Posts

Carta aberta

Conselho Estadual de Turismo: Carta aberta à governadora Daniela Reinehr e aos prefeitos de SC

O Conselho Estadual de Turismo, por meio de suas entidades e Instâncias de Governança (IGRs), quer um basta no tratamento dispensado ao turismo catarinense por algumas autoridades que comandam o Governo Estadual e prefeituras municipais. Nossas empresas estão massacradas e sendo dizimadas pelas medidas impostas durante a pandemia da Covid-19, principalmente pela dificuldade no diálogo e pela falta de conhecimento técnico das autoridades da área da saúde, que desconhecem tecnicamente o
segmento.

Todas estão à margem do restante da economia catarinense, mesmo compondo um dos setores que mais contribuiu para o Governo Estadual na
construção dos protocolos de segurança, embasadas tecnicamente nas melhores práticas internacionais de prevenção ao vírus e convivência com a pandemia. Mesmo assim, as mesmas têm aguardado, disciplinadamente, pela promulgação dos decretos estaduais e cumprido todas as exigências do poder público.

Em que pese a disposição e o esforço da Santur, as ações não encontram eco no restante do Governo Estadual. O setor de eventos, feiras, congressos e fins está completamente impedidos de atuar há oito meses, enquanto bares, restaurantes, hotéis e empresas de transporte turístico, entre outros, ainda amargam restrições sem qualquer fundamento técnico. Um exemplo, como comparativo de tais inconsistências: a aviação civil opera com aeronaves lotadas, bem como o transporte coletivo de passageiros, como se o coronavírus escolhesse a quem contaminar.

Os eventos ainda estão proibidos, mas, enquanto isso, uma formatura
da Polícia Rodoviária Federal, realizada na última semana, reuniu mais de 1,6 mil pessoas no momento em que Florianópolis está classificada com risco gravíssimo para a doença (bandeira vermelha). E, no mesmo local, presentes todos os chefes dos poderes fiscalizatórios, descumprindo os próprios decretos estaduais e municipais.

Esta carta, aprovada por unanimidade em reunião plenária, reforça a necessidade imediata das liberações, pois não é mais possível aceitar novas imposições sem sentido. O agravamento da pandemia é decorrente da omissão em função do período eleitoral – os Executivos não fizeram seus ‘deveres de casa’ na área de saúde, preferindo a política às ações práticas. O setor ainda enfrenta a concorrência desleal por aqueles que não cumprem os protocolos, amparados pelo governo, já que as fiscalizações, quando existem, raramente miram aqueles que os ignoram.

Diante do exposto, o Conselho Estadual de Turismo necessita com urgência de uma audiência com a Governadora Daniela Reinehr, bem como e inclusão do setor no Conselho Econômico do Executivo de Santa Catarina, como atividade produtiva e geradora de tributos. O turismo catarinense precisa ser respeitado pela sua importância econômica e pelos milhares de empregos gerados em sua cadeia produtiva.

Às vésperas da temporada de verão, o setor está agonizando e abandonado.

Florianópolis, 11 de novembro, 2020


Nilton Silva Pacheco
Presidente do Conselho Estadual de Turismo Representante dos Agentes de Viagens e dos Transportadores Turísticos – AETTUSC

Ana Lúcia de Liz Vieira
IGR Serra Catarinense

Annye Mayara Bittencourt Bagio
IGR Encantos do Sul

Audrey Soares Rembowski
IGR Grande Florianópolis

Célia Denise Uller
Representante dos Bacharéis em Turismo

Edmilson Ferreira da Silva
IGR Vale Europeu
IGR Grande Oeste

Fábio de Paula Queiroz
Representante do Setor de Restaurantes e outros serviços de alimentação – ABRASEL

Gilberto Gonçalves dos Santos
Representante dos Jornalistas de Turismo – Abrajet IGR Caminho dos Cânions


Jane Balbinotti
Representante das Empresas Organizadoras de Eventos – ABEOC

João Eduardo Amaral Moritz
Representante do Comércio – Fecomércio

Luiza da Silva
IGR Caminho dos Príncipes

Pós pandemia: tecnologia servirá como ferramenta de união entre pessoas e hotéis

Nos próximos dois meses, de acordo com uma pesquisa realizada pelo FOHB (Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil) com apoio da Resorts Brasil, vamos acompanhar a reabertura de cerca de 60% dos hotéis, um dos segmentos mais afetados desde o início da crise causada pela pandemia da COVID-19. Com a retomada gradual das atividades, especialistas apostam na alta movimentação dentro do país no período pós-quarentena, afinal muitas pessoas irão buscar por viagens para compensar o distanciamento social que vivemos nos últimos três meses.

Apesar das dificuldades financeiras e operacionais causadas pela situação, muitas redes hoteleiras e instituições do ramo conseguiram aproveitar o período para se reinventar e aprender com o comportamento do novo cliente. Uma das primeiras medidas foi implementar novas medidas de higienização para garantir a segurança de todos, claro. Mas, além disso, os hotéis que não queriam ficar para trás, tiveram que revisitar todos os processos para agregar novas soluções reduzissem o contato entre as pessoas.

É claro que isso é uma questão de saúde para todos, mas como ficará o setor hoteleiro diante desse novo padrão? As tecnologias vão substituir pessoas nas operações? Como é possível que um setor tão vinculado à empatia e à cordialidade ofereça uma experiência agradável sem ter interação com o cliente? Muitas dúvidas simplesmente ainda não têm respostas e apenas serão descobertas na prática. Mas um dos principais legados dessa pandemia é que a tecnologia não é uma ferramenta de substituição de pessoas, mas sim de união entre pessoas, serviços e empresas.

Se olharmos para outros momentos da história em que houve uma grande revolução no estilo de vida, induzida ou não pela sociedade ou por uma pandemia, veremos que a adaptação de profissões e processos às novas tecnologias é algo fundamental para a sobrevivência.

No caso atual, algumas soluções podem ser implementadas para aumentar a capacidade competitiva e se destacar entre o ‘novo normal’ e o novo perfil dos clientes. Alguns exemplos disso é o check-in e check-out eletrônico, por meio de canais digitais, o que evita a aglomeração de pessoas no lobby; a disponibilidade de pedidos de A&B e serviços de quarto por aplicativo, tanto para que hóspedes reduzam o deslocamento, como para que funcionários

evitem o compartilhamento de controles de gestão físicos e ultrapassados; também há a tendência de uso de tablets e outros dispositivos móveis em praticamente todas as frentes de atendimento ao cliente, pois são instrumentos de fácil higienização e que aumentam a produtividade das equipes de governança, dos restaurantes e da recepção.

Ou seja, creio que a tecnologia não irá dizimar postos de trabalho, mas sim adaptar processos para que as equipes foquem no que é mais importante: oferecer uma experiência agradável e segura ao hóspede. O uso de  ferramentas baseadas em dados também pode ser um grande aliado, uma vez que dá insumos para que os gestores conheçam melhor os hábitos dos clientes e possam surpreendê-los.

Então para reconquistarem sua posição no mercado, os hotéis terão que desenvolver um relacionamento singular com cada cliente, utilizar da tecnologia para conhecê-lo, se antecipar e oferecer exatamente o que ele deseja antes mesmo de receber uma solicitação. Com o uso de todos os recursos de forma inteligente e em prol da segurança dos hóspedes e dos funcionários, as operações hoteleiras terão mais chances de se recuperarem e atenderem aos padrões do novo mundo, o qual estará atento aos cuidados do hotel com os espaços e com as pessoas.

*Por Cláudio Cordeiro, diretor do segmento de Hospitalidade TOTVS

Lives da semana

Lives da semana

Nessa semana separamos a gravação de algumas lives para que você possa assistir no seu tempo, analisar e aproveitar o melhor delas para o seu negócio.

Pandemia COVID-19: O futuro da paridade tarifária

Lançamento dos Protocolos de Limpeza e Higienização na área de Governança dos Hotéis

https://www.youtube.com/watch?v=niAOxvTFp3Q&feature=youtu.be

Cartilha do Turismo para os Meios de Hospedagem

A política do isolamento, adotada pelo Governo, teve como objetivo
isolar e preservar as vidas dos cidadãos, em razão da alta velocidade
de contágio do Covid-19.
Após um período de suspensão dos meios de hospedagem, as
portas foram abertas novamente.
Neste novo cenário, percebemos que quanto mais cedo os
estabelecimentos se adequarem aos padrões de higiene, limpeza,
check-in, check-out, regras internas, políticas e serviços, estes
fatores serão identificados pelos clientes, tornando o
empreendimento mais atrativo e competitivo perante o mercado.
Para que não haja um novo período de fechamento de portas,
elaboramos uma cartilha com algumas orientações, a serem
seguidas no controle da pandemia.
A melhor estratégia para o controle é a informação.


Ponham suas máscaras e vamos manusear essa cartilha!

Confira a Cartilha aqui!!

Webinar – Reputação da Marca e Experiência do Cliente na era Pós COVID-19

Nesta quinta (20/-5), às 18h, WEBINAR com o Eduardo Terra, presidente da SBVC – Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo, Monique Campos, Diretora de MKt do Grupo Madero, Fernando Brossi, VP de Operações da C&A Brasil e Lucas Hansel CEO do Gorila – Gestão da Experiência para conversar sobre a importância da Reputação da Marca e da Experiência do Cliente como estratégias de fidelização e aquisição de clientes, na era pós Covid-19. Papo de altíssimo nível que você, profissional de marketing, Digital, CRM, CX, SAC e Operações, precisa acompanhar! Inscrições gratuitas em:
https://bit.ly/2z7CCfD

⚠ GARANTA SUA VAGA⚠

Todos de máscara!

A campanha lançada pela ABIH-SC visa divulgar a preocupação da rede hoteleira catarinense em cumprir todas as normas de higiene e segurança determinadas pela Vigilância Sanitária, decretos e portarias, para o combate ao Covid-19.

Sim, estamos de volta, juntos e Todos de Máscaras!

Isso mesmo. Os meios de hospedagem estão adaptados às regras de convívio e tudo o que determinam as autoridades garantindo que seus hóspedes estejam em um ambiente que segue todas as normas para garantir a segurança de quem está hospedado ou trabalhando.

A hotelaria catarinense está, aos poucos, retomando as atividades. Abaixo estão os hotéis associados que compartilham suas boas-vindas. Têm muito mais vindo por aí!

Pousada dos Chás
Pousada dos Chás

Convidamos você, hotel associado, a enviar sua foto e compartilhar esse momento com todos! A essência da hotelaria é bem receber, portanto, sorriso além da máscara, e tudo mais que pudermos fazer!

#estamosjuntos #todosdemascara

Envie a foto do seu hotel!

Alka Energia – Reduza o custo do seu hotel sem investimento

Caro Associado,

Este é o momento de pensarmos no coletivo e gostaríamos de reforçar que ESTAMOS JUNTOS NESSA!.

A pandemia da Covid-19 resultou na redução da taxa de ocupação e/ou fechamento dos hotéis, porém muitos destes empreendimentos possuem um custo fixo de demanda contratada na fatura da Celesc e que é cobrada mesmo que não seja utilizada.

Além disso, as faturas de energia podem apresentar ainda outros custos que podem ser evitados, tais como multas e/ou cobranças indevidas. Para evitar esses custos é preciso agir imediatamente analisando a conta atual e, se for o caso, realizando as alterações de contrato junto à Celesc.

 Nós da ALKA ENERGIA, especialistas no custo de energia do setor hoteleiro, estamos disponibilizando GRATUITAMENTE, neste momento de crise, nosso SERVIÇO DE CONSULTORIA PARA OS HOTÉIS de Santa Catarina para essas análises e alterações de contratos com a Celesc.

Este é o NOSSO COMPROMISSO para diminuir os impactos financeiros do Coronavírus em UM DOS SETORES MAIS IMPORTANTES PARA A ECONOMIA DO ESTADO. Além disso, a ALKA ENERGIA oferece ainda um DESCONTO DE ATÉ 15% na fatura de energia do seu hotel por meio de CRÉDITO DE ENERGIA RENOVÁVEL. Em outras palavras, nós geramos energia limpa para você pagar menos na fatura da Celesc.

E o melhor de tudo: SEM INVESTIMENTO SEM RISCOS I SEM ADEQUAÇÕES FÍSICAS.

Para que a nossa equipe possa analisar o caso do seu hotel, basta enviar cópia das 3 últimas faturas da Celesc para relacionamento@alkaenergia.com.br com o assunto “Consultoria Energia – Covid-19 – ABIH-SC – Nome do Seu Hotel” que retornaremos com a sugestão da melhor estratégia para o caso individual do seu hotel.

TODAS AS INFORMAÇÕES SERÃO PRESERVADAS DE FORMA SIGILOSA..

www.alkaenergia.com.br

Rod. José Carlos Daux, 5500

Sala 209 – Torre CA

Florianópolis, SC – 88032-005

WhatsApp:  (48) 99151-8800