Informativo ABIH-SC 27 de agosto

No informativo da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina – ABIH-SC, você vai ler:

ABRAJET realiza entrevista coletiva com os associados das ABIH’S do Sul do Brasil;-Revista ABIH-SC;-Disruptur premia melhores soluções para fomentar turismo catarinense;-Consultri – Consultores Tributários Associados;-Sócio Colaborador – Desbravador Software;-Associados ABIH-SC

Confira o informativo na íntegra AQUI!

ABRAJET realiza entrevista coletiva com os associados das ABIH’S do Sul do Brasil

Aconteceu neste terça-feira (25) a coletiva da ABRAJET Nacional entre hotelaria do sul do pais e associados da Entidade.

“O hóspede pode ficar tranquilo. Ficar num hotel é seguro do check-in ao check-out”. A frase, do presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), Manoel Linhares, deu o tom da entrevista coletiva on-line promovida pela Abrajet Nacional (Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo) ontem, dia 25, e que além de reunir jornalistas de turismo do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, contou com a presença de Orlando Kubo, presidente a ABIH-PR, Osmar Viliatti, presidente da ABIH-SC, José Reinaldo Ritter, presidente da ABIH-RS e dos hoteleiros Eduy Azevedo, diretor geral da Rede Mabu, Edson Ziolkowski, do Hotel Renar, e Juarez Tavares, diretor geral do Machadinho Thermas Resort.

Com o tema “Setor hoteleiro e sua retomada no sul do Brasil”, Linhares foi franco em afirmar que a pandemia foi “brutal para a hotelaria porque perdemos de 95 a 100% de nossos hóspedes”. E a reabertura dos hotéis no sul, que está começando, está sendo feita para buscar tentar “recuperar alguma coisa” como disse Orlando Kubo, da ABIH-PR.

Os três representantes das associações dos hotéis no Sul são unânimes na avaliação da situação atual de que a reabertura é uma tentativa para reativar os negócios. E os três garantem que todos os hotéis filiados às ABIH do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul estão aptos a receber hóspedes com segurança e seguindo rígidos protocolos de segurança. Fala reforçada por Jacob Mehl, presidente da Paraná Turismo, que garante que “hotéis e restaurantes são dois pilares do turismo mais seguros, não são locais de contaminação”. E os representantes dos hotéis Mabu, Renar e Machadinho informam: está comprovado que na piscina, por ter tratamento, não se transmite do Covid-19. É um local mais do que seguro.

Os hóspedes

“Eles estão aceitando muito bem os controles de segurança”, afirma Eduy, do Mabu, completando: “Quanto mais segurança, mas à vontade o hóspede fica”. Um dos hotéis da rede é o Mabu Thermas Grand Resort, em Foz do Iguaçu, de águas termais, que recebe muitas crianças. E, sobre esses hóspedes mirins, tanto o Mabu Thermas, quanto o Machadinho Thermas, reinventaram as brincadeiras. “Agora – conta Juarez – as brincadeiras são ao ar livre”, no que é seguido por Eduy ao dizer que “estamos ensinando novas atividades como empinar pipas, pega-pega e jogar ao ar livre”.

E Edson, do Renar, de Fraiburgo, vai além: “Mostramos às crianças como seguir o protocolo, principalmente o uso das máscaras”.

O que se percebeu do depoimento de todos é que a hotelaria está se reinventando para se adaptar aos novos tempos e que a “cada dia a gente conquista um pouquinho”, fala Edson.

É consenso que “o hóspede só vai procurar o hotel que tenha protocolo de segurança”

Esses tempo na pandemia tem causado estragos no setor hoteleiro. Sem números certos para divulgar, o segmento que emprega em tempos normais 380 mil trabalhadores diretos e cerca de 1,1 milhão indiretamente, foi, segundo Manoel Linhares, “o primeiro a entrar na crise e vai ser o último a sair”.

Jacob Mehl acredita que trezentos hotéis no Brasil fecharam definitivamente, que no Paraná esse número deve estar entre cinquenta e oitenta. No Rio Grande do Sul, arrisca Ritter, até cinquenta hotéis devem fechar as portas. Em Santa Catarina, Osmar preferiu não fazer estimativa mas diz que, sim, alguns hotéis deixarão de operar.

O futuro

Com o turismo regional, de distâncias de no máximo 500 km, os hoteleiros ouvidos pela Abrajet imaginam que por “as pessoas estarem ávidas para sair de casa”, na avaliação de Edson, esse será um nicho de mercado a ser explorado. Mesmo assim, o presidente Manoel vaticina que o “turismo de lazer só vá se recuperar em dois anos e o de negócios entre 3 e 4 anos”. O que significa, para Jacob, que o setor terá um prejuízo de R$ 60 bilhões. “É uma crise sem precedentes”, desabafa.

Mas essa retomada regional vai depender muito das prefeituras. “Falta – destaca o presidente da Paraná Turismo – uma uniformidade de decisões. Hoje você tem um município do lado do seu com tudo fechado enquanto onde você mora está aberto. Fica difícil viajar assim”.

Por enquanto os hotéis convivem com ocupações baixas. Para um hotel pagar as contas, a ocupação tem que ser de no mínimo 50%, mas hoje a maioria trabalha com 10% de lotação. Manoel diz que “hotel não pode viver apenas de oito dias por mês”.

A esperança é que por ter o sul destinos consagrados e as distâncias entre os atrativos não serem tão longas, a hotelaria dos três Estados possa superar com menos sacrifício esse período difícil.

O que todos afirmam, seja dirigentes da Associação dos Hotéis, como hoteleiros, é que esses espaços são seguros e, como disse Eduy, do Mabu, “todos os procedimentos de segurança e seus custos não estão sendo repassados às diárias”.

Então, pode programar a sua viagem! Porque hotel é seguro do check-in ao check-out.

Texto: Jornalista Jean Luiz Féder – Now Boarding

Sócio Colaborador – Desbravador Software

Atuando no desenvolvimento de software para a gestão de hotéis desde 1988. Em 2008 também nos especializamos no desenvolvimento de sistemas para postos de combustíveis e lojas de conveniência. Em 2012 lançou um software para atender o segmento de bares e restaurantes.

Atualmente conta com mais 3.500 clientes espalhados em dez países: Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Estados Unidos, México, Paraguai, Peru, Portugal e Uruguai.

Hotelaria

Software para hostels e hotéis, de pequeno, médio e grande porte.

Dúvidas?

Entre em contato!

www.desbravador.com.br

DisrupTur premia melhores soluções para fomentar turismo catarinense

Depois de mais de 300 horas de trabalho em ambiente virtual e engajamento de 1500 pessoas, o DisrupTur chegou ao fim com a premiação dos projetos “Vale Seguro”, da Instância de Governança Regional do Turismo (IGR) do Vale Europeu, em primeira colocação; “Ca$h Verde Mar”, da região turística Costa Verde & Mar, em segunda; e “Centro de Experimentação Turística”, da IGR Encantos do Sul, em terceira.

As apresentações foram realizadas nesta segunda-feira (24). Veja como foram os pitchs das IGRS

A proposta vencedora prevê uma plataforma/aplicativo de turismo focada em segurança, com base em curadoria e inteligência artificial. Após realizar uma pesquisa sobre o impacto da Covid-19 no turismo, a segurança apareceu como uma das principais preocupações do consumidor, de acordo com Juliano Sant´Ana, da IGR Vale Europeu. “Nós ouvimos o cliente e percebemos essa mudança no comportamento do turista. A plataforma quer utilizar a dinâmica da reputação para posicionar o Vale Europeu como um destino seguro. Estamos muito felizes em ganhar o DisrupTur, foi uma grande oportunidade de sair da zona de conforto. Agora, contamos com apoiadores e patrocinadores para tirar o projeto do papel”, afirma.

O juri foi composto por autoridades do turismo: Alexandre Sampaio, presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), Antônio Henrique Borges Paula, diretor de Relações de Institucionais do Senac Nacional, Rogério Siqueira, secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável do Estado de Santa Catarina, Ricardo Stodieck, secretário-adjunto de Desenvolvimento Econômico Sustentável do Estado de Santa Catarina, e Bruno Breithaupt, presidente da Fecomércio SC.

Os jurados levaram em conta não só a viabilidade da proposta para o desenvolvimento da região turística, como também o grau de inovação e sustentabilidade, além da própria apresentação dos pitchs. Os três primeiros lugares ganharam uma premiação em dinheiro, nos valores de R$ 15 mil, R$ 10 mil e R$ 5 mil.

“Santa Catarina é referência em diversos segmentos e o DisrupTur é um grande trabalho. É uma revolução silenciosa que o turismo está fazendo”, declarou Antonio Henrique Borges Paula, diretor de Relações de Institucionais do Senac Nacional.

Conforme o Secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Rogério Siqueira, iniciativas como esta contribuem para o desenvolvimento sustentável  do Estado por meio do turismo. “Conhecemos aqui excelentes iniciativas que, por meio da inovação, nos trazem um mundo de possibilidades, conexões e de desenvolvimento de políticas perenes em nosso estado.  São ações que contribuem para o fortalecimento da espiral de prosperidade, esperança e confiança”, afirma.

Fomento ao ecossistema

Iniciativa do Senac SC e Fecomércio SC, o DisrupTur assumiu o propósito de promover projetos para fomentar o ecossistema turístico no Estado diante dos cenários complexos que se formaram devido à pandemia do coronavírus. Por meio de metodologias inovadoras e utilização de recursos tecnológicos, ajudou a desenvolver soluções para enfrentar a atual crise econômica do turismo, atendendo às necessidades das IGRs.

“A cadeia produtiva do setor vivem um momento muito desafiador, que requer uma resposta à altura. Com a identificação desses projetos e insights, podemos alavancar a vocação turística das regiões e ampliar o portfólio de produtos turísticos de Santa Catarina. O Estado tem potencial de ampliar sua participação no mercado doméstico e de atrair  investimentos estrangeiros”, avalia Breithaupt.

Da ideia à prática

O Disruptur foi dividido em três fases: identificar as oportunidades e gerar ideias; desenvolver o conceito e as soluções; implementação, testagem e validação das propostas, que será posta em prática a partir de agora. Nesta fase, os participantes das 13 IGR’s tiveram que propor inovações para impulsionar o turismo catarinense. Para isso, a etapa contou com workshops de inovação, empreendedorismo, design de serviços e apresentação de pitch.

Os projetos criados englobaram não só temáticas fundamentais para impulsionar o setor, como também trouxeram soluções práticas que podem ser aplicadas, a exemplo de aplicativos, games, programa de vantagens, educação nas escolas e até mapas virtuais.

Para o diretor regional do Senac SC, Rudney Raulino, o DisrupTur alinhou conhecimento e inovação em soluções que buscam novas oportunidades de negócios para o setor turístico no Estado. “Ao promover o DisrupTur, o Senac SC ressalta seu compromisso com o turismo catarinense, fornecendo ferramentas necessárias para gerar conexões, experimentações e propostas disruptivas para as IGRs”, afirma.

Fonte: Fecomérico

Pousada dos Chás Hotel Boutique

Localizada a 50 metros do mar de Jurerê, Florianópolis. A Pousada dos Chás Hotel Boutique é inspirada pela cultura milenar do chá.

Considerada umas das melhores pousadas em Jurerê e Florianópolis, a Pousada dos Chás apresenta um ambiente clean e uma decoração requintada. Móveis antigos, alguns com mais de um século de idade e inúmeras obras de arte estão presentes por toda parte. A Pousada traz diversos elementos da história de Jurerê e Jurerê Internacional. O espaço foi projetado segundo o feng shui, a arte chinesa de harmonização de ambientes, com plantas e objetos que favorecem o equilíbrio.

www.pousadadoschas.com.br

48 3282-9112

48 99905-0205

Palm Beach Apart Hotel

O Palm Beach Apart Hotel localiza-se na bela praia dos Ingleses, à beira-mar, em um local tranquilo e seguro.

O hotel tem saída direta para a praia e possui em suas proximidades, supermercado e restaurante. Além disso, o centrinho dos Ingleses está a 500 metros de distância, onde você encontrará opções de gastronomia, entretenimento, lojas de souvenir e minishopping.

www.palmbeach.com.br

 (48) 3364-4212
(48) 99153-1146

Villas Jurerê Hotel Boutique

O Villas Jurerê Hotel Boutique está situado na Praia de Jurerê, norte da Ilha de Santa Catarina, Florianópolis, apenas a 50 metros do mar.

O Hotel é dividido em 4 charmosas torres. Cada torre conta com 6 suítes que apresentam uma cor exclusiva (azul, verde, vermelha e amarela) e uma decoração elegante, com obras de arte e alguns mimos que proporcionam muito conforto. Contamos também com 3 apartamentos de 2 quartos anexo ao Hotel Boutique.

As suítes contam com ar-condicionado Split, ventilador de teto, TV LCD a cabo, internet WiFi, frigobar, micro-ondas, utensílios para cozinha, secador de cabelo, mesa de trabalho, sofá e varanda.

www.villasjurere.com.br

(48) 3282-0863

(48) 99181-7810

Hotel Intercity Florianópolis

hotel Intercity Florianópolis é o refúgio ideal para recarregar as energias após as atividades de um longo dia na capital catarinense. Localizado na região central da cidade, próximo ao aeroporto e com fácil acesso tanto ao continente quando às praias da Ilha, o hotel conta com uma equipe sempre pronta para recebê-lo com um sorriso no rosto, acomodações modernas e confortáveis e uma vista privilegiada para a histórica Ponte Hercílio Luz de tirar o fôlego. 

www.intercityhoteis.com.br

(48) 3027.2200 

Hotel Costa Norte Ponta das Canas

O Hotel Costa Norte Ponta das Canas, localiza-se frente ao mar em um lugar mágico, com o pôr do sol dos mais encantadores do Brasil.

Hotel a beira mar, em Florianópolis, na Praia de Ponta das Canas se destaca entre os hotéis de Florianópolis por ser um hotel a beira mar, qualidade se sua infraestrutura e serviços, profissionalismo e simpatia de sua equipe.

pontadascanas.hoteiscostanorte.com.br

(48) 3261-0800

(48) 99161-3413

Hotel Costa Norte Ingleses

O Hotel Costa Norte Ingleses está localizado em Florianópolis SC à beira-mar, ao norte da ilha de Santa Catarina, na Praia dos Ingleses.
Conta com 52 apartamentos das seguintes categorias: standard, superior, chalé, suíte e suíte especial (com jacuzzi e vista para o mar). Com uma completa infra-estrutura de lazer, com piscinas externa e coberta, sauna, fitness center, sala de jogos, serviço de praia e muito mais!
Os Hotéis Costa Norte destacam-se entre os hotéis de Florianópolis pela localização privilegiada, qualidade da infra-estrutura, serviços, profissionalismo e simpatia de sua equipe.

www.hoteiscostanorte.com.br
(48) 3261-3000