Posts

Praias de Florianópolis terão quiosques containers na temporada 2018/2019

 

A temporada de Verão 2018/2019 traz novidades para os quiosques de praia em Florianópolis por meio de iniciativa privada. Até a temporada passada, era disponibilizada aos comerciantes uma tenda 3x3m sem fechamento lateral. Este ano, estão sendo implantados 69 containers, de 10 m², em capas de aço galvanizado. As informações são da Prefeitura de Florianópolis.

Em fase teste, as praias contempladas são a Brava, Jurerê Internacional, Jurerê Tradicional, Praia do Forte, Santinho, Lagoa da Conceição, Joaquina, Mole, Campeche e Novo Campeche. “Estamos sempre buscando trazer melhorias nas nossas temporadas, quando recebemos muitas pessoas de outras cidades, ficando uma grande movimentação nas praias. Este ano, além dos chuveiros e banheiros, também vamos testar os quiosques em formato de containers, dando mais conforto aos comerciantes e melhor manipulação do que será servido”, afirma o prefeito Gean Loureiro.

 

Fonte: Noticias do dia

Brasileiros farão 75,5 milhões de viagens domésticas no verão

 

Crescimento é de 2% e setor projeta aumento de vendas da ordem de 18% a 20% em relação à temporada 2017/18.

 

Estimativa do Ministério do Turismo aponta para a realização de 75,5 milhões de viagens entre dezembro deste ano até fevereiro de 2019. O resultado é cerca de 2% maior em relação aos números do verão passado. A Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav) também projeta crescimento nas vendas em percentuais entre 18% e 20% no mesmo período.

São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Santa Catarina e Minas Gerais estão entre os estados que serão mais visitados no período das festas de fim de ano (Natal e Réveillon) e das férias escolares em todo o país. Outros destinos que também receberão expressivos volumes de turistas, segundo a projeção do MTur, são Rio Grande do Sul, Paraná, Ceará, Pernambuco e Goiás.

“Tenho batido muito nesta tecla, de que o turismo é um celeiro de respostas positivas pois tem uma capacidade incrível de influenciar positivamente a economia. O aumento do número de viagens gera mais oportunidades de geração de empregos temporários e movimenta o comércio e equipamentos turísticos nas nossas cidades”, avalia o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz.

Segundo a Abav, as vendas devem manter a mesma proporcionalidade do verão passado. Ou seja, 60% das vendas para destinos nacionais e 40% para o exterior. “Tivemos uma instabilidade cambial importante este ano, revertida agora, e a projeção é de que a demanda reprimida dos meses anteriores se concretize em vendas para a alta temporada”, comenta a presidente em exercício da entidade, Magda Nassar.

Os destinos de sol e praia lideram a preferência na maior operadora de turismo do país para o período. No Nordeste, estão na dianteira destinos como Porto Seguro, Fortaleza, Maceió, Salvador e Natal. Em outras rotas destacam-se atrativos sem e com litoral, como Foz do Iguaçu, Caldas Novas (GO) e Balneário Camboriú, os dois últimos “devido aos parques aquáticos e de diversão”.

Outra grande empresa do setor, a agência de viagens online Decolar, coloca Rio de Janeiro, Porto Alegre e Natal como destinos nacionais preferidos para o Ano Novo. Entre os dez mais buscados pelo público estão também Foz do Iguaçu, Recife, Florianópolis, São Paulo, Fortaleza, Vitória e Salvador, reforçando a tese de que sol e praia ainda é o segmento mais demandado no país.

MUDANÇA – A operadora CVC identificou nesta temporada uma mudança de comportamento de viagem do brasileiro: “diferente de anos anteriores, quando os brasileiros deixaram a decisão da viagem para a última hora, neste a CVC percebe que o consumidor voltou a se planejar e tem fechado a viagem com maior antecedência, aproveitando as promoções do mercado” comenta a assessoria de comunicação da empresa.

RANKING – Segundo as estimativas do Ministério do Turismo, o estado de São Paulo deverá receber o maior contingente de turistas no período, cerca de 18% do total ou 13,65 milhões de viagens realizadas. Já o Rio de Janeiro, na segunda posição, ficará com 10,3% do volume de viagens, seguido da Bahia, com 9,5%. Santa Catarina e Minas Gerais devem ser destino de 5,86 milhões e 5,3 milhões das viagens que serão realizadas no próximo verão, que começa em 21 de dezembro próximo.

12.12.2018 Filhos de Gandhy BentoViana

 

Fonte: Ministério do Turismo

Santur espera aumento de 5% na circulação de turistas em SC

 

A Santur espera que as boas condições do tempo favoreçam a chegada de turistas ao Estado. De acordo com a pasta, a expectativa é que Santa Catarina receba, ao menos, 5% a mais de pessoas do que na última temporada, quando aproximadamente 8 milhões de pessoas visitaram as terras catarinenses.

De acordo com o presidente da entidade, Valdir Rubens Walendowski, foi feito um trabalho ao longo de 2018, para garantir que o setor consiga registrar crescimento, apesar das previsões de que o turismo de argentinos possa cair, já que o país vizinho vive uma grave crise econômica.

— A gente focou ter melhores relações de turismo com o Chile. Desde 4 de novembro passamos a ter um voo Florianópolis – Santiago, com frequência de cinco dias por semana. Também temos agora um voo entre Foz do Iguaçu e Navegantes — afirma.

Walendowski também acredita que, apesar da mudança administrativa com a troca de governo a partir do dia 1º de janeiro, o setor de turismo continuará recebendo atenção importante do governador eleito Carlos Moisés (PSL).

—  O turismo faz parte de 13% do Produto Interno Bruto, de Santa Catarina (PIB). Acredito que o governo tenha plena consciência de que é importante. Tem que melhorar, ter uma produtividade melhor. O próprio trade turístico sabe disso.

Para o presidente da Santur, a infraestrutura catarinense é muito boa para receber os turistas e coloca o Estado em um patamar que ele considera invejável, em comparação a outros destinos.

Verão deve ter calor e chuvas bem distribuídas

As altas temperaturas dos primeiros dias de dezembro trazem expectativa para moradores, empresários e turistas sobre como será o verão, que se inicia no dia 21 deste mês. De acordo com a Central NSC de Meteorologia, a previsão é de que o clima siga com boa incidência de calor, com chuvas distribuídas, principalmente, em pancadas pouco antes de anoitecer.

O meteorologista Leandro Puchalski explica que os modelos de previsão apontam para um aquecimento das águas do Pacífico Equatorial, o que provocaria a ocorrência do fenômeno conhecido como El Niño. Em geral, essa condição aumentaria a quantidade de chuvas, mas a tendência é que o fenômeno seja de fraca intensidade, mantendo as características da estação.

— A chuva deve ocorrer dentro do padrão da estação na maior parte do estado, ficando um pouco abaixo da média em áreas da Grande Florianópolis, Litoral Norte e Planalto Norte nos meses de dezembro e janeiro — afirma Puchalski.

Ainda conforme o meteorologista, as temperaturas também devem ter pouca alteração. Apenas na região do Meio Oeste catarinense é previsto que elas fiquem acima da média histórica, nos meses de janeiro e fevereiro.

 

Fonte: NSC 

Conselheiro da ABIH-SC, Wilson Luiz de Macedo, é eleito presidente da ATHISC

 

ATHISC tem diretoria composta por membros do Meio Oeste

Os membros assumiram o mandato será de dois anos a frente da Associação de Turismo Hidrotermal de Santa Catarina.

A Associação de Turismo Hidrotermal de Santa Catarina (ATHISC) elegeu nova diretoria na última segunda-feira (19) que é composta por alguns membros da região Meio Oeste.

O presidente pelo mandato de dois anos (2019/2020) é Wilson Luiz de Macedo, que já foi presidente da entidade fundada em 2004. Ele é diretor do Thermas Piratuba Park Hotel,  Conselheiro da Associação Brasileira da Indústria de Hoteis de Santa Catarina- ABIH-SC, além de ocupar cargo de diretor de Economia e Estatística da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH Nacional) e da Rota da Amizade Convention & Visitors Bureau.

Ainda da região, são membros da Associação: Jair Antonio Gomes – diretor presidente do Cia Hidromineral de Piratuba – como diretor de Estâncias Termais da entidade e Alex Morais, que ocupa do cargo de 2º diretor de Comunicação, representando a Nativa Comunicação. Além de Andreia Mendes, de Abelardo Luz, vice-diretora Administrativa e como 2º vice-presidente, Fabio Sousa do município de São Carlos.

Entre os trabalhos desempenhados pela entidade estão objetivos como; fortalecer o turismo hidrotermal, de estâncias climáticas e de rotas cênicas (cenários de contemplação). “O estado todo tem lugares belíssimos, basta contemplar e visitar estes locais. Esse é o trabalho que esta nova diretoria fará a frente da entidade. Destacar o circuito das águas e de turismo de Santa Catarina – aponta Macedo – Além disso, que o setor crie roteiros, experiências e produtos que possam ser vendidas aos turistas”.

O novo presidente pontua que a ATHISC apoiará o desenvolvimento dos balneários termais de todo estado, que concentra o maior número de estruturas turísticas no setor. Macedo aponta que cada balneário termal possui águas com qualidades terapêuticas, devido a composição físico/químico e temperaturas diferenciadas, devido a profundidade de extração do líquido e que todos os benefícios destas águas serão amplamente divulgados para expansão do turismo em solo catarinense.

Conforme Jair Gomes, o novo Diretor de Estâncias Termais, esta é uma oportunidade única para Piratuba e para a região do meio oeste de Santa Catarina em ter representantes fazendo parte de uma entidade ligada diretamente nas questões do turismo hidrotermal, “onde teremos voz e voto, e participaremos diretamente das atividades e também das decisões da ATHISC”.

 

Fonte: Michel Teixeira Noticias

Turismo mais forte

Santa Catarina foi premiada pela décima primeira vez consecutiva como o melhor estado para viajar

Santa Catarina foi premiada pela décima primeira vez consecutiva como o melhor estado para viajar

 

 

O turismo representa 13% do nosso PIB, e precisa cada vez mais ser a prioridade nos investimentos de Santa Catarina.

 

Na noite de terça-feira (27/11) em São Paulo, durante evento de entrega do prêmio O Melhor de Viagem e Turismo 2018/2019 da Revista Viagem, o diretor do Costão do Santinho, Rubens Regis, destacou o que segundo ele é o segredo do sucesso de Santa Catarina no turismo. “Nunca antes na história tivemos essa sinergia, esse alinhamento de ideias e ações entre o trade, a Secretaria de Estado do Turismo, as prefeituras”, afirmou o executivo. Esta é a 17ª. edição da premiação referencia para o setor no Brasil, e pela primeira vez a votação foi aberta ao público, por quem viaja o país.

Santa Catarina foi premiada pela décima primeira vez consecutiva como o melhor estado para viajar, Florianópolis foi eleita como melhor cidade e melhor destino praia, enquanto o Fazzenda Parque Hotel ganhou como o melhor hotel fazenda, o Costão como o melhor resort, o Beto Carrero World como o melhor parque temático. O secretário de Estado do Turismo, Cultura e Esporte, Tufí Michereff, destacou os investimentos que o Governo vem fazendo para dar mais segurança ao turista, melhorando o saneamento básico e capacitando os agentes do segmento.

“O turismo representa 13% do nosso PIB, e precisa cada vez mais ser a prioridade nos investimentos de Santa Catarina. Assim ganhamos não só prêmios, como mais empregos e renda para trabalhadores e empresários. Parabéns a todos”, falou Tufí na cerimônia. O evento contou também com a presença de Bob dos Santos, Secretário Nacional de Qualificação e Promoção do Turismo, representando o ministro Vinícius Lummertz, Rogério Siqueira, presidente do Beto Carrero World e também do Conselho Estadual de Turismo, Cássia Treuk, Gerente Geral do Fazzenda Parque Hotel, o prefeito em exercício de Florianópolis, João Batista Nunes e o superintendente de turismo de Florianópolis, Vinícius de Lucca, Valdir Walendowski da Santur, e Fabricio Brasiliense, editor da Revista da Editora Abril.

 

Fonte: Bom Dia SC

Nova sala de eventos sociais do Faial Prime Suites

 

O hotel associado a ABIH-SC, Faial Prime Suites não para de inovar, no início do mês de novembro foi inaugurado o mais no novo espaço de eventos do hotel.

Voltado para eventos corporativos e sociais, com vista privilegiada para a Baía Sul. Espaço ideal para casamentos, jantares sociais, formaturas, cerimônias, eventos corporativos, coquetéis, entre outros. Muito requintado, possui mezanino com escadaria de mármore e guarda-corpo em blindex, foyer, 4 elevadores, lustres de cristais e toda uma estrutura gastronômica independente, exclusiva para atender o espaço. Possui capacidade para até 170 pessoas em auditório no primeiro piso e no mezanino mais 80 pessoas.

Segundo o Gerente Comercial do Hotel, Luciano Vieira, “este espaço foi criado para atender a demanda crescente de eventos sociais que careciam de um local sofisticado na região. E com uma vista de encher os olhos”.

OMT vai premiar startups pioneiras em inovação no turismo gastronômico

 

Processo seletivo, aberto a empresas e pessoas físicas de qualquer país, busca identificar e reconhecer experiências que relacionam a culinária ao mercado de Viagens.

 

Empreendedores com ideias inovadoras na área de gastronomia associada ao turismo terão a chance de conquistar visibilidade internacional e ainda aprimorar o seu negócio. Estão abertas até 5 de março de 2019 as inscrições no 1º Concurso de Startups de Turismo Gastronômico da Organização Mundial do Turismo (OMT), organizado em conjunto com o Centro Culinário Basco, da Espanha. As inscrições podem ser feitas por este link: www.gastronomytourismventures.org.

A ideia da seleção, aberta a empresas e pessoas físicas de todos os países, é destacar e reconhecer exemplos capazes de integrar as duas áreas, de forma a indicar novas possibilidades e inspirar a realização de viagens. Os concorrentes devem apresentar modelos de trabalho relacionados à sustentabilidade, ao respeito à cadeia produtiva local e à oferta de narrativas autênticas, além de agregar valor ao patrimônio cultural da região onde estão inseridos.

O ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, estimula a participação de brasileiros no processo. “A gastronomia é um dos quesitos que melhor ilustram a rica identidade do país e constitui um forte fator de atração de visitantes. A inclusão de projetos nacionais no prêmio reforça o nosso trabalho pela inovação em turismo, consolidando o mercado de Viagens como importante propulsor de desenvolvimento e da geração de emprego e renda”, enfatiza.

A competição vai permitir identificar projetos pioneiros na implementação de tecnologias emergentes e disruptivas, voltados à superação de desafios e problemas do setor. As propostas devem estar comprometidas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS), a exemplo da erradicação da pobreza e da redução de desigualdades, bem como a introdução ou adaptação de elementos digitais.

O secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili, observa que o prêmio contribui para a melhoria da qualidade de vida de todos os povos. “Investimentos em inovação e turismo não são fins em si, mas são meios para promover melhores produtos turísticos, melhorar a governança do setor e aproveitar sua comprovada capacidade de promover a sustentabilidade, criar empregos e gerar oportunidades”, ressalta.

FINALISTAS – Os cinco finalistas serão conhecidos no dia 1º de abril do próximo ano. Já o anúncio do vencedor ocorrerá durante a quinta edição do Fórum Mundial de Turismo Gastronômico, que vai acontecer de 2 a 3 de maio na cidade de San Sebastián, na Espanha. O primeiro colocado na seleção poderá ostentar um selo internacional e participar de um programa de acompanhamento personalizado oferecido pelo Centro Culinário Basco (CCB). O CCB, instituição acadêmica pioneira no mundo e filiada à OMT, compreende a Faculdade de Ciências Gastronômicas da Universidade Mondragon e uma unidade de inovação e pesquisa. Possui um Conselho com 11 dos principais chefs do mundo e tem como objetivo o ensino superior, a pesquisa e a promoção da gastronomia como alavanca de desenvolvimento socioeconômico.

APROVAÇÃO – A gastronomia é um dos itens mais bem avaliados por estrangeiros que visitam o Brasil. Segundo estudo do Ministério do Turismo, 95,7% dos viajantes internacionais que estiveram no país em 2017 avaliaram positivamente a culinária dos destinos brasileiros. Os destinos que mais se destacaram foram São Paulo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Espírito Santo e Brasília.

Florianópolis, capital catarinense, com sua culinária à base de massas e frutos do mar; Paraty (RJ), onde a culinária reúne elementos da cozinha caiçara e uma fartura de peixes, e Belém (PA), onde predominam pratos ligados à cultura indígena, além de influências africana e portuguesa, possuem o título de Cidades Criativas para a Gastronomia, concedido pela Unesco.

 

Fonte: Ministério do Turismo 

Informativo ABIH-SC 16 de novembro

No Informativo ABIH-SC de 16 de novembro você vai ler:

 

Revista da ABIH-SC na versão digital;-ABIH-SC apresenta cenário de expectativa para a temporada em reunião do CODENI em Florianópolis ;-Faial Prime Suites conquista o Top de Marketing e Vendas ADVB/SC 2018;-Votação para o Título “Beto Carrero de Excelência no Turismo” vai até dia 03/12;-Escola catarinense terá currículo voltado para o Turismo;-Mtur recebe premiação por implementação do visto eletrônico;-Mais de 70% dos hotéis de Bombinhas e Balneário Camboriú estão fora do cadastro nacional;- Associados ABIH-SC!.

 

ABIH-SC apresenta cenário de expectativa para a temporada em reunião do CODENI em Florianópolis

 

A ABIH-SC, esteve presente na 75º reunião do CODENI, Conselho de Desenvolvimento do Norte da Ilha, no dia 12/11, realizada no Sapiens Park.

Convidada a falar sobre a expectativa em relação a temporada de verão, a Relações Públicas, Lara Perdigão, que é Diretora Executiva da entidade, focou na importância do relacionamento entre entidade e comunidade, ressaltando que é uma comunicação de via dupla, onde comunidade pode participar suas ações aos meios de hospedagens próximos, se transformando em oferta de atrações aos hospedes que querem cada vez mais vivenciar experiências do dia a dia do destino.

Outro importante assunto abordado, refere-se ao Projeto Social da ABIH-SC que prevê cursos gratuitos nas regiões, para pessoas que tenham interesse em trabalhar em hotel e estão fora do mercado de trabalho, sendo necessário apenas um local, com computador e Datashow, e é claro, pessoas. “É muito importante que a comunidade mobilize as pessoas para capacitação, uma vez que pode vir a atender a demanda de vagas por região, sem necessidade de deslocamento entre outros fatores que atrapalham este processo.” Afirma, Lara.

Parte da palestra está disponível no link:
https://www.facebook.com/miltonweberfilho/videos/1894788420636265/

Mais de 70% dos hotéis de Bombinhas e Balneário Camboriú estão fora do cadastro nacional

Uma fiscalização do Ministério do Turismo levantou que mais de 70% dos hotéis e pousadas de Balneário Camboriú e Bombinhas estão fora do Cadastur, o cadastro obrigatório do governo federal.

Dos 107 estabelecimentos que receberam os fiscais, 81 não possuem o registro — 44 em Bombinhas e 37 em Balneário Camboriú.

Os proprietários foram notificados e terão até 30 dias para se regularizarem. Quem não fizer o cadastro nesse prazo está sujeito a multa de até R$ 854 mil.

Recursos

Dirce Fistarol, vice-presidente do Sindisol, o sindicato dos hoteleiros de Balneário Camboriú, diz que o cadastro federal é importante porque permite, por exemplo, que o estabelecimento participe de licitações públicas de hospedagem.

O número de estabelecimentos cadastrados também interfere na possibilidade do município pleitear recursos e financiamentos junto ao Ministério do Turismo.

Fonte: NSC Total