Posts

Os 3 erros fatais quando se promove um colaborador

A gestão e o desenvolvimento de pessoas às vezes parece trazer algumas armadilhas. Lidar com “gente” não é simples. No ambiente corporativo, requer conhecimento, técnicas e observação de aspectos legais. Diariamente vemos colaboradores crescerem e conquistarem novos postos em seus setores ou na empresa. E porque as vezes não dá certo?
Vamos analisar juntos, 3 dos erros fatais que cometemos ao promover um colaborador e algumas dicas de como evitar ou amenizar os efeitos:
1º Erro: Promover o melhor colaborador do setor esquecendo-se que precisam ter outras habilidades além das quais ele se destacou. Ex: em hotelaria temos as vezes a promoção da melhor camareira e esquecemos que se ela será Supervisora deverá ter censo crítico na observação do serviço alheio e se for para Governança deverá ter habilidades de liderança; num time de futebol: o melhor jogador poderá ser o técnico do time no futuro, mas nem sempre, habilidade com a bola não o credencia a uma função que deverá ser estratégica, de liderança e com visão sistêmica.
2º Erro: Promovemos o colaborador  e não fazemos as devidas apresentações: explicação de como será a função dele daqui pra frente ( principalmente se for no mesmo setor e o cargo não existia, caso já exista , explicar como será e o que se espera de todos envolvidos) Todos os colaboradores devem ser informados em relação as mudanças de cargos. Este é um dos maiores erros que afetam diretamente produção, operação e relacionamento interpessoal. E normalmente é silencioso para os que estão em posições superiores, porque acontece longe da supervisão cotidiana, quando se faz notar já provocou problemas internos e as vezes até mesmo nos resultados da empresa.
3º Erro: Promovemos o colaborador mas ainda o tratamos como no cargo anterior. É preciso entender que a promoção afeta o colaborador principalmente em relação a responsabilidades, expectativas. É uma tendência que ele mude o seu comportamento. Nesta etapa, o acompanhamento é fundamental. Bem como o desenvolvimento dos demais incluindo os superiores que realizaram a promoção e certamente esperam resultados. Avaliação , acompanhamento, metas claras , qualidade de informação e comunicação interna serão fundamentais para auxiliar no crescimento.
Erro subentendido: a promoção é uma recompensa! Promoção deve levar em conta: competência, adequação ao perfil da função, habilidade técnica…entre outros quesitos.
Complicado? 
Que tal seguir uma orientação valiosa?  E num nível generalizado ou seja, comece por cuidar da equipe como um todo e observar qualidades individuais que formam um grupo de sucesso! Eis a dica de Daniel H. Pink em seu livro Motivação 3.0:
“Anime com propósito, não motive com recompensas. Nada une mais uma equipe do que uma missão em comum. Quanto mais pessoas se unirem em torno de uma mesma causa- seja criar algo maravilhoso, superar um concorrente de fora ou mesmo mudar o mundo-, mais seu grupo realizará o trabalho gratificante e de qualidade.”.

Lara Perdigão

Relações Públicas ABIH-SC

Empresas de software para gestão na EQUIPOTEL 2018

 

Potencial do mercado da hospitalidade cria demanda para empresas do segmento com soluções eficientes e práticas

 

As oportunidades no setor da hospitalidade são responsáveis pela ascensão das novas empresas de tecnologia voltada à softwares de gestão hoteleira: do impulsionamento do faturamento ao relacionamento com o cliente, do marketing digital à formulação de preços e estratégias de vendas e compras. A exemplo disso, diversas empresas de tal segmento estreiam na Equipotel, maior feira voltada ao setor da hospitalidade da América Latina, que em 2018 chega a sua 56ª Edição.

O mercado da hospitalidade é rico e tem enorme potencial de crescimento no Brasil. O país conta com 18,9 mil agências de turismo, 6,9 mil meios de hospedagem cadastrados no Ministério do Turismo e é o país com maior potencial de faturamento dentre 136 nações, de acordo com pesquisa do Fórum Econômico Mundial. “O turismo no Brasil tem inúmeras oportunidades para se desenvolver e a tecnologia, principalmente em gestão, contribui de forma significativa para alavancar o setor”, destaca Gustavo Binardi, diretor da Equipotel.

Com grande margem para se desenvolver, o setor começa a atrair iniciativas empreendedoras na área de tecnologia, que mesmo com a crise cresce anualmente no Brasil. Segundo dados da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), as associadas faturaram cerca de R$ 467,8bilhões em 2017, aumento de 5,4% comparado ao ano anterior.

De acordo com Rodrigo Simões, head de vendas corporativas da Leucotron, empresa de software e soluções em telecomunicações assídua participante da Equipotel, a tecnologia tem apresentado desafios em termos de inovação e reinvenção. “Na hospitalidade isso não tem sido diferente. Os estabelecimentos do setor estão entrando na era digital e, para atender as novas demandas, desses novos tempos de uma sociedade em rede, hiperconectada, buscam por produtos e serviços que incrementem as experiências de seus clientes, melhorem o relacionamento entre seus funcionários, parceiros, órgãos de governo e regulamentadores do lazer e turismo.” Comenta Rodrigo Simões.

Além da Leucotron, dentre as empresas que figurarão na Equipotel, estão a Vega I.T., a Omnibees, a Bitz Softwares, a Check In Softwares, a Desbravador Software, a E-Solution Tecnologia, a Faitec Tecnologia, a HSystem, a Infotickets,  a KRL Tecnologia, a New Hotel, a Nova XS, a Saga Systems, a HMAX, a Oracle, a Totvs. O hall de empresas de tecnologia é extenso e chega, em 2018, a quase 10% da feira. Número relevante, considerando o tamanho e tempo de existências referidas empresas.

Sobre a Equipotel:

A Equipotel é a maior feira de hospitalidade da américa latina, com 55 edições. Em 2018 a Equipotel contará com 7 áreas: Cozinhar & Servir, Décor & Conforto, Gestão & Conectividade, Lazer & Entretenimento, Cuidados & Limpeza, Relax & Bem-Estar e Serviços & Facilidades. A divisão faz com que a Equipotel seja a única feira latinoamericana que envolve todos os segmentos do mercado da hospitalidade. Trazendo diversas empresas enquanto expositoras em cada um dos setores, o evento visa atrair um público qualificado, reunindo empreendedores a procura de fornecedores para serviços e produtos, técnicos cujo trabalho tenha foco na hospitalidade e estudantes em busca de mais conhecimentos e contatos para a jornada profissional.

 

SERVIÇO

EQUIPOTEL – 56ª EDIÇÃO

Data: 18 a 21 de setembro de 2018
Horário: Terça a Sexta-feira das 11h às 20h
Local: São Paulo Expo, São Paulo – SP
Informações: www.equipotel.com.br