Conserra revela números preliminares do turismo na Serra Catarinense

 

O Conselho de Turismo da Serra Catarinense – Conserra apresentou na tarde desta quarta-feira (12), em reunião no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL, os dados preliminares do levantamento de capacidade e estrutura de hospedagem dos municípios abrangidos pela Amures. O diagnóstico iniciou mês passado e servirá, dentre outras questões, para traçar planos e ações de fortalecimento do turismo.

Só restaurantes foram identificados 221 estabelecimentos com capacidade de acomodação de 14.608 pessoas. “Aqui é importante explicar que essas são quantas pessoas podem ser atendidas de uma única vez”, salientou a secretária executiva da Conserra e turismóloga da Amures, Ana Vieira.

Sobre os dados apresentados pelo Conserra, Ana Vieira frisou que o objetivo é quantificar o número de empreendedores formais e informais para realizar um trabalho de formalização das unidades de turismo. Até final desse ano, o Conserra pretende dimensionar o impacto econômico real do turismo nos municípios.

Na reunião foi tratado também, sobre o Calendário de Eventos da Serra Catarinense para 2019, que deve ser priorizado até final desse ano. Os empresários e gestores de turismo discutiram, anda, sobre a participação dos municípios na feira da Associação Brasileira das Agências de Viagens – ABAV – 2018, em são Paulo e também trataram sobre algumas substituições na diretoria do Conserra.

O assessor de imprensa da Amures Onéris Lopes foi indicado para diretor financeiro e os empresários Valdir Della Guistina como diretor de comercialização e infraestrutura, Sonia Regina Ramos Martins como diretora de segmentação e roteirização e Aures André Muniz dos Santos como diretor fiscal.

O Presidente do Conserra empresário Daniel Camargo Klein, teve que viajar a Florianópolis de última hora para tratar de assuntos familiares e não chegou a tempo para a reunião.

 

Informações Quantidade
Número de restaurantes 221 restaurante
Capacidade dos Restaurantes 14608 pessoas
Número de meios de Hospedagens 559
Número de Unidades Habitacionais 3288 aptos
Número de leitos 8271 pessoas
Número de Agências de Viagens 23
Número de Locais para Eventos 98
Número de empresas ligadas ao turismo 513
Número de Empresas no CADASTUR 96
Conselho Municipais 10
Fundos Municipais 6
Plano Municipal 6

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Notiserra

Centro de eventos de Baln.Camboriú abre as portas em dezembro

 

Obra que recebeu R$ 70,6 milhões do MTur vai oxigenar mercado local de eventos e multiplicar impacto econômico do segmento em todo o estado.

 

O ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, acompanhado do ministro Chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, realizou inspeção técnica da obra do Centro de Eventos e Pavilhão de Convenções de Balneário Camboriú (SC) na manhã deste sábado (8). Também participaram da visita o secretário estadual de Turismo, Valdir Walendowsky, o prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício de Oliveira, e o secretário municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Altamir Teixeira.

O projeto de 33mil m2 terá capacidade para acomodar até 60 mil pessoas, distribuídas em dois espaços de exposição e dois salões para convenções. Além de apoiar a construção do empreendimento com repasse de R$ 55 milhões, o Ministério do Turismo também formalizou, na última quarta-feira (5), novo aporte de recursos no valor de R$ 15,6 milhões para a compra de equipamentos – incluindo projeto de climatização, divisórias móveis, elevadores, mobiliário, entre outros -, que permitirão que o Centro de Convenções seja inaugurado em condições de uso.

O efeito econômico da obra será “multiplicador” para todo o litoral catarinense, garantiu o ministro Vinicius Lummertz. “O turismo tem que ter funcionalidade, por isso o modelo desenvolvido por Balneário Camboriú está dando certo e todo o estado ganha com isso”, defendeu.

O ministro Carlos Marun disse que após visitar a obra, voltará pra casa com duas pautas para impulsionar o crescimento do setor: discutir com o BNDES a possibilidade de agilizar o financiamento para o alargamento da orla de Balneário Camboriú e retomar as conversas para a regulamentação de passeios embarcados para observação de baleias. “Esse litoral só tem a ganhar. E o Brasil avança junto. Vamos trabalhar nisso”, assegurou.

Para o prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira, a cidade está pronta para dividir sua história entre o antes e o depois do centro de eventos, que já é considerado o maior do sul do Brasil. “Estamos construindo também uma nova orla e isso nos levará a um novo tempo para a cidade. Em 2017, nosso turismo cresceu 30% em comparação a 2016. Somos também o ponto de escala que mais cresce no ramo de cruzeiros do país: recebemos 80 mil cruzeiristas na temporada passada e o crescimento estimado para este ano é de +50% , chegando a 120mil”, enumerou, comemorando a futura captação de dezenas de eventos que vão oxigenar a economia local.

O secretário estadual de Turismo, Valdir Walendowsky, destacou a relevância da participação de Santa Catarina no receptivo internacional do país e afirmou que o novo empreendimento “eleva ainda mais o padrão do turismo do nosso estado, já que fica dentro de um importante eixo rodoviário do Mercosul”.

 

Fonte: Ministério do Turismo

Veja também: Cruzeiros poderão ficar mais tempo no Brasil

Cruzeiros poderão ficar mais tempo no Brasil

Decreto publicado no Diário Oficial evita a perda de 7 mil empregos e R$ 450 milhões na economia brasileira.

 

Os amantes dos cruzeiros marítimos têm motivo para comemorar. O Decreto Presidencial número 9.500, publicado nesta  terça-feira (11) no Diário Oficial aumentou de 90 para 180 dias a validade do visto dos profissionais que trabalham nos navios em viagem de longo curso. O texto afasta o risco do Brasil ter uma temporada reduzida de 120 para 90 dias em 2018/2019. Pelas estimativas da entidade que representa os navios de cruzeiros, Clia Brasil , com base na última temporada, caso a duração da estada dos navios na costa brasileira fosse encurtada, a economia nacional perderia 7 mil empregos e R$ 450 milhões.

Para os cruzeiros marítimos, o aumento na validade do visto para marítimos representa uma redução no custo operacional com taxas em R$ 5 milhões.  “Essa era uma demanda histórica, que ajuda a simplificar a nossa operação e, consequentemente, facilita a busca por novos navios para a próxima temporada. É mais um entrave que, com a ajuda fundamental do Ministério do Turismo, com a ajuda da Casa Civil e a atuação determinante da Presidência da República a gente consegue superar”, comentou Marco Ferraz, presidente da Clia Brasil.

A temporada 2018/2019 de cruzeiros começa em novembro e terá sete navios de cabotagem, com viagem com início e fim nos portos nacionais, e 29 embarcações de longo curso, com escalas no país. Em média os navios permanecem 120 dias em operação no Brasil. Uma eventual redução para 90 dias representaria uma perda de 25% na movimentação econômica e geração de emprego. De acordo com estudo da FGV, um cruzeirista gasta mais de R$ 500 em cada escala.

“Não podemos nos dar ao luxo de perder esses empregos e a injenção desses recursos na nossa economia. Temos a obrigação moral de abrir postos de trabalho e criar alternativas para a população. O turismo tem diversas soluções nesse sentido”, comentou o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz.

 

Fonte: Ministério do Turismo

Informativo ABIH-SC 06 de setembro

 

No Informativo ABIH-SC de 06 de setembro você vai ler:

 

ABIH-SC completa 53 anos;-Feriado da Independência injetará R$ 4,9 bi na economia;-WTM lança novo prêmio e Brasil concorre;-Turismo Summit 2018 debate inovações e o futuro do setor;-Governo federal formaliza repasse de R$ 16 milhões para o Centro de Eventos;-ABIH-SC comemora Dia do Hoteleiro;-EQUIPOTEL – Participe desse encontro do Setor;-Curso de Recepção na ABIH-SC;-CURSO PMOC: Plano de Manutenção Operação e Controle;-Associados ABIH-SC!

 

Leia também:

EQUIPOTEL – Participe desse encontro do Setor

ABIH-SC completa 53 anos

 

Dia 5 de setembro é um dia muito especial para todos nós que fazemos parte da ABIH-SC. Quero inicialmente agradecer e parabenizar a diretoria da ABIH-SC, gestão 2017/2018, que tem conduzido com muita dedicação, carinho e profissionalismo os destinos desta conceituada entidade, fazendo jus ao nosso slogan – ABIH – A  Serviço da Hotelaria Catarinense. E dizer que estamos perseguindo as metas estabelecidas e conquistando bons resultados.

Quero agradecer todas as pessoas, empresas que estão nos dando apoio nesta caminhada. Os líderes anteriores, os ex-presidentes, e especialmente os hoteleiros, os associados, os apoiadores e os parceiros, que nos fortalecem, nos estimulam e nos motivam.

Parabéns ABIH-SC pelos seus 53 anos de história. Que venham muitos outros!

Osmar José Vailatti
Diretor-presidente

Um pouco da história da ABIH-SC

Em 5 de setembro de 1965, é fundada em Florianópolis a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina. Não há duvidas que aquela união iria desenvolver ainda mais a hotelaria e o turismo em todas as suas manifestações. Unificar pleitos junto ao governo, amparar e defender os legítimos interesses da categoria, uma maior integração dos empresários e a busca de soluções para o desenvolvimento do setor foram e continuam sendo até hoje os principais objetivos da entidade.

No ano em que comemora meio século de atividades, a ABIH-SC, segue trabalhando de forma conjunta com as demais entidades do trade. Continua escrevendo uma história de valiosa contribuição para o progresso e desenvolvimento econômico das regiões turísticas do estado, mostrando a potência da indústria da hospitalidade.

Na década de 60 começa esta história. Primeiro com a luta pela construção da BR 101, visando o incremento do turismo. Já a primeira grande ação de divulgação dos empreendimentos hoteleiros aconteceu no 1º Festival de Gastronomia do Brasil, em São Paulo, projetando Santa Catarina.

Na década de 70 a hotelaria mostrava sua força com a realização da III Convenção Centro-Sul Hoteleira. Com a presença de autoridades nacionais e internacionais do setor; o Estado iniciava uma campanha divulgando as belezas, a gastronomia, a infraestrutura e a variedade de atrativos.

A década de 80 foi marcada pela realização do Encatho e da Exprotel, eventos que permanecem até hoje e são referencia nacional. Outro grande marco do período foi a elaboração de seu primeiro Estatuto o que concedeu autonomia a entidade.

Já na década de 90, o lançamento do 1º Guia de Hotéis de SC e do portal da associação mostravam o inicio de um novo milênio, a necessidade de modernização e capacitação dos meios de hospedagem.

Nos últimos 15 anos o trabalho tem sido intenso com o governo, para que os turistas cheguem a qualquer destino de Santa Catarina, seja por via aérea, pelo mar, ou pelas rodovias. A entidade também segue focada na divulgação dos empreendimentos hoteleiros e das potencialidades dos destinos turísticos, além da defesa dos interesses dos associados.

Há mais de meio século, a ABIH-SC vem impulsionando o turismo e o comércio do Estado por meio de ações que propiciam networking, cursos, workshops, palestras, treinamentos e consultorias para aperfeiçoamento profissional.

Para esta entidade continuar com força é essencial à participação e a união dos envolvidos com o setor.

A ABIH agradece a todos que participaram desta trajetória e convida você, a também fazer parte desta história. Associe-se!

 

QUERO LER O LIVRO DE 50 ANOS DA ABIH-SC

 

DIRETORIA EXECUTIVA

Osmar Vailatti – Diretor-presidente

Guilherme Petry Makowiecky – Diretor Administrativo Financeiro

Deverson L. G. Pereira – Diretor de Controladoria

Marcos Hardt – Diretor de Operações

Lara Perdigão – Relações Públicas e Diretora Executiva

Henrique B. Souto M. Baião – Diretor Jurídico

 

DIRETORIA REGIONAL

Caminho dos Canyons e Encantos do Sul – Pedro A. Agostinelli Zappelini

Caminho dos Príncipes – Paulo Roberto Caputo

Caminhos do Alto Vale – Maria Aparecida

Caminhos da Fronteira e Vale das Águas – Allan Edgard Kreutz

Costa Verde e Mar – Valdirene Melo

Grande Florianópolis – Samuel Rabello Koch

Vale do Contestado – Valdir Della Giustina Junior

Serra Catarinense – Mariléia Folster Martins

Grande Oeste – Carlos Roberto Klaus

Vale Europeu – Tatiana Honczaryk

 

CONSELHO DELIBERATIVO

Samuel Rabello Koch – Presidente

João Eduardo Amaral Moritz – Vice-presidente

Paulo Brito de Freitas – Secretário Geral

Edson Ziolkowski – Conselheiro

Eliane Pinheiro – Conselheiro

Geraldo Linzmeyer – Conselheiro

Luciano Moura Pereira Oliveira – Conselheiro

Luiz Carlos Nunes – Conselheiro

Maria Helena Petry Makowiecky – Conselheiro

Marileia Folster Martins – Conselheiro

Renato Ghisoni – Conselheiro

Rogério Lebarbenchon Silveira – Conselheiro

Rômulo Haberbeck de Oliveira – Conselheiro

Volnei José Koch – Conselheiro

Wilson Luiz Machado Macedo – Conselheiro

 

CONSELHO FISCAL

Eduardo Simas – Conselheiro Fiscal

Ida Locherbach – Conselheiro Fiscal

Douglas da Silva Beltrão – Suplentes Fiscais

Luiz Carlos Gill Nunes – Suplentes Fiscais

Rogerio Bachi – Suplentes Fiscais

ABIH-SC comemora Dia do Hoteleiro

 

O Dia do Hoteleiro é um dos principais eventos da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina – ABIH-SC. Já é uma tradição que empresários de meios de hospedagens realizem ações sociais envolvendo entidades da comunidade onde estão estabelecidos, visando apresentar o empreendimento e a rotina das pessoas que nele trabalham. Já a ABIH-SC, realiza um evento comemorativo que tem como objetivo principal homenagear os hoteleiros de diversos meios de hospedagem do Estado, bem como, proporcionar momentos de integração e networking entre os homenageados, convidados e a entidade.

Neste ano, o evento será no Maria do Mar Hotel, que contará com programação extensa e está localizado em Florianópolis/SC, no dia 09 de novembro, data em que se comemora o Dia do Hoteleiro. O evento inclui em sua programação o lançamento da 32ª edição do Encatho & Exprotel, Lançamento da Revista Encatho & Exprotel, Entrega de Placas aos Associados, entre outras ações.

 

Confira a programação:

10h30 – Recepção;
11h00 – Lançamento da Revista do Encatho&Exprotel 2018;
11h15 – Lançamento do Encatho&Exprotel 2019;
11h30 – Entrega de Placas aos Associados;
11h45 – Apresentação da Gestão 2017/2018;
12h00 – Almoço de Confraternização.

 

EQUIPOTEL – Participe desse encontro do Setor

 

Sobre a Equipotel:

A Equipotel é a maior feira de hospitalidade da américa latina, com 55 edições. Em 2018 a Equipotel contará com 7 áreas: Cozinhar & Servir, Décor & Conforto, Gestão & Conectividade, Lazer & Entretenimento, Cuidados & Limpeza, Relax & Bem-Estar e Serviços & Facilidades. A divisão faz com que a Equipotel seja a única feira latinoamericana que envolve todos os segmentos do mercado da hospitalidade. Trazendo diversas empresas enquanto expositoras em cada um dos setores, o evento visa atrair um público qualificado, reunindo empreendedores a procura de fornecedores para serviços e produtos, técnicos cujo trabalho tenha foco na hospitalidade e estudantes em busca de mais conhecimentos e contatos para a jornada profissional.

SERVIÇO

EQUIPOTEL – 56ª EDIÇÃO

Data: 18 a 21 de setembro de 2018

Horário: Terça a Sexta-feira das 11h às 20h

Local: São Paulo Expo, São Paulo – SP

Informaçõeswww.equipotel.com.br

Governo federal formaliza repasse de R$ 16 milhões para o Centro de Eventos

O ministro do Turismo, Vinícius Lummertz, diz que o problema que envolvia o repasse de R$ 16,6 milhões para o mobiliário do Centro de Eventos de Balneário Camboriú está resolvido e a verba será oficializada esta semana. A Secretaria de Estado da Fazenda conseguiu renegociar precatórios com o Tribunal de Justiça de SC, e depende agora da emissão de uma certidão para poder assinar o repasse junto à Caixa Econômica Federal.

A expectativa é que a formalização ocorra até sexta-feira, quando o ministro visitará as obras do Centro de Eventos em parceria com o governador Eduardo Pinho Moreira (MDB).

Liberado o recurso, a Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte ainda precisará licitar a compra. Considerando os prazos legais, a expectativa é finalizar o processo em até 90 dias.

No mercado

As obras do Centro de Eventos dependem da compra do mobiliário para a conclusão dos acabamentos. Se todos os prazos forem cumpridos, a inauguração ocorre até o início do ano que vem.

Em paralelo, a Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte trabalha para definir os valores de aluguel dos espaços. Enquanto não é licitada a gestão, que será terceirizada, a Santur ficará responsável por oferecer o Centro de Eventos ao mercado.

Fonte: NSC Total

Turismo Summit 2018 debate inovações e o futuro do setor

Presidente da Embratur, Teté Bezerra, discursa durante a cerimônia de abertura do evento

Presidente da Embratur, Teté Bezerra, discursa durante a cerimônia de abertura do evento

 

Embratur, MTur e Sebrae promovem diálogo sobre impacto da transformação digital no turismo. Evento faz parte de convênio com investimentos de R$ 200 milhões para empresas do setor

A conferência #TurismoSummit2018 – Destinos Turísticos Inteligentes e Inovadores reuniu, nos dias 4 e 5 de setembro, na sede do Sebrae Nacional, em Brasília, gestores públicos, coordenadores dos projetos de destinos turísticos inteligentes, lideranças do setor, empresários e estudantes para debater os impactos da transformação digital no turismo e como a parceria entre a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), o Ministério do Turismo e o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), organizadores do evento, pode auxiliar na adaptação do setor às transformações propostas pelos avanços tecnológicos.

As três instituições firmaram recentemente um Convênio de Cooperação Técnica, no valor de R$ 200 milhões, para promover a realização de ações voltadas ao aumento da competitividade das micro e pequenas empresas da cadeia produtiva do turismo. Nos próximos dois anos, serão desenvolvidas iniciativas de produção de inteligência, inovação da oferta turística, qualificação dos produtos e serviços, promoção internacional dos destinos, melhoria do acesso a serviços financeiros e atração de investimentos para o setor. Todo o montante que será investido no convênio provém de recursos do Sebrae.

Segundo a presidente da Embratur, Teté Bezerra, jogar luz sobre a pauta das inovações tecnológicas e buscar a transformação de produtos turísticos nacionais em Destinos Inteligentes são ações importantes para entender as demandas dos turistas internacionais, que estão cada vez mais conectados, se adaptar as mudanças do setor de viagens e buscar superar as expectativas dos visitantes.

“Tivemos dois dias de trabalho bastante produtivos com ricos debates sobre os novos conceitos norteadores do turismo no mundo. O #TurismoSummit2018 representa o pontapé inicial da implementação de ações de articulação, fomento do setor e atração de mais investimentos para transformar os nossos destinos turísticos”, explica.

No turismo, as mudanças tecnológicas fizeram com que o setor evoluísse da dinâmica de destinos analógicos (tradicional, off-line), para os digitais (multicanal, online) e, agora, o desafio é transformá-los em inteligentes (sensoriais).

Para o coordenador-geral de Segmentos Turísticos da Embratur, Alexandre Nakagawa, o convênio e a realização da conferência sinalizam um movimento de integração entre os órgãos envolvidos em prol do desenvolvimento do setor e da melhoria da promoção do Brasil no exterior. “A integração dos entes do Governo Federal é fundamental para uma promoção coesa tanto nacional quanto internacional, bem como na qualificação dos serviços turísticos que compõe a experiência dos turistas”, pondera.

PROGRAMAÇÃO

Entre os assuntos apresentados e debatidos na conferência, estão o Turismo na Era da Digital; o Uso de Big Data para conhecer o perfil do turista; Marketing Turístico; A gestão sustentável dos destinos; O caso de sucesso da Rota das Emoções e o Voucher Digital; A economia criativa como vetor de fomento ao turismo; A apresentação do Peru como destino de experiência e Dicas sobre como potencializar a experiência utilizando a sensorização.

As palestras, mediadas por técnicos do MTur, Embratur e Sebrae, foram ministradas por profissionais como Aline Prado, do Google Brasil; Mário Gárcia, chefe do Departamento de Big Data do destino Benidorm, na Espanha; Alexandre Garrido, especialista em sustentabilidade do grupo de trabalho na ISO de Turismo Sustentável; o economista português Carlos Martins; Mônica Sâmia, Diretora Executiva da Braztoa e a peruana Milagros Ochoa, diretora de Turismo do Escritório Comercial do Peru no Brasil, entre outros.

O #TurismoSummit2018 contou com aproximadamente 700 estudantes e profissionais do setor de turismo inscritos e reuniu autoridades e lideranças de entidades representativas do turismo nos dois dias de evento.

 

Fonte: Embratur 

WTM lança novo prêmio e Brasil concorre

Fundadora do Viajar Verde, blog com foco na divulgação de destinos responsáveis, Ana Duék destaca papel da Embratur na promoção internacional

Todos os anos, a WTM Londres apresenta novidades para a cadeia internacional do turismo. Em 2018, o Brasil, com participação confirmada na feira, uma das mais importantes do mundo, poderá ser melhor representado. A jornalista brasileira Ana Duék, fundadora do blog Viajar Verde, foi indicada para concorrer, entre os finalistas, o 1º International Travel & Tourism Awards, na categoria “Melhor Influenciadora Digital no Turismo”. Em sua primeira edição, o prêmio criado pela World Travel Market (WTM) reconhece organizações, empresas e representantes de destaque do setor turístico privado.

Teté Bezerra, presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), destaca a relevância da representatividade. “O blog estimula o intercâmbio de ideias, incentiva que atitudes sustentáveis sejam compartilhadas e cria uma corrente verde e responsável. Atuações como essa devem ser reconhecidas e valorizadas. Desejamos sucesso e boa sorte para a brasileira Ana Duék”, comentou.

Única representante brasileira a participar da fase final do novo prêmio da WTM Londres, Ana falou da importância do reconhecimento e da oportunidade de apresentar seu trabalho, que é de divulgar e ampliar a troca de informações e ideias sobre turismo responsável no Brasil e no mundo e tornar o setor mais consciente e sustentável.

“Acredito que trazer para o prêmio a representatividade não só do Brasil e da América Latina, mas também do Turismo Responsável, é uma oportunidade incrível”, disse a jornalista. Ana destacou, também, o trabalho de promoção turística internacional promovido pelo Instituto: “O Brasil, por meio da Embratur e do MUDA – Coletivo Brasileiro pelo Turismo Responsável, vem fazendo esforços no sentido de se promover como um destino responsável. E espero que eu possa reafirmar isso em Londres, mostrando que o turismo brasileiro está apto a entrar na rota de grandes atrativos turísticos internacionais”, escreveu.

De acordo com Ana Duék, além do Viajar Verde, estão concorrendo outros quatro blogs importantes: The Family Project, In a City Near You – City Break Travel Blog, Inside the Travel Lab e Vagabrothers. Entre os jurados do prêmio estão representantes da OMT, da Reed Exhibitions, WTM, Euromonitor International, Adventure Travel News (ATTA), entre outros. Como destaque, no júri, a brasileira e ex-presidente da Embratur Jeanine Pires.

As outras categorias que serão premiadas pelo International Travel & Tourism Awards são: Melhor Campanha de Organização de Destinos, Melhor Agência de Marketing de Turismo, Melhor Campanha Regional, Contribuição Excepcional para a Indústria, Melhor Destino Gastronômico, Melhor em Luxo, Melhor em Bem-Estar, Melhor em Turismo Responsável, Uso de Tecnologia Mais Inovador em Destinos, Melhor Campanha Digital em Turismo, Melhor em Turismo de Aventura, Melhor em LGBT e Melhor Campanha de Relações Públicas. A premiação acontecerá durante a WTM London, que será realizada entre os dias 5 e 7 de novembro, na capital inglesa.

 

Fonte: Embratur