse, Flavia antecipou que vai trabalhar para promover o desenvolvimento do turismo com respeito às características de cada região do Estado, além de estratégias segmentadas para áreas como turismo náutico, termalismo, gastronomia, eventos, enoturismo, turismo cervejeiro e da cachaça, entre outros segmentos.

“Temos uma importante missão, que é transformar em desenvolvimento econômico todo o potencial que Santa Catarina tem no turismo”, destacou Flavia. A Santur vai absorver as atribuições relacionadas ao turismo que antes eram da SOL. Assim, passará a planejar e executar políticas públicas voltadas para o setor, além de promover os atrativos catarinenses. “Vejo essa fusão como algo muito positivo. Vamos unificar as ações e pensar em conjunto com as demais secretarias”, afirmou.

Dados para planejar o turismo

Flavia antecipou que pretende implantar mecanismos para extrair números e informações que auxiliem na elaboração de projetos e políticas públicas. Na avaliação dela, são esses dados que permitirão à Santur conhecer melhor o público que visita Santa Catarina e identificar as ações e programas que revertam melhores resultados. “Temos um desafio muito grande para trabalhar o marketing, transformar, digitalizar e acompanhar a evolução internacional na promoção do turismo”, afirmou a nova presidente. “Precisamos trazer o investidor e mostrar que este é o nosso ambiente de negócios e ele é favorável”, resumiu Flavia.

Critério técnico

Além do governador e da vice, participaram da solenidade os secretários da Casa Civil, Douglas Borba, e de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino, o presidente do Conselho Estadual de Turismo, Rogério Siqueira, dirigentes de entidades do trade, secretários municipais de turismo, servidores da SOL e funcionários da Santur.

O governador Moisés enalteceu a experiência de Flavia e reforçou que a considera a pessoa certa para liderar o desenvolvimento turístico catarinense. “Ver como a Flavia pensa e entende o turismo fortalece a nossa vontade de fazer um governo técnico, feito por pessoas que tenham capacitação, experiência e formação na área”, declarou. Ele destacou a importância do setor, que é responsável por aproximadamente 13% do Produto Interno Bruto (PIB) de Santa Catarina e pediu um trabalho pensado para todo o estado, considerando os potenciais de todas as regiões.

Flavia é especialista em Planejamento, Gestão e Marketing Turístico e bacharel em Turismo e Hotelaria. Ela já foi professora em cursos de ensino superior, trabalhou nas áreas de hotelaria, alimentos e bebidas e, mais recentemente, atuou como consultora em todas as regiões catarinenses para construir políticas públicas para municípios, por meio do desenvolvimento de planos municipais de turismo. Flavia é natural de Chapecó e reside em Florianópolis há duas décadas.

O secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino, endossou a expectativa de que o turismo em Santa Catarina será beneficiado com a nova gestão e o novo modelo. “Desejo votos de sucesso à Flavia Didomenico, competente e experiente nas questões atinentes ao segmento. Reitero sempre nosso propósito de colocar Santa Catarina — esse estado privilegiado, plural e dinâmico, com formação multiétnica e gente hospitaleira — no mapa do turismo do mundo”, frisou.

Turismo planejado de forma integrada

A incorporação das atribuições da SOL por parte da Santur foi bem-vista por representantes do setor turístico. Presidente do Beto Carrero World e do Conselho Estadual de Turismo, Rogério Siqueira acredita que a unificação do trabalho trará resultados positivos para o setor em Santa Catarina. “O trade e o Conselho entendem que racionalizará todo o trabalho que era feito pelas duas entidades. Agora vai se fortalecer com toda a experiência dos servidores das duas casas. É uma grande oportunidade que o governo tem de promover uma política de Estado, mais perene, plurianual, que dê segurança jurídica e assuma toda a estrutura que já existe hoje e possa se desenvolver ainda mais”, avaliou Siqueira.

A posse também marcou a despedida do ex-presidente da Santur, Valdir Rubens Walendowsky, que exerceu a função por mais de dez anos. Ele agradeceu aos colaboradores e representantes das entidades ligadas ao turismo. Walendowsky valorizou a expansão do planejamento do turismo para o interior catarinense durante a gestão. “Se hoje nosso Estado é protagonista do turismo nacional e na América do Sul é por conta de um trabalho de regionalização feito em conjunto com todo o trade”, reconheceu.

A posse oficial da nova presidente e da diretoria executiva da Santur se deu na segunda-feira, 18, durante reunião do Conselho de Administração da empresa. Assumiu como diretor de marketing, Ramon Fernandes de Jesus, como diretor de Planejamento e Desenvolvimento Turístico, Leandro Ferrari Lobo, e como diretor administrativo-financeiro, William Ribeiro Goulart. Eles se unem a Izabel Paiva de Lima, diretora de Sistemas da Informação, eleita pelos funcionários em pleito realizado em 2017.

 

Fonte: Santur

 

Flávia Didomenico comandará os destinos do Turismo Catarinense!

 

Com 25 anos de experiência de atuação na área de turismo, Flavia Didomenico é a nova presidente da Santur. O anúncio foi feito na tarde de quinta-feira,17, pelo governador Carlos Moisés. A vice-governadora Daniela Reinehr também deu as boas-vindas à gestora.

“O desafio é muito grande, com a Santur não sendo apenas promotora do turismo de Santa Catarina, mas também absorvendo outras ações, como administração e planejamento. Vamos inovar na gestão do turismo em Santa Catarina”, afirmou a nova presidente.

Experiência

Especialista em Planejamento, Gestão e Marketing Turístico(2003) e Bacharel em Turismo e Hotelaria(2001).Foi orientadora de curso e coordenadora de projetos turístico no Departamento Regional do Senac/SC e também consultora de projetos turísticos externos.Foi docente em nível de ensino superior e técnico nos cursos de Turismo e Hotelaria da UNIVALI, UNC, FUCAP e SENAC. Tem experiência na área de planejamento turístico atuado como consultora no turismo público, restaurantes e na hotelaria, marketing turístico, conscientização turística, entre outras áreas.

“O desafio é muito grande, com a Santur não sendo apenas promotora do turismo de Santa Catarina, mas também absorvendo outras ações, como administração e planejamento. Vamos inovar na gestão do turismo em Santa Catarina”, afirmou a nova presidente.

O governador Moisés reiterou a confiança na capacidade de Flavia para atuar a favor do turismo catarinense. “Ela conhece vários municípios, atuou na implantação rotas turísticas.

O turismo é uma atividade importante, tem participação de 13% no PIB catarinense, é uma indústria limpa. Tenho certeza que a Flavia vai contribuir muito”, projetou.

A nova presidente da Santur é natural de Chapecó e reside em Florianópolis há mais de duas décadas.

O setor turístico representa 13% do PIB catarinense e a SANTUR tem um papel importante na divulgação dos destinos do nosso estado, e principalmente no apoio aos eventos turísticos, as secretarias dos municípios ao fortalecimento do trade catarinense, afinal Santa Catarina tem em sua diversidade cultural e turística o grande diferencial que a levou a conquistar por 11 (onze) vezes o “Melhor estado para viajar no Brasil”

 

Fonte: Falando de Turismo

Informativo ABIH-SC 06 de dezembro

 

No Informativo ABIH-SC de 06 de dezembro você vai ler:

 

Save the Date;-Atual e futuro ministros têm primeira agenda pública de transição da pasta;-Santur espera aumento de 5% na circulação de turistas em SC;-Vinicius Lummertz será Secretário de Turismo de São Paulo;-Beto Carrero de Excelência no Turismo premia destaques de SC em quatro categorias e bate recorde de votação;-Inovação de Florianópolis (SC) é destaque no 1º Prêmio Nacional de Turismo;- Prêmio Nacional do Turismo 2018: conheça as iniciativas vencedoras;-Associados ABIH-SC!

 

 

Beto Carrero de Excelência no Turismo premia destaques de SC em quatro categorias e bate recorde de votação

 

Os maiores destaques do turismo catarinense foram premiados com o Título Beto Carrero de Excelência no Turismo 2018. Foram 12 homenageados de diversas regiões do estado (acompanhe a lista abaixo). A cerimônia de entrega reuniu autoridades e convidados no Beto Carrero World, em Penha, na manhã desta terça-feira, 04.

A finalidade do título é homenagear e reconhecer as pessoas e instituições que tenham contribuído de forma relevante para a divulgação e o desenvolvimento da atividade turística catarinense.

Em 2018 foi realizada uma alteração do prêmio, regulamentada pelo decreto nº 1.769/2018, que permitiu a descentralização do processo, ao oportunizar a efetiva integração das 12 Instâncias de Governança Regionais (IGRs) de Santa Catarina. O processo de seleção dos candidatos ao Título contou com as seguintes etapas: indicação pelas IGRs dos candidatos da respectiva região turística em cada categoria; escolha, pelo Conselho Estadual de Turismo (CET), de um indicado por categoria, por região turística, dentre os indicados pelas IGRs; e, finalmente, eleição, mediante voto popular, dos vencedores das quatro categorias, dentre os escolhidos pelo CET.

O CET escolheu, dentre os indicados pelas IGRs, por maioria dos votos dos membros, um candidato de cada categoria para cada uma das 12 regiões turísticas. A escolha dos candidatos se deu por votação secreta em um formulário online. A lista dos 12 candidatos de cada categoria escolhidos pelos membros do CET ficou disponível no site da Santa Catarina Turismo (SANTUR) para votação popular (http://turismo.sc.gov.br/). O processo ficou aberto do dia 12 de novembro até o dia 03 de dezembro. O candidato mais votado em cada categoria foi agraciado com o Título Beto Carrero de Excelência no Turismo. Foram conferidas menções honrosas ao segundo e terceiro candidatos mais votados.

Criada há 10 anos, esta edição do título bateu recorde: foram 15.488 votos registrados nas quatro categorias. A premiação deste ano sofreu alterações, como a inclusão de uma nova categoria, ampliando para quatro o número de homenageados. Foram premiados: uma personalidade; um município; um empreendimento e um evento de destaque no turismo catarinense.

Além disso, a forma de votação foi alterada, buscando democratizar e descentralizar o processo de escolha dos homenageados, possibilitando a participação de todas as instâncias do turismo de Santa Catarina.

Na ocasião, o secretário de Turismo, Cultura e Esporte (SOL), Tufi Michreff Neto, parabenizou os 12 premiados, que fazem o turismo de SC se destacar: “Os ganhadores demonstram que estão na linha de frente do desenvolvimento econômico do Estado”, afirma.

O secretário nacional de qualificação e promoção do turismo, Bob Santos, representou o Ministério do Turismo no evento e destacou a premiação como um reconhecimento importante àquelas pessoas e instituições que “realizam uma gestão no setor turístico com trabalho e esforço constantes”.

O governador Eduardo Pinho Moreira não pode estar presente, mas, em vídeo veiculado na solenidade, salientou que o Título é uma forma de estimular aqueles que confiam no turismo: ”São lideranças e instituições que plantaram e agora colhem resultados”.

O presidente do Beto Carrero World, Rogério Siqueira, destacou que o título é da personalidade João Batista Sérgio Murad, o Beto Carrero: “Ele foi uma pessoa única, como uma estrela, e por isso, o troféu, que inclui este símbolo, é uma forma de agradecer e reconhecer as pessoas que desenvolveram um trabalho verdadeiramente único para o turismo de Santa Catarina“.

Os vencedores

 

 

Personalidade de destaque no turismo catarinense:

1º lugar – Eraldo Vieira, da região Caminho dos Canyons

2º – Gicele Lanser Correa, do Vale Europeu

3º – Margot Rosenbrock Libório, da Costa Verde e Mar

Município de destaque no turismo catarinense:

1º lugar – Pomerode

2º – Quilombo

3º – Balneário Camboriú

Empreendimento de destaque no turismo catarinense:

1º lugar – Ar Livre Ecoturismo, da região Caminhos da Fronteira

2º – Blumenau e Vale Europeu Convention & Visitors Bureau, do Vale Europeu

3º – Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, da região Caminho dos Príncipes

Evento de destaque no turismo catarinense:

1º lugar – Volvo Ocean Race – Itajaí Stopover

2º – Oktoberfest Blumenau

3º – Oktoberfest Itapiranga

Santur espera aumento de 5% na circulação de turistas em SC

 

A Santur espera que as boas condições do tempo favoreçam a chegada de turistas ao Estado. De acordo com a pasta, a expectativa é que Santa Catarina receba, ao menos, 5% a mais de pessoas do que na última temporada, quando aproximadamente 8 milhões de pessoas visitaram as terras catarinenses.

De acordo com o presidente da entidade, Valdir Rubens Walendowski, foi feito um trabalho ao longo de 2018, para garantir que o setor consiga registrar crescimento, apesar das previsões de que o turismo de argentinos possa cair, já que o país vizinho vive uma grave crise econômica.

— A gente focou ter melhores relações de turismo com o Chile. Desde 4 de novembro passamos a ter um voo Florianópolis – Santiago, com frequência de cinco dias por semana. Também temos agora um voo entre Foz do Iguaçu e Navegantes — afirma.

Walendowski também acredita que, apesar da mudança administrativa com a troca de governo a partir do dia 1º de janeiro, o setor de turismo continuará recebendo atenção importante do governador eleito Carlos Moisés (PSL).

—  O turismo faz parte de 13% do Produto Interno Bruto, de Santa Catarina (PIB). Acredito que o governo tenha plena consciência de que é importante. Tem que melhorar, ter uma produtividade melhor. O próprio trade turístico sabe disso.

Para o presidente da Santur, a infraestrutura catarinense é muito boa para receber os turistas e coloca o Estado em um patamar que ele considera invejável, em comparação a outros destinos.

Verão deve ter calor e chuvas bem distribuídas

As altas temperaturas dos primeiros dias de dezembro trazem expectativa para moradores, empresários e turistas sobre como será o verão, que se inicia no dia 21 deste mês. De acordo com a Central NSC de Meteorologia, a previsão é de que o clima siga com boa incidência de calor, com chuvas distribuídas, principalmente, em pancadas pouco antes de anoitecer.

O meteorologista Leandro Puchalski explica que os modelos de previsão apontam para um aquecimento das águas do Pacífico Equatorial, o que provocaria a ocorrência do fenômeno conhecido como El Niño. Em geral, essa condição aumentaria a quantidade de chuvas, mas a tendência é que o fenômeno seja de fraca intensidade, mantendo as características da estação.

— A chuva deve ocorrer dentro do padrão da estação na maior parte do estado, ficando um pouco abaixo da média em áreas da Grande Florianópolis, Litoral Norte e Planalto Norte nos meses de dezembro e janeiro — afirma Puchalski.

Ainda conforme o meteorologista, as temperaturas também devem ter pouca alteração. Apenas na região do Meio Oeste catarinense é previsto que elas fiquem acima da média histórica, nos meses de janeiro e fevereiro.

 

Fonte: NSC 

Mais de 2 milhões de pessoas são esperadas para festas de outubro em SC

 

 

Outubro é o mês da música tradicional, da gastronomia típica e do chope, ingredientes que, além de catarinenses, atraem milhares de turistas ao Estado. Neste ano, a expectativa é de movimento até 10% acima do registrado no mesmo período de 2017.

De acordo com entidades do setor, o feriadão no dia 12 contribui para o incremento de pessoas e a estimativa é superar os 2 milhões de visitantes em SC – que é a média registrada em anos anteriores, diz o presidente da Santur, Valdir Rubens Walendowsky:

– As maiores festas estão muito bem preparadas e então a expectativa é muito boa. Para nós, é super importante esse lado tradicional das festas focadas nas etnias de SC, o que faz com que cresçam a cada ano. Devemos ter, no mínimo, o que tivemos no ano passado, mas a tendência é de melhora. Os organizadores das maiores festas estão falando em aumento (de público). Historicamente quando as festas caem no feriadão realmente dá um resultado bastante significativo – afirma Walendowsky.

calendário das festas começou no sábado (29), com a Oktoberfest mais antiga do Estado, em Itapiranga, no Oeste catarinense, que chega à 40ª edição. Em seguida, é a vez da maior festa alemã das Américas, a Oktoberfest de Blumenau, onde a estimativa é atrair pelo menos o mesmo número de foliões de 2017, que foi de aproximadamente 570 mil.

A rede hoteleira da região já registra ocupação máxima para boa parte dos dias da festa, e outras cidades da região, como Timbó e Indaial, também projetam receber bom número de hóspedes.

Por mais que as festas estejam concentradas no Vale do Itajaí e Litoral Norte, é comum que os visitantes estiquem o passeio e percorram outras regiões do Estado, como a Grande Florianópolis e a Serra, afirma o presidente da Associação Brasileira de Agência de Viagens de Santa Catarina (Abav SC), Eduardo Loch.

Ele diz que a meta agora deve ser criar novos produtos para preencher o calendário e atrair turistas durante todo o ano para o Estado. Loch acrescenta que, além de jovens, em outubro tem aumentado o turismo de famílias para destinos catarinenses, o que gera ainda mais fluxo e maior gasto per capita do turista.

O diretor-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de SC (ABIH-SC), Osmar José Vailatti, confirma a expectativa de crescimento entre 5% e 10% no fluxo no período, que também pode ser influenciado pela alta do dólar.

—Brasileiros viajaram menos ao exterior em agosto, então a gente imagina que os recursos serão canalizados para destinos do Brasil e SC sai na frente. Esperamos atingir 55% a 60% de ocupação na rede hoteleira do Estado em outubro, evidentemente que cidades como Blumenau, Joinville, Balneário Camboriú e Itajaí podem alcançar taxas ainda maiores.

Aeroportos têm voos extras

Os aeroportos retratam a expectativa positiva do setor. No período da Oktoberfest de Blumenau, que começa na próxima quarta-feira, o aeroporto de Navegantes contará com 58 voos extras, o que deverá incrementar o movimento em cerca de 7 mil passageiros. Os voos extras estarão distribuídos por outubro, mas com destaque para os dias 6, 11 e 20 do mês.

Já o aeroporto de Florianópolis irá receber 40 voos extras no mês, provenientes de São Paulo, Campinas e Rio de Janeiro, entre os dias 5 e 21, segundo dados divulgados na semana passada pela concessionária do terminal. Com isso, a estimativa é que desembarquem 3 mil passageiros a mais na Capital.

— Como agentes de viagem, já sentimos uma pequena melhora do movimento. Eu acredito que pelos números que ouvimos vai ter incremento na ordem de 6% a 10% em relação ao ano passado. As festas também estão se remodelando, se reformando e estão cada vez mais interessantes para que turistas venham – explica o presidente do Sindicato das Empresas Turismo do Estado de Santa Catarina (Sindetur SC), Kid Stadler

No ano passado, além da Oktoberfest de Blumenau que atraiu cerca de 570 mil pessoas, a Marejada, em Itajaí foi a segunda festa mais movimentada de outubro e recebeu 220 mil visitantes. Depois veio a Fenarreco, em Brusque, com 120 mil pessoas.

 

Fonte: NSC DC 

Governo federal formaliza repasse de R$ 16 milhões para o Centro de Eventos

O ministro do Turismo, Vinícius Lummertz, diz que o problema que envolvia o repasse de R$ 16,6 milhões para o mobiliário do Centro de Eventos de Balneário Camboriú está resolvido e a verba será oficializada esta semana. A Secretaria de Estado da Fazenda conseguiu renegociar precatórios com o Tribunal de Justiça de SC, e depende agora da emissão de uma certidão para poder assinar o repasse junto à Caixa Econômica Federal.

A expectativa é que a formalização ocorra até sexta-feira, quando o ministro visitará as obras do Centro de Eventos em parceria com o governador Eduardo Pinho Moreira (MDB).

Liberado o recurso, a Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte ainda precisará licitar a compra. Considerando os prazos legais, a expectativa é finalizar o processo em até 90 dias.

No mercado

As obras do Centro de Eventos dependem da compra do mobiliário para a conclusão dos acabamentos. Se todos os prazos forem cumpridos, a inauguração ocorre até o início do ano que vem.

Em paralelo, a Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte trabalha para definir os valores de aluguel dos espaços. Enquanto não é licitada a gestão, que será terceirizada, a Santur ficará responsável por oferecer o Centro de Eventos ao mercado.

Fonte: NSC Total

Tufi Micherffi Neto deixa secretaria de turismo em SC

Tufi Micherffi Neto

 

Empossado em abril como secretário de Turismo, Cultura e Esporte em Santa Catarina, Tufi Micherffi Neto não está mais no cargo. Ele deixou a função para coordenar a campanha do candidato Mauro Mariani (MDB) ao governo estadual.

Valdir Walendowsky, presidente da Santur (Santa Catarina Turismo), assume interinamente. A expectativa, segundo informa a atual gestão estadual, é que Neto retorne à secretaria após o pleito, que ocorre em outubro.

Tufi Micherffi Neto: turismo

O agora ex-secretário chegou à pasta depois de uma jornada de cinco anos no Embratur. Entre 2012 e 2017 passou por diferentes áreas dentro da autarquia se firmou no departamento de finanças.

Neto é formado em administração, tem MBA em Economia e Gestão pela Fundação Getúlio Vargas.

Em seus meses à frente da secretaria estadual participou, como líder do setor, nas edições deste ano da BNT Mercosul e do Encatho & Exprotel, ambos em solo catarinense. Num dos seus pronunciamentos exaltou as possibilidades de turismo no estado e deu alguns índices do setor.

 

Fonte: Hotelier News