SC libera eventos com mais de 500 pessoas após avaliação de risco

SC libera eventos com mais de 500 pessoas após avaliação de risco

Uma portaria publicada pelo governo de Santa Catarina na segunda-feira (28) cria regras para a realização de eventos de massa, aqueles com mais de 500 pessoas. Na prática, a medida não libera os eventos automaticamente, mas coloca a autorização sujeita à avaliação.

Segundo o novo regramento, os organizadores devem elaborar um plano de contingência e apresentá-lo à Diretoria de Vigilância Sanitária (DIVS/SES) para que seja avaliado. A regra vale para eventos em todos os níveis da matriz de risco estadual da Covid-19.

Conforme a portaria, enquadram-se as atividades coletivas de natureza cultural, esportiva, comercial, religiosa, social ou política com concentração ou fluxo excepcional de pessoas. O plano de contingência deve levar em conta todas as demais regras já em vigor no Estado.

No documento, a organização deve indicar o tipo, a localização e o número máximo de participantes previsto para o evento. Além disso, também deve informar como será feito o monitoramento dos riscos, o planejamento em situações de urgência e emergência e se haverá oferta de produtos e serviços, como alimentação e música ao vivo.

  • I – Potencial de risco baixo: permitido o limite máximo de participantes conforme declarado no Plano de Contingência do evento;
  • II – Potencial de risco médio: permitido 50% do limite máximo de
    participantes, conforme declarado no Plano de Contingência do
    evento;
  • III – Potencial de risco alto: permitido 30% do limite máximo de participantes, conforme declarado no Plano de Contingência do evento;
  • IV – Potencial de risco altíssimo: fica impossibilitada a realização
    do evento.

A portaria já está em vigor em todo o Estado.

Informações NSC TOTAL

Com vacinação, setor de turismo já sente maior procura por viagens

Com vacinação, setor de turismo já sente maior procura por viagens

 Em meio à vacinação contra a Covid-19, brasileiros começam a demonstrar maior interesse em retomar viagens de turismo, indicam entidades do setor. O quadro começa a gerar uma dose de otimismo entre empresários após o registro de uma série de prejuízos durante a pandemia.

Na visão de representantes da área, o avanço da imunização tende a reduzir restrições a atividades, criando aos poucos um ambiente mais favorável para os negócios. A recuperação completa do turismo, entretanto, só deve ocorrer a partir de 2022.

Pesquisas recentes da Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo) apontam para um cenário que começa a ficar mais positivo. Em abril, 69% das operadoras ouvidas pela entidade tiveram percepção de melhora ou nível similar de negócios frente a março. Em maio, esse percentual subiu para 97%.

O faturamento, entretanto, segue enxuto –ficou na faixa de 25% do verificado antes da crise sanitária.

“Apesar do volume de faturamento ainda estar aquém do praticado antes da pandemia, na média dos 25%, uma percepção com viés mais positivo começa a ganhar força entre as operadoras, principalmente por conta do maior interesse do consumidor em adquirir ou planejar viagens”, afirma em nota a associação.

Promoções e demanda reprimida, além da imunização, também ajudam a explicar os indícios de melhora, que ganharam fôlego a partir de maio, afirma o presidente da Braztoa, Roberto Nedelciu.

Segundo ele, boa parte dos consumidores busca destinos mais afastados de grandes centros urbanos e com espaços ao ar livre, característica vista ao longo da crise sanitária.

Conforme a associação, 71% das operadoras relataram que foram procuradas em maio por turistas vacinados, e 29% das viagens comercializadas para esse público ocorrerão em julho.

fonte: Folha de São Paulo

Costão do Santinho Resort prepara programação especial para o inverno

Costão do Santinho Resort prepara programação especial para o inverno

O clima frio pede ótima companhia, som agradável, as comidinhas da época regadas aos melhores vinhos de altitude catarinenses e gaúchos. Todas estas atrações estão reunidas no especial de inverno Encantos do Sul preparado aos hóspedes pelo Costão do Santinho Resort, no Norte da Ilha de Santa Catarina.

Serão dois finais de semana – de 25 a 27 de junho e de 2 a 4 de julho – com uma programação que contempla, nas sextas-feiras, Happy Hour Wine n’ Jazz com vinhos de altitude e queijos catarinenses, noite Mundo Encantado, para a alegria das crianças, e fondue. Aos sábados, workshop “Aromatização de Azeites”, com o sommelier de azeites Paulo Freitas, além de almoço regional de fogo de chão harmonizado com vinhos da Campanha Gaúcha, sunset Vinícolas Serradas, com vinhos de altitude da Serra Catarinense harmonizados com iguarias, noite Rock Experience, e fondue.

A proposta é oferecer as melhores opções gastronômicas e de entretenimento para que os fins de semana sejam agradáveis e sem preocupações. “Além de todas as belezas naturais do empreendimento, o resort investe em bem-estar e na diversidade da programação para agradar todos os gostosÉ sempre bom curtir experiências maravilhosas com quem amamos”, comenta Mila Müller, Gerente de Marketing do hotel.

Sobre o Costão do Santinho Resort

Localizado na Praia do Santinho, o empreendimento que está há quase 30 anos no mercado e que figura entre os principais resorts do país, conta com mais de 700 mil m² de Mata Atlântica preservada e mais de 250 mil m² de infraestrutura, sendo um verdadeiro refúgio de férias. Para a temporada de maio a setembro, o resort promove o Costão Family Adventure, é uma programação pensada para este momento de pandemia e com protocolos rígidos para entreter os hóspedes.

São 23 atividades com foco na vivência com a natureza. Entre elas, acampamento/kids, mergulho, caminhada ecológica, slackline, stand up padle, trilhas e subsistência na mata – algumas serão adaptadas em virtude de questões culturais, como, por exemplo, a pesca da tainha, preservando e divulgando a cultura local – desenvolvidas pela equipe de entretenimento do resort.

Fonte: Apoio comunicação

Reunião da Diretoria Executiva ABIH-SC

A reunião foi presidida por Rui Eduardo W. Schurmann, no formato digital. Estiveram presentes membros da Diretoria Executiva e membros da Diretoria Regional da ABIH-SC! Mesmo com o encontro sendo digital a união está mais forte do que nunca, sempre visando o desenvolvimento da hotelaria catarinense.

Foi colocado o evento Dia do Hoteleiro, 4ª edição da Revista ABIH-SC, Financeiro, Live LGPD, Parceria Facisc, Sócio Colaborador e Assuntos gerais de interesse da associação.

Rodada de negócios da ABIH-SC aproxima hoteleiros

Rodada de Negócios aproxima hoteleiros de fornecedores

rodada de negócios da ABIH-SC dará oportunidade para bons negócios

Com o principal objetivo de proporcionar o fechamento de negócios de forma direta e rápida com os principais fornecedores da cadeia produtiva do turismo, a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina – ABIH-SC, realiza uma Rodada de Negócios durante a programação do Dia do Hoteleiro.

O evento acontece dia 09 de novembro, a partir das 15h, no Hotel Majestic, em Florianópolis. Segundo o diretor-presidente da ABIH-SC, Rui Schürmann, “O intuito da rodada de negócio é oportunizar que hoteleiros e profissionais do setor realizem negociação direta com fornecedores, fechem bons negócios e tenham uma excelente oportunidade para ampliar o seu network”.

Ao todo estão disponíveis 20 espaços, sendo que uma parte deles já está em negociação, explica a responsável comercial do evento, Juliana Castro. “Desde que foi anunciado, estamos apresentando o evento à empresas de diferentes segmentos, realizando reservas e fechando contratos. Todos estão bem receptivos ao formato desta edição, e ansiosos por esta aproximação com o mercado consumidor. Certamente será uma grande oportunidade para todos”.

Entre as empresas que já confirmaram presença estão a Desbravador Software, Onix Colchões e Solarprime Energia Solar. Solicite hoje mesmo uma proposta para participar através do e-mail comercial@abih-sc.com.br ou pelo WhatsApp (48) 98843-7659

O evento é gratuito para hoteleiros associados. Para não associados o valor é R$ 100,00, sendo imprescindível o cadastramento prévio pelo e-mail: abih@abih-sc.com.br.

Serviço:

O que: Dia do Hoteleiro

Data: 09 de novembro

Onde: Hotel Majestic

Informações: abih-sc.com.br | (48) 98843-7659

Pousada de Florianópolis ameniza impacto da Covid-19 nos negócios com investimento em tecnologia

Pousada de Florianópolis ameniza impacto da Covid-19 nos negócios com investimento em tecnologia

Um dos segmentos mais impactados pelos efeitos econômicos da pandemia de Covid-19, a hotelaria agoniza desde que as restrições a deslocamentos e aglomerações fizeram despencar as atividades de turismo, lazer e negócios, em praticamente todo o planeta. Mas há ilhas de sobrevivência e recuperação no horizonte. Ranqueada no Trip Advisor como uma das melhores da categoria em Florianópolis (SC), a Pousada Ilha Faceira, no Campeche, apostou na aproximação com o setor de saúde para encontrar uma resposta na tecnologia a fim de se antecipar a uma mudança no comportamento dos clientes. O acerto da estratégia se reflete nos números.

Nos três primeiros meses de 2021, em comparação com o mesmo período do ano anterior, o empreendimento familiar conseguiu absorver parte dos prejuízos decorrentes da crise sanitária mundial. E até ensaiar uma recuperação nos índices de ocupação afetados pela fuga de hóspedes e as limitações impostas por decretos governamentais. Em janeiro, o recuo foi estancado em aproximadamente 11%. Em fevereiro, a queda já foi amenizada para menos de 0,5%. E em março, o ciclo foi revertido e apresentou alta de quase 5%.

Ao observar os sinais emitidos pelo público desde que a pandemia atingiu o Brasil, há pouco mais de um ano, os proprietários da Ilha Faceira investiram na qualificação dos processos de higienização e limpeza. O novo critério prioritário para a escolha da hospedagem, a julgar pelas manifestações dos próprios clientes nas plataformas de avaliação e no momento de reserva das diárias, é a sensação de segurança sanitária. A limpeza, à frente de localização e conforto, por exemplo, aparece como atributo mais destacado pelos hóspedes – junto com o atendimento – no momento de definir a compra.

“Logo que chegou a pandemia, ficamos quase quatro meses fechados. E decidimos aproveitar o tempo para pesquisar formas de reabrir com segurança para os clientes, os colaboradores e a nossa própria família, que também trabalha aqui. No contato com o setor de governança hospitalar, descobrimos a esterilização de ambientes com raios UV-C. Já trabalhávamos com outros recursos, mas este foi o primeiro equipamento que encontramos com laudo técnico comprovando a eficácia. Quando falamos da nossa política de segurança sanitária, percebemos a confiança do cliente. Eles ficam encantados”, revela Kleiton Costa, que administra a Ilha Faceira ao lado da mulher, Juliana Campos Büchele. Desde o início de 2021, o empreendimento familiar vem adotando um sistema de esterilização de ambientes por meio de raios UV-C. A emissão de luz corresponde a uma das três categorias de raios ultravioleta e é capaz de eliminar de quaisquer superfícies – incluindo a água e o ar – até 99,99% dos micro-organismos patogênicos. Entre eles, o vírus da Covid-19.

Os empreendedores, após uma série de conversas e minuciosa sabatina, fecharam a aquisição do produto com a UV-PRO, empresa do Grupo Rivatti instalada em Caxias do Sul (RS), mas que envia os esterilizadores para todo o Brasil a partir de um Centro de Distribuição em Navegantes (SC). O modelo escolhido foi o UV150, capaz de cobrir uma área de 80m2. Sem deixar resquícios ou dejetos. Há cerca de três meses, o aparelho é utilizado na Ilha Faceira em sistema de rodízio entre os diferentes ambientes da pousada: salão do café-da-manhã, cozinha, recepção, apartamentos e depósito. Sempre no turno oposto ao de maior movimento em cada local. Nenhum contágio foi registrado entre a equipe de 10 funcionários, seis integrantes da família e cerca de 300 hóspedes, em média, a cada mês.

“Somos muito críticos. Pesquisamos muito antes de comprar. Para nós, foi determinante a atenção que recebemos da empresa desde o primeiro contato. A assistência e a facilidade de diálogo que encontramos na UV-PRO foram decisivas. Estamos muito felizes com a compra, satisfeitos com o funcionamento e confiantes de que o equipamento tem sido um diferencial para a limpeza, a segurança sanitária e as vendas da pousada”, conclui Costa.

Sobre o Grupo Rivatti

Com sede administrativa em Caxias do Sul (RS) e há 15 anos no mercado, o Grupo Rivatti é controlador das marcas Rivatti Móveis, Renna Componentes para Móveis, Pix Iluminação, Pix Construção, UV-PRO, Monobox Contêineres e Metalfox Fundição, atendendo clientes de todo o Brasil e outros 13 países. A companhia é a maior importadora de móveis de design do Brasil, com um volume de 800 contêineres por ano.

Atualmente, a organização conta com quadro de 265 funcionários espalhados por nove unidades de negócios: matriz e showroom em Caxias do Sul, showroom Rivatti em Passo Fundo (RS) e em Santa Maria (RS), três escritórios internacionais na China, trading própria com escritório em Hong Kong e Centro de Distribuição, estrategicamente localizado em Navegantes (SC), com área de 20.000m2 e capacidade para 25 mil posições porta-paletes.

Fonte: GPHR

Lei sancionada prorroga medidas emergenciais no setor de aviação

Lei sancionada prorroga medidas emergenciais no setor de aviação

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei 14.174, que prorroga por 12 meses medidas emergenciais para a aviação civil brasileira em razão da pandemia. Publicado no Diário Oficial da União de sexta-feira (18.06), o texto altera a Lei 14.034/2020, originária da Medida Provisória 1024/2020, e estende até 31 de dezembro deste ano as regras de reembolso e remarcação de passagens para voos cancelados, entre outras medidas. (Confira aqui)

Conforme a legislação, o ressarcimento por cancelamentos será realizado pelo transportador no prazo de 12 meses, contado da data do voo previsto, observadas a atualização monetária com base no INPC e, quando cabível, a prestação de assistência material. Já o consumidor que desistir de voos poderá receber reembolso – sujeito a eventuais penalidades contratuais – ou crédito de valor correspondente ao da passagem, sem multa.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, destaca esforços do governo federal para garantir equilíbrio nas relações de consumo durante a pandemia. “Desde o início da pandemia, estamos empenhados em garantir o direito dos consumidores e a sobrevivência das empresas dos setores de turismo e cultura. Essas ações são essenciais para permitir que o turismo possa recuperar toda a sua força no pós-pandemia, proporcionando emprego e renda à população”, frisa.

O direito a reembolso, crédito, reacomodação ou remarcação de voos independe do meio de pagamento utilizado na compra da passagem, incluindo pontos ou milhas. Na justificativa da sanção, o governo federal alega que, independentemente do número de passageiros transportados, as companhias arcam com altos custos fixos associados à propriedade ou ao arrendamento de aeronaves, despesas de terminais e instalações de manutenção.

REMARCAÇÕES – No último mês de março, o governo federal prorrogou, até 31 de dezembro de 2022, o prazo para prestadores de serviços dos setores de turismo e cultura remarcarem, concederem crédito ou devolverem – sem custos adicionais – valores referentes a atividades canceladas em 2020 e 2021 devido à pandemia. A novidade foi prevista na MP 1.036/21, assinada pelo presidente Bolsonaro e publicada no Diário Oficial da União (Acesse aqui).

CAMPANHA – O Ministério do Turismo iniciou no último dia 08.06 a segunda edição da Campanha “Não Cancele, Remarque”. O objetivo é sensibilizar e incentivar consumidores a não cancelarem viagens e eventos durante a pandemia, optando pela remarcação dos serviços. As peças serão veiculadas até 20 de junho nas redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter) e em veículos de comunicação do trade turístico.

Fonte: Mtur

Como a tecnologia otimiza a governança hoteleira?

Como a tecnologia otimiza a governança hoteleira?

O foco de uma rede de hotelaria é proporcionar a melhor experiência para seu hóspede. Nesse contexto, a governança hoteleira é muito responsável por tornar a estadia dos hóspedes agradável e surpreendente.

Organização e limpeza são pontos importantes para qualquer pessoa, seja em casa, no trabalho ou em suas viagens. Saiba mais sobre como a governança de hotel funciona e por que você deve adotar um sistema de gestão para auxiliá-lo nessa tarefa.

Atribuições da governança hoteleira

governança em hotelaria é responsável pelo seu principal atrativo: a hospedagem. O produto adquirido pelo cliente é o local de sua estadia em sua viagem, seja a trabalho ou lazer.

É equivocado pensar que o trabalho de uma governanta se resume somente à limpeza, já que seu maior objetivo é buscar o bem-estar, conforto e satisfação dos hóspedes. Tudo isso bem alinhado resulta em uma maior fidelização do seu público. Entre as principais atividades da governança, podemos citar:

  • Providenciar uniformes para todos os colaboradores do hotel;
  • Planejar as rotinas de faxina, mantendo as áreas de circulação sempre em alto padrão de higiene e conservação, sem atrapalhar as atividades do hóspede;
  • Coordenar as atividades de organização diária dos apartamentos e/ou quartos e delegar essas tarefas de forma eficiente para camareiras, zeladores e atendentes;
  • Providenciar serviços de manutenção, reparos e consertos em equipamentos, móveis e utensílios;
  • Treinamento da equipe;
  • Compras de insumos, desde materiais de limpeza até utensílios para os apartamentos, como cortinas e tapetes;
  • Controle de chaves e cartões magnéticos;
  • Gerenciamento de objetos achados e perdidos,
  • Controle de estoque, orçamentos, custos e inventários.

A tecnologia na gestão de governança hoteleira

governanta de hotel é responsável pela área que tem mais custos e a maior equipe do negócio. Esse setor deve estar sempre integrado a todas as outras esferas do hotel, desde a recepção até o restaurante.

É nesse momento que as inovações digitais ganham espaço. Saiba como a tecnologia otimiza os processos internos e facilita a vida dos gestores e colaboradores de um hotel.

Controle de custos otimizado

Como já citamos, o setor de governança de um hotel consome uma grande quantidade de suprimentos e mão de obra. Dessa forma, uma boa fatia do orçamento do hotel é destinada a esse setor.

Um sistema de gestão, portanto, é perfeito, para controlar o estoque e o consumo de forma precisa e automatizada.

O software permite ao gestor observar o que vem sendo utilizado e o que está sendo desperdiçado. A partir disso, medidas podem ser tomadas rapidamente, aproveitando melhor os recursos sem aumentar os gastos.

Gestão de colaboradores otimizada

Como a governança hoteleira exige muitos colaboradores, fazer a gestão de tantas pessoas é um desafio. Nessa fase, qualquer erro pode ter grande impacto financeiro.

Se faltam colaboradores, o hotel pode não conseguir atender à demanda de um horário, ou submeter colaboradores a períodos maiores, o que pode acarretar em multas e excesso de carga horária.

Nesse sentido, um sistema voltado ao hotel ajuda a gerenciar turnos, visualizar esquemas de reposição de pessoal e demais trabalhos de maneira simples, organizada e automatizada.

Processos de limpeza automatizados

Um ERP para hotel distribui automaticamente as rotas de limpeza para as camareiras, combinando dados de check-in e check-out. Seguindo esse ritmo, a governança também recebe confirmações dos quartos que já estão limpos ou não.

Tecnologias complementares também atuam na limpeza do ambiente. Máquinas inteligentes geradoras de ozônio ajudam no combate a ácaros e outras melhorias, como cheiro de mofo e cigarro.

Tempo de serviço controlado

O bom rendimento da governança depende muito da rapidez das camareiras. Serviços lentos atrasam a liberação de um quarto, prejudicando o check-in de novos hóspedes.

Com uma alta rotatividade de pessoas, realizar esse processo rapidamente, entre as saídas e entradas, é essencial para manter a rotina do hotel funcionando perfeitamente.

Um sistema pode monitorar o tempo que cada profissional de limpeza e organização gastou em cada área. Com essa função, você pode saber, ao mesmo tempo, quais quartos já estão liberado para novos hóspedes e a performance dos colaboradores.

Vale ressaltar que agilidade não substitui qualidade — dois quesitos fundamentais para um hotel e sua relação com os hóspedes.

Informações centralizadas

Já parou para pensar que uma simples troca de turnos pode não cumprir com uma demanda solicitada? Se um hóspede requisita um serviço de troca de toalhas ou lençóis, por exemplo, e os dados não estiverem sincronizados para a visualização dos colaboradores responsáveis, a solicitação pode se perder.

Se as informações ficam agrupadas em um sistema central, é possível notar quais materiais serão necessários, qual funcionário está mais próximo do local etc. Ainda é possível saber em quanto tempo o pedido foi resolvido.

Dessa forma, o risco de cruzamentos de dados é reduzido, e nenhuma informação é deixada de lado se um colaborador não puder atendê-la naquela hora exata. O fluxo de tarefas não é interrompido, seguindo um ritmo constante e trazendo maior organização e foco.

Faça sua governança hoteleira com a TOTVS

Ao longo deste texto, mostramos para você os pontos que tornam a governança hoteleira algo tão importante. Também discutimos sobre como um sistema de gestão ajuda esses processos a serem melhor gerenciados e otimizados.

As inovações tecnológicas chegaram para revolucionar a forma como a hotelaria estrutura seus processos, e na hora de escolher sua solução, saiba que você pode contar com a TOTVS, uma empresa 100% brasileira e que atende todos os segmentos do mercado.

Se você acha que os sistemas TOTVS são voltados apenas a empresas de grande porte, está na hora de mudar esse pensamento! Continue acompanhando nosso blog e assine nossa newsletter para saber qual produto é o mais indicado para seu negócio.

Fonte: Totvs

Estão abertas as inscrições para cursos de idiomas destinados a guias de turismo e condutores

Estão abertas as inscrições para cursos de idiomas destinados a guias de turismo e condutores

Guias de turismo e condutores interessados em adquirir conhecimento em inglês ou espanhol e, assim, melhorar o atendimento prestados a turistas estrangeiros, em especial na retomada das atividades, poderão se inscrever a partir desta segunda-feira (21.06) nos cursos de idiomas promovidos gratuitamente pelo Ministério do Turismo, em parceria com Instituto Federal do Tocantins (IFTO). Ao todo serão ofertadas 3.800 vagas. Caso o número de inscritos ultrapasse o número de vagas, será realizado um processo seletivo. Clique AQUI para se inscrever.

O objetivo da iniciativa é capacitar a categoria desse segmento do turismo, oferecendo qualificação necessária, por meio de novos idiomas, de modo a gerar benefícios para esses profissionais, bem como valorizar o potencial de cada trabalhador e suas comunidades locais. Os cursos atendem profissionais de todas as regiões brasileiras, com o apoio do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), da Federação Nacional dos Guias de Turismo (Fenagtur) e do Conselho Municipal de Turismo (COMTUR) de Alto Paraíso-GO, parceiros da iniciativa.

Para o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, a qualificação é um passo fundamental para a retomada das atividades turísticas. “Sabemos que o Brasil ocupará um lugar de destaque no cenário do pós-pandemia com seu enorme potencial de turismo de natureza que será a grande tendência dos viajantes. Ao saber atender o turista estrangeiro, ganhamos competitividade no cenário internacional e garantimos uma experiência ainda melhor para quem nos visita”, comentou.

Os cursos têm carga horária de 200h e apresentam uma matriz curricular inovadora, com temas transversais que serão adaptados aos idiomas, aproximando-se assim da realidade profissional dos estudantes. As aulas gravadas serão disponibilizadas na plataforma Moodle do IFTO. As aulas ao vivo serão ministradas via webconferência, uma vez por semana.

Fonte: Mtur

fAZZENDA pARK hOTEL aSSOCIADO ABIH-SC

Hotel de Gaspar anuncia maior piscina aquecida ao ar livre do Sul do Brasil

O Fazzenda Park Hotel, que figura entre os melhores hotéis fazenda do país, localizado em Gaspar, Santa Catarina, anuncia a inauguração de mais um equipamento dentro de sua estrutura: a maior piscina aquecida ao ar livre do Sul do país.

O novo complexo de piscinas integra a área de lazer do Hotel. O objetivo é proporcionar aos hóspedes e visitantes ainda mais conforto e diversão. O novo espaço terá área molhada de 1.520 m² e área seca de 1.502 m². São mais de 110 espreguiçadeiras e mais 348 lugares sentados.

Com o novo complexo de piscinas, o Hotel passa a ter 5.720 m² dedicados ao lazer aquático, contando com as piscinas já existentes. Se considerarmos toda a área de lazer aquática, o Fazzenda Park figura como terceiro maior complexo do país, ficando atrás apenas do Rio Quente Resorts em Caldas Novas (GO) e do Sehrs Natal Grande Hotel em Natal (RN).

Estrutura – Fazzenda Park Hotel

A estrutura foi projetada para atender uma demanda de mercado e visando fomentar o turismo no hotel durante todo o ano. “São diversas as nossas estratégias para enfrentar a sazonalidade no estado. Aliamos este investimento às demais melhorias que estão sendo realizadas no complexo, como a ampliação que irá dobrar nossa capacidade de atendimento”, destaca o gerente comercial e de marketing do hotel, Antonio Coradini.

Fonte: Guia GPHR