Posts

Evento, realizado em Buenos Aires, reúne representantes de turismo de todo o mundo

Geração de empregos pelo turismo é tema de conferência internacional

Evento, realizado em Buenos Aires, reúne representantes de turismo de todo o mundo

Um em cada dez empregos no mundo são gerados pelo turismo. No Brasil, o setor impacta R$ 520 bilhões na economia e é responsável pelo sustento de 7 milhões de brasileiros. Os dados econômicos mais uma vez aparecem com destaque nas discussões durante a missão internacional do ministro Vinicius Lummertz à Argentina.  Na quarta-feira (18) ele participou da 18ª WTTC Global Summit, em Buenos Aires.

Para uma plateia formada, prioritariamente, por empresários e líderes do setor, o ministro abordou o papel do governo em proporcionar um melhor ambiente de negócios para propiciar que o setor privado invista e gere empregos no País. “Estamos fazendo grandes reformas no Brasil para que o trade consiga nos ajudar a desenvolver nosso país. Acredito que, com essa sinergia, poderemos impulsionar o setor de viagens e turismo não só em nosso país, como na América do Sul”.

Vinicius Lummertz destacou também em sua fala as grandes reformas já realizadas pelo governo federal, como a aprovação do trabalho intermitente e do visto eletrônico para países prioritários, além daquelas que estão em tramitação no Congresso Nacional – transformação da Embratur em agência, modernização da Lei geral do Turismo e abertura de capital estrangeiro das companhias aéreas. “Com todas essas medidas em curso, nossa expectativa é passar dos atuais 6,6 milhões de turistas internacionais para 12 milhões em 2022; acrescer em 40 milhões o número de brasileiros viajando pelo país e gerar 2 milhões de novos empregos pelo turismo”, concluiu.

Durante agenda do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC), Vinicius Lummertz deu mais um passo para desenvolver o turismo regional. Junto ao ministro da Argentina, Gustavo Santos, assinou um memorando de entendimentos com o país vizinho para a promoção conjunta dos países no continente asiático, por meio de Macau. A ideia é vender os dois roteiros juntos durante o Fórum Econômico Mundial, que será realizado em 2019, em Macau, na China.

Evento, realizado em Buenos Aires, reúne representantes de turismo de todo o mundo

WTTC

A abertura da 18ª edição de um dos maiores eventos mundiais do setor contou com a participação do presidente da Argentina, Mauricio Macri, que destacou a importância do turismo em seu governo, apresentando dados reais de evolução da economia depois que o turismo foi tratado como prioridade no país.

Na ocasião, o ministro do Turismo da Argentina, Gustavo Santos, reforçou a necessidade de um trabalho conjunto entre os setores público e privado. O tema também recebeu o apoio e está sendo trabalhado com prioridade pela Organização Mundial de Turismo (OMT), segundo o secretário-geral do órgão, Zurab Pololikashvili.

A presidente da WTTC, Glória Guevara, apresentou os dados do mercado global de viagens e elencou os principais desafios do setor para os próximos anos: realização de Viagens seguras e fáceis; preparação para gerenciar e reagir às mais diversas crises; e crescimento sustentável do setor, garantindo benefícios a todos os envolvidos.

 

Fonte: Ministério do Turismo 

Veja também: Informativo ABIH-SC 19 de abril 

 

Presidente interino substitui Vinicius Lummertz no comando do Instituto e preza pela continuidade na gestão pública do setor

Marcelo Lima Costa assume a presidência da Embratur

Presidente interino substitui Vinicius Lummertz no comando do Instituto e preza pela continuidade na gestão pública do setor

 

A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) está sob nova direção. Marcelo Lima Costa, ex-chefe de gabinete, assume interinamente a presidência da autarquia em substituição a Vinicius Lummertz que, na terça-feira (10), assumiu o cargo de Ministro de Estado do Turismo.

Segundo o novo presidente, a ideia é dar continuidade as ações e ao trabalho da gestão anterior que trouxe resultados positivos para a autarquia. O foco da nova diretoria está voltado para a aprovação do PL 2724/2015 que transforma a Embratur em agência, aos moldes da Apex e Sebrae e também amplia o capital estrangeiro nas companhias aéreas e atualiza a Lei Geral do Turismo. O mérito do projeto de lei está para ser votado em caráter de urgência pelo Plenário da Câmara dos Deputados.

“O turismo precisa de continuidade na gestão para continuar crescendo e trazer mais resultados positivos. O objetivo central é a transformação do instituto em uma agência de promoção turística internacional. Estamos no caminho certo para uma grande transformação que vai maximizar o orçamento da Embratur e, com isso, poderemos intensificar a promoção internacional do Brasil e abrir ainda mais as portas do país para os turistas internacionais”, explicou.

PERFIL

O presidente interino da Embratur, Marcelo Lima Costa, tem uma longa experiência no setor de turismo e também nas áreas de gestão e consultoria, tanto no âmbito privado como público. Formado em Administração de Empresas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Costa atuou, antes de ser chefe de gabinete da autarquia, como diretor de Produtos e Destinos do Ministério do Turismo.

Foi também secretário das Indústrias de Bens de Consumo da Secretaria de Desenvolvimento Industrial do Governo Federal. Durante 23 anos, trabalhou no Sebrae, onde ocupou diversos cargos de gerência, chegando a superintendente de Articulação e Desenvolvimento. Na iniciativa privada, ocupou posições de direção como a de superintendente do Departamento Econômico da Associação Comercial do Rio de Janeiro, diretor da Atlantic Industrial de Conservas S/A e gerente Administrativo da Contal Engenharia e Projetos S/A.

 

Fonte: Embratur

Veja também: Lummertz vai priorizar linha de R$ 5 bilhões do BNDES para o turismo