Embratur

Embratur e Fornatur reforçam diálogo em prol do turismo nos estados

Embratur

Secretários conheceram detalhes das ações do Brasil na Copa do Mundo da Rússia. Fórum apoia a modernização do instituto 

A presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) Teté Bezerra recebeu, na tarde de segunda-feira (18), uma comitiva do Fornatur (Fórum Nacional de Dirigentes Estaduais de Turismo) para estreitar laços entre os órgãos e apresentar ações na Copa do Mundo da Rússia, além de dar prosseguimento ao diálogo para buscar ações em conjunto para atrair mais turistas internacionais para o Brasil.

Segundo Teté Bezerra, é importante o Governo federal estar próximo das estancias estaduais e municipais e conhecer as demandas e necessidades dos entes da federação para auxiliar no planejamento das ações do instituto na promoção internacional do destino Brasil. “Essa sinergia com o fórum é benéfica, pois temos interesses em comum, entre eles, o fortalecimento do turismo internacional nos estados brasileiros”, disse.

O diretor de marketing da Embratur, Walter Vasconcelos apresentou aos secretários estaduais de turismo presentes na reunião, um resumo das ações que o instituto promoverá na Rússia, durante a Copa do Mundo, que inclui o lançamento da campanha Happy By Nature (Felizes Por Natureza).

Para ele, as críticas e sugestões dos secretários são importantes, pois a troca de informações auxilia a Embratur no posicionamento da promoção no exterior. Ele destaca a necessidade de modernização do instituto com objetivo de desburocratizar processos e obter mais recursos. “Esse diálogo franco com os gestores públicos do turismo é positivo. O objetivo de todos é vender o turismo brasileiro no exterior e gerar mais empregos e renda. A mudança no modelo de gestão da Embratur é necessária para o aumento de competitividade e do investimento em promoção internacional”, lembra.

O presidente do Fornatur e secretário de Turismo de Minas Gerais, Gustavo Arrais afirmou que o fórum apoia a aprovação do PL 2724/2015 que transforma e Embratur em agência e pode potencializar o orçamento para promover o Brasil no exterior. “O produto turístico brasileiro precisa de segmentação e posicionamento claro, como outros países fazem. Temos um produto turístico continental e precisamos de investimentos que correspondam a nossa realidade”, afirmou.

Presente no encontro, o diretor de Inteligência Competitiva e Promoção Turística da Embratur, Gilson Lira considera essencial essa relação próxima com o Fornatur e sugeriu que sejam agendadas reuniões similares frequentemente.

 

Fonte: Embratur