MTur consolida normas para atuação de guias de turismo

Uma boa notícia para os guias de turismo de todo o país. Agora, é possível encontrar em um só lugar normativos e regras relacionados ao exercício regular da profissão. Em mais um passo para desburocratizar e simplificar a vida do cidadão, o Ministério do Turismo editou, na última semana, portaria que consolida normas da atividade de guia de turismo.

A medida beneficia os mais de 26,6 mil profissionais que atuam no setor e exercem a função de acompanhar, orientar e transmitir informações sobre destinos e atrativos que enriquecem a experiência dos turistas em todo o Brasil.

“Os guias de turismo exercem um trabalho encantador, feito com muita seriedade e profissionalismo, tornando as viagens experiências únicas para os nossos turistas. Para ´desatrapalhar´ a vida deles e contribuir para a regularização do setor reunimos em uma única portaria todo o arcabouço legal que envolve o exercício da atividade dos guias de turismo”, conta o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto.

A profissão de guia de turismo foi regularizada no Brasil em 1993. Para exercê-la, é obrigatório o registro no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur). São quatro categorias: regional, de excursão nacional, de excursão internacional e especializado em atrativo turísticos. Para se tornar um guia de turismo, é necessário realizar um curso técnico de formação profissional, além do cadastro junto ao Ministério do Turismo.

Para saber mais sobre a formação, cadastro, funções e outros normativos relacionados à profissão, acesse a íntegra da portaria AQUI.

CADASTUR – O sistema busca promover o ordenamento, a formalização e a legalização dos prestadores de serviços turísticos no Brasil, por meio do cadastro de empresas e profissionais do ramo. Além de garantir diversas vantagens e oportunidade de negócios a empreendedores, a plataforma proporciona uma importante fonte de consulta para o turista.

O registro é feito de forma totalmente online e gratuita. Clique AQUI para se cadastrar.

Por Amanda Costa

Assessoria de Comunicação do Ministério do TurismoCategoriaViagens e Turismo

Fonte: Mtur