Posts

Plano de saúde HAPVIDA

Hapvida – Plano de Saúde

O Hapvida Sistema de Saúde alia tecnologia e humanização, sempre em busca do melhor para seus clientes. Para manter essa performance, aposta no desenvolvimento, realiza inovações constantes, além investimento na infraestrutura e capacitação de pessoal.

Com mais de 40 anos de história e uma estratégia focada na verticalização dos serviços médico-hospitalares, o Sistema Hapvida atende mais de 4 milhões de clientes em todo o território nacional. O Hapvida hoje se posiciona como uma das maiores operadoras de saúde do Brasil, com a maior rede de atendimento próprio das regiões, uma das duas maiores operadoras com capital próprio e genuinamente nacional e a terceira maior do País, em número de beneficiários.

Atualmente, são 32 Hospitais, 105 Clínicas, 20 Prontos Atendimentos, 109 Centros de diagnóstico por imagem e coleta laboratorial (Vida&Imagem) distribuídos nos 12 estados onde a operadora atua com rede própria.

Para saber mais entre em contato
48 9 88437711
abih@abih-sc.com.br

http://www.hapvida.com.br/

Almanach Santur

Santur publica quarta edição do Boletim Almanach com dados da temporada de verão

A Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur) publicou nesta quinta-feira (18) a quarta edição do Boletim Almanach, apresentando um panorama da Temporada de Verão 2020/2021 em Santa Catarina, que teve um cenário atípico diante da pandemia de Covid-19. Também, dados relativos aos períodos de festas de final de ano e Carnaval, incluindo informações sobre a ocupação hoteleira e fluxo de passageiros aéreos e terrestre e comparativos com a temporada anterior.

+++ Para acessar o boletim clique aqui

Outra informação detalhada na publicação é o perfil do visitante que deixa o estado pelo Floripa Airport, conforme pesquisa coordenada pela Santur.

O boletim é elaborado pela Diretoria de Estudos e Inovação (Diesin) da Santur e sintetiza informações do Almanach, painel de dados do turismo. Os dados apresentados provêm de fontes de dados abertos e instituições parceiras relacionadas ao setor.

Fonte; Santur

Mtur

Ministérios do Turismo e da Justiça fortalecem parceria para garantir direitos do consumidor turista

No mês em que se comemora o Dia Internacional do Consumidor, os ministérios do Turismo e da Justiça e Segurança Pública reforçam o compromisso com a garantia dos direitos de turistas em todo o país. Nesta quarta-feira (24.03), os ministros Gilson Machado Neto (Turismo) e André Mendonça (Justiça e Segurança Pública) assinaram um Acordo de Cooperação Técnica que prevê o compartilhamento de informações e ações conjuntas de proteção aos consumidores turistas.

Entre as ações previstas estão o incentivo à adesão de grandes empresas prestadoras de serviços turísticos à plataforma de resolução de conflitos “consumidor.gov.br”. Trata-se de um serviço público federal gratuito que permite a interlocução direta entre consumidores e empresas para solução de conflitos de consumo pela internet, como cancelamentos e remarcações de viagens e eventos, principalmente, em decorrência da pandemia de Covid-19. Atualmente, estão presentes na plataforma 28 empresas do segmento de Turismo, Viagens e Hospedagem.

O ministro do Turismo, Gilson Machado, destaca a importância de ações governamentais conjuntas em defesa do consumidor. “Nossos esforços são para garantir segurança jurídica às empresas do setor e aos cidadãos que, de forma rápida e mais facilitada, consigam cancelar ou remarcar viagens. Atuamos assim para garantir a boa relação entre consumidores e prestadores de serviços, evitando a judicialização”, afirmou.

O Acordo também prevê a oferta de cursos gratuitos pela Escola Nacional de Defesa do Consumidor da Secretaria Nacional do Consumidor, do Ministério da Justiça, na modalidade de ensino a distância. O objetivo é disseminar informações sobre direitos dos consumidores para prestadores de serviços turísticos. Estão previstas ainda outras ações conjuntas de proteção, como a articulação com os órgãos do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor, a partir de demandas apresentadas pelo Ministério do Turismo.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, ressalta que o Acordo assinado vai melhorar a relação entre agências de viagens e consumidores na área do turismo. “Para que ele tenha melhor atendimento para suas demandas e, também, para que o operador dessa área tenha maior conhecimento dos direitos e garantias que o Código do Consumidor dá”, disse. “Queremos que o brasileiro viaje mais, com mais direitos, com mais segurança, preço justo e que as operadoras possam auferir bom resultado de seu trabalho”, completou.

PROTEÇÃO 

Desde os primeiros casos de coronavírus registrados no Brasil, o Ministério do Turismo atuou para diminuir o impacto da pandemia no setor de turismo. Entre as medidas adotadas está o apoio e articulação da Medida Provisória 948, que regulamentou as relações de consumo no país, garantindo os direitos dos consumidores e, ao mesmo tempo, impedindo a falência de empresas do setor.

A MP trouxe regras claras para o cancelamento e a remarcação de reservas, tanto no turismo como na cultura, e disponibilizou o site consumidor.gov.br, reduzindo a judicialização das demandas. Administrada pela Secretaria Nacional do Consumidor, a plataforma registrou um aumento de 427,8% nas reclamações relacionadas a viagens, turismo e hospedagem. Passou de 7.724, em 2019, para 40.765, em 2020. Somente em janeiro e fevereiro deste ano foram 7.807 reclamações, um aumento de 606,5% em relação ao mesmo período do ano anterior.

As reclamações na plataforma Sindec, que congrega informações dos Procons, também teve um crescimento de 220,9% em 2020, quando comparando a 2019. Reclamações de janeiro e fevereiro deste ano chegam a 8.759, uma elevação de 289,6% em relação ao mesmo período de 2020. No setor da cultura houve um aumento de 178,6% no número de reclamações na plataforma Consumidor.gov.br, entre 2019 e 2020. Já na plataforma Sindec, o avanço foi de 157,7%.

PRORROGAÇÃO 

Na última semana, a MP n°1.036 de 2021 definiu que consumidores, prestadores de serviços dos setores de turismo e cultura, artistas e profissionais contratados para realização de eventos terão um novo prazo para remarcação, concessão de crédito ou devolução de valores referentes a atividades, reservas e eventos turísticos e culturais cancelados em 2020 e 2021 em razão da pandemia.

Na prática ela estende, até o dia 31 de dezembro de 2022, o período para as remarcações, emissão de créditos para utilização na compra ou abatimentos em outros serviços ou devoluções de valores já pagos em serviços, reservas e eventos. A ação visa garantir o direito dos consumidores e a sobrevivência do turismo e da cultura, fortemente afetados pela pandemia.

Além de estabelecer critérios claros e transparentes para cancelamento e remarcação de viagens, o Ministério do Turismo criou o movimento “Não Cancele, Remarque”. A campanha orienta turistas sobre a possibilidade de não cancelar, mas sim adiar viagens e pacotes turísticos.

Fonte: Mtur

Informativo ABIH-SC

Informativo ABIH-SC 11 de fevereiro

No informativo da ABIH-SC desta semana você vai ver:

Curadoria do Festur SC e Encatho & Exprotel realizam reunião online;-Plano SulAmérica Saúde;-Sócio colaborador – Marcos Hartd Consultores Associados;-ABIH Nacional apresenta pesquisa sobre ocupação dos hotéis para o carnaval;- Veja o resultado da votação de melhores fornecedores da hotelaria 2020;-Nova MP prorrogará prazos de lei que desobriga reembolso para serviços de turismo;-Aplicativo para incentivar o ecoturismo mapeia trilhas em Florianópolis;-Associados ABIH-SC.

Confira o informativo completo AQUI. 

29 de janeiro – Dia da hospitalidade

Hoje é dia de homenagear todos aqueles que trabalham para garantir a melhor experiência  para o hóspede, desde o primeiro atendimento até a hora do check-out. 

 Ser hospitaleiro é muito mais que receber e hospedar… É acolher, abrir as portas para o visitante entrar e cuidar de cada detalhe para que ele se sinta em casa, com segurança, conforto e aconchego.

O ato do bem receber aproxima pessoas, estreita laços e gera um ambiente mais feliz e gentil ❤

Informativo ABIHSC

Informativo ABIH-SC 22 de janeiro

No informativo da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina -ABIH-SC – você vai ver:

ABIH’S unem forças em prol do Amazonas;-Bradesco – Plano de Saúde;-Sócio colaborador – Ecoflex;-Revista ABIH-SC;-Está no ar a segunda edição do Boletim Almanach – Dados do Verão;-10 Edição do Trofeu Fornecedor da Hotelaria 2020;-Mtur Ultrapassa marca de 26 mil selos “Turismo Responsável” emitidos no país;-Associados ABIH-SC.

Leia o informativo completo AQUI!

Gostou? Leia também: ABIH’S unem forças em prol do Amazonas

Vem aí a 3ª Ed. da Revista ABIH-SC

A importância do associativismo para o desenvolvimento econômico

Entidades e empresas confirmam sua participação na revista da ABIH-SC como forma de levar sua mensagem e ações ao maior número de empresários.
Nas últimas semanas Osmar José Vailatti, diretor-presidente da ABIH-SC, esteve reunido com Carlos Henrique Fonseca, diretor superintendente do Sebrae-SC e Bruno Breithaupt, presidente da Fecomércio-SC para falar sobre a participação das entidades na 3ª edição da Revista ABIH-SC, que será lançada em novembro.
Dialogar com entidades como o SEBRAE e Fecomércio é fundamental, visto que são grandes apoiadores dos microempresários e defensores do associativismo. Na reunião da última quarta-feira(16/09), no Sebrae-SC, Osmar Vailatti falou do trabalho e atuação regional da entidade, que tem procurado fornecer todo suporte aos empresários, especialmente neste momento de pandemia, onde algumas regiões foram mais fortemente afetadas do que outras em virtude do seu perfil turístico, gerando demandas e necessidades específicas nas quais a entidade vem trabalhando para solucionar.

Sebrae-SC reforça seu compromisso com o pequeno empresário


Carlos Henrique Fonseca, diretor superintendente do SEBRAE-SC, salientou a importância do trabalho que a ABIH-SC vem desenvolvendo ao longo dos seus 55 anos na defesa dos interesses dos empresários do setor e, novamente reforçou seu apoio e colaboração, tanto com conteúdo de qualidade para auxiliar o pequeno empresário do turismo neste momento de retomada da atividade, quanto na divulgação de ações que a entidade vem desenvolvendo visando auxiliar os empresários nesta retomada econômica.

Fecomércio-SC sempre incentivando o desenvolvendo do comércio e turismo.


Além do SEBRAE-SC, Osmar Vailatti esteve reunido na última semana com Bruno Breithaupt, presidente da Fecomércio-SC, que também confirmou a participação do Sistema S na revista da entidade, valorizando a importância do turismo na geração de emprego e renda, movimentando economicamente o Estado. A parceria com a Fecomércio é de longa data e, neste momento em que o empresário local necessita se fortalecer, é fundamental que as entidades representativas caminhem de mãos dadas para oferecer o máximo de material, ferramentas e apoio para que todos voltem a crescer.

ABIH-SC destaca seu trabalho no desenvolvimento do turismo regional


O destaque editorial da 3ª edição da revista da ABIH-SC fica para o trabalho desenvolvido pela ABIH-SC em cada região do Estado, os principais desafios e conquistas do setor nestes 75 anos de atuação no cenário nacional e 55 anos de atividade em Santa Catarina, além algumas personalidades homens e mulheres que mostram sua força e garra neste cenário de grandes transformações, evidenciando ações de sucesso, gerando negócios e muito networking entre os diferentes players do mercado.

Para empresas e entidades interessadas em participar desta edição, destacando seus produtos, serviços ou ações, a entidade está comercializando cotas de apoio e anúncios publicitários através do whats (48) 98843-7659 ou e-mail comercial@abih-sc.com.br. Além da Fecomércio-SC e SEBRAE-SC, outras empresas e entidades já confirmaram seus espaços. Solicite agora mesmo o plano comercial para selecionar a melhor forma de estar presente e escrever junto mais um capítulo desta trajetória de sucesso.

A ABIH-SC


Ao longo dos seus 55 anos a ABIH-SC vêm trabalhando intensamente para que os empresários da hotelaria se sintam representados em todas as esferas. Através das diretorias regionais a entidade busca ampliar sua participação local, melhorando o diálogo entre os empreendedores, a comunidade e o poder público; Trabalha na captação e aproximação dos fornecedores para gerar as melhores oportunidades de negócio; Defende e luta por políticas públicas para o segmento, e muito mais. Saiba mais sobre a ABIH-SC e como você pode fazer parte no site www.abih-sc.com.br ou pelo whats (48) 98843-7659. Aqui sua voz ganha força. Todos juntos para defender os seus interesses!

Pandemia no setor hoteleiro - Osmar José Vailatti é entrevistado por Larissa Kümmel

Impacto da Pandemia no Setor Hoteleiro

Os impactos da pandemia no setor hoteleiro foi o tema da entrevista de Osmar José Vailatti, diretor-presidente da ABIH-SC, à Larissa Kümmel, apresentadora da Record News TV de Balneário Camboriú, também hoteleira e diretora da ABIH-RS. Confira abaixo as perguntas e respostas desta conversa.

Larissa: De uma forma geral. Qual o impacto da Covid-19 no setor hoteleiro em Santa Catarina? Qual o percentual de hotéis que estão fechados e de hotéis que estão fechados e não serão reabertos.

Osmar: A Covid-19 afetou mais do que os setores do turismo e a hotelaria, mas certamente, lideramos o ranking dos mais atingidos. Fomos ao fundo do poço. Milhares de demissões, muitos hotéis sucumbiram. Acreditamos que em torno de 20% dos hotéis não abrirão mais. Temos hoje aproximadamente 40% de hotéis fechados no estado. Uma medida inteligente, pois abrir o hotel na maioria das vezes custa mais caro do que deixá-lo fechado. Os que estão abertos trabalham com baixa ocupação, variando de 5 a 15%.

Larissa: Quais são as principais mudanças que você acredita que afetará o setor diante essa pandemia e como o hoteleiro pode se adaptar a elas?

Osmar: Primeiramente o hoteleiro precisa pensar em salvar sua empresa. Não sabemos quando terminará esta agonia. Há muita incerteza ainda. A hotelaria não será mais a mesma. Precisamos hoje demonstrar às pessoas e ao mercado que mudamos, que estamos dando prioridade aos protocolos, que estamos cuidando da saúde e preocupados com a vida das pessoas, sejam colaboradores ou visitantes/hóspedes.   

Percebo também um movimento do mercado para o digital, já que a tecnologia tem proporcionado essa nova experiência de consumo. É preciso manter a comunicação e manter a presença no mercado, pois a escolha do cliente será pelas experiências que ele tiver durante a compra e pela confiança que conseguir sentir nesta relação.

Larissa: Qual a sua previsão para o setor voltar a “normalidade”?

Osmar: A pandemia está resistente. No início, em março, achávamos que em julho já teríamos vencido o coronavírus. Hoje as melhores previsões citam o último trimestre deste ano como início forte da recuperação, outros preveem a recuperação total somente para final de 2021.

Larissa: Acredito que nosso hóspede está muito mais exigente após a Covid-19. Quais serão as principais necessidades dele na sua visão?

Osmar: O novo coronavírus afetou a saúde das pessoas no aspecto econômico, físico e mental. As pessoas estão inseguras, com medo e sem condições de fazerem planos, de terem sonhos, pois estão psicologicamente perturbadas. A hotelaria precisa criar ambientes para vencer estas barreiras e proporcionar ao turista um ambiente de paz, acolhimento e bem-estar. Neste momento, o que o hóspede mais quer é segurança e limpeza. Sentir que estão em um ambiente com segurança sanitária em todos os ambientes do quarto, as áreas comuns, academias, restaurante, entre outras.  

Larissa: Como a ABIH-SC e ABIH Nacional estão agindo para ajudar o setor hoteleiro?

Osmar: O Presidente da ABIH Nacional, Manoel Linhares, é um lutador sem igual. Tem lutado muito, trabalhado incansavelmente para defender junto ao Governo, ao Congresso Nacional, Ministérios e entidades a necessidade de apoio ao turismo e a hotelaria. O setor de serviços emprega muito e representa um pilar forte da economia de SC, do Brasil e do mundo. Tenho orgulho de fazer parte da Diretoria Nacional sob a liderança de Manoel Linhares e sua Equipe. Apesar das lutas, muitas demandas foram atendidas, outras não.

Em Santa Catarina criamos um grupo de apoio aos associados via whatsapp, envio de informativos constantes com decretos atualizados, orientações e suporte de toda equipe de consultores da entidade na área jurídica, administrativa, comercial e de pessoal. Foram criados cursos e gratuitos e pagos para também colaborar com a atualização profissional neste momento de isolamento. Uma campanha nas redes sociais de apoio, incentivo e valorização dos hoteleiros também foi iniciada com artigos para uma retomada de sucesso, peças publicitárias e divulgação dos hotéis que estavam em funcionamento. Além de todo suporte dos hoteleiros nas regionais através dos diretores locais.

Larissa: Quais são as medidas adotadas pelo Governo para proteger o setor?

Osmar: o Governo tem contribuído muito pouco para ajudar a salvar a hotelaria. Algumas medidas ajudaram o setor, porém muito pouco para satisfazer e contribuir mais fortemente com a recuperação da hotelaria. A economia do turismo quer voltar a ser o que era, e o Governo precisa se envolver mais. Várias linhas de crédito foram e são anunciadas pelo Governo, porém, os bancos não disponibilizam os recursos e dificultam a liberação. Não chegam ao destino. É lamentável.

Larissa: As principais diferenças que os hotéis que atendem o turismo de negócio têm para o turismo de lazer. Existem expectativas diferentes para esses setores?

Osmar: Se a hotelaria de lazer foi afetada mortalmente pelo novo coronavírus, muito mais o foi o turismo de negócios, o corporativo. Sabemos que a tecnologia está sendo utilizada intensamente tanto para a prática de reuniões quanto para eventos e tudo o mais que se relaciona a negócios, diminuindo as viagens longas. Já o turismo de lazer pode se fortalecer com o turismo regional, disponível em viagens curtas, gastos menores e destinos seguros que se incorporam à natureza.   

Larissa: Quais são as suas perspectivas para o futuro da atividade hoteleira no Estado de Santa Catarina e no Brasil?

“O turismo sumiu, o turista não”. Esta frase sintetiza bem o que esperamos. Tenho muita fé e esperança na recuperação do setor de turismo. Acredito que tudo passará e que as pessoas voltarão a viajar muito.

“O mundo ama viajar”. Santa Catarina é um oásis de belezas naturais, de destinos turísticos que encantam as pessoas, as famílias. Precisamos da união de todos os segmentos que envolvem a economia do turismo. O turismo congrega 21 atividades diretas (que existem exclusivamente para o turismo), 142 atividades indiretas, 191 atividades compartilhadas e 217 atividades aquecidas, ou seja, a soma alcança 571 setores envolvidos no turismo. É essa união que será a grande engrenagem para a recuperação e retomada econômica..

Precisamos trabalhar muito, ser criativos, valorizar as pessoas e amar o que fazemos.

Viva o turismo e sucesso à hotelaria!

Você também quer conversar com o diretor-presidente da ABIH-SC?

Então, entre em contato com o fone (48) 98843-7711

ABIH-SC presente na live organizada pelo CONSERRA e AMURES

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina – ABIH-SC esteve presente na live organizada pelo CONSERRA e AMURES, através do seu Diretor-presidente,  Osmar José Vailatti convidado do dia.

 Estiveram fazendo parte da reunião vários Diretores da entidade a saber, Eduardo Simas, Volnei Koch, Wilson Macedo, Edson Ziolkowski, Lara Perdigão e Valdir Della Justina Junior.

Um importante ambiente de discussão onde a entidade teve a oportunidade de falar suas ações no atual cenário e se colocar a disposição a partir da explanação das demandas da região serrana.

Segundo Osmar Vailatti, Foi um prazer participar da Live promovida pelo ConSerra e AMURES, Entidades importantes na hotelaria e no turismo da região serrana do nosso estado. Foi um momento especial de debates para nos prepararmos para o amanhã pós-crise, avançarmos nas ações em todo o estado como entidade parceira e podermos além de ouvir a demanda, promover a hotelaria e os atrativos do destino. Valeu pela atualização através do formato e pela possibilidade de estarmos juntos!

Clique AQUI e confira a live.

Reunião da Diretoria Executiva ABIH-SC

Osmar José Vailatti presidiu a reunião da diretoria executiva da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina – ABIH-SC, realizada na quinta-feira (06/02), que teve como pauta a Consultoria de Recuperação Tributária, Apresentação do Orçamento do 33º Encatho & Exprotel, Taxa de Ocupação e apresentação da nova integrante da Diretoria Executiva da AIH-SC.

Carla Costa, Diretora de Hospedagem e A&B e Osmar Vailatti, Diretor-presidente

Carla Costa assumiu a Diretoria de Hospedagem e A&B com o principal objetivo de promover o crescimento do setor investindo num calendário de cursos, treinamento e palestras de camareira, governanta entre outros.

Carla Cabral costa é Bacharel em Turismo e Hotelaria –  Pós em Administração em Turismo – Ufsc, possui 15 anos de experiência em hotelaria, passando pelos hotéis da rede Intercity, Il Campanário, Praiatur, sócia proprietária do Restaurante Freguesia

Com experiência em Hospedagem (Governança, Recepção, A&B, Manutenção e Eventos).