Posts

Presidente da ABIH Nacional apresentou em Brasília painel em comemoração ao Dia Internacional do Turismo

Ao lado da deputada Magda Mofatto, e de Ana Biselli Aidar, diretora executiva da Resorts Brasil,  O presidente da ABIH NacionalManoel Linhares, apresentou o painel “Tendências do setor hoteleiro pós pandemia”  no seminário “Turismo na ordem do dia”, promovido pelo pela Embratur, Ministério do Turismo e Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados (CTur) em comemoração ao Dia Internacional do Turismo.

Durante o evento, dez painéis apresentados por parlamentares e representantes das principais entidades do trade turístico no Brasil, avaliaram a atual condição do setor no país e sugeriram as melhores ações para a retomada das atividades.

Fonte: GPHR

Regularize seus débitos com o ECAD

A ABIH-SC oferece uma oportunidade única para seus associados regularizarem seus débitos com o ECAD!  A ABIH Nacional firmou um acordo histórico com o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), que oferece termos e condições especiais exclusivos aos meios de hospedagem associados à entidade nacional e às ABIHs estaduais.

No compromisso firmado, os hotéis associados as ABIH’s Estaduais terão um desconto de até 70% para quitarem seus débitos junto ao órgão arrecadador. 

O valor devido pode ser dividido em até 12 vezes, contanto que o valor mínimo seja de 1.000 reais mensais, e será calculado com base nos dados do Ibope e/ou na taxa de ocupação declarada pelo hoteleiro, cálculo que também será utilizado para as futuras cobranças.

Quem quiser pagar em mais vezes, poderá negociar diretamente com o ECAD, mas os percentuais de desconto serão menores. As ABIHs Estaduais ficam responsáveis por informar ao ECAD caso algum hotel que tenha feito o acordo se desassocie da entidade. O acordo é exclusivo aos associados da ABIH Nacional/ ABIH’s Estaduais.

Outro benefício da negociação é que o hotel que nunca foi fiscalizado pelo órgão poderá pagar apenas os últimos três anos. O prazo anterior era de cinco anos. Também será criada uma comissão nas cinco regiões do país, formada por cinco hoteleiros e cinco membros do ECAD, para que seja estabelecida uma forma de cobrança mais justa, uma vez que hoje uma pousada paga o mesmo que um hotel 5 estrelas.

Entre em contato

Os hoteleiros que queiram aproveitar esta oportunidade de negociação e não estejam ainda filiados a ABIH-SC podem entrar em contato com a entidade através do e-mail abih@abih-sc.com.br ou no whatsapp 48 98843-7711 para maiores informações.

Abih nacional 85 anos

ABIH Nacional prestes a completar 85 anos

O Presidente da ABIH Nacional, Manoel Linhares, esteve quarta-feira (08) na CNC acompanhado do Vice-Presidente da Fecomercio-Ce, Maurício Filizola, entregando os convites ao Presidente da CNC, Dr. Roberto Tadros, do aniversário de 85 anos da ABIH Nacional, que acontecerá no dia 09 de novembro e também do CONOTEL, que acontecerá em São Paulo, de 22 a 24 de novembro.”Foram momentos de muita interação, cordialidade e reciprocidade” destacou Linhares.

Sobre a ABIH

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – ABIH é uma das entidades de classe mais antigas do turismo nacional.
Desde seu surgimento, em 1936, sempre foi destaque nas atuações do SETOR. Fundada no dia 9 de novembro de 1936, por ocasião da realização do 1º CONOTEL – Congresso Nacional da Hoteis.

A ABIH consolidou-se no decorrer dos anos como uma confiável fonte de dados e informações setoriais, mantendo escritório como ABIH Regional em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal.

Com sede em Brasília – DF, representa o SETOR junto aos principais Órgãos Públicos, dentre outros o Ministério do Turismo, EMBRATUR, Comissões de Turismo da Câmara dos Deputados, SEBRAE Nacional, bem como do Conselho Nacional de Turismo – CNT.

As Diretorias Executivas e Técnicas bem como o Conselho Deliberativo tem a missão de fortalecer as relações institucionais com os poderes públicos, tanto na esfera do Executivo quanto na do Judiciário e do Legislativo, garantindo a defesa dos interesses do setor, como também tem investido na valorização da atividade econômica dos hoteleiros, promovendo a aproximação e a ampliação das oportunidades de negócios para todos seus associados.

Com mais de 3.200 meios de hospedagens associados em todo o Brasil, é uma entidade empresarial associativista sem fins lucrativos. Representa o SETOR que oferecem em todo o país, mais de 1.350.000 empregos diretos e 675.000 empregos indiretos.

Fonte: Top Society

abih nacional abih sc

OPINIÃO – A hotelaria nacional pede socorro de novo!

Apesar das esperanças de uma retomada já no início de 2021, os números relacionados às atividades econômicas no país mostram um cenário adverso, com previsões de retração entre 4% e 11% no primeiro trimestre desse ano. Para hotelaria nacional, especialmente a localizada nos grandes centros e calcada no turismo de eventos e de negócios, a situação chega a ser dramática, já que com as atividades novamente paralisadas em diversos destinos Brasil afora, não será possível sequer recuperar as perdas de 2020 este ano. A luta que estamos travando hoje é para sobreviver em 2021, sem praticamente nenhuma receita desde o ano passado.

Nosso setor não tem estoque. O que não foi vendido em 2020 e que não está sendo comercializado em 2021 ficam para trás. Não há como recuperar os investimentos e as dívidas estão se acumulando desde março do ano passado. Para sobrevivermos, precisamos de ações imediatas em todos os níveis – municipal, estadual, federal e da iniciativa privada – para então conseguirmos manter as empresas em atividade, garantindo seu funcionamento e os empregos de seus colaboradores.

Entre as questões principais, precisamos sim da efetivação imediata de uma medida provisória semelhante à MP 936 que possibilite a renegociação de contratos de trabalho e a redução de jornada e salários. Ainda esperamos para 2021 a retomada do turismo, mas para que as empresas continuem suas atividades, é necessária a cooperação imediata dos estados e municípios com medidas de impacto econômico direto como, a nível municipal, a redução de impostos como o IPTU; e a nível estadual, a renegociação das tarifas como a de água, cuja a cobrança deveria ser realizada em cima do consumo, e não por tarifa mínima.

Mais uma vez repito que urge a suspensão da cobrança das parcelas dos fundos de financiamentos também em 2021 – como foi feito a partir de abril até dezembro de 2020 – e a reprogramação dos pagamentos a partir de 2022, bem como a abertura de novas linhas de crédito acessíveis para evitar que unidades hoteleiras encerrem suas atividades, como já vem acontecendo em todo o país.

Estamos prontos! Investimos e nos adaptamos à nova realidade. Os hotéis estão abertos para receber, seguindo todos os protocolos e regras de ouro que as autoridades de saúde recomendam. Precisamos redesenhar o mapa de negócios do turismo no país imediatamente, a partir das novas tendências que vêm se estabelecendo.

Já sabemos que o perfil do negócio e dos viajantes mudou radicalmente e contamos com o Ministério do Turismo e com uma agência de promoção internacional do Turismo, a Embratur, para o reposicionamento do setor, divulgando estrategicamente, dentro dos país, nossas potencialidades com foco no que já aparecem em pesquisas que mostram, por exemplo, maior preferência pelo turismo local, em pequenas cidades, ou destinos de ecoturismo e de luxo, bem como encontros para grupos reduzidos de pessoas em ambientes controlados e seguros, o que estimularia a volta dos eventos presenciais, promovidas por empresas, principalmente nas grandes cidades, segmento bastante afetado pela pandemia.

Os estados e municípios também precisam dar sua contribuição para que a indústria do Turismo possa se reerguer, divulgando internamente seus destinos de forma profissional e constante, pois a demanda por viagens próximas ao local de origem é um dos segmentos que mais crescem. Temos que tomar atitudes comuns que nos permitam movimentar uma indústria que abrange uma vasta cadeia produtiva que inclui áreas como alimentos e bebidas, transporte, comunicação, entre outros muitos segmentos econômicos. Por isso, seria importante, por exemplo, desenvolver campanhas e promoções junto aos veículos de mídia especializados em turismo, estimulando uma retomada imediata, consciente e responsável do setor como um todo.

É disso que estamos tratando: da sobrevivência das empresas e a manutenção dos empregos de cerca de um milhão e cem mil pessoas que direta ou indiretamente dependem das empresas que atuam ou se relacionam com o setor de turismo. Não temos como esperar mais. As vacinas estão chegando e a esperança cresce a cada momento. A hora é de agir, pois já sabemos o que tem ser feito para continuarmos cumprindo com excelência nossa missão de receber bem e com segurança.

Manoel Cardoso Linhares, presidente nacional da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – ABIH Nacional

FONTE: Mercado & Eventos

ABIH quer vacinação dos profissionais de turismo

Presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis-ABIH, Manoel Linhares está pleiteando a inclusão dos profissionais do setor de turismo área no grupo prioritário da vacinação contra a Covid-19.

“Quem trabalha na hotelaria, por exemplo, se relaciona com diversas pessoas o tempo todo, vindas dos mais diferentes lugares; portanto, é necessário ser imunizado o mais rápido possível”, defende ele.

Recentemente, o plano de vacinação do governo federal incluiu algumas categorias profissionais ligadas ao setor, como trabalhadores de transporte aéreo e aquaviário, além de portuários.

A vacinação dos profissionais do turismo e da hotelaria é fundamental para restabelecer a normalidade das atividades de um setor capaz de dar grande impulso à recuperação econômica nesse momento de retomada das atividades”, complementa Linhares.

Fonte: Panorama do turismo

ABIH'S unem forças - ABIH SC

ABIH’S unem forças em prol do Amazonas

Hotelaria nacional promove campanha para ajudar o Amazonas

ABIH Nacional e a ABIH Amazonas lançam em todo Brasil uma campanha para doação de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os profissionais de saúde do Amazonas que estão trabalhando diretamente com os infectados pelo novo coronavírus na rede hospitalar do estado.

“Como todos já sabemos, os casos chegaram a números alarmantes no Amazonas, por isso estamos promovendo essa campanha para apoiar esses verdadeiros heróis que estão tratando dos doentes e salvando vidas”, explicou o presidente da ABIH Nacional, Manoel Linhares.

Segundo o presidente da ABIH Amazonas, a ideia é mobilizar não apenas o setor de hotelaria nacional mas todo o país para que esses profissionais tenham o material necessário para que possam realizar o seu trabalho em segurança.

“Quem estiver disposto a ajudar, basta entrar em contato com o telefone da ABIH Amazonas – (92) 3233-7335 – que tomaremos as providências necessárias”, finalizou Roberto Bubol, presidente da ABIH Amazonas.

ABIH Nacional - ABIH Santa Catarina

ABIH nacional participa dos 54 anos da Embratur e comemora sede da OMT no Brasil

No final da tarde da última terça-feira (17), em cerimônia concorrida no Palácio Planalto, com a presença do presidente Jair Bolsonaro e sua esposa, Michele Bolsonaro, do chefe da Casa Civil, general Braga Neto, do presidente da Embratur, Gílson Machado e do presidente dos Correios, General Floriano Peixoto, a Embratur – Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo comemorou seus 54 anos, com lançamento de um selo postal personalizado e do carimbo comemorativo da data.

Agradecendo a presença da cúpula do governo federal e dos ministros das Comunicações, Fábio Faria, da Cidadania, Onix Lorenzoni, da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, da Educação, Milton Ribeiro, e da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, além de seis congressistas, Gilson Machado Neto, abriu sua fala destacando a presença do diretor-geral da OMT, Zurab Pololikashvili e seu encontro no dia anterior com o Presidente da República:

“Na imprensa em geral não se falou nisso, mas a maior autoridade de turismo do mundo está no Brasil e se disse encantado com o que viu em nosso país e anunciou ter escolhido o Brasil para receber um dos quatro escritórios no mundo da Organização Mundial do Turismo (OMT). O escritório da organização no Brasil será o primeiro na América Latina e terá como objetivo principal desenvolver o turismo no continente”, disse Gilson Machado citando o Rio de Janeiro, Brasília e Manaus como possíveis sedes para o escritório da OMT.

Ainda de acordo com o presidente da Embratur, o Brasil tem muitos desafios e entraves, mas tem no turismo um enorme potencial econômico, que pode se tornar do tamanho do agronegócio. “Quero dar boas noticias. O Brasil é o país com o maior potencial no período pós pandemia, e de acordo com ministério do Turismo, já temos a volta de 88% do fluxo de turistas internos recuperados. As Cias aéreas já voltaram com cerca de 80% de suas operações e, na segunda feira, recebi um telefonema do presidente da  Royal Caribbean International dizendo que voltará operar no Brasil”. Gilson Machado também anunciou uma nova coordenação da Embratur para o Turismo de inclusão, uma vez que esse segmento merece ter programas especiais como acontece no mundo todo.

Entre as autoridades presentes, representando o setor de hotelaria brasileiro, Manoel Cardoso Linhares, presidente da ABIH Nacional – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, acompanhado do atual presidente da ABIH-DF, Henrique Severian, e de Adriana Pinto, ex-presidente da entidade na capital federal, também prestigiaram o evento.

Segundo Linhares, o redirecionamento que o governo do presidente Bolsonaro vem dando à Embratur será fundamental nesse momento da retomada das atividades no setor

Segundo Linhares, o redirecionamento que o governo do presidente Bolsonaro vem dando à Embratur será fundamental nesse momento da retomada das atividades no setor: “Conversei pessoalmente com o presidente durante uma hora antes do evento e fiquei muito satisfeito com que ouvi. O presidente Jair Bolsonaro reconhece o potencial do turismo e disse que não medirá esforços para incentivá-lo, principalmente através da Embratur que no seu governo passou a ter sua atuação focada na divulgação de nossos destinos. Parafraseando o presidente da Embratur, acredito que o turismo tem o potencial de contribuir para a economia nacional no mesmo nível do agronegócio”, afirmou o presidente da ABIH Nacional.

Fonte: Diário do Turismo

Informativo ABIH-SC 29 de março

Receba semanalmente o informativo ABIH-SC

 

No Informativo ABIH-SC de 29 de março você vai ler:

Florianópolis está mais próxima de entrar na rota dos cruzeiros;- Apresentação do Novo Cadastur e da Implementação da Fiscalização;- Reunião técnica avalia obras de acesso ao novo aeroporto de Florianópolis;- Município da Grande Florianópolis tem a segunda melhor água termal do mundo;

 

Leia também:

Convite para reunião de lançamento da 60º CONOTEL e EQUIPOTEL.

Presidente da ABIH Nacional em Florianópolis

Convite para reunião de lançamento da 60º CONOTEL e EQUIPOTEL.

Em abril, o Presidente da ABIH Nacional, Manoel Linhares, estará em Florianópolis para divulgar o 60º Congresso Nacional de Hotéis CONOTEL e EQUIPOTEL.

A ABIH-SC está organizando uma recepção que reunirá associados, empresários, autoridades e imprensa para apresentar e lançar um dos mais importantes eventos do setor de hotelaria brasileira que, este ano, acontece em Fortaleza, nos dias 16 a 18 de maio, no Centro de Eventos do Ceará.

A recepção ao presidente da ABIH Nacional acontecerá no dia 13 de abril (sexta-feira), às 15h, no CentroSul – Centro de Convenções de Florianópolis. No mesmo espaço, acontece de 24 a 26 de Julho, o ENCATHO & EXPROTEL, o maior encontro da hotelaria no Sul do país.

ABIH Nacional é a mais antiga entidade do setor de turismo do país com 81 anos de atuação, a edição de Fortaleza tem a intenção de reunir mais de quatro mil pessoas e promover um intercâmbio entre os setores ligados ao turismo brasileiro. A ABIH-SC conta com sua participação. Para confirmar presença, favor enviar e-mail para abih@abih-sc.com.br ou (48) 3222-8492

 

Leia também