CEO TACV, Mario Chaves, Ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, e Gilson Lira, diretor de Inteligência da Embratur, na Embaixada, em Roma

Recuperar fluxo turístico entre Itália-Brasil move ação da Embratur

 

A Embratur está investindo no relacionamento com os turistas da Itália. O evento Tra Amici, ou em português, Entre Amigos tem como foco principal aproximar novamente o público italiano dos destinos e atrações brasileiras. No começo da década chegavam anualmente 230 mil turistas da Itália a cada ano, em comparação no ano de 2017 foram 170 mil.

O Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) atua na geração de novas oportunidades, para facilitar a chegada de turistas da Itália. A quebra de barreiras que dificultam a competitividade do País, a conectividade e a geração de novos negócios com operadoras de viagens, companhias aéreas e profissionais do segmento, principalmente os especializados no continente sul-americano são algumas das ações que estão acontecendo no estande montado pela Embratur, na Embaixada Brasileira, em Roma.

“Estamos realizando reuniões, recebendo os principais operadores, e proporcionando treinamentos aos agentes de viagem locais. Investir nestes mercados como a Itália, com turistas que valorizam as experiências, cultura e a natureza, sem dúvida trarão grande retorno na vinda de mais turistas estrangeiros, criação de empregos e entrada de divisas para o país”, frisa o diretor de Inteligência da Embratur, Gilson Lira.

Crescimento na conectividade é passo importante para o desenvolvimento do turismo local

O crescimento na chegada de turistas estrangeiros passa pela conectividade aérea. A companhia aérea TACV, de Cabo Verde, por meio do seu CEO, Mario Chaves, reuniu-se ontem (20), em Roma, com os representantes da Embratur, Gilson Lira e Alisson Andrade, encontro que contou com a participação do Ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, e Regina Ahmed, da Bahiatursa. O tema da conversa é a importância da expansão da malha aérea para impulsionar a competitividade do Brasil, também relembrando que após o ciclo de grandes eventos o País tem uma melhor infraestrutura para garantir este desenvolvimento. Chaves, CEO da TACV, anunciou o lançamento de um novo saindo de Milão, com destino a Salvador, mais uma opção para os italianos visitarem o Brasil.

Em 2018, já temos crescimento no desembarque de voos internacionais vindos da Itália para o nosso país. O número de voos da Itália para o Brasil, em março de 2018, aumentou em 14,43 % comparado ao ano de 2017. São 111 voos diretos por mês com destino ao território brasileiro.

 

Fonte: Embratur

Leia também: Informativo ABIH-SC 19 de abril