Avança adesão ao Selo Turismo Responsável

Atentos à retomada das atividades turísticas e aos números que mostram que a volta das viagens vem ocorrendo pelos destinos de praia, alguns destinos nacionais ostentam mais de 70% de adesão ao Selo Turismo Responsável, Limpo e Seguro, iniciativa do Ministério do Turismo que oferece protocolos de biossegurança para 15 atividades turísticas, garantindo segurança sanitária a turistas e trabalhadores. Até o momento 29.418 mil empreendimentos turísticos e guias de turismo já solicitaram a emissão do selo.

Os municípios baianos de Mucuri e Camamu ostentam mais de 90% de seus prestadores de serviços turísticos inscritos no Cadastur já com o selo. Ainda no Nordeste, Cairu (BA), São Miguel dos Milagres (AL) e Japaratinga (AL) aparecem com adesão acima de 70%. No Sudeste, as cidades de Anchieta (ES) e Tijucas (SC) aparecem com adesão acima de 80%.

“Observando os números e a movimentação do setor, a perspectiva é de que já na próxima temporada de verão seja possível chegarmos aos níveis de ocupação e movimentação correspondentes ao período antes da pandemia. E certamente a adesão dos empreendimentos e profissionais do turismo ao selo será fundamental neste momento”, comentou o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto.

SELO – Uma das grandes tendências para a retomada das atividades turísticas é a busca por empreendimentos turísticos considerados seguros do ponto de vista sanitário, em razão da pandemia de coronavírus. Nesse sentido, o Ministério do Turismo lançou, em junho de 2020, o Selo Turismo Responsável colocando o Brasil entre os 10 primeiros países do mundo a implementar protocolos sanitários para o turismo. Iniciativa elogiada pelas maiores organizações internacionais do setor, a OMT e a WTTC.

ADESÃO – Para obter o selo, o prestador de serviço turístico ou guia de turismo precisa estar com a situação regular no Cadastur, o Cadastro Nacional de Prestadores de Serviços Turísticos. O cadastro é rápido, gratuito e pode ser feito online, clicando AQUI. Na sequência, é preciso acessar o site do Selo Turismo Responsável, ler as orientações e declarar atender aos pré-requisitos determinados. Após estes passos, o interessado é encaminhado para uma área do site onde pode realizar o download do selo para impressão.

Por Lívia Nascimento

Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo