ABIH-SC Digital – Nossos associados nas redes sociais

 

A  Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina – ABIH-SC esta desenvolvendo um trabalho de divulgação nas redes sociais da entidade, sendo estas: facebook, instagram, site e newsletter.

Para que a entidade possa dar ainda mais destaque aos meios de hospedagem associados, solicitamos o envio de textos com informações do empreendimento, bem como imagens e videos com duração de até 1 min.

Siga nossas redes sociais!

 @abihsc

 abih-sc

Para mais informações:

abih@abih-sc.com.br

48 3222-8492
48 9 8843-7711

 

ABIH-SC presente no lançamento do Observatório do Turismo

 

Para a Diretora Executiva da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina – ABIH-SC, Lara Perdigão presente no evento, o Observatório como foi executado é uma ferramenta importantíssima na solidificação do turismo de forma profissional, como citado por vários convidados que fizeram o uso da palavra. ” A presença das Instâncias de Governança, tanto no processo quanto no evento, demonstra a importância de se ouvir, ver e ler o que acontece na ponta. Lá onde o turista interage!”, afirma Lara Perdigão, que durante o ano passado esteve pela ABIH-SC, em várias reuniões e Meetings em algumas Instâncias. Precisamos dar apoio a e atenção ao que acontece na base do turismo em nosso Estado, finaliza Lara. A ABIH-SC parabeniza os hoteleiros envolvidos e os presentes neste importante evento do trade turístico catarinense.

Nosso reconhecimento a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina (Fecomércio SC) através da Câmara de Turismo, na pessoa do Sr. João Moritz, Conselheiro desta entidade, pelo excelente trabalho desenvolvido e a toda equipe do Senac SC.

Observatório do Turismo

O setor turístico de Santa Catarina ganhou uma nova ferramenta de gestão, planejamento e monitoramento das prioridades: o Observatório do Turismo, idealizado pela Fecomércio SC e Senac  SC para dinamizar toda a cadeia produtiva. O lançamento do projeto, na noite de terça-feira (29), em Florianópolis, reuniu cerca de 200 atores do setor, entre iniciativa privada e poder público. Confira a galeria de fotos

Para dar a largada ao Observatório foi apresentado o relatório do Turismo Catarinense em Movimento, com 242 ações prioritárias em termos de gestão, governança, infraestrutura, inovação, legislação e qualificação. Os dados foram elencados em 2018 durante o ciclo de encontros nas 12 regiões turísticas do Estado, que abarcam 184 municípios, e estão disponíveis para acompanhamento público no site www.temsc.com.br .

“Essas informações sistematizadas podem ser utilizadas tanto pelo Governo, para direcionar políticas públicas e ações estratégicas para determinado segmento, como por empresários e entidades ligadas ao setor, no financiamento de projetos e atração de investimentos. Precisamos de diretrizes de longo prazo, de uma política assertiva para o setor. O objetivo é quebrar a sazonalidade do nosso turismo para atrair visitantes o ano todo e em todas as regiões”, afirma o presidente da Fecomércio SC, Bruno Breithaupt.

Representando o governador Carlos Moisés da Silva, o secretário Adjunto de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável e Turismo, Amandio João da Silva Junior, afirmou que o estudo balizará o governo na gestão do turismo e que “será a estrada que o Estado vai percorrer”.

“A iniciativa está alinhada às diretrizes da política nacional do setor. Santa Catarina é um dos estados pioneiros na integração das regiões e sistematização das ações prioritárias”,  segundo o vice-presidente de turismo da Fecomércio SC, Hélio Dagnoni, que percorreu as 12 regiões no ano passado.

 

Fonte: Fecomércio

 

32º Encatho & Exprotel

 

Com o tema “Soluções & Inovações para a Hotelaria” acontece de 13 a 15 de agosto, no CentroSul, em Florianópolis o Encatho & Exprotel. Sua empresa atende o setor de turismo? Quer ampliar sua presença de mercado no sul do país? Quer estar em contato direto com hoteleiros? Então aqui é seu lugar!

Reserve agora mesmo seu espaço pelo whats App (48) 98843-7659 ou pelo e-mail comercial@abih-sc.com.br

10 anos de Encatho & Exprotel

 

E na onda do #10yearchallenge olha que lembrança legal da participação da Newhotel Check-In em 2009, e da sua nova marca, presença já confirmada na edição 2019 do Encatho & Exprotel.

E você, participou do evento em 2009 no Costão do Santinho? Então #bora confirmar sua presença em 2019 no CentroSul.

Para mais informações:

48 3222-8492

comercial@abih-sc.com.br

6ª Vindima de Altitude de Santa Catarina será lançada em Florianópolis

 

A sexta edição da Vindima de Altitude de Santa Catarina, evento já tradicional das vinícolas de Santa Catarina que produzem vinhos na região da Serra Catarinense, será lançada no próximo dia 14, às 19h, na sede do SEBRAE/SC, em Florianópolis

A informação é do presidente da Associação Vinhos de Altitude Produtores e Associados, José Eduardo Bassetti. Neste ano a Vindima ocorrerá entre os dias 1º e 31 de março envolvendo 15 vinícolas localizadas nos municípios de São Joaquim, Campo Belo do Sul, Urubici e Bom Retiro. Além das vinícolas citadas, também fazem parte da “Vinhos e Vinícolas de Altitude de Santa Catarina”, outras duas vinícolas – embora não participem neste evento – que são a Villaggio Grando, no Planalto Catarinense, e a Santa Augusta, no Centro do Estado.

Uma das novidades de 2019 é que o evento será realizado na praça central (Cezário Amarante) de São Joaquim, em espaço aberto onde haverá degustação de vinhos nos dois primeiros fins de semana do mês. Nos três finais de semana seguintes os interessados poderão agendar visitas e acompanhar a colheita da uva nas próprias vinícolas. A abertura da festa, na noite de 1º de março, terá a apresentação de espetáculo da Camerata Florianópolis, com o concerto Música para Cinema.

 

Cada vinícola terá uma programação própria que inclui visitações, almoços e jantares harmonizados, sunsets e passeios. A programação prevê outros shows, cursos, workshops e oficinas sobre a variedade de uvas cultivadas na Serra catarinense, análise sensorial de vinhos e características olfativas, visuais e gustativas de vinhos brancos e roses de altitude.

A Vindima tem a presença confirmada das vinícolas Abreu Garcia, D’Alture, Hiragami, Suzin, Quinta da Neve, Leone di Venezia, Serra do Sol, Thera, Vivalti, Villa Francioni, VillaggioBassetti, Villaggio Conti, Vinhedos do Monte Agudo, Pericó e Zanella Back. A organização é da Associação de Produtores de Vinhos de Altitude, que tem 35 filiados em 10 municípios do Estado – alguns deles ainda à espera da maturação dos vinhedos ou em fase de testes dos vinhos produzidos. O presidente da Associação Vinhos de Altitude Produtores e Associados, José Eduardo Pioli Bassetti, proprietário da vinícola Villaggio Bassetti, prevê que a colheita de uvas, que vai até maio, deverá chegar a um milhão de toneladas nas regiões produtoras vinhos de altitude.

 

Este ano marca o 20º aniversário dos primeiros plantios de parreiras nos campos de altitude da Serra catarinense. Cinco anos depois vieram os primeiros testes e, em 2005, os vinhos pioneiros, que evoluíram a ponto de o produto estar hoje nas gôndolas, restaurantes e casas especializadas de todo o Brasil. “Em 15 anos, nossos vinhos se tornaram referência em qualidade e ganharam prêmios nacionais e internacionais”, destaca Eduardo Bassetti, acrescentando que ele e sua Diretoria da “Vinhos e Vinícolas de Altitude de Santa Catarina”, estão empenhados “na busca da nossa Indicação Geográfica, com o nome de registro “Vinhos de Altitude de Santa Catarina”!.

 

De acordo com o presidente da comissão de organização da Vindima, Acari Amorim, nos dois primeiros fins de semana de março, de sexta-feira a domingo, as vinícolas farão uma exposição de seus produtos na Praça Cezário Amarante onde os visitantes poderão degustar os vinhos. Ele diz que a última safra foi muito boa e que o clima, com chuvas regulares e sem geadas tardias, colaborou para os bons resultados do ano. Proprietário da vinícola Quinta da Neve, ele informa que no período escolhido para a Vindima muitas pessoas sobem a Serra ou vêm de outros estados, visitando a região na fase de colheita da uva.

 

Fonte: Folha de Santa Catarina

Em janeiro, Brasil registra alta de 7% em voos internacionais

 

Dados foram divulgados pela Embratur, com base nas informações da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

 

Janeiro terminará com um crescimento de 7% na chegada de voos internacionais ao Brasil em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), com base nas informações disponibilizadas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Um total de 6.120 voos aterrissaram nos aeroportos brasileiros no primeiro mês do ano. O número representa cerca de 400 voos a mais em relação a janeiro de 2018, garantindo um incremento de 107 mil assentos disponíveis.

Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, o número revela resultados de medidas como o visto eletrônico e o trabalho pelo aumento da conectividade aérea no país. “São ações que entraram na nossa agenda de prioridades estratégicas e vão colocar o turismo brasileiro em um outro patamar de capacidade e eficiência para gerar resultados”, defende.

Para a presidente da Embratur, Teté Bezerra, “receber mais voos, de mais cidades e países, é fundamental para o crescimento do turismo internacional para o Brasil”.

POR REGIÃO – Os destaques são os aeroportos da região Sul, com aumento de 19% em relação ao mesmo mês do ano passado. A região Nordeste também apresentou bom desempenho no período, com alta de 17%. Guarulhos, em São Paulo, maior porta de entrada de estrangeiros no País, registrou 7% de ampliação no número de voos internacionais no primeiro mês do ano, com mais 222 voos ante janeiro do ano anterior. O Galeão, na cidade do Rio de Janeiro, segundo maior aeroporto internacional do País, teve 9% a mais, com 1.320 voos neste mês, o que significa 107 voos a mais que no mesmo mês de 2018. Brasília, no Centro-Oeste, ampliou em 32% o número de chegadas, passando de 137 para 182 voos em janeiro de 2019.

 

Fonte: Ministério do Turismo

Três iniciativas que estão mudando o jeito de viajar e de fazer turismo no Brasil

 

A forma como a operadora Vivejar atua no mercado de viagens e turismo, com atividades de turismo responsável e comunitário, foi reconhecida como a melhor prática de Turismo de Base Comunitária e Produção Associada ao Turismo do Brasil, de acordo com o júri do 1º Prêmio Nacional do Turismo. O vencedor foi escolhido entre 141 projetos inovadores que contribuíram para o desenvolvimento do turismo brasileiro nos últimos dois anos – entre eles, 46 iniciativas que estão mudando a experiência dos turistas e a vida das comunidades que recebem os visitantes com práticas que associam a produção local às atividades turísticas.

A operadora Vivejar é especializada em viagens que promovem experiências em parceria com comunidades tradicionais brasileiras. O foco da iniciativa é também o empoderamento feminino por meio do turismo, com o objetivo de oferecer, tanto aos viajantes quanto às comunidades e destinos que recebem os turistas, experiências transformadoras de impacto positivo. As expedições são realizadas em morros do Rio de Janeiro, na periferia de São Paulo, em áreas de produção de cerâmica do Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, e em comunidades ribeirinhas do Amazonas e do Pará.

Entre os principais impactos que a Vivejar destaca através do turismo, além da parceria com os moradores para hospedagem e alimentação, está a capacitação e treinamento das pessoas da comunidade para atuar no turismo. O ciclo de geração de renda se inicia a partir de uma alternativa viável de atividade econômica, com o aumento da autoestima feminina e do papel das mulheres no sustento financeiro da família. “Nesses primeiros anos de operação, a Vivejar conseguiu gerar renda através do turismo em várias comunidades brasileiras. A intenção é que esses impactos positivos se multipliquem também entre os turistas”, disse a diretora Marianne de Oliveira Costa.

A Rota do Queijo Terroir Vertentes levou o segundo lugar da categoria. O projeto visa promover o desenvolvimento econômico e da gastronomia mineira dos 23 municípios que integram o Circuito Turístico Trilha dos Inconfidentes e Terroir Vertentes, gerando mais trabalho e renda para a região. O trabalho incentiva a criação de roteiros gastronômicos envolvendo pequenos produtores de queijo minas artesanal, queijos finos e queijo do reino, além de fomentar e valorizar a produção queijeira nos municípios do circuito turístico.

A rota propõe a integração das empresas de receptivo e produtores rurais através da criação de um sistema de gestão e comercialização, fortalecendo toda cadeia produtiva do turismo, em especial a da produção associada ao turismo. O queijo minas artesanal é patrimônio imaterial de Minas Gerais e atrai turistas de diversas partes do país para as fazendas do interior do estado. No roteiro, o turista embarca em uma deliciosa descoberta dos sabores locais, conhecendo as raízes da famosa gastronomia mineira. “Os principais resultados alcançados foram a valorização do produtor rural, aumento da renda familiar e geração de novos negócios e parcerias, além de o queijo passar a ser o principal produto turístico do destino”, destaca o gestor do roteiro, Marcus Januário.

A iniciativa classificada em 3º lugar foi a Rota Encantos Rurais de Quilombo (SC). O objetivo do produto é consolidar o Turismo Rural do município como um destino turístico de referência em Santa Catarina, por meio de um projeto sustentável nos aspectos social, ambiental e cultural. A rota aposta nos potenciais locais como águas termais, espaços de lazer, pequenas agroindústrias e belas paisagens. Todas as propriedades envolvidas no roteiro receberam orientações técnicas sobre os produtos, melhoria nos espaços, cursos de atendimento ao turista, segurança alimentar, manipulação de alimentos, organização da propriedade e embalagens.

“A rota proporcionou a formalização de pequenos negócios, como vinícolas e cachaçarias, e ainda motivou o retorno de jovens da cidade para o campo para ajudar os pais no projeto de turismo”, comemora a consultora do projeto, Sílvia Balduino. Outro aspecto positivo foi a geração de recursos para o destino. Em apenas um ano, cerca de 1.500 visitantes passaram pelas oito propriedades que fazem parte do roteiro turístico, entre grupos de estudantes, universitários, idosos, famílias, além de visitantes de outros estados e países.

BOAS PRÁTICAS – O Ministério do Turismo criou um Banco de Boas Práticas para divulgar as dez iniciativas com melhor classificação, por categoria, no 1º Prêmio Nacional do Turismo. O objetivo é dar visibilidade e multiplicar os casos de sucesso do setor, disponibilizando contatos, vídeos e materiais informativos apresentados pelos proponentes inscritos no certame. Das 241 propostas apresentadas, 70 podem ser consultadas NESTE LINK.

 

Fonte: Ministério do Turismo

Informativo ABIH-SC 24 de janeiro

 

No Informativo ABIH-SC de 24 de janeiro você vai ler:

 

ABIH-SC empossa nova diretoria biênio 2019-2020;-ABIH-SC inicia a comercialização dos espaços na Exprotel;-Água Santa Rita, parceira ABIH-SC confirmada para o 32º Encatho & Exprotel;-Confira a Revista ABIH-SC na versão digital ;-Crescimento do turismo mundial pode chegar a 4% em 2019;-Destinos preparam a criação de distritos turísticos;- Flávia Didomenico comandará os destinos do Turismo Catarinense;-Associados ABIH-SC!

 

Leia também: ABIH-SC empossa nova diretoria biênio 2019-2020

Água Santa Rita parceira ABIH-SC confirmada para o 32º Encatho & Exprotel

 

A Fábrica da Água Mineral Santa Rita fica no município de Rancho Queimado, a 53km de Florianópolis. A água captada na fonte é surgente e é conduzida por uma tubulação de inox até a linha de envase, garantindo assim a qualidade nas mesmas condições que sai da fonte. Qualidade no produto e no atendimento são pontos altos da empresa catarinense.

A empresa  Água Mineral Santa Rita já parceira da ABIH-SC durante seus eventos e recentemente confirmou sua parceria ao maior encontro de hoteleiros do sul do país, o Encatho & Exprotel, que acontecerá de 13 a 15 de agosto, no CentroSul, em Florianópolis.

Promovido pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina- ABIH-SC, o Encontro Catarinense de Hoteleiros- Encatho & Exprotel chega à 32ª edição.  O evento irá oportunizar  negócios, qualificação, novidades em produtos e serviços, atualização na operação, gerar networking e divulgar as potencialidades do turismo nacional.

Para mais informações:

48 3222-8492

comercial@abih-sc.com.br

Confira a Revista ABIH-SC na versão digital!

 

 

A Revista da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina – ABIH-SC foi lançada oficialmente no dia 09/11/2018 como parte das comemorações ao Dia do Hoteleiro.

Em suas 48 páginas a publicação apresenta um resumo completo do que foi a última edição do Encatho & Exprotel realizada em julho, um pouco da trajetória da entidade que completou 53 anos de atividades em setembro, além da lista como nome e contato dos associados, os benefícios e convênios para os meios de hospedagem, e, é claro, a planta e chamada para a edição 2019. “Além de muita informação para o mercado, a revista será um excelente material para apresentarmos a entidade, suas atividades e trajetória para novos empreendimentos, assim como, para a comercialização dos espaços de exposição da próxima edição do Encatho & Exprotel”, afirmou Osmar José Vailatti, diretor-presidente da ABIH-SC.

Leia agora mesmo a revista!