Escola catarinense terá currículo voltado para o Turismo

MInistros Lummertz e Marun em vistoria às obras do Centro de Educação Integral de Bombinhas (SC).

MInistros Lummertz e Marun em vistoria às obras do Centro de Educação Integral de Bombinhas (SC).

 

 

Ministro Vinicius Lummertz visitou obras do Centro de Educação Integral de Bombinhas (SC), primeira escola bilíngue do estado

Os ministros do Turismo, Vinicius Lummertz, e da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, inspecionaram nesta quarta-feira (14) as obras do Centro de Educação Integral de Bombinhas (SC), primeira escola bilíngue do estado (português e espanhol).

Com investimento de R$ 14 milhões do governo federal e capacidade para atender a 1,8 mil alunos do 6º ao 9º ano, a escola apostará em uma base curricular diferenciada, com lições de sustentabilidade, empreendedorismo, gastronomia e outras áreas ligadas ao turismo.

“É importante que essa escola seja vocacionada para o turismo, a principal atividade econômica do município. Estamos diante de um modelo que não é só para Santa Catarina, mas para o Brasil. Temos um exemplo claro do que pode ser feito não só para o turismo, mas para outras áreas e vocações do país”, afirmou Lummertz.

A escola contará com 35 salas de aula, laboratórios de informática, ciência e artes, cozinha, refeitório, biblioteca, auditório, três salas multidisciplinares, sala de robótica, hortas e duas quadras poliesportivas cobertas. Os prédios também contam com sistema de aquecimento solar dos chuveiros de vestiários, aproveitamento de água da chuva e tratamento de esgoto. Entre as atividades previstas, estão oficinas de esporte, cultura, música e robótica. O espaço também será utilizado no período da noite para o ensino técnico e superior voltados para o turismo.

VISITA TÉCNICA – Mais cedo, os ministros Lummertz e Marun estiveram no Centro de Eventos de Balneário Camboriú (SC) para verificar os últimos andamentos das obras antes da inauguração do novo equipamento, prevista para o dia 15 de dezembro.

Ao todo, o Ministério do Turismo investiu R$ 71,4 milhões no centro de convenções, sendo R$ 55 milhões para a obra física e outros R$ 16,4 milhões para a compra de equipamentos. O projeto ocupa uma área construída de 33 mil metros quadrados, onde estão distribuídos dois pavilhões e 24 salas de convenções.

A expectativa é de que o local já comece a receber eventos a partir de janeiro de 2019, dando novo fôlego ao turismo local. “Esta obra é muito importante porque vai mudar a lógica da sazonalidade no setor na região: teremos eventos ao longo do ano inteiro. É um dos centros mais completos do Brasil e possivelmente o mais moderno”, avaliou Lummertz. Ele declarou ainda que o espaço vai aumentar o impacto econômico do turismo de eventos na região, dando maior robustez e consistência à geração de empregos pela atividade turística local.

A sustentabilidade foi contemplada no projeto e deve gerar economia ao centro de eventos. O ar condicionado conta com um sistema natural de resfriamento e toda a iluminação será feita com lâmpadas de LED. A água da chuva, que será coletada e reaproveitada para a limpeza externa e irrigação do espaço, também será fornecida ao Zoológico de Balneário Camboriú, vizinho da construção.

AEROPORTO DE NAVEGANTES – Durante a visita técnica, o ministro Carlos Marun anunciou a destinação de R$ 80 milhões para a revitalização do aeroporto de Navegantes (SC). “O edital de licitação já foi publicado e a abertura das propostas será feita em 15 de janeiro. A partir daí acredito que entre 60 e 90 dias a obra poderá ser iniciada”, concluiu.

 

Fonte: Ministério do Turismo