Posts

Representantes brasileiros se reuniram na Dinamarca nesta segunda-feira (20)

Promoção conjunta e irmanamento é foco de destinos brasileiros

Representantes brasileiros se reuniram na Dinamarca nesta segunda-feira (20)

Representantes brasileiros se reuniram na Dinamarca nesta segunda-feira (20)

Santa Catarina e Ceará trabalham em conjunto para atrair mais europeus, em especial, os dinamarqueses

Em encontro com operadores de turismo dinamarqueses, nesta segunda-feira (20), na Embaixada do Brasil em Copenhague, representantes de Santa Catarina e o secretário de Turismo do Ceará, Arialdo Pinho, juntamente com Ministério do Turismo e Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), conversaram sobre a possibilidade de realizar a promoção integrada e desenvolvimento de uma rota Ceará-Santa Catarina para atrair mais europeus e turistas internacionais em geral.

Segundo o secretário de Turismo do Ceará, “atualmente, o estado já recebe 48 voos de fora do Brasil a cada semana, com previsão de chegar a 60”. “Somos um hub na parte norte do país, e seria ideal criar rotas internas que favorecessem outros pontos, como já fazemos atualmente com Foz do Iguaçu“, disse. A ideia é aproveitar a maior proximidade do estado nordestino ao continente europeu, facilitando a operação das companhias aéreas e ampliando a malha aérea brasileira.

Além disso, os empresários catarinenses propuseram ao embaixador brasileiro em Copenhague, Carlos Antônio da Rocha Paranhos, o irmanamento da capital dinamarquesa com Florianópolis, capital de Santa Catarina, por conta das semelhanças que possuem, como serem ambas com forte ligação com o mar, com potenciais turísticos e também na geração de negócios para os dois países.

Urbanismo como ferramenta de mudança social

A comitiva brasileira se encontrou também com o arquiteto Jan Gehl, do estúdio internacional Gehl Architects, referência em urbanismo voltado para as pessoas, e que já desenvolveu projetos para metrópoles como Sydney, na Austrália, e Moscou, na Rússia. O arquiteto dinamarquês destacou que muitas vezes pensamos nas cidades do futuro como lugares muito tecnológicos, automatizados, e que talvez a cidade do futuro tenha chegado: “Portanto, temos um futuro promissor. Podemos mudar, transformar nossas cidades em lugares onde queremos viver, feitos para as pessoas, acolhedoras“, completou o urbanista. O urbanista mostrou como foi a evolução da cidade de Copenhague, que começou há mais de 60 anos com projetos buscando priorizar os pedestres e ciclistas na estrutura da cidade.

A chefe de planejamento urbano de Copenhague, Tina Saaby, também se encontrou com os representantes brasileiros, mostrando como a capital dinamarquesa investiu e promoveu experiências para chegar ao patamar atual. “As experimentações, as inovações, as tentativas fizeram com que o sistema evoluísse. Buscamos transformar a cidade em um melhor lugar para o cidadão viver. Os projetos sempre contam com a integração entre os públicos privados, os governantes e também a população. É uma solução conjunta“, completa a urbanista.

 

Fonte: Embratur

Fecomércio SC completa 70 anos de história

 

A Fecomércio SC celebrou 70 anos de fundação na sexta-feira (10/.08.2018) com um calendário de ações e projetos ao longo do ano. Para marcar a data, a entidade lançou a campanha “O Futuro é o Nosso Presente”, na qual um olhar mira o horizonte, transmitindo o propósito da entidade de representar, defender e orientar os setores do comércio, serviços e turismo em Santa Catarina, motores do emprego (63,9%) e do PIB (65,3%) estadual.

Líder da entidade desde 2009, o empresário Bruno Breithaupt será reconduzido à presidência e empossado nesta segunda-feira (13) ao lado da nova diretoria da Fecomércio SC. A ato da posse da gestão 2018-2022 contará com a participação dos membros do Conselho de Representantes da Fecomércio SC, vice-presidentes da Federação e dirigentes do Sesc e Senac. O empresário foi reeleito em votação unânime no mês de maio e permanece à frente da entidade pelo terceiro mandato consecutivo.

“Ano a ano, a Federação atua de forma propositiva nas diferentes esferas do poder público e privado, articulando forças com os setores representados e o braços sociais do Sistema – Sesc e Senac em SC-  para construir um ambiente de negócios propício à competitividade e eficiência das empresas e do próprio Estado, e uma sociedade direcionada ao bem-estar social, desenvolvimento humano, qualidade de vida e qualificação profissional da população”, afirma Bruno Breithaupt.

Saiba mais como foi a gestão à frente da Fecomércio SC e do Sesc e Senac  de 2010 a 2018

A Fecomércio SC congrega 72 sindicatos dos setores de serviços, habitação, varejo, atacado, turismo, supermercados e comércio farmacêutico em Santa Catarina e também é gestora do Sesc (52 unidades fixas e móveis) e Senac (29 unidades operativas) no Estado.

 

Fonte: Fecomércio

ABIH-SC abre inscrições para cursos no setor de Governança para todo o estado

Já estão abertas as inscrições para cursos na área de Governança para todo o estado de Santa Catarina.

Os Cursos

Camareira, Gerenciamento do setor de Governança, Gerenciamento de Enxoval. Tema abordado durante o Simpósio de Governança dentro do Encatho, trazendo os benefícios das técnicas tanto de gerenciamento como da operação e na higienização dos meios de hospedagens (confira a matéria da Revista Hotéis).

Para fazer sua pré-inscrição e saber quais as datas e locais, envie um e-mail para comercial@abih-sc.com.br informando qual o curso o seu hotel tem interesse em fazer.

Neste mês estamos apoiando na divulgação o curso de Governança para Hotelaria promovido pelo SIHORBS na cidade de Timbó.

Temperaturas mais baixas aquecem turismo no Planalto Norte

 

Neve que encantou turistas no Sul e na Serra Catarinense não deve se repetir na próxima semana em Santa Catarina. O que se repete é o frio que segue bastante intenso, com temperaturas que podem chegar a 7°C em Joinville e não ultrapassam 20°C, de acordo com a previsão do tempo do Ciram/Epagri. O Sol deve predominar até o fim de semana.

Na região, o frio ainda é ainda mais intenso no Planalto Norte. Em Campo Alegre, nesta terça-feira (10), os termômetros chegaram a 3°C. Na quarta, a mínima por lá será de 0°C e na quinta -3°C. Tudo isso movimenta o turismo e faz com que muita gente suba a Serra Dona Francisca para aproveitar o inverno.

Os hotéis da cidade já registram um aumento na procura por hospedagens. Por lá há opção para quem curte aproveitar o frio em pousadas e hotéis mais simples, com preço médio de R$ 150, a opções mais exclusivas e sofisticadas, nas quais uma diária para casal pode chegar a R$ 720 em hotéis fazendas ou refúgios de descansos.

“O frio é um grande atrativo para o aumento da procura por hospedagens na região de Campo Alegre. Este ano, acredito que por conta da Copa do Mundo, muita gente demorou para buscar opções de lazer na região. Agora ela começou a aumentar bastante, principalmente nesta semana”, comenta Simone Kalbusch, gerente da Olímpia Tur, que fica em Joinville.

Neve encantou no Sul do Estado 

A previsão não era neve, apenas uma pequena possibilidade de chuva congelada, mas o turista que estava no Sul do Estado e na Serra Catarinense foi surpreendido pela neve que caiu e encantou. Quem estava nos pontos mais altos como Urubici, Bom Jardim da Serra e São Joaquim teve o privilégio de ver os floquinhos de neve caindo do céu.

Segundo a Epagri/Ciram, a ocorrência de neve depende da combinação de frio com umidade.

“O frio veio com a massa de ar polar, trazida por um anticiclone (alta pressão) com centro entre o norte da Argentina e Uruguai. A umidade que chega ao sul catarinense é transportada do mar pela presença de um ciclone (baixa pressão) próximo à costa. Entre o anticiclone (ventos girando no sentido anti-horário) e o ciclone (ventos girando no sentido horário), forma-se uma pista de vento sul de forte intensidade, atingindo principalmente as regiões da Grande Florianópolis e sul de SC”, explica Laura Rodrigues, meteorologista da Epagri/Ciram.

Além do frio intenso e das belas paisagens na serra, os sistemas atmosféricos predominantes no sul do Brasil propiciam condições adversas de mar. “Quanto ao frio, será ainda mais intenso nos próximos dias, com madrugadas geladas e geada em SC, enquanto a condição de neve permanece somente nesta terça-feira”, avisa a meteorologista. (Gabriel Júnior)

 

Fonte: OCP News

Parque Nacional de São Joaquim.

Neve, frio e culinária europeia movimentam o turismo da serra catarinense

Parque Nacional de São Joaquim.

Parque Nacional de São Joaquim.

 

Todo ano é assim. Vai chegando o inverno, que coincide com período de férias escolares, e a serra catarinense vira a bola da vez para turistas de Santa Catarina e também de outros estados do país. Mas quando a temperatura despenca e a neve dá o ar da graça, como aconteceu esta semana, a expectativa cresce e a ocupação hoteleira pode chegar a quase 100% nos municípios da região, segundo a Associação dos Municípios da Região Serrana (Amures).

A rede hoteleira da região conta com 10 mil leitos, principalmente pequenas pousadas, distribuídos por 18 municípios. A maior concentração, não por acaso, se dá entre os municípios que têm a ocorrência de neve no histórico, como Urupema, Urubici, Bom Jardim da Serra, São Joaquim, Lauro Müller e Lages.

O Morro das Torres, que tem uma das menores sensações térmicas da região, e a cascata que congela, ambos em Urupema, além do Morro da Pedra Furada, em Urubici, são atrativos imperdíveis na serra catarinense. À mesa, a tradição do café colonial, chocolates, fondue e outros atrativos da culinária europeia. A região recebe cerca de dois milhões de visitantes por ano, mais da metade concentrada no período de inverno, segundo a Amures.

ESTUDO 

Pesquisa realizada em 2017, pela Fecomércio, mostrou que 99,4 dos turistas na região, nessa época do ano, são brasileiros e 0,6% estrangeiros. Para 69,6% dos viajantes a motivação foi o turismo de inverno e o valor médio de gasto com a viagem foi de R$ 1.236,10. O saldo foi tão positivo que 98,5% afirmaram que indicariam o passeio para parentes e amigos.

 

Fonte: Ministério do Turismo. 

Altemburg

Altenburg – Presença confirmada no 31º Encatho & Exprotel

 

A Altenburg é, hoje, a maior produtora de travesseiros do Brasil. Com mais de 95 anos de tradição e inovação, está entre as marcas líderes nacionais, com foco em design, tecnologia, conforto e qualidade. Com o propósito de gerar bem estar às pessoas, a empresa apresenta uma ampla linha de produtos, como edredons, colchas, roupas de cama, protetores, travesseiros e toalhas.

Todas as linhas de produtos estarão disponíveis no estande da empresa durante a tradicional feira de produtos e serviços para o turismo e hotelaria, a ExproTurismotel, que acontece de 24 a 26 de julho, no CentroSul, em Florianópolis.

Atualmente a Altenburg gera 1,6 mil empregos diretos e está em mais de 7 mil pontos de venda em todos os estados brasileiros, além de países da América Latina. Conta com duas unidades fabris em Blumenau, polo têxtil de Santa Catarina, uma em Sergipe, importante Estado da região Nordeste, uma em São Roque (SP) e outra no Paraguai. Comercializa seus produtos também em 10 lojas próprias e no e-commerce www.altenburgstore.com.br.

Produtos que estarão em destaque no estande da empresa no Encatho & Exprotel 2018:

Para quem busca a relação direta entre um sono de qualidade, bem-estar e a saúde, não pode deixar de conferir as promoções imperdíveis, como travesseiros e roupa de cama. Também vai ter lançamento na linha de cobre leites e acessórios (peseiras, saias, porta travesseiros e complementos). Além de travesseiros tecnológicos (TECH).

Escolher o travesseiro certo para cada posição de dormir faz o dia mais feliz.

Travesseiro ULTRACOMFORT

ravesseiro ULTRACOMFORT

 

Travesseiro THERMOSENSE

É confeccionado em Tencel, um tecido com efeito termorregulador aliado à trama em 3D aplicada em toda a lateral do travesseiro, permitindo o fluxo de ar que o máximo em conforto térmico. Com textura matelassada e suporte firme, é indicado para quem dorme de lado.

Travesseiro AIRFLOW

Com a mesma tecnologia do mercado esportivo, é confeccionado com uma trama 3D que permite maior ventilação, permitindo que o suor evapore rapidamente, mantendo o travesseiro seco, arejado e com temperatura neutra. Com ação antimicrobiana e suporte firme, é indicado para quem dorme de lado.

Travesseiro ANTISTRESS

Tecido com a tecnologia dos fios de carbono, o travesseiro tem ação “antistress”, pois conduz para o ar a energia eletroestática do corpo acumulada durante o dia, principalmente na região da cabeça, pescoço e ombros. Além de neutralizar a energia conduzida ao travesseiro, também reduz a insônia. Com ação antimicrobiana e suporte médio, é indicado para quem dorme de costas.

Para saber mais sobre a Altenburg:
Site: www.altenburg.com.br
Facebook: www.facebook.com/altenburg.textil
Instagram: @ altenburgtextil

Fonte: Encatho

Praia de Piçarras (SC)

Temporada Bandeira Azul tem aumento de 50%

Praia de Piçarras (SC)

Praia de Piçarras (SC)

As 15 indicações do Brasil foram encaminhadas para homologação do júri internacional em Copenhague, na Dinamarca. Santa Catarina terá o maior número de certificação.

 

No próximo verão as praias do Brasil estarão ainda mais pontilhadas de bandeiras azuis. Serão 15 certificações internacionais, 50% a mais do que as 10 homologadas no verão passado. A conquista é exibida como um troféu. A Bandeira Azul hasteada significa mais qualidade da água para os banhistas e moradores dos locais que obtiverem os certificados validados pelo júri internacional.

“O programa Bandeira Azul reconhece o compromisso das comunidades e governos locais com a proteção das praias, rios e lagoas e a prática responsável das atividades turísticas em 45 países”, destacou Gabrielle Nunes, coordenadora-geral de turismo responsável do Ministério do Turismo, que integra o júri nacional.

A lista oficial será divulgada em outubro, quando o júri internacional vai homologar as certificações do programa para a próxima temporada de verão no hemisfério sul. A lista dos locais brasileiros que pleiteiam a Bandeira Azul foi divulgada nesta terça-feira (3). A escolha foi feita pelo júri nacional, em reunião realizada no dia 28 de junho no Ministério do Turismo, em Brasília. Os jurados, que representam 10 instituições públicas e não-governamentais, aprovaram a inclusão de cinco novas praias e uma marina no programa Bandeira Azul.

NOVAS BANDEIRAS – A partir de 15 de novembro Poderão hastear a Bandeira Azul, pela primeira vez, as praias do Estaleiro e do Estaleirinho, em Balneário Camboriú e Piçarras, em Santa Catarina. A praia de Palmas, em Governador Celso Ramos, também em Santa Catarina, que havia perdido a certificação na temporada passada, retornou ao programa e vai poder hastear a Bandeira Azul novamente. Ainda em Santa Catarina, a Marina Tedesco, de Balneário Camboriú, terá a Bandeira Azul pela primeira vez. A praia do Peró, em Cabo Frio, no Rio de Janeiro, também atendeu todos os pré-requisitos do programa.

RENOVAÇÃO – Os turistas que visitarem a praia de Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe, na Ilha do Frade, em Salvador (BA), vão continuar desfrutando da mesma qualidade da água e dos serviços oferecidos na temporada anterior. A praia do Tombo, no Guarujá (SP) também teve a Bandeira Azul renovada pelo júri nacional. A praia Grande/Caravelas, em Governador Celso Ramos (SC) continuará exibindo a certificação internacional, bem como a Lagoa do Peri, na capital catarinense, Florianópolis.

 

A lista das bandeiras renovadas inclui, ainda, a Marina CostaBella, em Angra dos Reis (RJ); Marina Nacionais, no Guarujá (SP); Marina Kauai, em Ubatuba (SP) e Iate Clube de Florianópolis (SC). A 15ª Bandeira Azul da próxima temporada do programa no Brasil será hasteada pela embarcação Água Viva Mergulho, que faz passeios turísticos e de mergulho em volta da Ilha de Santa Catarina e renovou o certificado, em Florianópolis. “Obter este certificado é uma grande responsabilidade que deve ser traduzida em mudança de comportamento e gestão responsável. Hastear a bandeira é somente o início deste processo de mudança”, destacou a coordenadora do programa no Brasil, Leana Bernardi.

O júri nacional é composto pelo Ministério do Turismo, Ministério do Meio Ambiente, Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão – Secretaria do Patrimônio da União, Ministério da Educação, SOS Mata Atlântica, Agência Costeira, ACATMAR – Associação Náutica Brasileira, SOBRASA – Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático e ANAMMA – Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente.

 

Fonte: Ministério do Turismo

Leia também: Festival de Dança gera expectativas positivas para a hotelaria de Joinville (SC)

Festival de Dança gera expectativas positivas para a hotelaria de Joinville (SC)

 

Chamada de capital nacional da dança, pelo menos por 11 dias, Joinville (SC) sedia mais uma edição Festival de Dança. O encontro, considerado pelo Guiness Book como o maior do gênero no mundo, está animando a hotelaria local. A expectativa é que o evento, que será realizado de 17 a 28 de julho, ajude o município a superar a ocupação de 61,12%, obtida em julho de 2017.

Segundo os organizadores, o festival reúne cerca de 6 mil profissionais de dança e atrai pouco mais de 200 mil pessoas, muitas delas turistas. Hoje, Joinville conta com 2.702 mil (UHs) unidades habitacionais e 6.542 mil leitos. Em 2017, segundo dados do VivaBem (Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Joinville e Região), o índice de permanência dos visitantes na cidade, em julho, foi de 2,25 dias.

Na avaliação de Raulino Schmitz, presidente do VivaBem, o festival é um bom exemplo de como a parceria entre o poder público e a iniciativa privada estão impulsionando o segmento de eventos na região.

“A redução da alíquota do ISS (Imposto Sobre Serviço) para 2% na cidde, foi uma grande conquista. O poder público compreendeu que não há prejuízos à arrecadação. Pelo contrário, já que o volume de eventos captados para a cidade deve aumentar cada vez mais”, diz Schmitz.

Joinville: expectativa

No hotel Trocadero, integrante do portfólio da CHA Hotéis, mais de 80% da capacidade já está reservada. “Nossa expectativa é melhor do que em 2017. Durante o Festival de Dança, temos três noites especiais – abertura, gala e noite dos campeões –, nas quais os hotéis chegam a lotar”, diz Geraldo Linzmeyer, presidente da CHA Hotéis, que pretende ampliar o portfólio da empresa este ano. “No entanto, é preciso se esforçar, pois Joinville oferece grande número de leitos e a concorrência é grande”, completa.

Para Leurimar Tedesco, gerente de contas do Slaviero Slim Joinville, a taxa de ocupação durante a semana do evento em 2018 deve superar 2017, quando chegou a 84%. “Priorizamos o nosso controle de vendas, ou seja, concentramos profissionais apenas na área de reservas, acompanhando melhor as confirmações e os períodos de maior e menor ocupação”, pontua.

As expectativas também são positivas no Hotel Tannenhof. De acordo com Ana Luiza Wetzel, diretora do empreendimento, o festival é o melhor evento dentro do calendário da cidade. “A festividade é a que mais traz turistas e hóspedes para nós. Com certeza 2018 irá superar os números de 2017”, diz.

Fonte: Hotelier News

Leia também: Região Costa Verde & Mar de SC Confirma Participação no FESTURIS

Costa Verde & Mar

Região Costa Verde & Mar de SC Confirma Participação no FESTURIS

Costa Verde & Mar

Região turística com inúmeras opções de lazer e entretenimento para todos os públicos, a Costa Verde & Mar está localizada na região centro norte de Santa Catarina, abrangendo destinos como: Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Bombinhas, Camboriú, Ilhota, Itajaí, Itapema, Navegantes, Penha, Porto Belo.

Presença confirmada na 30ª edição do FESTURIS Gramado – Feira Internacional de Turismo, que ocorre de 08 a 11 de novembro, a região turística vai apresentar novidades no evento. “Vamos apresentar o Guia de Turismo Náutico, no qual o visitante poderá encontrar dicas de esportes náuticos, especificações sobre barcos e conhecer empresas da região, material ideal para os adeptos ao lazer marítimo. Vamos apresentar também a aplicação do  Destino Turístico Inteligente”, destaca Vivian Floriani, assessora Técnica do Consórcio Intermunicipal de Turismo Costa Verde e Mar.

Segundo Vivian, a região turística escolheu o FESTURIS pela alta efetivação de negócios na Feira. “O FESTURIS é o principal local do Rio Grande do Sul para se fazer bons negócios, um evento importante e com uma localização estratégica para nós”.

Saiba mais sobre as belezas naturais, belas praias, prédios contemporâneos, gastronomia e vida noturna da Região Costa Verde & Mar pelo site: http://www.costaverdemar.com.br/

O FESTURIS já conta com centenas de marcas confirmadas do Brasil e do exterior e mais de 3 mil profissionais credenciados. Informações e inscrições no site:www.festurisgramado.com.

 

Fonte: Festuris

Leia também: Amenities: Ideal para conquistar e fidelizar seu hóspede!

Informativo 14 de junho

Informativo ABIH-SC 14 de junho

Informativo 14 de junho

 

No Informativo ABIH-SC de 14 de junho você vai ler:

Inscrições gratuitas para o Encatho & Exprotel 2018 ;-SC pode obter R$ 500 milhões do Prodetur+Turismo para projetos estruturantes;-Secretário Michereff apresenta ao Conselho Estadual de Turismo ações da SOL;-Embratur promove arte e cultura brasileira para trade britânico;-São Francisco do Sul analisa cobrar taxa de proteção ambiental para turistas na temporada de verão.;-Carnaval veneziano movimenta turismo em Santa Catarina;-Faça sua inscrição no Cadastur!!;-Associados ABIH-SC.

 

Leia também: Turismo reativa contratações nos primeiros quatro meses de 2018