Pesquisa: Mapeamento do perfil hoteleiro em Santa Catarina é divlugado no Encatho

Conhecer profundamente o cenário hoteleiro catarinense, segmento fundamental na atividade turística, motivou a realização do estudo da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina- Fecomércio SC em parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis Santa Catarina – ABIH SC, que traçou o Perfil Hoteleiro de Santa Catarina.

“Pretendemos  com esse levantamento construir informações relevantes que auxiliem e fomentem o desenvolvimento da hotelaria catarinense”, afirmou o presidente da Fecomércio SC, Bruno Breithaupt. Para o presidente da ABIH, Osmar Vailatti, a parceria entre as entidades  agrega valor e representatividade  “É de suma importância termos noção do tamanho e analisarmos os números do segmento que atuamos”, avaliou Vailatti.

Acesse a pesquisa na íntegra

A pesquisa apurou informações sobre a realidade do setor, procurando apresentar os elementos próprios da atividade hoteleira como infraestrutura, unidades habitacionais, taxas de ocupação e diversidade dos serviços prestados.

Entre as características levantadas, o hotel é o meio de hospedagem mais presente no Estado (63,4%), prevalece a gestão familiar (74,2%) e a média do número de empregados chega a 20,6 por empresa.

Os indicadores também demonstram o percentual de adaptação dos hotéis para as mais diversas necessidades dos hóspedes. Atualmente 57,7% das unidades habitacionais possuem acessibilidade, mas apenas 44,1% ofertam segurança e acessibilidade em todo o estabelecimento. Quadro parecido também na disponibilização de piscina, mais da metade não possui (54,5%) e significativos 78,6% não ofertam nenhum tipo de ambiente fitness aos hóspedes.

Conectados com o mercado

O turismo representa hoje, para Santa Catarina, 12,5% do PIB estadual, gerando emprego e renda e os empresários hoteleiros estão atentos ao cenário promissor. A pesquisa apontou percentual significativo de meios de hospedagens que trabalham com empregados bilíngues 70,4%. Os meios de hospedagens catarinenses estão antenados à realidade das agências de viagem on-line (OTA) com 83,8% utilizando esse recurso.

A pesquisa também trouxe os números do setor de 2017 referentes a todo o grupo de meios de hospedagens que apresentaram uma taxa de ocupação estadual de 56%, com destaque para a região da Grande Florianópolis com expressivos 59,7%. Em média os hóspedes gastaram com diárias o valor de R$224,00, com tempo de permanência médio de 2,81 dias.

Destaques do perfil hoteleiro catarinense

Fonte: Assessoria Fecomércio

ABIH-SC presente no 6º Meeting da SOL

A ABIH-SC esteve presente em mais um Meeting com a SOL. Desta vez foi na cidade de Caçador, 6º Meeting do Vale do Contestado. Onde uma vasta programação foi apresentada durante todo o dia 18, com o objetivo de discutir a Gestão Participativa e Sustentável do Turismo no Vale do Contestado com Gestores Municipais, Regionais de Turismo, Associações Municipais, Comerciais, Gestores do Trade Turístico, Instituições de Ensino Superior e a comunidade.

 

Dinâmica durante palestra

Dinâmica durante palestra

 

Os convidados presentes enalteceram a participação de todos e se encantaram com as apresentações dos cases que mostraram a grandiosidade e potencial da região. Um dos cases apresentados foi o do Hotel Kindermman, pelo Sr. Richard Kindermman que contextualizou o crescimento do hotel à demanda e desenvolvimento da região. A Relações Públicas da ABIH-SC, Lara Perdigão, proferiu a palestra,” O papel de cada entidade no desenvolvimento regional do turismo”, e finalizou sua fala dizendo: que sejamos, cada um de nós, você, a qualidade da prestação de serviço e do produto que a sua região deseja ofertar ao turista.

Sr. Richard Kindermman - Créditos da imagem: Margot Bom Hede

Sr. Richard Kindermman                              Créditos da imagem: Margot Bom Hede

 

 

Campanha para tratamento de doença rara dos irmãos João e Miguel

Garotos foram diagnosticados com atrofia muscular espinhal (AME) tipo 1. Valor do medicamento esta avaliado em R$ 4,4 milhões.

Os irmãos João, de 6 anos, e Miguel, de 11 meses, de Florianópolis, enfrentam o desafio na luta para sobreviver a uma doença rara, a atrofia muscular espinhal (AME) tipo 1. A enfermidade não tem cura, é degenerativa e compromete os movimentos. E para o tratamento da disfunção, que é progressiva, a família e amigos organizaram uma campanha para conseguir recursos e realizar o tratamento da doença dos irmãos.

Apesar de encarar estágios diferenciados da doença, ambos precisam do medicamento, que foi regulamentado nos Estados Unidos, mas não é vendido no Brasil. Para os dois o custo total é avaliado em R$ 4,4 milhões para realizar a importação. A família já recorreu a apoio judicial em âmbitos estadual e federal, no entanto os pedidos foram negados.

Há um ano e meio, os pais Alex José de Amorim e Gracieli Schlemmer tentam levantar o recurso por meio de campanhas via redes sociais. Apesar do valor ser bastante elevado, a família tem esperança. Nas últimos três semanas, artistas famosos colaboraram e conseguiram incentivar as doações.

Família dos irmãos João e Miguel

Família dos irmãos João e Miguel

Com o valor inicial arrecadado foi possível ativar a primeira fase do tratamento de João. No entanto, para dar andamento no processo e incluir o caçula na medicação ainda são necessários R$ 3 milhões. “Meu sonho é ver os dois entrando na medicação”, disse a mãe.

Noite da Esperança

No dia 27/07 (sexta-feira) às 21:00 será realizado um jantar em prol dos irmãos João e Miguel, portadores da AME.

O convite é no valor de R$500,00( por casal), incluso bebidas não alcoólicas.

É importante confirmar presença no e-mail: reservenoitedaesperanca@gmail.com ou no telefone 48 9 8429-9266.

Na página “AME João & Miguel”, estão disponíveis informações de como ajudar. O contato da família é o (48) 98467-1081.

Fonte: NSC TV

Pessoas & Tecnologia na Hotelaria

 

Na próxima semana começa em Florianópolis o maior encontro de hoteleiros do sul do país, o Encatho & Exprotel. Organizado pela ABIH-SC o evento debate de 24 a 26 de julho, “Pessoas & Tecnologia na Hotelaria”. Entre os mais de 60 especialistas que participam do evento quem sobe ao palco para compartilhar sua experiência no tema no dia 26/07, das 17h30 às 18h30 é Anderson Nielson, Diretor de Gestão de Pessoas na Resultados Digitais.

O executivo da maior empresa de marketing digital da América Latina, e melhor empresa para trabalhar em Santa Catarina segundo o ranking do GPTW – Instituto Great Place to Work irá falar sobre um dos maiores desafios do setor hoteleiro: como formar uma equipe qualificada e garantir a satisfação dos hóspedes.

Anderson Nielson, Resultados Digitais, palestrante do Encatho & Exprotel

Anderson Nielson, Resultados Digitais, palestrante do Encatho & Exprotel

Anderson Nielson é Graduado em Engenharia de Controle e Automação na UFSC, cursou MBA em Gestão de Pessoas pela FGV, fundou empresas e construiu vários times de alta performance. Toda essa expertisse de quem possui mais de 15 anos de experiência nas áreas de Gestão de Pessoas, Tecnologia & Empreendedorismo, será compartilhado na palestra que encerra o grande encontro do turismo e hotelaria na capital catarinense.

Em entrevista, Anderson nos falou sobre contratar, desenvolver e engajar pessoas para formação de equipes de excelência no século XXI. Ele citou sobre as dificuldades para encontrar pessoas já capacitadas, a importância do suporte dos empresários para o desenvolvimento e as responsabilidades que um gestor deve ter em encontrar soluções e treinar constantemente sua equipe para o desenvolvimento da alta performance.

“Qualquer negócio é feito de pessoas. Se nós quisermos que os nossos negócios cresçam e prosperem, precisamos estar olhando para as pessoas o tempo inteiro e trabalhar para que elas também cresçam”, Anderson Nielson.

De forma muito prática, Anderson é hoje responsável pela gestão de pessoas de uma empresa que possui mais de 700 funcionários e cresce em ritmo acelerado, contratando cerca de 40 novas pessoas todo mês. Para ele, o déficit de educação no país está também dificultando encontrar pessoas talentosas, mas já enfatiza: “não há espaço para se lamentar. É preciso encontrar pessoas motivadas e alinhadas aos valores da organização e assumir a responsabilidade de educar e dar suporte para que elas possam se desenvolver conforme a gente precisa, dando o devido treinamento”.

Quanto questionado sobre como esta metodologia funciona na Resultados Digitais ele explica: “Ao ser contratado, o novo funcionário passa por 15 dias de imersão na cultura da empresa, recebendo orientações, como faz, porque existe e um manual de como desempenhar suas funções no dia a dia”. Segundo ele, esta metodologia é possível em empresas de todos os portes. “A empresa vai desenvolvendo a sua forma de trabalhar e, quando vai crescendo, é necessário e preciso que se extraia, sistematize e repasse para os profissionais que estão chegando a fórmula do sucesso da equipe de alta performance. Aqui, quando um grupo está performando melhor que outro, buscamos sistematizar o modo como estão trabalhando para aplicar em grupos que não estão obtendo os resultados esperados. Assim estamos sempre alimentando o sistema fazendo com que os bons puxem os outros para cima. Isso faz melhorar a performance e os resultados”, enfatiza ele.

Quem guia a transformação tecnológica dentro das empresas são as pessoas, por isso, investir em pessoas, é o primeiro passo para se garantir um melhor resultado na Era digital. “A tecnologia é fundamental, mas em um meio de hospedagem é importante saber que além de check-in e check-ou facilitados, na hora que eu precisar, existe uma pessoa para me atender”.

Neste quesito, ele afirma que uma habilidade e competência fundamental para um profissional da área é a habilidade de se comunicar. E para ele, a comunicação é muito mais do que a arte de transmitir uma mensagem – escrever e falar – é a sim a capacidade de ouvir. “Algo que precisamos melhorar constantemente, e treinar nossas equipes, é na capacidade de saber ouvir. “Ouvir de forma ativa, prestar atenção no que o outro está falando, ouvir até o que não está sendo dito. Isso desenvolve a empatia, uma habilidade importantíssima para quem trabalha no turismo, na hotelaria e no contato direto com outras pessoas”.

Anderson Nielson concluiu a entrevista com uma brilhante frase que mostra a grande oportunidade que os empresários terão de qualificar suas equipes durante os três dias do Encatho & Exprotel.

As tecnologias evoluem de forma muito rápida, as vezes no dia a dia as pessoas não tem a disciplina e muitas vezes condições de se atualizarem. É importante a organização estar atenda e fazer as devidas pausas para colocar todos no mesmo patamar operacional”.

Faça uma pausa no trabalho, um rodízio da equipe e qualifique de forma gratuita os profissionais do seu empreendimento, de 24 a 26 de julho. Inscrições pelo site www.encatho.com.br

 

Fonte: Encatho 

Sucessão familiar bem estruturado é essencial para a sua empresa

Sucessão Familiar

Um plano de sucessão familiar bem estruturado é essencial para que a empresa  mantendo o seu sucesso e seja passada para gerações futuras levando a longevidade. Entretanto, muitas vezes, não sabemos como a lidar com alguns assuntos, o que pode ocasionar sérios conflitos e riscos à sobrevivência da firma.

Encatho & Exprotel 2018

Pensando na importância da sucessão familiar, a 31ª edição do Encatho & Exprotel vai trazer o Painel: Sucessão Familiar. As palestras têm o intuito de ajudar no planejamento sucessório nas empresas familiares. As palestras acontecem no dia 25 de julho, e serão realizados das 16h:30h às 17h:30h, na Sala Jurerê.

Palestrantes

As palestrantes Dra. Lidiane Feijó e a Dra. Suzana Soares Melo, vão abordar o tema: Planejamento sucessório no setor hoteleiro: aspectos tributários. Sucessão familiar consiste na transmissão do poder de gestão e, inclusive do capital atual para a pessoa que continuará exercendo essa função, substituindo o sócio gestor do negócio. As empresas que se consolidaram no mercado passam ou passarão por um momento com este, devendo, portanto, estar preparada para que esta transmissão ocorra de modo conciso e sem prejuízos ao andamento normal do empreendimento.

Dra. Lidiane vai informar que sucessão pode ocorrer por motivos diversos, tais como mudança na razão social; transformação, fusão, cisão ou incorporação; venda; mudança do quadro societário; mudança de empresa individual para sociedade e etc. O código Civil estabelece algumas regras a respeito das dívidas e dos créditos anteriores às modificações e os contratos vigentes que serão levantados na exposição junto ao evento. Devem-se atentar a necessidade imperiosa de se tomarem medidas judiciais e extrajudiciais capazes de preservar a saúde financeira da empresa, de modo a garantir sua continuidade junto ao mercado.

Já a Dra. Suzana abordará o tema do planejamento sucessório nas empresas familiares, com a análise da tributação incidente sobre as possíveis medidas a serem adotadas com vistas à longevidade dos negócios no setor de hotéis e resorts.

Um plano de sucessão familiar bem estruturado é essencial para que a empresa-Palestrante

Lidiane Feijó: Sócia Fundadora do escritório Feijó Advocacia e Consultoria. Formada pela UNIVALI – Universidade do Vale do Itajaí; Especialista em Direito Público pela ESMAFESC – Escola da Magistratura Federal de SC; Pós Graduanda em Direito Empresarial pelo CESUSC; Membro da Comissão Estadual de Direito Empresarial da OAB/SC; Membro da Comissão Estadual de Compliance da OAB/SC; Diretora Adjunta da ACIF – Regional Continente; Coordenadora do Núcleo Setorial da Advocacia da ACIF.

 

 

Um plano de sucessão familiar bem estruturado é essencial para que a empresa-Palestrante

 

Suzana Soares Melo: Advogada, Especialista em Gestão Tributária pela FIPECAFI/SP, Mestre em Direito Tributário pela PUC/SP, Doutora em Direito Tributário pela USP; Professora em cursos de pós-graduação em Direito Tributário.

 

 

 

Também vai ter palestra sobre o tema:Aspectos Humanos

 Com a palestrante Dra. Monica da Silva Justino, que é psicóloga,possui uma Licence de Psicologia pela Université de Haute Bretagne – Rennes II (1991), graduada em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (1994), atua há mais de 20 anos na área clínica, com psicoterapia, trabalhos de orientação profissional, gestão do estresse, possui cursos de extensão em psicodrama e é membro da Association Internationale de Psychogénéalogie – AIP, França, onde também realizou sua formação (2006-2008).

E quem vai intermediar os temas, vai ser o Dr. Henrique B. Souto Maior Baião.

Um plano de sucessão familiar bem estruturado é essencial para que a empresa-PalestranteHenrique B. Souto Maior Baião: Advogado inscrito na OAB/SC nº 17.967. Sócio do escritório BAIÃO & FILIPPIN ADVOGADOS ASSOCIADOS. Especialista em Direito da Economia e da Empresa pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Especialista em Direito Civil pela Fundação José Arthur Boiteux – UFSC. Professor de Direito Processual Civil da Universidade Federal de Santa Catarina – 2008 a 2010. Professor de Direito Processual Civil e de Direito Administrativo da Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL) – 2007 a 2018. Membro do Tribunal de Ética e Disciplina (TED) da OAB/SC. Diretor Jurídico da ABIH-SC (Associação Brasileira da Indústria e Hotéis de Santa Catarina).

 

A participação no evento é gratuita, mas as vagas são limitadas. Acesse agora mesmo www.encatho.com.br/inscricao e garanta a sua presença.

Serviço:

O que: Sucessão Familiar
Quando: 25 de julho, das 16h30 às 17h30.
Onde: 31º Encatho & Exprotel, CentroSul – Florianópolis – SC

 

Fonte: Encatho

Pavanny – Indústria de móveis de extrema qualidade e bom gosto

 

 

A Pavanny, tradicional indústria do setor moveleiro, está a 50 anos no mercado. Os móveis fabricados em aço, alumínio e madeira são de extrema qualidade e bom gosto. Ulisses Pavani, Seu fundador que atua no mercado de metalurgia há mais de 50 anos, desenvolveu produtos novos com uso misto de metal (aço ou alumínio) e madeira, conjugando a resistência e durabilidade do metal, com beleza e nobreza da madeira, transformando assim os produtos da Pavanny em móveis de alta durabilidade, pouca manutenção e preços competitivos. O melhor custo x benefício do mercado.

As linhas de produtos estarão disponíveis no estande da empresa durante a tradicional feira de produtos e serviços para o turismo e hotelaria, a Exprotel, que acontece de 24 a 26 de julho, no CentroSul, em Florianópolis.

Atuação

A empresa atua no ramo de hotéis, praças de alimentação, restaurantes, bares e similares. Tem como diferencial o desenvolvimento de projetos específicos. São 50 anos de experiência presentes em cada produto, que leva consigo a assinatura do sobrenome Pavani.

Os produtos que estarão em destaque, são novos modelos de cadeira, mesa especifica para os apreciadores de vinho, entre outros.

Para a empresa é importante a participação na ENCATHO & EXPROTEL para poder prospectar novos clientes, fazer novas parcerias, e divulgar melhor seus produtos, para novos mercados. “Expondo os produtos damos a oportunidade de observarem a qualidade e conforto dos mesmos. Ex: cadeira só se escolhe sentando na mesma.”. Conclui a Consultora Comercial – Rita de Cassia Garrido.

 

 

                               

 

Para contato com a Pavanny:

Site: www.pavanny.com.br

Instagram: @pavanny_moveis

Contato: (11) 40251515; (11) 3413 2715

A participação no evento é gratuita, mas as vagas são limitadas. Acesse agora mesmo www.encatho.com.br/inscricao e garanta a sua presença.

 

Sevenbox está entre os expositores da Encatho & Exprotel 2018

 

Acompanhando as evoluções dos Smartphones o que nos auxiliam em nosso dia a dia; a cada instante surge inúmeros aplicativos que se tornaram indispensáveis na vida das pessoas, fato que devido ao uso excessivo diariamente desses produtos, cotidianamente ocorrem o incidente de acabar a carga em momento impróprio ao usuário.

Diante disto, a empresa teve a ideia da SEVEN BOX, com o intuito de suprir as necessidades dos usuários de Smartphones de estarem sempre conectados e terem a facilidade de encontrar seus acessórios disponíveis nos mais variados locais em sua cidade e em horários alternativos.

A Sevenbox está entre os expositores da Encatho & Exprotel 2018, e mostrará aos visitantes sua linha box de Acessórios para Smartphones, que vai de cabo Iphone, carregador de carro, USB Type C, USB Type C2, carregador de Iphone, fone de ouvidos. Produtos de alta qualidade e preço justo, para ajudar no dia a dia e nunca deixar você desconectado.

A empresa tem 2 anos de mercado, e disponibiliza produtos em um BOX com 8 tipos de Acessórios para Smartphones. Esses BOX é instalados em vários pontos de vendas, tais como, Farmácia, Loja de Conveniência, Mercado, Hotéis, Padarias, entre outros.

 

Para saber mais sobre a SEVEN BOX:

Telefones: (17) 3364-6659 / (17) 98131-9574
Email: contato@sevenboxacessorios.com.br
Site: www.sevenbox.club
Facebook: @sevenboxacessorios
Instagram: @sevenbox

 

Fonte: Encatho

Rentv é um grupo pioneiro no ramo de locação de eletroeletrônicos

 

A Rentv está no mercado há mais de 50 anos, e é um grupo pioneiro no ramo de locação de eletroeletrônicos. Possui equipe de manutenção em todo o país, e é a solução ideal para o mercado hoteleiro, hospitais e instituições de ensino que desejam terceirizar os seus equipamentos padronizando sua manutenção.

A empresa é mais uma das confirmadas no Encatho & Exprotel 2018, que acontece de 24 a 26 de julho, no CentroSul, em Florianópolis.

Ao visitar o estande da Rentv, você vai encontra promoção na Linha Fitness. E os produtos que estarão em destaque é a locação de equipamentos de academia para Hotéis e Condomínios.

Julio Cosentino, “estamos presentes na feira desde o século passado e é muito importante para o relacionamento com os clientes em todo o Estado de SC” conclui diretor da Rentv.

Inscreva-se gratuitamente agora mesmo www.encatho.com.br/inscricao

Para saber mais sobre a Rentv:

Telefone: (21) 2541-8787
E-mail: contato@rentv.com.br
Integram: @rentv_oficial

 

Fonte: Encatho.

ABR e Embratur querem trazer mais turistas estrangeiros para os resorts

 

O presidente da Associação Brasileira de Resorts (ABR), Alberto Cestrone, esteve terça-feira (17), na sede da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), em Brasília (DF), para estreitar o relacionamento com a autarquia, e sugerir ações conjuntas que visem uma retomada no número de turistas internacionais nos equipamentos brasileiros.

Participaram do encontro a presidente da Embratur, Teté Bezerra, e os diretores de marketing, Walter Vasconcelos e de Inteligência Competitiva e Promoção Turística do instituto, Gilson Lira.

“Em 2009, 40% dos turistas que se hospedavam nos resorts nacionais eram estrangeiros. Hoje, esse número é inferior a 10%”, afirma Cestrone. Segundo o diretor executivo da associação, Ricardo Domingues a ideia da ABR é intensificar a divulgação dos resorts brasileiros no exterior e a estratégia passa pela participação em workshops que a Embratur promove para mercados prioritários e pela presença efetiva no calendário internacional de feiras nas quais o instituto tem estande de divulgação dos destinos e produtos turísticos brasileiros no exterior.

A expectativa é que o setor possa participar de um workshop na Embaixada da Argentina, em outubro, quando será realizada a Feira Internacional de Turismo (FIT), em Buenos Aires. “A Argentina é um mercado primário e tem sido muito importante para nosso setor”, afirma Domingues.  O aumento da conectividade aérea entre Brasil e Argentina foi decisivo para o número de argentinos nos resorts, especialmente na região Nordeste do Brasil, segundo informações da Embratur.

Apesar da queda no número de turistas internacionais nos resorts nos últimos anos, o mercado tem números contundentes para a economia do turismo. A Associação Brasileira de Resorts, que representa 70% do segmento, conta com 48 associados em 13 estados do Brasil e um total de aproximadamente 14 mil leitos. Os resorts da ABR faturam R$ 1,9 bilhão por ano e geram quase 20 mil empregos diretos.

 

Fonte: Hotelnews

Temperaturas mais baixas aquecem turismo no Planalto Norte

 

Neve que encantou turistas no Sul e na Serra Catarinense não deve se repetir na próxima semana em Santa Catarina. O que se repete é o frio que segue bastante intenso, com temperaturas que podem chegar a 7°C em Joinville e não ultrapassam 20°C, de acordo com a previsão do tempo do Ciram/Epagri. O Sol deve predominar até o fim de semana.

Na região, o frio ainda é ainda mais intenso no Planalto Norte. Em Campo Alegre, nesta terça-feira (10), os termômetros chegaram a 3°C. Na quarta, a mínima por lá será de 0°C e na quinta -3°C. Tudo isso movimenta o turismo e faz com que muita gente suba a Serra Dona Francisca para aproveitar o inverno.

Os hotéis da cidade já registram um aumento na procura por hospedagens. Por lá há opção para quem curte aproveitar o frio em pousadas e hotéis mais simples, com preço médio de R$ 150, a opções mais exclusivas e sofisticadas, nas quais uma diária para casal pode chegar a R$ 720 em hotéis fazendas ou refúgios de descansos.

“O frio é um grande atrativo para o aumento da procura por hospedagens na região de Campo Alegre. Este ano, acredito que por conta da Copa do Mundo, muita gente demorou para buscar opções de lazer na região. Agora ela começou a aumentar bastante, principalmente nesta semana”, comenta Simone Kalbusch, gerente da Olímpia Tur, que fica em Joinville.

Neve encantou no Sul do Estado 

A previsão não era neve, apenas uma pequena possibilidade de chuva congelada, mas o turista que estava no Sul do Estado e na Serra Catarinense foi surpreendido pela neve que caiu e encantou. Quem estava nos pontos mais altos como Urubici, Bom Jardim da Serra e São Joaquim teve o privilégio de ver os floquinhos de neve caindo do céu.

Segundo a Epagri/Ciram, a ocorrência de neve depende da combinação de frio com umidade.

“O frio veio com a massa de ar polar, trazida por um anticiclone (alta pressão) com centro entre o norte da Argentina e Uruguai. A umidade que chega ao sul catarinense é transportada do mar pela presença de um ciclone (baixa pressão) próximo à costa. Entre o anticiclone (ventos girando no sentido anti-horário) e o ciclone (ventos girando no sentido horário), forma-se uma pista de vento sul de forte intensidade, atingindo principalmente as regiões da Grande Florianópolis e sul de SC”, explica Laura Rodrigues, meteorologista da Epagri/Ciram.

Além do frio intenso e das belas paisagens na serra, os sistemas atmosféricos predominantes no sul do Brasil propiciam condições adversas de mar. “Quanto ao frio, será ainda mais intenso nos próximos dias, com madrugadas geladas e geada em SC, enquanto a condição de neve permanece somente nesta terça-feira”, avisa a meteorologista. (Gabriel Júnior)

 

Fonte: OCP News