Posts

Ministro do Turismo

Ministro do Turismo detalha medidas do setor e destaca a importância do turismo doméstico na retomada

Em live do Festuris Gramado, Marcelo Álvaro Antônio anunciou que crédito para empresas do setor turístico deve sair em no máximo 10 dias.

Na tarde desta terça-feira (19), o ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio participou da quarta edição do Festuris Live – projeto desenvolvido pela Feira Internacional de Turismo de Gramado. Na ocasião, ele falou sobre as medidas que vêm sendo praticadas pela sua pasta para a recuperação do setor. Entre os destaques, informou que o crédito de R$ 5 bilhões para as empresas do Turismo, aprovado através da MP 963, deve ser liberado dentro de 10 dias. 

Na conversa com os CEOs do Festuris, Marta Rossi e Eduardo Zorzanello, o porta-voz do turismo brasileiro detalhou as medidas provisórias adotadas desde o início da pandemia. Ao contextualizar o cenário, lembrou que no ano passado a economia do turismo no Brasil cresceu 2,6% – mais que o dobro do PIB Nacional. Porém, diante do impacto da pandemia, diversas ações foram necessárias para buscar garantir a sobrevivência do setor.

Sobre a liberação do crédito de R$5 bilhões para micro, pequenos e médios empreendedores do turismo, o ministro explicou que a fase de alinhamento com os bancos parceiros está quase concluída. “Temos plena consciência que o recurso ainda não chegou lá na ponta, aos prestadores de serviços turísticos do Brasil. Mas estamos prestes a finalizar a modelagem do crédito. Acredito que em uma semana, estourando 10 dias, esse crédito já estará disponível nas agências credenciadas”, disse.

Marcelo Álvaro destacou que as condições são muito atrativas, incluindo uma taxa de juros de 5% ao ano + INPC com até 12 meses de carência e 60 parcelas de amortização. “Estamos em tratativas avançadas com o BNDES para a utilização de um Fundo Garantidor, o FGI, para que a gente consiga um compartilhamento de risco e, consequentemente, uma flexibilização de garantia para as pessoas que estão buscando o crédito”, explicou.

Fortalecimento do turismo doméstico

Além de apresentar as MPs para a recuperação do setor turístico, o ministro reforçou que a segunda etapa da retomada refere-se ao fortalecimento do turismo interno. A primeira ação foi a criação do selo de biossegurança que serve para certificar estabelecimentos de 16 segmentos do turismo que adotarem o protocolo e cumprirem medidas de higiene e prevenção contra o coronavírus. 

Marcelo Álvaro projetou ainda que o número de brasileiros que fazem turismo doméstico deve subir de 60 milhões para 100 milhões na retomada pós-pandemia.  Mais brasileiros realizando viagens regionais, interestaduais e intermunicipais. Para isso, o turismo rodoviário é um dos focos do Mtur e deve receber uma atenção especial neste ano, reconhecendo também a necessidade de conectar os modais de transporte (aéreo, rodoviário, fluvial, marítimo).

“Também estamos projetando uma grande campanha publicitária justamente para resgatar esse sentimento do brasileiro. Em primeiro lugar, somos o país com mais recursos naturais no mundo. Somos o oitavo em recursos culturais. Temos uma infinidade de recursos no Brasil que nós, brasileiros, não conhecemos. Além disso, quando os brasileiros se disporem a conhecer as maravilhas do Brasil, vão gerar emprego e renda para nossa população”, detalhou o ministro.

Contribuição das feiras e eventos para a retomada

O ministro também apontou que outro foco de sua gestão está no setor de eventos e no turismo de negócios, que segundo ele possui um ticket médio três ou quatro vezes maior do que o turismo de lazer, por exemplo. Marcelo Álvaro salientou que a transformação da Embratur em agência de promoção internacional também tende a contribuir para a atração de investimentos estrangeiros no Brasil. 

“Temos o papel de ampliar o número de turistas domésticos e atrair mais turistas internacionais. Aí vamos começar a equilibrar a balança deficitária que o turismo possui hoje no Brasil. Os brasileiros deixam 19 bilhões de dólares fora do Brasil, enquanto os estrangeiros deixam 6 bilhões de dólares aqui. Então, temos um déficit de 13 bilhões de dólares na balança comercial do turismo para resolver”, analisou.

“Estamos trabalhando incansavelmente para evitar o desmonte do setor do turismo. Nós vamos sair disso e vencer essa dificuldade juntos. No planejamento de retomada, vamos colocar na mesa todas as entidades representativas do setor para que a gente consiga fazer essa modelagem juntos”, completou o ministro.

Fonte: Bom Dia SC

Santur divulga atrativos turísticos de SC na Festuris, em Gramado

A Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur) está presente na 31°Feira Internacional de Turismo (Festuris), que acontece de 7 e 10 de novembro em Gramado/RS. A Santur apresentará os principais atrativos turísticos do estado na feira que é considerada pelo trade a mais efetiva plataforma de negócios da América do Sul, ocupando 25 mil metros quadrados por onde passam centenas de autoridades, jornalistas e profissionais da área.

Nesta edição o estande da Santur possui 72m² de área e contará, pela primeira vez, com sala de reuniões e com espaço para capacitação para 28 participantes. Representantes das regiões turísticas Caminhos da Fronteira; Caminhos do Alto Vale; Caminhos dos Príncipes; Costa Verde e Mar; Encantos do Sul; Grande Florianópolis; Serra Catarinense; Vale do Contestado; Vale dos Imigrantes e Vale Europeu apresentarão os atrativos catarinenses para os cerca de 15 mil empresários e executivos do turismo que circulam pelo evento.

O gerente de Promoção da Santur, Fábio Farber informa sobre as estratégias de negócios de Santa Catarina durante a feira. “Por fechar o calendário de eventos turísticos do ano, a Festuris é responsável pelo lançamento de tendências para o ano seguinte. Por esse motivo, introduzimos as capacitações para os profissionais da área estarem aptos a vender os destinos e produtos catarinenses para os agentes de viagem de diferentes partes do mundo”, comenta.

O evento também conta com o Meeting Festuris – Conteúdo e Networking, evento que ocorre no período da manhã nos dias do Festuris. Com diferentes painéis de conhecimento, é um canal aberto de diálogo com o público, profissionais do turismo, agentes de viagens, representantes de destinos turísticos, empreendedores, órgãos oficiais de turismo, estudantes e universidades, além de todos interessados em conteúdo.

A Feira de Negócios é segmentada e reúne as principais tendências do turismo no mundo. A Festuris 2019 irá oferecer aos participantes diferentes ambientes como o Espaço Termalismo e Bem-Estar; Espaço Viagem pela Cultura e Costumes; Espaço Business; Espaço Luxury; Espaço Tech e Corporativo; Sustentabilidade e Acessibilidade; Espaço LGBT; Espaço Entretenimento; Espaço Wedding e Espaço Gastronomia.

Na edição de 2018 o evento foi responsável pela geração de R$300 milhões em negócios com a participação de 65 destinos internacionais, 250 palestrantes, 2,5 mil marcas apresentando seus produtos em 28.000 m² por onde passaram 15 mil participantes, sendo mais de 450 jornalistas e influenciadores digitais que divulgaram a Festuris em todas as partes do mundo.

Fonte: Santur

Acordo visa criar portfólio de destinos para indústria audiovisual

Objetivo é aproveitar potencial da economia criativa do cinema para impactar promoção turística no Brasil.

O Ministério do Turismo e a organização do Festival de Cinema de Gramado (RS) assinam nesta quinta-feira (8), na solenidade de abertura da 30ª Feira Internacional de Turismo (FESTURIS), o protocolo de intenções que define ações conjuntas para transformar o Brasil em um grande portfólio de locações para a indústria criativa do cinema.

As medidas de promoção do segmento nos mercados doméstico e internacional serão preparadas por meio do Grupo Técnico de Trabalho para a Promoção do Turismo Cinematográfico, criado pelo MTur e oficialmente instituído pela portaria nº 162/2018 publicada no último dia 1º no Diário Oficial da União.

O protocolo estabelece também ações de observação de boas práticas nacionais e internacionais, mapeamento de instituições com conhecimento sobre o tema e criação de uma rede de inovação na área.

Segundo o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, cidades escolhidas para gravação de novelas, séries e filmes têm ganhos reais historicamente experimentados pelo turismo nacional. “Esses destinos ampliam a visibilidade de seus atrativos, passando a ser um ‘tesouro’ a se descobrir. É assim que são mais lembrados pelos consumidores e entram em um ciclo virtuoso de comercialização de serviços”, analisa Lummertz.

É o caso de Tocantins, recente cenário de novela brasileira. Uma pesquisa da plataforma de planejamento de viagens online Kayak identificou que 50 dias após a estreia da trama, as buscas pelo destino Tocantins tinham aumentado 80%.

“A ideia do grupo é trabalhar para criar destinos de referência para gravações da indústria audiovisual nacional e internacional, em cenários do Brasil que promovam tanto os atrativos já estruturados como também lugares a serem ‘desbravados’ pelos viajantes e pelo mercado de uma forma geral”, complementa a diretora do Departamento de Marketing e Apoio à Comercialização do MTur, Vanessa Mendonça.

APOIO E EXPERIÊNCIA – De acordo com o presidente da Gramadotur e também do Festival de Cinema de Gramado, Edson Néspolo, o impacto da indústria cinematográfica no turismo é de grande potencial e gera efeitos no longo prazo. “Essa parceria com o Ministério do Turismo engrandece os dois lados do acordo, beneficiando ambos os mercados. A ideia cria possibilidades para Gramado e outros destinos, tradicionais ou não no segmento, se reinventarem, crescerem e se consolidarem”, analisa.

Marta Rossi, diretora do Festival de Turismo de Gramado – palco da assinatura do acordo – , afirma que a iniciativa revela a importância de se valorizar o universo do cinema e entendê-lo como um parceiro do turismo. “A assinatura deste protocolo, tendo Gramado como apoiadora, diz muito sobre a força do cinema para nós: foi o que transformou a cidade e nos tornou o destino-modelo que somos hoje”, analisa.

Para Rossi, a parceria público-privada amplifica resultados das políticas públicas de turismo. “Quando a comunidade entendeu a importância que o Festival de Cinema tinha para a cidade não apenas como evento, mas como ferramenta de promoção do destino como um todo, os benefícios desse engajamento trouxeram negócios e posicionaram Gramado no cenário nacional do setor”, conta. Ela avalia que o maior legado da 7ª arte na cidade foi “ter nos feito acordar para a hotelaria e para todos os serviços e produtos que hoje são a base da nossa economia”, conclui.

 

Fonte: Ministério do Turismo

Informativo Abih-SC

Informativo ABIH-SC 05 de julho

Informativo Abih-SC

No Informativo ABIH-SC de 05 de julho você vai ler:

Tecnologia da Comunicação a serviço do comercial do Hotel ;-Nota de Esclarecimento da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL);-Temporada Bandeira Azul tem aumento de 50%;-Festival de Dança gera expectativas positivas para a hotelaria de Joinville (SC);-Região Costa Verde & Mar de SC Confirma Participação no FESTURIS;-Linha Premium é destaque da Agemed no Encatho & Exprotel 2018;-Asksuite apresenta novidade no 31ºEncatho & Exprotel;-Altenburg – Presença confirmada no 31º Encatho & Exprotel;-Faça sua inscrição no Cadastur!!;-Associados ABIH-SC.

 

Leia também: Nota de Esclarecimento da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL)

Costa Verde & Mar

Região Costa Verde & Mar de SC Confirma Participação no FESTURIS

Costa Verde & Mar

Região turística com inúmeras opções de lazer e entretenimento para todos os públicos, a Costa Verde & Mar está localizada na região centro norte de Santa Catarina, abrangendo destinos como: Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Bombinhas, Camboriú, Ilhota, Itajaí, Itapema, Navegantes, Penha, Porto Belo.

Presença confirmada na 30ª edição do FESTURIS Gramado – Feira Internacional de Turismo, que ocorre de 08 a 11 de novembro, a região turística vai apresentar novidades no evento. “Vamos apresentar o Guia de Turismo Náutico, no qual o visitante poderá encontrar dicas de esportes náuticos, especificações sobre barcos e conhecer empresas da região, material ideal para os adeptos ao lazer marítimo. Vamos apresentar também a aplicação do  Destino Turístico Inteligente”, destaca Vivian Floriani, assessora Técnica do Consórcio Intermunicipal de Turismo Costa Verde e Mar.

Segundo Vivian, a região turística escolheu o FESTURIS pela alta efetivação de negócios na Feira. “O FESTURIS é o principal local do Rio Grande do Sul para se fazer bons negócios, um evento importante e com uma localização estratégica para nós”.

Saiba mais sobre as belezas naturais, belas praias, prédios contemporâneos, gastronomia e vida noturna da Região Costa Verde & Mar pelo site: http://www.costaverdemar.com.br/

O FESTURIS já conta com centenas de marcas confirmadas do Brasil e do exterior e mais de 3 mil profissionais credenciados. Informações e inscrições no site:www.festurisgramado.com.

 

Fonte: Festuris

Leia também: Amenities: Ideal para conquistar e fidelizar seu hóspede!